Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota apresenta seu primeiro modelo autônomo - vídeo

Categorias: , , 9 Comentários

A montadora japonesa Toyota apresenta as primeiras imagens e informações da segunda geração do seu veículo de pesquisa de segurança avançada. O modelo foi apresentado em um evento da empresa em Sonoma, no estado norte-americano da Califórnia. O novo veículo é uma plataforma de testes para o desenvolvimento e exploração de uma gama completa de tecnologias de condução autónoma.


Este novo modelo de pesquisa e desenvolvimento é a primeira plataforma de testes autônomos desenvolvida inteiramente pelo TRI, que é o Instituto de Pesquisa da Toyota. Ele reúne todo o progresso da marca nos sistemas de condução autônoma.



O modelo adota uma grande capacidade computacional, que é usada principalmente em visão e aprendizagem artificial. Ele conta com um radar do tipo LIDAR, que é um sistema de leitura de ambiente trimensional, com camadas e sobreposição, e um conjunto de sensores e de câmeras que reduzem a dependência de mapas de alta definição. Essa funcionalidade é importante especialmente para permitir que os veículos possam se auto-conduzir em áreas onde esses mapas ainda não existem.

A plataforma é a segunda geração do veículo revelado ao público no Consumer Electronics Show de 2013. Ele é construído sobre um modelo da geração atual do Lexus LS 600hL, que possui uma interface drive-by-wire.


O modelo foi projetado para ser uma plataforma de teste flexível, plug-and-play que pode ser atualizada continuamente e com freqüência. Sua tecnologia será usada para desenvolver os dois caminhos de pesquisa da Toyota. Os sistemas "Chauffeur" e "Guardian".

O sistema "Chauffeur" refere-se a um conjunto de tecnologias totalmente autônoma, classificado pela SAE, sociedade de engenheiros dos EUA, como autonomia de nível 5 irrestrita e operação restrita e geo-cercada de nível 4.

Já o "Guardian" é um sistema de assistência de alto nível ao motorista, monitorando constantemente o ambiente de condução dentro e fora do veículo, pronto para alertar o motorista de perigos potenciais e entrar em operação quando necessário para ajudar na prevenção de acidentes.

Esse modelo é um veículo inteligente projetado para ficar mais inteligente ao longo do tempo, aprendendo hábitos e habilidades individuais do motorista e se beneficiará da inteligência compartilhada de outros carros que estão recolhendo dados.

A Toyota acredita que o "Guardian" provavelmente será implantado mais cedo e mais amplamente que o "Chauffeur", fornecendo recursos de assistência de alto nível capazes de ajudar a mitigar colisões e salvar vidas, mais cedo ou mais tarde.


O sistema da Toyota de frenagem de emergência automática mostra um compromisso similar. Será um equipamento de série em quase todos os modelos e níveis de acabamento de veículos Lexus e Toyota nos EUA até o final de 2017, cinco anos antes da data-alvo de 2022 da NHTSA, que é a agencia americana de segurança viária.

9 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. A Toyota está na dianteira no que se refere a confiabilidade, eficiência e qualidade, por isso emplaca o maior sucesso automotivo em vendas: Corolla. Mesmo custando 100 mil reais, é o sedan mais vendido do Brasil. Toyota é Toyota.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu disse:
      VW vende mais que Toyota.
      Skol vende mais que Stella.
      Casas Bahia vende mais que Tok&Stok.
      Sertanejo vende mais que Jazz.

      FATOS

      Excluir
    2. E daí? Onix vende mais do que o Etios, mas o Onix é melhor que o Etios? NÃO.

      FATOS.

      Excluir
  3. O sistema da Toyota de frenagem de emergência automática mostra um compromisso similar. Será um equipamento de série em quase todos os modelos e níveis de acabamento de veículos Lexus e Toyota nos EUA até o final de 2017, cinco anos antes da data-alvo de 2022 da NHTSA

    Peraí. para tudo!

    Então quer dizer que a Toyota vai colocar frenagem autônoma de emergência só este ano nos seus carros topo?

    Então a Toyota está prometendo que vai colocar em 2017, e ainda assim só nos top de linha, um sistema que já é carne de vaca nos VW desde 2012, sendo usado no Golf mk7 desde o lançamento, passat, em todos os Audi, e agora tem também no Seat Ibiza, vai ter no novo Polo?

    E a Toyota só no fim do ano. Que piada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diferença é que nos Toyota será de SÉRIE, enquanto nos VW sempre foi OPCIONAL. A Toyota já oferecia da mesma forma que os VW oferecia.

      Excluir
    2. Piada é em 2017 o seu Golzinho vir com um motor 1.6 de 8v feito em ferro, com inéditos 104 cv. Hahahaha

      Excluir
    3. chupa carlinhos. vai pesquisar antes de falar asneira

      Excluir
    4. Luís Carlos K, o Carlinhos não está falando asneira, ele está RELINCHANDO asneiras. Se bem que um relincho é mais poético do que as groselhas que ele fala!

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.