Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault inicia a produção nacional do motor 1.6 SCe

Categorias: , 23 Comentários

A Renault do Brasil inaugura, em São José dos Pinhais, uma nova fábrica - a Curitiba Injeção de Alumínio (CIA), resultado de um investimento de R$ 350 milhões, e que tem capacidade de produção de 250 mil blocos e 250 mil cabeçotes do motor 1.6 SCe.

Renault inicia a produção nacional do motor 1.6 SCe

Essa nova fábrica permitirá à Renault produzir, no Brasil, bloco e cabeçote do motor 1.6 SCe, antes importados, e que equipam modelos como Captur, Sandero, Logan, Duster e Oroch.

Renault Captur 1.6

A produção do bloco é composta por quatro etapas: fusão, injeção de alta pressão, acabamento e tratamento térmico. A injeção do alumínio no bloco é feita de forma totalmente robotizada, a uma velocidade de 200 km/h, com pressão de 900 bar.

Renault Oroch 1.6

Já a produção do cabeçote é composta de cinco etapas: fusão, sopro de machos de areia, injeção de baixa pressão, acabamento e tratamento térmico.

Renault Logan 1.6

O controle de qualidade do bloco e do cabeçote é feito na própria CIA, que possui um laboratório metalúrgico, onde são realizados diversos testes - como um equipamento de tomografia computadorizada industrial, capaz de fazer a análise das peças em três dimensões.

Renault Sandero 1.6

Os componentes produzidos na CIA têm como destino final a Curitiba Motores (CMO), onde são fabricados os propulsores que equipam os veículos da marca.

23 comentários:

  1. Enquanto isso, a VW produz no Brasil dois motores turbo e de injeção direta, o 1.0 TSI e o 1.4 TSi. E também um 1.6 MSI 16V e um 1.6 8V, inclusive o motor 1.6 8V da VW é superior a esse 1.6 SCe da Renault. AH, a e VW produz também o 1.0 MPI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A notícia é sobre Renault e lá vem você falar de VW.

      Excluir
    2. A matéria tá falando sobre VW???? Que cara mais chato!

      Excluir
    3. Áspero, menor potência e torque, maior consumo, idoso... Melhor em que?

      Excluir
    4. Percebemos mais uma vítima do sistema educacional brasileiro, um cara que não sabe interpretar textos e responde tudo sem coerência nenhuma, fugindo totalmente ao tema. Se fosse no ENEM teria tomado um ZERO.

      Excluir
    5. O nível de hipocrisia é tanto, que tudo que o carlota fala é piada. A gente nunca sabe quando um asno que nem ele fala sério. É obvio que um motor de 2016 é muito superior ao motor do século passado da VW, aliás e aquele 2.0 da VW de 120cv .. que até ontem rodava no golf e jetta? kkkkkkk é a mesma concepção desse 1.6 8v ,, o motor não é ruim, só é beberrão pros padroes atuais e não é bom em altos regimes, altos ruidos. o SCE e´ algo moderno inovador, agora o 1.6 8v antigo (da Renault) era pior que o da VW, mas esse SCE é novo, nada haver com aquele .. e chupa aqui o consumo do renault 1.6 SCE: 13km/L em cidade
      http://www.carrosnaweb.com.br/fichadetalhe.asp?codigo=7503

      Excluir
    6. Carlota é o Pedro de Lara do site.

      Excluir
  2. Explique melhor pq o 1.6 8v da VW é superior ao 1.6 sce, tecnicamente.
    Sem devaneios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O motor 1.6 8V da VW tem mais torque em baixos regimes, tornando o carro mais ágil. E o motor 1.6 8V da VW é mais suave e funcionamento menos áspero que o 1.6 SCE da Renault.

      Mesmo em altos regimes o motor da VW é superior.

      De mais a mais, o Gol 1.6 8V faz 14 Km/l de gasolina em estrada, enquanto o Sandero 1.6 SCE faz 13,4 Km/l.

      Ou seja, o motor 1.6 8V da VW e mais eficiente.

      O 1.6 MSI eu nem menciono, pois aí é lavada.

      Excluir
    2. Sou proprietário de um sandero 1.6 sce. Em uma viagem recente de aproximadamente 250km com três adultos e malas leves, o carro apresentou um consumo de 17 km/l andando com velocidades de 80/90/100km/h de acordo com as vias trafgeadas.

      Excluir
    3. O motor 1.6 Sce é muito melhor que o motor 1.6 8V e 16V. Mais leve, mais elástico, tem mais potência e torque na faixa de rotação que interessa. Além do mais, é bem mais eficiente, sendo portanto mais econômico.

      Excluir
  3. É cada piada que esse asno fala aqui que é brincadeira

    ResponderExcluir
  4. O indivíduo em vez de entender que isso é ótimo para o mercado brasileiro...abrindo oportunidades de emprego, importações (taxa) e ainda uma nova geração de competição mecânica no mercado....prefere enaltecer outras coisas que a matéria nem aborda!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é caso de internação. Ele tem a Volkswagen como deusa absoluta que deve ser adorada. Para ele, qualquer pessoa que tecer o menor elogio a qualquer outra marca é digno de ir para o inferno. Esse indivíduo precisa de tratamento urgentemente. Kkk

      Excluir
  5. Nessa situação parabéns a Renault! Sobre o carlos, você percebe claramente que a criança ali, mata aulas de português. Pois, pulou o conteúdo "interpretação de texto" onde ele vem comentar coisas que nao são abordadas...mais uma vítima da educação brasileira...

    ResponderExcluir
  6. Alem de tudo, voce consegue ver como uma pessoa inconveniente é..

    ResponderExcluir
  7. Ótima notícia, isso significa mais empregos, e mais desenvolvimento para a região.
    Parabéns a Renault.

    ResponderExcluir
  8. Pena que a Renault não irá mais trazer o Koleos para cá.

    ResponderExcluir
  9. Pena que o Renault Koleos não será mais vendido aqui.Parece q.a Renault desistiu.

    ResponderExcluir
  10. Haja relinchos pois a Renault tem motores e carros na F1; enquanto outras...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.