Car.blog.br

Pesquisar este blog

Punto e Palio 1.4 e 1.6 saem de linha com a chegada do Argo

Categorias: , , 18 Comentários

A chegada do hatch Argo ao mercado provoca alterações no line-up de produtos da Fiat no Brasil.

Punto e Palio 1.4 e 1.6 saem de linha com a chegada do Argo

O Argo, que adota uma plataforma derivada do Punto, o substitui integralmente. O Punto teve suas últimas unidades produzidas neste mês e tão logo os exemplares remanescentes nas concessionárias sejam vendidos, sairá também do site da marca.


Punto e Palio 1.4 e 1.6 saem de linha com a chegada do Argo

Outro modelo que tem fim de produção decretado é o Palio equipado com motores 1.6 e 1.6, em versões Attractive, Essence e Sporting, os quais também não são mais produzidos em Betim (MG)

Punto e Palio 1.4 e 1.6 saem de linha com a chegada do Argo

No caso do Palio, o modelo permanece em linha apenas na configuração 1.0, que terá a missão de enfrentar o Onyx Joy (modelo de entrada do hatch da GM, com a estética antiga, e que representa 30% das vendas). As versões LT e LTZ do Onix, que são as de novo visual, é que são o alvo do Argo.

Punto e Palio 1.4 e 1.6 saem de linha com a chegada do Argo

O Bravo já tinha saído de linha há algum tempo, assim como Linea e Idea, sendo que estes não estão mais no site da marca no Brasil.

Postagens relacionadas:

18 comentários:

  1. Primeiro caso na indústria automotiva no Brasil onde se tira de linha um carro melhor do que o novo lançado para substituí-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você eh o hater Mais chato desse blog, nem andou no carro (e nem vai andar pq eh pobre) e já ta falando q eh pior, vai trabalhar e tente comprar pelo menos um gol G3 com 100 mil rodado financiado em 60x p vc poder falar de carro!

      Excluir
    2. Cara, tem uma certa coerência no que você disse... Quando a Fiat equipou o UNO com start-stop e hill holder (????), quando lançou o Mobi também, enfim, eu já tinha dito aqui que esses modelos, com design diminuto, não teriam força para enfrentar HB20 e Ônix... O cara que deveria ter sido trabalhado era o Punto, que já tinha design e recursos (opcionais, mas enfim...) para vencer a dupla de cima. O Punto tinha a estrutura para receber 6 airbags. Bastava um reforço + central com espelhamento e controles de tração e estabilidade para atualizar o projeto e se destacar... Mas a Fiat passou anos boicotando o próprio carro que a salvou na Itália, possibilitando até a expansão da marca e a formação da FCA.

      Mas enfim, segue la pelota... O Argo traz um pouco do melhor carro da Fiat, com algumas melhorias. E isso é bom.

      Ficou devendo mais 2 ou 3 airbags. Erro besta da Fiat... Mas enfim, já foi um avanço no mercado e melhor assim.

      Excluir
    3. Não... Teve o caso Corsa C x Agile..

      Excluir
    4. Espero o crash test do Argo só pra confirmar minhas suspeitas.

      Excluir
    5. O crash test do Argo deve vir bem. A FCA sabe fazer carro 5 estrelas. O Renegade conseguiu isso. E eles certamente fizeram um trabalho de reforço no Argo. Não podemos nos esquecer que no padrao antigo o Palio conseguiu 4 estrelas.
      O Argo tem ESP na maior parte das versões, e a carroceria foi reforçada. Então aposto até em um duplo 5 estrelas para ele.

      A questão não é essa. O problema é a ineficiência do projeto. Para conseguir isso, a Fiat teve que fazer um carro de 4 metros tão ou mais pesado que o Golf, que mede 4,3 metros e é 5 cm mais largo.

      Excluir
  2. Primeiro caso na indústria automotiva no Brasil onde se tira de linha um carro melhor do que o novo lançado para substituí-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Nao vejo desta forma . Achei o Argo um carro bem acertado . Tera pessoas que irao concordar com voce e muitas outras nao . Acho que entra no gosto de cada um .

    ResponderExcluir
  4. A Fiat tem um line up confuso...

    Os produtos não sao de todo ruins, mas montagem terrivel e um samba do criolo doido nas linhas atrapalha.

    ResponderExcluir
  5. A versão 1.0 devve ser um fracasso em desempenho por causa do peso,a versão 1.8 ruim por causa do velho motor eporq beberrao e preço lá em cima alcançndo os suvs. A compra inteligente sera para quem optar pela versão 1.3 manual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a melhor versão, pois a automática na verdade é o Dualogic (GSR), enquanto HB20 e Onix têm automáticos de verdade!

      Excluir
  6. O problema é que a Fiat muda muito seus carros. Em menos de 3 anos esse Argo já terá uma Nova geração, assim como foi com o Uno, que a última reestilização foi em 2015, e agora em 2017 já mudou de novo. Uma pena. Peno menos as versões mais caras do Palio devem estar em promoção...

    ResponderExcluir
  7. a fiat ja esta fzendo uma queima de estoque de quase todos os seus modelos, exceto o mobi, uno, strada, toro e fiorino. o resto todo ja saiu de linha e dos modelos antigos so permanecem pelo menos ate o final do ano as versoes 1.0 do grand siena e palio

    ResponderExcluir
  8. esse Argo va icumprir bem esse papel...

    ResponderExcluir
  9. Realmente era muito carro idêntico com nomes diferentes
    Pelomenos assim diferencia mais

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.