Car.blog.br

Pesquisar este blog

Nova Amarok V6 Highline 2018 chega por R$ 184.990 reais

Categorias: , , 27 Comentários

A Volkswagen do Brasil lança oficialmente a nova versão V6 Highline - topo de gama - da picape média Amarok - que traz o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel) de 225 cv, e chega às concessionárias em fevereiro, com preço sugerido de R$ 184.990 reais.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

O segmento de picapes médias do mercado brasileiro apresentou um crescimento de 9% no ano de 2017 quando comparado a 2017, com o total de vendas passando de 99.074 em 2016, para 108.000 em 2017. Para 2018 a Volkswagen projeta que o mercado brasileiro absorva mais de 123 mil picapes médias - crescimento de 13,9%.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

A performance da VW no segmento foi de 30,5% - mais de três vezes superior à média do mercado (9%). Em 2016 a Amarok tinha 9,3% de market share (9.173 unidades vendidas), e passou a 11% em 2017, com 11.968 vendas. Em 2018, com números atualizados até fevereiro, o market share da Amarok no segmento de picapes médias do Brasil passou a 17%.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

A Amarok V6 Highline tem configuração de carroceria cabine dupla e uma lista de itens de série que contempla faróis bixenônio com luzes de uso diurno de LEDs, sistema de auxílio ao estacionamento com câmera de ré, sistema de freios pós-colisão e o sistema de infotainment compatível com Apple CarPlay, Android Auto e sistema de navegação integrado. O único opcional são as rodas de 19

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Em termos estéticos, a versão Highline V6 se diferencia das demais versões pelos logotipos na grade do radiador e na tampa traseira e pelos retrovisores pintados na cor Preto Mystic, com detalhes cromados. As cores disponíveis são Branco Cristal (sólida), Preto Mystic (perolizada), Prata Sírius e Cinza Indium (metálicas).

Motor

A Amarok V6 Highline vem com o motor 3.0 e combina tecnologia de injeção direta common-rail de combustível e turbocompressor de geometria variável. Esse motor possui acionamento dos comandos por correntes, que não requerem manutenção, e circuitos separados de arrefecimento para o cabeçote e o bloco, o que permite melhor gerenciamento da temperatura de funcionamento. Com ele, a Amarok V6 Highline torna-se a picape mais potente e de maior torque em seu segmento no mercado brasileiro. São 225 cv disponíveis na faixa de 3.000 rpm a 4.500 rpm. E o torque é de 550 Nm (56,1 kgfm), a partir de 1.500 rpm e mantendo-se pleno até as 2.500 rpm.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Esse motor conta ainda com um sistema overboost que eleva a potência em 20 cv por 10 segundos, chegando a 245 cv - para situações em que potência adicional é necessária. Sua velocidade máxima é de 190 km/h. E a picape acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Esse motor está associado com uma transmissão automática de 8 marchas. Trata-se de uma nova versão da transmissão utilizada atualmente nas demais versões da picape (equipadas com o motor 2.0 TDI), desenvolvida para lidar com o maior torque produzido pelo motor V6 TDI. A potência chega às rodas por meio de um sistema de tração permanente nas quatro rodas 4MOTION. De série há pneus 255/60 R18, com rodas de liga leve de 18 polegadas com desenho “Manaus”. Opcionalmente o modelo pode ser equipado com pneus 255/55 R19 e rodas “Milford”.

Segurança

Também de série a Amarok V6 Highline traz o sistema ABS off-road, que auxilia na frenagem sobre piso solto (como terra ou cascalho), freios a disco ventilados nas quatro rodas - recurso inédito no segmento. Os discos dianteiros possuem 332 mm de diâmetro, enquanto os traseiros são de 300 mm de diâmetro, possuem cobertura interna para evitar o acúmulo de sujeira, especialmente em situações de fora de estrada.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

O sistema de freios “Post-Collision Brake” (sistema de frenagem automática pós-colisão) também é de série, e aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Há ainda como itens de série: Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC); HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida); BAS (Sistema de Assistência à Frenagem); ASR (Controle de Tração); EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial); indicador de perda de pressão dos pneus.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

No interior a Amarok V6 Highline traz quatro airbags (dianteiros e laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro), sistema ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro. Os faróis são bixenônio com luz de condução diurna (DRL) em LEDs. Também há faróis de neblina com luz de conversão estática.

Conveniência

A Amarok V6 Highline traz volante multifuncional (com regulagem de altura e distância) - o qual permite operação do sistema de infotainment e das funções do computador de bordo da picape, além de shift paddles para mudanças de marcha.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

O sistema Park Pilot, complementado pela câmera de ré, auxilia nas manobras de estacionamento da picape de 5,25 metros de comprimento, com 3,10 metros de entre-eixos. Há sensores de estacionamento na dianteira e na traseira da picape.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Há ainda ar-condicionado digital Climatronic, com duas zonas de resfriamento/aquecimento, sensores de chuva e crepuscular, bancos revestidos parcialmente de couro “Vienna”, com ajustes elétricos nos dianteiros, que possuem o certificado “ergoComfort” – emitido pelo instituto alemão “Aktion Gesunder Rücken - AGR” (Campanha para Costas Saudáveis) na categoria “bancos de veículos comerciais leves”. A AGR é uma associação mantida por médicos e terapeutas que promove ações e pesquisas para prevenção de dores nas costas.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Os novos bancos contam com 14 vias de ajustes, sendo 12 elétricas – ajuste de distância longitudinal (2), ângulo de inclinação do encosto (2), ajuste de altura (2), apoio lombar (4) e ângulo de inclinação do assento (2) – e 2 manuais (extensão do assento).

Sistema de informação e entretenimento

A Amarok V6 Highline vem equipada de série com o sistema de infotainment “Discover Media”, com tela colorida sensível ao toque (“touchscreen”) de 6,33 polegadas, leitor de CD, duas entradas para SD-Card, Aux in e porta USB.

É possível parear via Bluetooth dois celulares simultaneamente e operar telefone e áudio (streaming). A central de infotainment “Discover Media” permite a locução de mensagens de texto (SMS) do celular por meio dos alto-falantes, sendo possível responder por meio de comando de voz a mensagem, enviada em formato SMS.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Além disso, o “Discover Media” realiza a interface com o sistema de assistência de estacionamento 'Park Pilot', que além de demonstrar a aproximação de obstáculos na dianteira em manobras de estacionamento, transmite (na tela central do console) a imagem da câmera traseira de estacionamento.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

O Discover Media traz adicionalmente recurso de navegação. Esse sistema também contempla o “MapCare”, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas durante toda a vida do veículo.

VW Amarok V6 2018 - Brasil

Na Amarok V6 Highline o sistema Discover Media tem também a função de indicadores off-road, com informações sobre o veículo e seus arredores (permitindo melhor avaliação da condução e maior segurança na direção). São três os dados informados: bússola, ângulo de direção das rodas e altímetro (em referência ao nível do mar).

Video - Amarok V6



Vídeo - Amarok V6 - teste drive



Três faixas de potência

Com a chegada do motor V6, a Volkswagen Amarok passa a ser oferecida em sete versões, com três faixas de potência, ampliando sua atuação no mercado nacional.


A versão S (disponível em cabine simples ou cabine dupla), conta com o motor 2.0 turbodiesel com 140 cv de potência e 34,7 kgfm (340 Nm) de torque, sempre associado ao câmbio manual de seis marchas. As opções SE, Trendline e Highline são equipadas com o motor 2.0 diesel com dois turbocompressores com potência de 180 cv. O torque é de 40,8 kgfm (400 Nm) com câmbio manual (versão SE) e 42,8 kgfm (420 Nm) com transmissão automática de oito velocidades (item de série nas versões Trendline e Highline).

27 comentários:

  1. A Amarok V6 é a melhor picape média do mercado, e que, inclusive, neste momento, deve ser a líder de vendas do segmento diesel.

    Mas além disso, ela é uma aula, bem explicada, de como se faz picape média. E os alunos são: Toyota, Ford e GM. Essas três devem ficar bem atentas aos ensinamentos da VW no quesito "como fazer uma picape média".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nissan Frontier suspensão five link e 45,9kgf está bem à frente .
      Projeto novo , boa tecnologia , motor de baixa cilindrada cúbica , biturbo , enfim , melhor custo x benefício de todas disponíveis no país.

      Excluir
    2. Lucas...
      Nissan Frontier à frente de que?
      Vc deve ter cheirado algo muito Forte e podre. Essa Frontier nao da conta nem de limpar as botas da Amarok V6.

      Excluir
    3. A VW só precisa aprender como vender mais.

      Excluir
    4. É verdade...a VW só a maior vendedora de carros do planeta. Ela realmente precisa aprender a vender.

      Ah!, no caso da Amarok, está com mais de 17% de segment share...crescimento de mais de 30% sobre 2017.

      Como tem orelha falando besteira. Não se aproveita nada.

      Excluir
    5. Aula de que?? Até agora não vi nenhuma marca reagindo a Amarok V6.
      Na verdade a VW pode fazer uma Amarok V8 que a Toyota e a Chevrolet não vão se importar.
      Líder é Líder, e não olha tabela de segunda divisão.
      A VW que precisa de aulas com a Toyota e a Chevrolet para aprender como ser líder de mercado.

      Excluir
    6. Os cinco carros mais vendidos no mundo:
      1) Toyota Corolla 2) Picape Ford Serie F 3) Volkswagen Golf 4) Honda Civic 5) Toyota RAV4... https://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2018/01/24/corolla-e-o-carro-mais-vendido-no-mundo-2/?cmpid=copiaecola

      Excluir
    7. Ele tá falando de Brasil, ô 4asnos...como esse ser é ridículo...

      Excluir
    8. VW maior vendedora de carros do planeta, e distância para os demais se ampliando:

      https://www.car.blog.br/2018/01/volkswagen-se-mantem-como-o-maior-do.html

      Isso porque ela não sabe vender...imagina se soubesse...

      Acho interessante tb que é "no Brasil". Legal, no Brasil a Toyota vende metade do que a VW vende....Então quem tem que aprender a vender é a Toyota. Inclusive no Brasil.

      Orelhas. Apenas orelhas.

      Excluir
    9. A diferença é que a Toyota vendeu 20k carros esse ano somente com Corolla, Etios e Hilux (sem contar a SW4).

      Quanto o Yaris chegar, aToyota irá superar a VW em vendas no Brasil.

      Excluir
    10. Claro, claro, a VW vende 400.000 carros/ano no Brasil, e a toyota menos de 200 mil. Isso significa que vc está relinchando que o Yaris venderá 210 mil unidades/ano, quer dizer, 17.500 unidades por mês.

      Olha como é idiota! A fábrica da toyota que será feito o Yaris, e de onde já sai o Etios, tem capacidade de 108 mil carros por ano.

      De onde virão os 110 mil Yaris adicionais?

      Na boa, esse é o tipo de fanboy de Fiat, Toyota etc. O mané chega, chuta qualquer bobagem, não sabe o que fala.

      na boa, cara, se mata. Vc só relincha.

      Excluir
  2. Estou disposto em substituir meu automóvel por uma picape média para viagens.

    E a amarok V6 é uma séria candidata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOM DIA !! SOU VENDEDOR NA KOLINA BLUMENAU ( EM FRENTE O SESI ) E TENHO PRONTA ENTREGA !!

      Excluir
  3. Não para quem viajará nos bancos traseiros (e isso vale para qualquer pick up do nosso mercado)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mário Eduardo Sair. Concordo com você. Andar no banco traseiro dessas pick-ups, é algo sofrível. Mas dirigi lá deve ser bacana, aquela barcona com uma força descomunal.

      Excluir
  4. Oxe, cadê os air bags pros bancos traseiros? A Ranger se não me engano tem.

    ResponderExcluir
  5. Esse preço da amarok v6 está perfeito !!!! Parabéns a VW. Por esse valor nada é melhor que ela no segmento.
    Agora temos que bater palmas também para o motor da S10, que tem 2 cilindros a menos e apenas 5,1 kg de torque de diferença da amarok.

    O que falta na amarok para ser um produto perfeito é ser mais aceito no mercado de usados. Visto que por 100 mil reais compra-se amarok at8 2015. Pelos mesmos 100 mil, compra-se toyota at6 2010.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aos fatos. Em fevereiro de 2018, a Hilux vendeu 1618 unidades, a S-10 1583, e a Amarok é a 3º com 954.

      Mas, todavia, porém, contudo, a Amarok só vende em versões diesel, com preço acima de R$ 130 mil, enquanto isso, Hilux vende 50% flex, e a S-10, quase 80% flex.

      Então, em se tratando de picapes diesel, a Amarok, hoje, é a líder de vendas no Brasil.

      Isso são fatos. O resto é relincho de orelha que não sabe o que fala.

      PS: A Ranger, que todo mundo enche a boca para fala de "custo x benefício", vendeu 600 unidades, com flex e tudo, 30% menos que a Amarok.

      Excluir
    2. Prove que Hilux vende 50 % flex e prove também que S-10 vende 80 % flex.

      Excluir
    3. Toyota AT6 2010? está louco? AT4, você quer dizer.
      De qualquer forma, a diferença vem caindo com os anos. Hoje em dia a Amarok é a segunda que menos desvaloriza em seu segmento, perdendo apenas pra Hilux. Dê uma pesquisada na FIPE delas.

      Excluir
  6. Agora sim. Aquele motor 2.0 desanimava de tanto problema de dava. Correia, EGR, arrefecimento e por fim o Dieselgate. Agora deu vontade de ter uma Amarok. As outras parecem dinossauros famintos.

    ResponderExcluir
  7. O que seria bancos revestidos parcialmente em couro viena?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaiz, há uns anos atrás rolou uma discussão aqui no blog sobre um Golf GTI com couro especial que deu o que falar. Alguém lembra?

      Excluir
    2. O Cao-RJ que ficou desmoralizado aqui

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.