Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen Fox: o Voyage que imigrou para os EUA

Categorias: , , , 26 Comentários

O Volkswagen Fox hoje é um hatch compacto projetado e vendido no Brasil, mas nos anos 80 e 90 do século XX, o nome Fox foi usado para batizar as versões do Voyage e Parati exportados pela Volkswagen do Brasil para a América do Norte.

1989 Volkswagen Fox

O Fox foi vendido nos EUA e Canadá como um modelo sub-compacto da categoria de entrada, entre 1987 a 1993, sendo que no período foram comercializados cerca de 200.000 unidades nesses mercados.

1989 Volkswagen Fox

Inicialmente ele foi oferecido em versões sedã de duas e quatro portas, e também em versões Station Wagon (perua) com duas portas.

1989 Volkswagen Fox  Station Wagon

O interior dos Fox e Fox Wagon, totalmente reformulado em relação aos vendidos no Brasil até então, trazia o painel com comandos em formato de satélite que podiam ser acionados com as mãos no volante. A partir de 1988 esse interior foi adotado nos modelos brasileiros.

Volkswagen Fox - interior

O VW Fox foi vendido nos EUA com o motor quatro cilindros 1.8 (AP-800) associado a uma caixa de transmissão manual de quatro marchas, sendo o que modelo "GL", esportivo, vinha com caixa de cinco marchas, também manual. Esse motor tinha como diferencial em relação ao vendido no Brasil o fato de contar com um um sistema de injeção eletrônica Bosch KE-Jetronic, de apenas um injetor.

1989 Volkswagen Fox

Posteriormente, os modelos 1990 a 1993 vendidos nos EUA vieram com o sistema Bosch Digifant, de quatro injetores (um para cada cilindro).

1989 Volkswagen Fox

O Fox vendido no Canadá adotou sempre o modelo K-Jetronic, com injetor único e sem sensor de oxigênio para fazer o gerenciamento do fluxo de injeção.


O motor era ajustado para requisitos dos EUA e a potência caiu para 81 cavalos. O Fox não oferecia, nem como opcional, nem direção hidráulica e tampouco transmissão automática.

1989 Volkswagen Fox

O consumo homologado do Fox com cambio de 4 marchas nos EUA era de 10,2 Km/l, no ciclo combinado cidade e estrada. Já o modelo de cinco marchas, mais esportivo, tinha consumo de 9.7 Km/l nas mesmas condições.

1989 Volkswagen Fox

O Fox também tinha alterações em relação ao modelo vendido no Brasil. Os faróis, nos primeiros modelos, eram quadrados, com lâmpadas de halogênio e selados.

1989 Volkswagen Fox

Em 1991 a Volkswagen promoveu alterações na linha, sendo que a frente ficou similar aos modelos vendidos no Brasil.

1991 Volkswagen Fox

Entretanto os para-choques eram diferenciados em relação ao modelo vendido no Brasil, por adotar uma textura mais brilhante, e por contar com a parte inferior pintada na cor do carro.

1992 Volkswagen Fox

A lateral trazia novas calotas, com um visual mais limpo.

1992 Volkswagen Fox

E a traseira também ficava similar à aplicada nos modelos nacionais, com a mesma lanterna, porém com tonalidades diferentes.

1993 Volkswagen Fox 3 doors

Além das alterações estéticas, em 1991 a Volkswagen deixou de oferecer a Fox Station Wagon nos EUA.

1989 Volkswagen Fox  Station Wagon

No mesmo ano o modelo de duas portas saiu de linha nos EUA. Em 1993 a VW do Brasil encerrou a exportação do modelo para os EUA. Veja mais modelos antigos do Gol e Voyage clicando aqui.

26 comentários:

  1. O bom mesmo é que a VW continuou e continua vendendo este tipo de produto num mercado aonde o nível de exigência do consumidor é baixissima.
    Uma pena ela não reformular toda a sua gama de produtos como a ford fez, só assim seria possível manter a sua hegemonia no Brasil, como ela insiste em continuar no erro em breve a ford tomará a dianteira do maior vendedor de carros do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Limelight, a única coisa em que a Fiat acertou foi em oferecer um veículo que aceite o GNV sem passar por alterações apos a compra, fora isso, o campeão de vendas da Fiat é datado de 1996 e foi preciso contabilizar duas gerações do Palio para desbancar o Gol, coisa que a Fiat vem fazendo desde 2000. O Gol é de 2008 e não conta com duas gerações para ser líder, foi uma diferença dep 300 unidades do Palio para o Gol, sem contabilizar o UP! Que é o modelo mais seguro do mercado e o Único com 5 estrelas nos test crashs, tanto para os adultos, quanto para crianças. Se a Fiat fosse realmente preocupada com o cliente brasileiro, não faria o que faz. É por isso que ela só é líder no Brasil. Em nenhum outro mercado mundial a Fiat é líder ou briga pela liderança do mercado, nem mesmo na China, que não é muito exigente, alias, a VW é líder em dois dos 5 mercados mais importantes do mundo e briga pela liderança nos outros 3 mercados. E a Fiat é considerada lixo nos outros mercados.

      Excluir
    2. O Gol também só era líder porque também contava as duas gerações, a G4 e G6, como deixou de fabricar a G4, perdeu
      Oh implicância com a Fiat, esse adoradores da VW só sabem chorar....mimimimi

      Excluir
    3. Prezado Marcelo, não é somente no Brasil que a Fiat é líder....basta pesquisar.

      Excluir
    4. Quero ver vender gol e palio nos Estados Unidos. Em Miami principalmente ... kkkkkkkk.... Ta arriscado algum Brasileiro esses metidos a bestas que vivem indo pra la comprar muamba, comprar um e trazer pra cá só pra dizer que ta andando de carro importado kkkkkkkkkk......

      Excluir
    5. Ser líder no Brasil, onde se tem carroças sendo montadas, não é lá essas vantagens, afinal, quantidade nunca será qualidade por aqui.

      Mas vale lembrar que a FIAT só líder aqui e na Itália. Em nenhum outro país do mundo ela consegue emplacar mais carros que VW, Ford ou mesmo Hyundai. Já a VW... bem... o Golf é o terceiro carro mais vendido do mundo. E é na mira da VW que montadoras como Renault-Nissan e Hyundai vêm se colocando, pra desbancar seu mercado - e não o da FIAT.

      Excluir
    6. so pra lembrar a volks foi lider aqui no brasil por mais de 25 anos e em 2015 o palio vendeu mais,isso n e motivo de comemoração não ,se fosse um jogo o placar estaria 27X1

      Excluir
    7. foi lider em 1 ano so,o que adianta ganhar so uma vez nas vendas em 27 anos

      Excluir
    8. FORD NUNCA será maior que a VOLKSWAGEN porque não tem a tecnologia para fazer melhores produtos que a VOLKSWAGEN em matéria de perfomance, baixo custo de manutenção e alto valor de revenda. FIM!

      Excluir
  2. O Voyage é o único carro na história da industria automotiva projetado e fabricado no Brasil que foi exportado para a Gordolândia. Nem carros da GM e Ford fabricados no Brasil já foram exportados para os EUA, e o Voyage foi.
    Inclusive é um carro tão bom, que até hoje tem fanclube na Gordolândia. E muitas unidades rodando, mostradno como é robusto. E é mesmo.
    Absurdamente robusto, como mostra um artigo de um ex-engenheiro da Ford e que ficou encarregado de testar o Gol para a Ford, vejam:
    http://autoentusiastas.com.br/2015/01/bola-na-trave/
    E o Fox, ou bem ou mal, vendeu 200.000 unidades em 5 anos. Cerca de 40.000 por ano, ou 3.400/mês. Números corretos para o tamanho do mercado americano à época e também pelo fato de ser de um segmento sub-compacto, que não é o mais vendido em Gordoland.
    Uma coisa é certa: a VW se tivesse colocado uma transmissão automática e uma direção hidráulica, esse carro teria vendido bem mais na Gordolândia...certeza..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brasil já pode ser chamado de gordolandia também

      Excluir
    2. Nossa. como tem hater recalcado neste site. Como são chatos.
      A GM e a Ford são americanas e JAMAIS tiveram coragem de exportar um carro fabricado aqui para os EUA.
      A VW é alemã...e foi a única capaz de colocar um carro no mercado dos EUA.
      Ou seja, o fato: o Gol, Voyage e Parati foram os únicos carros vendidos no Brasil no século XX que estavam adequados para serem vendidos na Gordolândia.
      Isso é um fato. Os haters podem chupar que é de uva, mas essa manga eles têm que engolir.
      Não é atoa que Gol foi o carro mais vendido do Brasil por 27 anos seguidos...
      Voyage e Parati: únicos carros brasileiros da história a serem aprovados para serem vendidos nos EUA. Fato.

      Excluir
    3. O Yugo também era vendido nos EUA.

      Excluir
    4. FORD nunca terá competencia para testar ``GOL`` rsrsrs...

      Excluir
  3. Projeto inseguro, poluidor e desconfortável = Voyage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igual a concorrência de 20 anos atrás: Chevette, Prêmio, Del Rey...

      Excluir
    2. seguro,potente,confortavel,robusto,facil manuntenção..... eu podia falar o dia todo aqui so que nao tem como e muita vantagem

      Excluir
  4. hj vc acha essa dianteira no mercado livre e vc poe em qualquer gol quadrado da vida e fica com um modelo exclusivo vide fullpower

    ResponderExcluir
  5. Era muito bonito; carro muito desejado naquela época. Hoje, não é; carro um tanto comum. Esperemos a nova geração, que virá brevemente.

    ResponderExcluir
  6. Certa vez em visita a europa o bandido do pres.Collor se encontrou com o pres.da VW, onde o mesmo disse " presidente e com muito orgulho que investi os e fabricamos carro no Brasil......" O então pres. Collor disse "carro não!!!!! Vocês fabricam carroças no brasil". A única coisa boa que o Collor fez, foi abrir as "fronteiras" e permitir que outras montadoras viessem para cá.

    ResponderExcluir
  7. Ele parou de ser exportado porque um carro coreano massacrou as vendas do Fox/Voyage. Este tal coreano foi o Elantra.

    ResponderExcluir
  8. Tenho um gol 90 sou doido para coloca essa frente do fox 89 nele .... Alguem poderia me ajudar onde acho... Abraço

    ResponderExcluir
  9. Nessa mesma época, a Volkswagen brasileira produziu o Passat Iraque exclusivamente para países do Oriente Médio, pelo que me lembro, era um quatro portas, equipado com ar condicionado e bancos com tecido de alta qualidade somente na cor vermelha, inclusive as laterais das portas. Motor 1.6 AP, com câmbio de 4 velocidades. Não lembro se havia direção hidráulica, mas sei que algumas unidades foram comercializadas no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. A Gordolandia não aceita que levem coisas de fora pra vender lá isso inclui carros,musica ,filmes e etc... querem ser os primeiros em tudo inclusive no peso.
    as montadoras fazem os carros sem gosto e o povo brazóleiro compra porque a maioria não tem gosto parecem idosos comprando carro e quem quer um carro diferente só porque é mais bonito vai pagar uns 30 mil a mais em bicicletas e latas de goiaba recicladas chamadas de carro novo.

    ResponderExcluir
  11. To comprando um Voyage Fox 1987 que a Volkswagen do Brasil doou para várias unidades do Senai, encontra-se com 164 km rodados atualmente. Mais tarde posto fotos aqui.

    ResponderExcluir
  12. Eu trabalhei na linha de montagem final desse carro...eu montava uma.
    barra de aço maciça que fica no meio das porta dele...uma exigência do americanos, aqui no Brasil não existe isso é montava também os parabarros nos Paralamas dianteiros...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.