Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ford Mustang Bullitt 2019 é revelado em Detroit - EUA

Categorias: , , 9 Comentários

A Ford apresenta nos EUA uma nova edição limitada do Mustang Bullitt, com motor V8 com potência ajustada para 465 cv e torque máximo de 570 Nm, permitindo uma velocidade máxima de 263 Km/h.

Ford Mustang Bullitt 2019

A nova versão celebra os 50 anos do icônico filme de perseguição automotiva "Bullitt" que foi estrelado por um Mustang GT fastback - ao lado de Steve McQueen.

Ford Mustang Bullitt 2019

O novo modelo é pintado na clássica tonalidade Dark Highland Green do original, e conta com os sutis detalhes cromados do modelo clássico.

Ford Mustang Bullitt 2019

Os destaques do interior incluem um conjunto de instrumentos LCD digital de 12 polegadas e assentos RECARO® em couro com costuras verdes.

Ford Mustang Bullitt 2019

Molly McQueen, neta do ator Steve McQueen, estrelou um filme especial de introdução do novo Bullitt de terceira geração no North American International Auto Show.

Ford Mustang Bullitt 2019

No filme, que reproduzimos a seguir, Molly faz uma cena de perseguição através de uma estrutura de estacionamento lutando contra um Dodge Charger.



O novo Mustang Bullitt está equipado com uma transmissão manual, sendo que a manopla de mudança de marcha possui uma bola branca, acenando para o modelo original.


O veículo embala todo o conteúdo do Mustang GT Premium e do Pacote Performance do Mustang 2018, mas mantém a personalidade discreta do Bullitt original.

Ford Mustang Bullitt 2019

Um sistema de escape com válvula de performance ativa é de série com as novas ponteiras Black NitroPlate, e fornecem um som de motor borbulhante, típico do modelo original.



Há ainda um novo sistema de indução de ar, coletor de admissão Shelby GT350 com corpos de aceleração de 87mm e calibração do módulo de controle do powertrain para otimização de performance.

Ford Mustang Bullitt 2019

Outros equipamentos de série são volante de couro aquecido e um conjunto de instrumentos LCD de 12 polegadas totalmente digital, idêntico em função do cluster introduzido no Mustang 2018, mas com uma tela de boas-vindas Bullitt exclusiva, que começa em verde com uma imagem do carro.

Ford Mustang Bullitt 2019

As opções de pintura exterior são limitadas a Shadow Black e ao clássico Dark Highland Green - como usado no filme. Outras características que homenageiam o carro que McQueen dirigiu são sutis elementos cromados em torno da grade e janelas dianteiras, rodas de alumínio clássicas de 19 polegadas, freios Brembo pintados em vermelho e uma grade frontal preta. Dentro e fora, o veículo usa mínimos elementos de identificação.

Ford Mustang Bullitt 2019

Além das duas opções de pintura exterior, os compradores do Mustang Bullitt estão limitados a três opcionais instalados de fábrica:
  • Pacote Bullitt Electronics inclui navegação, bancos do motorista e espelhos com memória de posição, sistema de som atualizado e sistema de informação de ponto cego com alerta de tráfego cruzado; 
  • Sistema de suspensão semi-ativo MagneRide® otimiza o desempenho de condução; 
  • Assentos em couro preto RECARO®

O Mustang Bullitt original se tornou um clássico por ter desempenhado um papel importante no filme de 1968, mais notavelmente em uma cena de perseguição que estabeleceu novos padrões no cinema. A sequência de quase 10 minutos de duração do filme mostra Steve McQueen perseguindo dois assassinos em seu Mustang pelas ruas de San Francisco.

O original

Dois idênticos Mustang GT 1968 fastbacks foram usados ​​na filmagem do filme clássico "Bullitt" da Warner Bros. que estreou nos cinemas em 17 de outubro de 1968. Após a filmagem, os carros seguiram seus caminhos separados: o veículo conduzido por McQueen no filme foi vendido pela Warner Bros. para um comprador privado, e o outro - usado em muitos dos saltos durante a famosa cena de perseguição - foi enviado para um ferro velho. Esse último veículo ressurgiu em Baja, Califórnia, no início de 2017, mas o outro ficou perdido na história. Até agora.



Sean Kiernan, dono do veículo herói, herdou o carro em 2014 de seu falecido pai, Robert, que havia comprado o veículo em 1974. Para cumprir o sonho da vida de sua família, Sean contatou a Ford e as duas partes trabalharam juntas para revelar seu carro estrela de cinema ao lado do novo Mustang Bullitt 2019 no 2018 North American International Auto Show em Detroit.

9 comentários:

  1. A Ford voltou a acertar no visual.

    Inclusive nos bancos, deixa a Recaro fazer o serviço.

    ResponderExcluir
  2. Ease carro tinha q ser como o fusca ,ter uma frente diferente

    ResponderExcluir
  3. Deveria vir c essa moça no banco do carona

    ResponderExcluir
  4. Mustang é uma lenda; eu, particularmente, acho mais bonito que seu o Camaro.

    ResponderExcluir
  5. Não sei quem admiro mais, se o carro ou a qualidade de interpretação do ator! Grande Steve McQueen! Grande Mustang! Dois monstros sagrados!

    ResponderExcluir
  6. Mito. Maravilhoso essa releitura do modelo 68. A Ford acertou na receita. Vai vender como pão quente.

    ResponderExcluir
  7. Faltou comentar que é sempre bom mostrarem matérias de outras marcas, além da VW neste blog.

    ResponderExcluir
  8. Tal do Carlos4 nem apareceu p dizer que up tsi é melhor "Mustang the Best"

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.