Car.blog.br

Pesquisar este blog

Porsche 928: o primeiro Gran Turismo de Stuttgart

Categorias: , 4 Comentários

O ano era 1977 e os entusiastas da Porsche ficaram abalados com o novo modelo topo de gama da marca: o 928 - um modelo desafiador e que superava as expectativas.

Porsche 928

O Porsche 928 fez muitos questionarem "o que estava acontecendo em Zuffenhausen? As famílias Porsche e Piëch acabavam de se retirar da empresa. Nos Estados Unidos, o maior mercado da Porsche à época, os legisladores discutiam novos regulamentos de proteção contra impactos. E o Porsche 911 era visto como obsoleto em parte devido às emissões e também pela perspectiva de regulamentos de segurança mais rigorosos. Os ventos da mudança estavam no ar, e algumas pessoas na Porsche começaram a abordar essas mudanças de forma abrangente.

Porsche 928

Havia um novo presidente, Ernst Fuhrmann, que aprovou um novo novo modelo de conceito - uma renúncia radical ao princípio do motor traseiro. Ele imaginou um carro esportivo com o motor montado na frente e a transmissão na parte traseira, conectada por algo chamado "eixo rápido". Essa distribuição dos componentes do sistema de acionamento é conhecida como uma construção de transaxle e seria uma definição característica do Porsche 928.

O desenvolvimento começou em fevereiro de 1972

A decisão era ousada, dada a tradição da Porsche de motores montados na traseira. O desenvolvimento começou em fevereiro de 1972 com mudanças radicais em outras áreas. O motor, derivado de um conjunto de corrida V8 4.5L, refrigerado a água, feito de alumínio, tornou-se o primeiro a aparecer em um carro de produção europeu. A carroceria era uma combinação de aço, alumínio e plástico. E os para-choques de poliuretano - ainda outra novidade absoluta - estavam completamente integrados na carroceria. E com isso, o Porsche 928 foi aprovado facilmente nos testes de impacto.

Porsche 928

Os pára-choques não parecem com desenho radical hoje, mas, na época, trouxeram os engenheiros, designers e, claro, o diretor do projeto, Wolfhelm Gorissen, à beira do desespero. Não era apenas uma questão de sua montagem complexa e elástica. A pintura se mostrou um desafio. "Naquela época, simplesmente não possuíamos uma pintura que pudesse também cobrir o aço, o alumínio e o poliuretano", lembra Gorissen. "Havia diferentes tons onde quer que você olhasse." A pintura certa para o carro ainda não havia sido inventada - e foi, apenas a tempo para a produção em série.

Primeiro GT da Porsche

A distribuição de peso praticamente ideal de 50:50 entre os eixos dianteiro e traseiro, o motor V8 de grande deslocamento e a suspensão sofisticada criaram expectativas de desempenho de primeira classe, pelo menos no papel. Mas os 928 superaram as expectativas. Gorissen lembra os testes noturnos da Floresta Negra com muito clareza: "Era inverno. Algumas das estradas estavam geladas, e parecia verdadeiramente desafiador. "Mas os pilotos saiam do carro impressionados". O 928 se mostrou superior ao 911 da época.

Porsche 928

O 928 era diferente desde o início. Acima de tudo, foi posicionado no topo de gama - como um carro de turismo esportivo, ou o primeiro Gran Turismo da Porsche. O carro novo tinha quatro assentos, embora as duas traseiras não fossem projetadas para passeios longos. Também era extraordinariamente espaçoso e tinha um grande porta-malas. O carro era considerado grande na época, embora pareça incrivelmente compacto pelos padrões atuais. "Nenhum outro carro esporte V8 é tão baixo e elegante", disse Harm Lagaaij, chefe de design da Porsche de 1989 a 2004. E ele planejou dirigir "pelo menos três 928" em seu tempo livre.

A estréia mundial do 928 no Geneva Motor Show causou sensação

Os 928 pareciam deslizar na estrada. Ele gerava significativamente menos ruído do que o motor refrigerado a ar do 911. Era mais agradável e o conforto era excelente: o sistema de ar condicionado arrefecia o porta-luvas; a altura do volante e os assentos poderiam ser ajustados; e os pilotos também podem ajustar as posições do pedal, o descanso dos pés e a alavanca de marcha. Os limpadores de pára-brisa tinham um tanque separado com uma bomba de dosagem dedicada que pulverizava um detergente especial na janela de vez em quando para manter o vidro livre de sujeira.

Porsche 928 S

O sistema de som tinha gravador de cassetes com excelentes qualidades de recepção e controles claros e fáceis de usar.

Porsche 928

A estréia mundial do 928 no Salão Automóvel de Genebra em março de 1977 foi uma sensação, e o público ficou emocionado. De acordo com Der Spiegel, "O ex-chefe da Volkswagen, Rudolf Leiding, comprou uma para sua esposa". A revista também notou: "Nenhum outro carro tem desempenhado um papel mais importante nos altos e baixos do Porsche do que no 928." Em outras palavras, este novo carro esporte é incrivelmente moderno e atipicamente elegante, claramente tinha tudo o que precisava para assumir o legado do 911.

A produção dos 928 parou após um total de 61.056 veículos vendidos.

Mas o mercado entendeu de forma diferente, como se sabe agora 40 anos depois. O Porsche 928 foi eleito o "Carro do Ano" europeu em 1978, o primeiro e único carro esportivo a ter recebido essa honra e foi continuamente melhorado e atualizado.

Porsche 928

A potência aumentou de 240 cv a 350 cv com o lançamento do 928 GTS em 1991. O modelot eve a produção encerrada em 1995, depois de um total de 61.056 veículos terem sido construídos. Mas seu design jamais deixou de ser admirado.

4 comentários:

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.