Car.blog.br

Pesquisar este blog

Polo 200 TSI: impressões e consumo com etanol - urbano

Categorias: , , 46 Comentários

O Volkswagen Polo foi lançado em setembro de 2017, e na maior parte das vezes fizemos avaliações com unidades praticamente 0KM e sempre abastecidos com gasolina. Neste artigo relacionamos nossas impressões de um teste rápido com uma unidade Highline, com 9.000 Km rodados, e abastecido com etanol.

VW Polo 2018 Automático - vermelho

O veículo em questão foi usado em um percurso urbano, de 220 Km, na maior parte do tempo com 3 adultos a bordo, e 100% do tempo com o ar-concionado ligado. Nessa situação o computador de bordo apontou média de 9,1 Km/l, como mostramos no vídeo abaixo.



Esse número certamente está comprometido por um uso com um excesso de acelerações e uso da transmissão em "S". Em termos comparativos, com o Up! TSI obtivemos 12,7 Km/l de etanol, e com o Golf 1.6 MSI Automático, 9,8 Km/l em Brasília, e 7,3 Km/l em Goiânia.

VW Polo 200 TSI Automático - consumo etanol

De qualquer forma, os 9,1 Km/l que obtivemos é 13,75% melhor que os 8 Km/l apontados pelo INMETRO como o indicador de consumo para o Polo 200 TSI AT.

Usado com 9.000 Km

O Polo em questão nos impressionou positivamente pela integridade do interior, silêncio interno e completa ausência de ruídos mesmo quando submetido a situações de piso desafiadoras. A quilometragem pode ser baixa, mas é um carro de pré-série, e que foi usado por dezenas de jornalistas em avaliações nas mais variadas situações de piso.

VW Polo 200 TSI Automático - consumo etanol

O desempenho do motor 200 TSI agrada muito, graças ao abundante torque em baixos regimes, o que torna a condução em cidade particularmente divertida. É um carro leve de direção e de acelerador: ao menor toque no pedal direito ele responde com uma aceleração vigorosa e agressiva.

VW Polo 200 TSI Automático - consumo etanol

O conjunto motor e câmbio automático AISIN de 6 marchas está tão bem ajustado, que inexiste o tradicional "lag" de baixos regimes de motores turbo. No caso do Polo não há esse efeito, pois ele é ágil mesmo nos regimes mais baixos, e isso é obra do conversor de torque, que neutraliza o efeito do turbo, produzindo um comportamento de carro com motor aspirado de grande deslocamento.

VW Polo 200 TSI 2018 - interior

Em uso urbano, particulamente, este Polo 200 TSI Automático é muito mais ágil é rápido que o VW Golf 2.0 Automático que já testamos em longa duração , o que não é exatamente uma surpresa, pois o motor do Polo tem 20,4 Kgfm de torque, enquanto o do Golf oferta 19,8 Kgfm.

VW Polo 200 TSI 2018 - interior

É realmente impressionante o que esse motor 1.0 TSI do Polo oferece de torque em baixos regimes, superando até mesmo o motor AP 2.0 usado no Golf da geração anterior e nos primeiros Jetta Comfortline, que era um motor conhecido por sua grande oferta de torque.

VW Polo 200 TSI Automático

No mais, o Polo 200 TSI Automático é um carro que quanto mais se usa, mais se gosta dele. Além de ágil e silencioso, ele é suave e macio, e sua suspensão elevada em relação ao Golf o torna ainda mais prático nos pisos lunares brasileiros, superando lombadas, valetas e crateras com competência.

VW Polo 200 TSI Automático - consumo etanol

O mais interessante de tudo é que este Polo é mais suave e macio que qualquer outro modelo da Volkswagen (exceto o Virtus) vendido por aqui, e ele faz isso sem comprometer o excelente comportamento dinâmico que caracteriza os modelos baseados na plataforma MQB.

Conclusão

VW Polo 200 TSI Automático - consumo etanol

O Polo 200 TSI Highline Automático usado (9.000 Km) se mostrou íntegro e silencioso em nosso percurso inicial urbano de 220 Km. O consumo com etanol, de 9,1 Km/l, mesmo 13,7% melhor quem o do INMETRO, consideremos que pode melhorar bastante caso se siga as digas do sistema Think Blue.

46 comentários:

  1. Engenharia alemã, inconteste! Motor, câmbio, plataforma, qualidade construtiva, espaço interno, conforto. Só vale comprar um outro, se valer, se vier com: muito desconto, juros 0% em 72 prestações, tanque cheio, 01 ano de seguro total grátis, pintura metálica grátis e pagamento com pontos no cartão. Tudo isso junto, senão fuja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 6 anos pagando prestação de carro? Nunca...

      Excluir
    2. É um saco passar anos pagando um carro,mas pra várias pessoas é o único jeito.

      Excluir
  2. Vi um polo ontem branco, pense no carro grande kkkk. Estava estacionado do lado de um gol. Dava a impressão de ser maior que um bravo.

    ResponderExcluir
  3. Esse carro é bom em tudo, só faltava um acabamento mais refinado aí pronto, iria ser perfeito. Estava conversando com um amigo meu da Saga e aqui em Brasília a venda está a mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Polo já tem o melhor e mais refinado acabamento do mercado. Vc quer o que? Acabamento de Audi? Isso terá no A1, que será o Polo da Audi.

      Excluir
    2. O Polo tem black piano, uma série de detalhes cromados, bancos em couro, volante em couro, montagem absolutamente perfeita. O acabamento foi elogiadíssimo pela Quatro Rodas e considerado superior ao do Corolla Altis.

      O fato é que o acabamento do Polo é superior em tudo a tudo que tem no mercado. Superior inclusive a de seus concorrentes diretos, Focus e Cruze Sport.

      Entao, a realidade dos fatos é que o acabamento do Polo é excepcional, e refinado. E de muito bom gosto. O resto é relincho.

      Excluir
    3. Acabamento correto é muito diferente de acabamento refinado, algo que definitivamente o Polo não tem mesmo. Você pode relinchar à vontade, mas não vai conseguir convencer ninguém disso.

      Excluir
    4. posso concordar com você em partes (alguns detalhes mudaria,sim),mas no geral o acabamento é bom

      Excluir
    5. Pois eu testei o carro e não achei o acabamento bom como dizem. Os encaixes são bons com certeza mas plástico texturizado ou não ainda é plastico, texturizaram o plástico mas ainda é o mesmo do gol, uma pena. Fora que já tive carro com detalhe em Black piano, só serve pra ficar marca e arranhar. Sugiro que você olhe o carro de perto e veja se cabe no seu habitual pois o que é considerado bons por alguns pode não ser bom pra você. Opinião de revista é importante mas prefiro ir eu mesmo olhar. Mas é isso aí, mês que vem estarei com meu é essa continuará sendo minha unica reclamação por conta do carro ter excelente potencial. Até.

      Excluir
    6. Já vi de perto essa versão Highline, topo de gama, algumas vezes e o que depreendi foi uma montagem do acabamento muito boa, e requintes que normalmente não se observam à esta faixa de preço, como inúmeros detalhes cromados (luxo!), a tela multimídia à vidro, muito classuda!

      Os materiais de acabamento, bancos e revestimentos, são bastante superiores e mais belos e refinados que os do Cruze Sport LTZ2 que tive a oportunidade de andar em sede de test-drive.

      Os bancos considerei de excelente conformação e estrutura. Sente-se mais confortável que no Cruze ou mesmo em Focus. No nível do Golf, assumi.

      Os revestimentos são de excelente qualidade em todas as partes, e até mesmo as laterais dos bancos.

      O carro transparece qualidade logo ao se abrir à porta, com ótima impressão e apresentação.

      Gostei muito ao porta-malas, com abertura elétrica e por intermédio de botão ao painel. Bem prático.


      A combinação de cores também da uma sensação de muito requinte, com detalhes em preto, cinza e muitos cromados.

      A tonalidade escura sugere esportividade.

      Após esta análise, trouxe dois amigos à avaliação. Um estava em vias de fechar um Focus SE OKM. E outro, mais desligado aos carros, caindo aos encantos de uma vencedora que lhe estava vendendo um Argo HGT por R$ 79 mil.

      Qual não foi a surpresa de ambos ao verem o Polo Highline. Sobre o Focus, o desconto à R$ 20 mil reais, e o Polo muito mais completo! Ao Argo HGT, meu amigo está em vias de processar judicialmente à concessionária, pois enganação, tamanha foi sua surpresa à verificar a incomensurável superioridade do Polo à todos os níveis, sendo R$ 10 mil menos oneroso ao Argo.

      Ao fim e ao cabo, ambos já desistiram de Focus e Argo, e já compraram seus Polo!

      Ao desempenho só posso exclamar: sublime, conforto, suave!

      Este Polo é uma peça de engenharia há muito não vista por estas plagas.

      Excluir
    7. Minha esposa tinha um Fox Prime com aquele black piano na grade frontal... Surpreendentemente nunca riscou...

      Excluir
    8. De fato, o acabamento interno todo em plástico do novo Polo deixa muito a desejar. Tive a oportunidade de entrar na versão highline aqui na concessionária de Brasília, e é nítido o nível de simplicidade dos materiais, passa a impressão de economia de custos, igual dos carros populares.

      Excluir
  4. Parece que dessa vez a ficha caiu e o mercado aprovou o Polo, coisa que não aconteceu como deveria ( e os especialistas afirmam ) com o também excelente carro, o Up!. Com a chegada do Virtus, com seu imenso porta malas e as mesmas qualidades do Polo, a tendência de aceite tbm muito grande, a VW mostrou que entende o nosso mercado e que o quer de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso está oferecendo o que há de melhor na sua engenharia, motores 1.0 TSI e plataforma nova mais segura e espaçosa. Motores 1.4 TSI casam melhor com a linha Golf e Jetta.

      Excluir
    2. mas não tem como fazer sucesso ele é um carro de nincho

      Excluir
  5. VW Polo fazendo o papel de Golf...

    ResponderExcluir
  6. Já vi alguns Polo aqui em Curitiba, a maioria 200 TSI. Quem sabe meu próximo carro seja o Golf, mas se não for, pensarei seriamente no Polo highline, achei o carro muito bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que ta valendo mais a pena que o Golf , seguro +manutenção mais em conta .. consumo menor e muitos itens de conforto e segurança .. isso claro que se voce não estiver com $$$ suficiente para pegar um GTI ai a historia muda . Mas veja um com aquelas rodas de liga aro 17 que colocaram nele , ficou F...

      Excluir
    2. Definitivamente o GTI não é pro meu bico e não quero pegar usado/semi novo. Independente de Polo ou Golf, seria 0km. O Polo já seria o highline.

      Excluir
    3. To na mesma , Golf pra mim seria 2014 que já aparecem alguns a um valor razoável mas quando coto seguro e faço orçamento para alguma revisão desanima total. Polo eu ja pegaria o TOP , manutenção não vai da , seguro mais em conta e da para andar no alcool com uma boa media no meu percurso diário .
      Mas tem que vir com a Roda 17 e o Virtual Cockpit senão não vira .

      Excluir
  7. Esse carro tem que ser na versão Highline com o tal do Virtual Cockpit e as rodas de liga . Fica lindo D+ , vi um branco aqui em Curitiba e o carro ta pronto , não precisa fazer xunning nenhum ,é pegar o carro e vira patrão no bairro ... eu vou esperar passa esse hype do lançamento e vou na Concessionária ver se consigo alguma condição mais favorável ..... mas a dona VW finalmente acertou a mão

    ResponderExcluir
  8. Ainda estou em dúvida entre Polo e Virtus, mas com certeza se for pegar o Polo, não vou querer a roda aro 17, que parece exagerada para o carro, enquanto a 16 deixa o carro com aparência mais bonita, como esse da foto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo , minha modesta opiniao :
      1º O motor é bom mas não faz milagre , é na medida para o polo mas ja perde um pouco no virtus que deve ser mais pesado
      2º A roda de 16 de longe deixa ele a cara de um gol ( de longe) , vai na de 17 que a menos que tenha mais que 60 anos de idade vai ficar perfeita
      3º Pelo amor de Deus não compre prata ou cinza . Vai de branco ou vermelho
      4º Aquele couro sintético é dispensável

      Excluir
  9. O pessoal anda reclamando do plástico do painel por ser duro. Por acaso essas pessoas ficam passando a mão no painel enquanto dirigem? O mais importante é o revestimento de couro do volante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uma galera que deve ficar alisando o painel o dia inteiro.

      Excluir
    2. Não, mas quem gosta de carro mesmo, aprecia esses detalhes. Acho que seria bem vindo nos Polos tsi o acabamento europeu, seria, de fato, uma opção aos hatches médios do mercado se tivesse um pouco mais de sofisticação, mas no nicho específico do Polo, o carro está sobrando.

      Excluir
  10. O povo não entende nada de acabamento, vejo aqui e em outros sites automotivos pessoas que se dizem especialistas em carros até guro dos carros kkk, o fato é que a montagem do polo é perfeita, materiais de qualidade e encaixes alinhados, as linhas horizontais do painel seguem nas portas formando um conjunto harmonioso. As pessoas criticam o cinza dizendo que o acabamento é ruim, isso não é questão de acabamento, o cinza escolhido faz um contraste muito elegante com as partes pretas do painel e portas, repito os materiais são de qualidade e os arremates são bem feitos isso sim se refere montagem e acabamento. Esse povinho quer painel como se ver no Argo cheio de recortes e alto relevo no painel e portas, plástico vagabundo disfarçado, a Hyundai tem dessas coisas também, mas lá os materiais são bons e a montagem idem. O polo é um carro alemão com uma plataforma moderna e segura, carro global 5 estrelas, motor 200Tsi. A VW trouxe o melhor da Alemanha para o Brasil, mas esse povo merece mais, prisma e Argo são melhores pra eles.

    ResponderExcluir
  11. O problema do Up é precificação das versões mais completas frente ao polo, no mesmo preço o povo prefere o polo, mas mesmo assim o Up vende bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente, pelo preço do Up!, com mais pouca coisa, pode se pegar um Polo, que tem mais espaço e tudo mais. Oque a VW deveria fazer, até mesmo como teste, é trazer a versão GTI européia, que tem desenho das lanternas diferenciados quanto ao Up! nacional, ar condicionado digital e a lateral com aquela linha ascendente. Tenho certeza que faria sucesso.

      Excluir
    2. laternas e janelas laterias diferentes da nossa. mas sonhar nao custa

      Excluir
  12. O que adianta fazer uma propaganda toda hora deste Polo 200 TSI Highline Automático, se não tem nas revendas para comprar a pronta entrega !!!

    ResponderExcluir
  13. Para os que colocam um monte de defeitos no Polo, façam um test drive e depois comentem suas impressões.

    ResponderExcluir
  14. Em março se tudo correr bem estarei com meu novo polo Comfortiline Completo.
    Fiz o teste gostei e aprovei.

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente essas versões topo não são para mim pois também não gosto de fazer dívidas para agradar ao vizinho, pagar seguro e IPVA elevados, mas em relação ao também moderno mpi uma pergunta para- os que possuem - ou já dirigiram por mais tempo, o desempenho é realmente similar ao UP mpi? É suficiente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poleyblog,acesse o site "autoentusiastas", pois saiu hoje uma matéria do Bob Sharp ( o mestre ), fazendo o teste dessa versão de acesso do Polo e ele se surpreendeu positivamente.

      Excluir
    2. Obrigado pela dica, os reviews dele são bem coerentes!

      Excluir
  16. Se trouxerem umas 1000 unidades do Polo GTI, vende fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes disso, a VW deveria importar algumas unidades do Up! GTI.

      Excluir
  17. Para os que colocam um monte de defeitos no Polo, sugiro que façam um test drive e depois coloquem suas impressões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz test drive no Polo. O carro roda bem, tem uma performance razoável.
      Não é o supra sumo, mas é bom! O câmbio automático é bem escalonado.
      O acabamento, mesmo nas versões TSI, é bem fraco. Não tem como, nesse quesito o Argo é bem superior (fiz test drive também).
      Na dirigibilidade, fico em dúvida entre Argo e Polo. Ambos rodam bem.
      Depende de cada um! O Argo não terá performance de crash como o Polo, mas os atributos avaliados pelo consumidor para definir a compra são bem variados.
      No final, não saí de Polo e nem de Argo. Acabei pegando um Focus.

      Excluir
  18. Não entendo qual é o objetivo da matéria, já que abastecer com etanol nunca foi mais vantajoso do que abastecer com gasolina em termos de economia. Independente do perfil de condução do motorista, o cálculo do preço e autonomia do etanol sempre esteve acima em comparação à gasolina.

    Exemplo: se o Carblog consegue fazer 9,1 km/l com etanol na cidade, imaginamos que ele consiga fazer 13 km/l com gasolina. Nessa caso, o desempenho do etanol x gasolina é de 69% (9,1 / 13). Já o preço médio do combustível em Brasília é de 4,20 pra gasolina e 3,36 pra etanol. Logo, o etanol custa 80% do preço da gasolina. Isso significa que, o etanol tá custando mais caro (80%) em relação ao desempenho do Carblog (69%).

    Detalhe: se os números de consumo na gasolina for maiores que os números do meu exemplo, aí que o bicho pega pro lado do etanol.

    Resumindo, abastecer com etanol sempre foi uma baita ilusão. A única vantagem de ter carro flex é que o álcool limpa as impurezas (carbonização) deixadas pela gasolina no motor.

    ResponderExcluir
  19. O Polo tem um padrão de dirigibilidade excelente, ou seja, bastante macio - embora o carro seja firme ao fazer curvas. Isso, aliás, demonstra também a solidez estrutural da carroceria e dos materiais utilizados na montagem do veículo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.