Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Honda City 2018 chega ao Brasil em fevereiro - fotos

Categorias: , , 24 Comentários

A Honda revela as primeiras imagens do novo City 2018. O modelo chegará às concessionárias da marca em fevereiro, com design reformulado e novos equipamentos.

Novo Honda City 2018 - Brasil

O novo City 2018 recebeu novos para-choques, na dianteira e traseira, que trazem linhas mais horizontais e esportivas. A grade frontal adota um design que destaca o logotipo Honda e avança sobre os novos faróis com luzes diurnas de rodagem em LED.

Novo Honda City 2018

No quesito segurança, o City 2018 terá. dependendo da versão, faróis e lanternas traseiras em LED, além de novas rodas de liga leve.

Novo Honda City 2018

odos os detalhes do novo Honda City 2018, versões, equipamentos e preços serão anunciados no momento de seu lançamento, em fevereiro.

24 comentários:

  1. Respostas
    1. kkkkkkkk... esse city é carro requentado amigo kk

      Excluir
    2. É nada! Esse carro não vende nada.

      Excluir
    3. Rapaz se o virtus 1.0 tsi já não é lá essas coisas, imagina esse city, haja paciência pra pagar um dinheiro desse num carro desse que não anda.

      E o virtus deve andar mais que Corolla e Civic atuais (exceto Touring)

      Excluir
  2. Gostei muito do Virtus e não vejo o Argo+,ops, Cronos, com características técnicas superiores. Mas o City vai dar trabalho pro Virtus, pelo menos em design, conforto e confiabilidade, mas infelizmente a Honda insiste com seu velho 1.5 que termina sendo um motor de desempenho apenas regular pra um carro que chega a R$ 80.000,00 e algumas economias na mecânica que o city da geração passada não tinha, como freios a disco nas 4 rodas por exemplo. Vamos ver a reação do mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato! Acho pouco carro para o que é cobrado...

      Excluir
    2. desenho o virtus leva..e os outros atibutos tb ,a vw talvez perca no pos venda

      Excluir
    3. mini boqueta...... isso sim!
      quem compra um desses, leva o rotulo de comprador boqueta tbem!

      Excluir
    4. Ninguém é obrigado a gostar de Volkswagen!

      Excluir
  3. depois reclamam do fiesta, mas a honda insistir nessa vergonha....
    enfim, concorrência agradece!

    ResponderExcluir
  4. E o VSA? A Honda vai trazer ou ficar só nas firulinhas de toda reestilização?

    ResponderExcluir
  5. Seria interessante se viesse com o motor (que já está disponível na Argentina) com 130cv. Uma pena permanecer com o motor atual, que é já é fraco em relação aos concorrentes.

    ResponderExcluir
  6. Honda se prevalece do atendimento medíocre da concorrência. Pois em relação aos carros que o city concorre, ele é o mais pelado de todos e proporcionalmente o mais caro. Tem que gostar muito de fit e city mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Esse, juntamente com o cobalt são os concorrentes do virtus. Fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se Vw jogar com preços competitivos, não terá pra ninguém. Honda tem que cair na realidade, cobram muito porque pagam. Mas não vale o que é cobrado.

      Excluir
    2. O Cocobalt pode ser de porte similar e ter preço similar, mas até ofende comparar com um City ou Virtus. O Cocobalt é muito, mas muito boqueta, de baixa qualidade para ser comparado. City e Virtus são muito mais refinados.

      Excluir
  8. Um amigo meu é taxista e têm um City a 1 ano e meio como é táxi roda muito está com 160 mil rodados, ele me falou que não fez nada no carro a não ser trocar óleo e pneu, ele falou que teve um voyage com 100 mil já dava manutenção,felei pra ele do Vitus, ele falou que não que vai entrar em outro City pra ele o custo beneficio é muito melhor já que o carro quase não dar manutenção, se a gente que saber se um determinado carro é bom pergunta ao taxista que rodam muito não que têm carro particular que roda pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neto, tu tens razão pois tenho um automático 2013 e somente troca de óleo e pneu ! Sempre tive carros VW desde Fusca até Voyage mas me decepcionei com o pós venda e quando voltava das revisões o mesmo era entregue todo sujo de graxa na tampa do motor, sem falar do mau atendimento ! Com Honda não tive nenhum problema no pós venda, sempre atenciosos e uma oficina impecável !

      Excluir
  9. O custo benefício do Virtus, por 85k, é bem melhor que esse City, embora o atendimento Honda é bem melhor que VW

    ResponderExcluir
  10. Tive um City, modelo mais antigo. Realmente é um carro bom, nos 4 anos que tive, não me deu dor de cabeça. Pós-venda excelente, produtos na concessionária com preço relativamente justo, os básicos é claro, apesar de alguns acessórios melhores custarem o olho da cara...
    Mas a Honda acha que a confiabilidade da marca e o pós-venda, além do visual dos carros, pode fidelizar o cliente. Atualmente, a Honda está vendo o peso dos altos custos para aquisição de seus modelos, aliado ao atraso, principalmente na mecânica e tecnologia, que estão prejudicando a marca.
    Acho que já está na hora da Honda acordar e ver que o consumidor Brasileiro merece motor mais potente, turbo, e econômico, não que o do city não seja, mas falta fôlego, além de preços justos.
    O city é um belo carro, tanto por dentro, quanto por fora, confortável, econômico, porém o motor e os equipamentos deixam a desejar...
    Se viesse com o 1.0 T da Honda, possivelmente seria uma opção de novo carro para mim...

    ResponderExcluir
  11. A Honda pisa na cara do brasileiro que paga quase 90 mil num carro com motor de 115cv. HB20 com motor de 128cv sai por 75 mil. O cara que compra um carro desses tem que se internar ou não valoriza o próprio dinheiro

    ResponderExcluir
  12. A honda parece que tem uma direção muito ruim, aqui no Brasil. sempre acompanho o ranking dos carros mais vendidos de mês à mês. e na primeira quinzena de janeiro deste ano, 2018, só foram sido vendidos +ou- 215 city(s) e 400 e poucos civic(s), se não me engano. Ou seja, as vendas da Honda vêm dispencando regularmente, ao longo do ano de 2017. Além disso, essa tendência parece se manter, em 2018.
    Vc vai a uma concessionária Honda e as vezes, no pátio (vitrine), ou falta o civic, ou falta o city, ou faltam as versão mais equipadas de ambos. Quer dizer: pisam na bola, o tempo inteiro.
    Claro, a mecânica da Honda é impecável, mas, parece que falta investir mais em marketing e melhor política de vendas. É mesmo uma pena que uma marca tenha uma mercadoria de ouro em mãos, mas não tenha uma boa estratégia de vendas. Bom pra concorrência, que as vezes, tem uma mercadoria muito inferior, mas faz chover dinheiro com as vendas.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.