Car.blog.br

Pesquisar este blog

Controle de Estabilidade: obrigatório na Argentina em 2018

Categorias: , 7 Comentários

A Agência de Segurança Rodoviária da Argentina assinou um acordo com os fabricantes de automóveis e importadores (Cidoa) para implementar medidas adicionais de segurança nos veículos vendidos em seu mercado doméstico.

Ford KA SEL 2015 - controle de estabilidade e tração

Dessa forma, já a partir de 2015 os modelos à venda na Argentina com peso até 2,5 toneladas deverão vir de fábrica com extintores de incêndio.

Ford Focus 2015 - 5 estrelas em teste de impacto

Em 2016 fica obrigatório a adoção de cintos de segurança inerciais traseiros em todos os modelos à venda na Argentina.

volkswagen up! - aprovado em teste de impacto lateral

Já em 2018, novos automóveis e veículos comerciais com peso até 2.5 toneladas só serão homologados para venda na Argentina a partir de 2018 se aprovados em teste de colisão lateral. Em 2022 todos os carros vendidos na Argentina terão que ser aprovados nesse teste.

Volkswagen Golf recebeu Top Safety Pick + nos EUA

Em 2018 também será obrigatório que todos os modelos a venda no mercado platino com peso até 2,5 toneladas deverão dispor de controle eletrônico de estabilidade (ESP).



A adoção do ESP é a mais significativa de todas, já que há dados das Nações Unidas que comprovam que o controle de estabilidade reduz as mortes e lesões em acidentes de trânsito.

Fonte: Argentina Auto Blog

7 comentários:

  1. Puxa! Los hermanos saíram na nossa frente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que vc precisa ler a reportagem
      e veja que veiculos acima de 2500 kg não precisam de nada, são imunes a tudo

      Excluir
    2. Nem tanto, Vader!
      Extintor de incêndio é item obrigatório, no Brasil, desde 1988 e cinto de três pontos já faz parte da maioria dos carros de luxo, há muitos anos.
      A estudos, no Contran, para implantação do ESP, em todos os carros fabricados no Brasil, à partir de 2017.
      Essas medidas na Argentina, devem ser implementadas aqui no Brasil também, visto que, mais de 60% das nossas exportações de veículos, são para nossos hermanos!

      Excluir
    3. Acho que as montadoras vão fazer os carros podendo ter ou não os itens. Os itens de seguranção serão colocados em todas as versões onde for obrigatório, e apenas nas versões mais caras onde não for obrigatório. Exemplos que tem ESP só nas versões mais completas: VW Fox (só no Highline) e Ford Novo KA (só no SEL)

      Excluir
  2. Interessante essa obrigatoriedade do controle de estabilidade. Quanto mais segurança, melhor!
    Todos os carros deveriam ser submetidos a testes de colisão (crash test) antes de serem colocados à venda no mercado, e essa informação deveria estar bem visível junto aos carros nas concessionárias. / Tem marca que não cede seus carros para testes, outras, escondem os resultados dos consumidores.

    ResponderExcluir
  3. Brasil...assim como a inspeção veicular obrigatória que estudam implantar à mais de 10 anos
    e nada, onde todo ano seriam inspecionadas toda a frota brasileira, obrigando aos proprietários
    a manter seus carros em dia, mas enquanto isso não sai, vemos muitos por ai acabados sem
    a mínima segurança para rodar

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.