Car.blog.br

Pesquisar este blog

GM Cruze Hatch e Sedã: produção parada por baixas vendas

Categorias: , , 49 Comentários

A Chevrolet suspendeu a produção, em sua fábrica da Argentina, do modelo médio Cruze, em carroceria hatch e sedã, em função dos elevados estoques do modelo sem encontrar compradores.

Chevrolet Cruze Hatch 2018

A princípio, a produção ficará suspensa até o dia 7 de maio, sendo que, até lá, a montadora tentará reduzir o enorme estoque dos modelos, que atulham os seus pátios.

Chevrolet Cruze Hatch 2018

Recentemente, a GM do Brasil promoveu feirões e promoções com descontos e taxa zero, para reduzir o estoque, mas a ação não surtiu efeito no caso do Cruze.

Chevrolet Cruze Hatch 2018

Assim, a solução adotada foi a de interrupção temporária de produção.

49 comentários:

  1. Abaixa 25 mil reais pra ver se não vende...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei o mesmo. Muita grana.

      O hatch tá 120.000 ltz2

      Excluir
    2. Tá querendo comprar carro de 100 mil por 80...
      Espera uns 3 anos e compra um usado, ou escolhe um modelo mais barato.
      Acho graça... sujeito tá duro e fica reclamando que preço tá caro.
      É só não desejar o que não tem condições de possuir.

      Excluir
    3. De fato, compra quem pode.
      Mas há problema em querer pagar um preço justo?
      Não acredito que alguém, em sã consciência, acredite que um cruze valha 120 mil reais.
      Tem que ficar mofando no pátio mesmo. Absurdos esses valores.

      Excluir
    4. Por pensar assim (Compra quem pode) que o mundo paga 20 mil e nós 120. Por sempre aceitarmos os preços que nos são empurrados, achando estar por cima da carne seca, os fabricantes se sentem mais confiantes em aumentar mais o preço. Enquanto houver quem pague eles venderão. Semelhante a venda de carros antigos, é o valor que o vendedor esta disposto a fazer e o comprador aceitar. A diferença de uma grande montadora é que ela tem mais poder aquisitivo para marketing. Lembrando que o mesmo ocorre com o iphone e outros eletrônicos. Mas é assim mesmo, não importa se estamos sendo "passados para trás", ou se estamos pagando o triplo do valor em um produto, importante é sair por aí "mostrando" que somos realmente o público (consumidor) inocente que as pesquisas (que eles fazem) mostram.

      Excluir
    5. Ronaldo Brandini, há muitas pessoas que ganham dinheiro fácil ( na maioria dos casos, dinheiro público ), daí não ligam de pagar o valor que é cobrado pelos carros no Brasil. Quando o camarada estuda e trabalha honestamente, ele pesquisa o melhor custo-beficio.

      Excluir
    6. esse "xuvisco" deve tá chapado... Achar justo 125k na porcaria d um cruze.. Com essa grana é possívelcomprar GTI de entrada 17/17 0km..

      Excluir
  2. Consultoria gratuita para a GM:

    Start-stop que não desliga;

    Falta de opção do teto solar (sedã);

    Falsos paddle-shifts;

    Falta de GPS, start-engine, farol led nas versões LT;

    Estética da roda bem inferior ao do Civic que é diamantada;

    Retirar o pino da trava da porta, coisa que remete a carro dos anos 90;

    Colocar breaking-hold igual ao do Civic e melhorar console central que é muito simples para um carro de 90mil;

    Por fim, se possível, trocar a suspensao molenga eixo de torção por uma de verdade independente igual a do Civic.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente esse start-stop que não pode ser desativado deve ser um pé no saco. No meu golf GTI eu o desativava logo após ligar o carro.

      Excluir
    2. Menos para o seu amado Civic, bem menos mesmo Hondeiro!

      Excluir
    3. Não sei se esses são os motivos, Renan. A Tracker tem praticamente os mesmos defeitos que vc relatou e está em trajetória inversa ao Cruze. As vendas não estão altas ainda, mas tem crescido mês a mês.

      Excluir
    4. Marcos, não sou hondeiro, pra mim o Civic é bem pior que o cruze, pois tem desempenho sofrível com o 2.0 cvt. Só o touring que é legal, mas ai ja e excessivamente caro.

      Excluir
    5. Falta de equipamentos + preço alto + despreparo dos vendedores para produtos desse segmento. Estou praticamente desistindo de trocar o Golf 2014... Quando vi que teria que completar mais de 20 mil por um Cruze de 90 mil e 4 airbags e diversas outras faltas perante o Golf, somando ainda as falsas promoções da GM, desisti agradecendo... O Cruze LT atual não deveria passar de 75 mil. Se houvesse uma versão com 7 airbags + sensores completos de estacionamento + botão start stop, ainda não poderia passar de 85 mil, pois ainda deve em qualidade dos materiais. O Cruze é um produto descolado da realidade. "Incomprável".

      Excluir
    6. Concordo Renan! Apesar de ser curioso que o Cruze mesmo assim ainda tem inúmeras virtudes que ainda o tornam superior aos Corollas e Civics equivalentes (por todos, o motor 1.4T e, por exemplo, itens de série a mais por menos, como o ar digital, piloto automático e central multimidia presentes no LT e ausentes no equivalente Corrola Gli Couro).

      Excluir
    7. Só não concordo com a suspensão molengas, acabei de andar em um e me surpreendi com o conforto, posso dizer tranquilamente que é melhor que a do Civic geração anterior, melhor que a de qualquer Corolla, e é melhor que a do Sentra. Como nunca andei em um Civic modelo novo, não consigo opinar. O motor turbo dispensa comentários, melhor que de qualquer concorrente.

      Excluir
    8. tudo isso para vender igual ao civic? quem ve pensa que ele vende muito mais que o cruze assim......
      se colocasse a receita do corolla pelo menos.... mas a do civic é meio fail.....

      Excluir
  3. E como não seria assim se está mais caro que o Civic e que o Corolla? Toda hora eles aumentam o preço do Cruze.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. ^^ Relincho.

      Vamos aos fatos.

      VW Golf 2017 - 577 unidades vendidas em abril
      GM Cruze Sport6 - 398 unidades vendidas em abril

      Isso no Brasil.

      No mundo, o Golf é o 2º carro mais vendido do planeta, e o Cruze não aparece nem no top 50;.

      Detalhe: Golf vendido apenas com motor 1.0 TSI e transmissão manual. Quando chegar o automático, pode fechar a fábrica de Focus e Cruze.

      Atualmente, o Cruze Sport 6 perde vendas para o Polo, e o Cruze Sedan para o Virtus.

      Excluir
    2. Senti sua falta no post da JacsVagem

      Excluir
  5. genti..se o cruzer é tão bom porque não vendi?

    ResponderExcluir
  6. Preço altíssimo, acabamento pobre de plástico duro e falta opção de desligar start-stop entre outras características. Querem o quê?

    ResponderExcluir
  7. Sedan médio apertado com pós-venda péssimo.

    ResponderExcluir
  8. Esse start stop que nao pode ser desligado deve ser um pe no saco viu, se bem que deve ter lugares ai que devem conseguir tirar isso..

    ResponderExcluir
  9. vai entender, um conhecido meu tava reclamando que pediu um e tava na espera a 60 dias....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc se confundiu. O seu conhecido está na fila do Polo Highline, que, este sim, está com fila de espera de mais de 60 dias.

      Excluir
  10. Falando sem paixão e pensando em nós consumidores e não na montadora.
    O Cruze é um carro muito bom, no caso do Sport6 a suspensão, mesmo não sendo multilink na traseira é muito bem acertada e cada bem com o motor.
    Já tive um Golf Tsi com DSG (alemão) e não há dúvida que aquele modelo era superior ao Cruze, mas isso não torna um carro ruim, ao contrário, se mostra quase no mesmo nível.
    Agora não dá para comparar com GTi ou Civic Touring, aí é forçar a barra.
    Resumo, o problema do Cruze é a política de preço da GM e não por problemas no cruze.

    ResponderExcluir
  11. Se baixar o preço o modelo embala...

    ResponderExcluir
  12. Tenho um Sedã LTZ, carro é ótimo, problema é o preço, só comprei pq na época, há 1 ano e 3 meses, consegui compra-lo com desconto de 11 mil reais. Se ao inves de quase 110 mil que está hoje, estivesse a 95 mil, venderia mais de 2 mil unidades/mês.
    Ao invés da GM fazer a burrada que estão querendo fazer, de trocar o motor 1.4 para o 1.5 com câmbio CVT, o que irá enterrar de vez o carro, deveriam melhorar o acabamento interno, e colocar opcional de teto e farol de led no Sedã, mas teto panorâmico, não esse teto solar ultrapassado no hatch. Aí sim poderiam cobrar uns 105 mil no LTZ que venderia bastante, trucidaria com o Civic, 20 mil a menos, com um conjunto mecânico muito superior.

    ResponderExcluir
  13. Efeito polo e virtus. Compra-se um polo ou virtus completasso com painel digital por menos do que um cruze de entrada.

    ResponderExcluir
  14. Design chinês montado na argentina com preço de carro alemão. Tudo errado.

    ResponderExcluir
  15. aumento atras de aumento o resultado é esse baixa nas vendas mais um pouco chega no preço do civic touring,jette 2.0 tsi completo (atual)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão é que o cruze ultrapassar o Civic em vendas que a GM começou a aumentar os preços. Foi 3.500 reais de aumento somente em dezembro. Eu tenho um LTZ 1, o carro aumentou incríveis 8000 reais em um ano. É ainda tem o efeito do novo Corolla que é o papa vendas neste segmento

      Excluir
    2. Você pode fazer uma critica ainda melhor que a minha.É complicado esses aumentos 8000 em um ano e muita coisa e o salario não acompanha.Não sei se vc é casado e tem filhos mas se tiver sabe que o dinheiro é contado,se pra eles (gm)esses aumentos não são muita coisa mas para o consumidor fica inviavel as vezes.

      Excluir
  16. O cruze está muito caro, nesse preço poucos compram! esse carro deveria custar no máximo R$ 80.000,00

    ResponderExcluir
  17. Semana passada fui em uma concessionaria aqui em,sampa que costuma ter bpns preços o lt sport ou sedan 94k a um mes e pouco tava 84k perderam,a,noçao so,abaixa em relaçao os suvs ai,vai ver se nao vende... o cliente chega na loja e ve esse preço melhor ir de suv..ate mesmo a tracker lt 84 k

    ResponderExcluir
  18. Caro mesmo, mas ainda é o melhor custo benefício da categoria.

    ResponderExcluir
  19. Se o sedã vende mais de 1000 unidades por mês e a GM acha pouco. Imagina os fabricantes de Focus sedã, Jeta, C4 e etc o que fariam com os produtos deles.

    ResponderExcluir
  20. Cruze Hatch - 97 mil
    Golf 1.4 - 109 mil
    Focus 2.0 - 84 mil
    O preço do segmento ta alto demais. As montadoras estão colaborando para o declínio de mais essa categoria.

    ResponderExcluir
  21. Essa categoria de carros tem que girar em 69.000 reais no máximo... Acima disso os sedãs de suas famílias na faixa de 79.000.

    ResponderExcluir
  22. Tenho um Cruze 1.4 Turbo LTZ.
    Dei um ADEUS ao meu ex-Corolla XEI.
    O Cruze é um excelente carro, excelente mesmo!

    ResponderExcluir
  23. Um preço justo para um cruze novo seria 75 mil reais no máximo mas como nosso povo é ovelhinha prefere pagar 1 para o governo 1 para concessionária e 1 para ele

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.