Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda WR-V EX e EXL: preços, detalhes e especificações

Categorias: , , , 51 Comentários

A Honda Automóveis do Brasil já está oferecendo em sua rede de concessionárias autorizadas, desde ontem (24/03), o utilitário esportivo compacto WR-V, em versões EX (R$ 79.500 reais) e EXL (R$ 83.500 reais).

Novo Honda WR-V

O Honda WR-V é um modelo desenvolvido pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da Honda do Brasil a partir da plataforma do Honda FIT, mas com muitas alterações mecânicas para adequá-lo ao uso off-road.

Novo Honda WR-V - interior

O vídeo a seguir mostra os detalhes das duas configurações de acabamento.



Itens de série

  • Honda WR-V EX -- R$ 79.500 reais: ar-condicionado, direção elétrica, câmera de ré, faróis de neblina, luzes diurnas de LED, rack de teto, rodas de liga leve aro 16", central multimídia com tela de cinco polegadas (não é sensível ao toque) com rádio, CD, USB e Bluetooth, trio elétrico, volante multifuncional revestido de couro com regulagem de altura e profundidade, piloto automático, airbags frontais e laterais, isofix, computador de bordo, bancos rebatíveis, banco do motorista com ajuste de altura, encosto de cabeça e cintos de três pontos para todos os passageiros.
  • Honda WR-V EXL -- R$ 83.500 reais: todos os itens do EX e acrescenta dois airbags adicionais de cortina e sistema de informação e entretenimento com tela sensível ao toque de sete polegadas com GPS.
O WR-V tem um comprimento total de 4 metros, sendo portanto 29 cm menor que o SUV intermediário da Honda, o HR-V. Dessa forma, ele se coloca como um veículo com características de robustez e posição de dirigir elevada de um SUV, associado à praticidade de um compacto.


Entretanto, ao se observar o WR-V ao tem-se a impressão de ser um modelo maior que seus 4 metros de comprimento sugerem, resultado da dianteira elevada, lateral com protetores típicos de SUV e traseira com visual horizontalizado pelo formato das lanternas.

Novo Honda WR-V

A frente é dominada por uma grade frontal cromada, que referencia outros SUV da marca, e que se interliga aos faróis com luzes de uso diurno (DRL) em LED, enquanto a grade inferior tem um formato trapezoidal.

Novo Honda WR-V

O design traseiro e lateral trazem traços mais horizontais e lanternas que se prolongam pela linha de cintura.

Honda WR-V 2018

As proporções do modelo são marcadas pelo entre-eixos alongado e altura elevada em 5 cm em relação ao solo. Rodas de 16 polegadas completam o visual.

Mecânica

A suspensão do WR-V conta com amortecedores com batentes hidráulicos, recurso que evita os ruídos de batida seca no fim de curso, tornando o passeio mais suave.

Honda WR-V 2018 - Preto

Há também diâmetro de cilindro reforçado, barra estabilizadora de maior diâmetro que reduz a rolagem da carroceria, Essa medida foi necessária pelo fato de o centro de gravidade ter subido.

Novo Honda WR-V - interior

O eixo traseiro foi desenvolvido com base no do HR-, com maior rigidez, enquanto a caixa de direção tem assistência elétrica, com raio de manobra de 5,3 metros.

Novo Honda WR-V  - interior

Com o alargamento das caixas de rodas foi possível adotar rodas de 16 polegadas montadas em pneus 195/60.

Honda WR-V 2018 - interior - espaço interno

Há ainda isoladores acústicos instalados em diversos pontos do carro para ampliar o silêncio interno.

Novo Honda WR-V - interior

O motor é o 1.5 i-VTEC FlexOne, com 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m à 4.800 rpm, associado sempre à transmissão CVT com conversor de torque.

Interior

O interior é basicamente o mesmo do Fit, que é caracterizado pelo bom espaço interno. Visualmente diferencia-se as versões EX da EX-l apenas pela central multimídia de 7 polegadas com GPS integrado e tela sensível ao toque no modelo topo, enquanto o EX traz um sistema de 5 polegadas básico.

Novo Honda WR-V
Novo Honda WR-V 2018 EX - interior
As duas versões vem com revestimento em tecido, mas com materiais diferenciados em relação ao FIT.

Honda WR-V 2018 - interior - espaço interno

São duas combinações de cores do revestimento navalhado – preto e prata ou preto e laranja.

Honda WR-V 2018 - interior - espaço interno
Honda WR-V 2018 EXL - interior - painel
O painel conta com um friso horizontal e o quadro de instrumentos conta com computador de bordo multifunções Bluemeter.

Novo Honda WR-V

É mantido o sistema de bancos ULTRa SEAT (Utility Long Tall Refresh) que permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões.

Conclusão

Novo Honda WR-V

O Honda WR-V já está sendo exibido e vendido nas concessionárias da marca no Brasil, posicionando-se como uma opção intermediária entre o FIT e o HR-V.

Postagens relacionadas:

51 comentários:

  1. Favor chamar esse carro do seu nome de verdade:

    Honda CrossFit.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Favor chamar esse carro pelo nome verdadeiro:

      Honda FrankensFit

      Excluir
  2. Tem que ser retardado para dar 84.000,00 reais nesse Fit levantado, todo de plástico barato, sem ESP, com freios a tambor na traseira, ar condicionado analógico, faróis monoparábola e motor 1.5.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci dos bancos em tecido.

      Excluir
    2. CHOLA mais richard/t800 pq eh Honda e.vai vender horrores ao contrário do golf q vc tanto baba ovo e vende menos de 300 unidades mês

      Excluir
    3. Inteligente mesmo é quem paga 88 mil numa SpaceCross com i-Motion, né?

      Excluir
    4. Renner Vieira. Vai colar o papelão do teto do teu focus, vai...

      Excluir
    5. Não entendo essa tara por bancos que imitam couro (couro sintético não é couro!).

      Excluir
    6. Não tem nem apoio de braço entre os bancos dianteiros ...num carro automático isso não pode !!!!

      Excluir
  3. A Honda e a Toyota exageram no estupro à classe média brasileira, cobrando preços absurdamente surreais por carros simples. Saiu inclusive uma matéria no Estadão sobre isso.
    A pessoa pagar 85 mil num Honda CrossFit 1.5 pelado é caso de internação. Assim como para o asno que paga 160 mil num Rav4 2.0 de 145 cavalos sem um mísero controle de estabilidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então pode internar a maioria dá classe média brasileira. Só eu e as montadoras percebemos? Mais dá metade do povo brasileiro é burro !

      Excluir
    2. E da SpaceCross de 90 mil, tu diz o quê? Defensores de VW me dão tédio.

      Excluir
    3. SpaceCross de 90 mil é outra anomalia caríssima. A diferença é que ele não vende...já esse Honda vai vender horrores.

      Excluir
    4. Verdade prefiro a Jurassica captiva meu tio comprou uma 2013 por 50 mil e ainda dobra grana p manter de boa

      Excluir
  4. Sou só eu que não me entusiasmo por essas telas no painel dos carros? Gosto de tecnologia, mas nunca isso entraria como diferencial pra escolher um carro ou não.

    ResponderExcluir
  5. E o povo ainda tava reclamando do Golf na postagem anterior. Deus me livre heim. Mesmo porque não tenho dinheiro pra comprar um carro desse valor. kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Que gambiarra, hein!!!
    Sinceramente a Honda caiu no meu conceito.
    Se tivesse ao menos colocado um motor melhor e outro painel...
    E o preço está ridiculamente absurdo!!!

    ResponderExcluir
  7. Pior que pessoalmente, o carro até que é bonito. De fato, ele é muito caro. A Honda teria que equipa-lo com controle de estabilidade, voltar com os freios a disco na traseira (Fit 2ª geração), apoio de braço, ar digital, rebatimento dos retrovisores, sensor de iluminação, aumentar um pouco a potência e colocar um banco de couro, aí sim, ficaria justo e diminuir o preço do top, para uns 75 mil, sem ágio e sem cobrar pela pintura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei de onde o povo tira esses valores. Sugere um monte de equipamentos e diz que a Honda deveria vender a R$ 75 mil?
      Se é para sugerir, R$ 75 mil é caro ainda. Que tal R$ 25 mil, e ainda com o motor 1.5 turbo e bancos em couro e teto solar?
      Melhor ainda. A honda poderia doá-lo ao invés de vendê-lo. Aí sim seria perfeito.

      Excluir
  8. Quem disse que o carro é lixo, não é verdade. O Fit é um bom carro, tive dois, a única reclamação, é que é muito duro, mas esse Fitão, parece que está mais macio, o grande problema, é o alto preço e a simplicidade do painel e dos equipos.
    Esse é um projeto brasileiro e pasmem amigos, o carro vai ser vendido na Índia e lá capricharam no visual, nas cores a mais e ainda tem ar digital, teto solar, entre outras coisas e custa bem menos. Tremenda covardia com o nosso povo.
    Por isso fui para a Hyundai e comprei o HB20X Cross, top de linha que dá de dez a zero em termos de equipo do Fit, mas é tremendamente duro, uma carroça também, mas como tive os dois, acho o Fit mais carro. Como preciso de um compacto para entrar na minha vaga, fico preso a esse mercado que só tem bomba. Carro começa de fato, pelos médios.

    ResponderExcluir
  9. Carlos, sugeri, pois sou realista, não adianta sonhar, vamos acordar para a realidade, se tivesse esses itens, o top ficaria encaixado nos 75 mil, sim senhor, mas é sonhar demais, pois os japas nunca farão isso.
    De graça? Tomou seu remédio hoje?

    ResponderExcluir
  10. Esse carro é projeto brasileiro e vai ser vendido na Índia bem mais em conta e com ar digital, teto solar, mais opções de cores, banco de couro e bem mais bonito, tanto dentro, como por fora. Maior desrespeito com o nosso povo.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Nunca comentei antes, mas esse carro merece meu comentário..
    Ridículo!!! E infelizmente tem brasileiro que compra. Um Fit "bombado" por 80k$?? A Honda tinha que investir em Stand-up, essa foi mais uma piada deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fit bombado é o Hrv, que custa 105 mil reais. Essa porcaria de CrossFit é o Fit levantado.

      Excluir
  13. Acho que tem gente que vai comprar feliz ainda esse crossfit. VSF

    ResponderExcluir
  14. O cara pagar 83.500,00 reais num robô desse, só sendo muito b....o mesmo, eu iria de Jetta pelo mesmo preco e infinitamente melhor!!!

    ResponderExcluir
  15. Honda pode inventar o nome que quiser mas basta ter 1 neurônio pra ver que é um Fit maquiado com preço abusivo. Me desculpe Honda e olha que admito a marca mas o preço não se justifica.

    ResponderExcluir
  16. Esse eu passo. Apesar do "R" e do "V" esse "W" não vai fazer o sucesso do "H" , que, aliás, eu também passo.

    ResponderExcluir
  17. No lugar do WR-V, melhor optar pelo CrossFox I-Motion, que custa R$ 69k. O CrossFox tem inúmeras vantagens, como motor 1.6 16V com 120 cv, mais potente que o do HR-V. O tamanho do CrossFox é quase o mesmo, e o porta-malas do CrossFox é de 357 litros, quase o mesmo que o do HR-V.
    CrossFox tem visual mais moderno e imponente. E mais agressivo também.
    Painel de CrossFox é mais bonito e bem acabado.
    E para quem quer ainda mais espaço tem a SpaceCross, também excelente opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha um excelente conceito sobre a Honda, mas depois dessa, de lançar carro de mais de 80 mil sem controle de estabilidade ???!!! ... Para mim, caiu muito !!!

      Excluir
  18. Essa carro só faria algum sentido com um novo motor Earth Dreams 1.0 Turbo Flex, controle de estabilidade e tração de série, freio a disco nas quatro rodas, bancos de couro, ar automático e teto solar como opcional para complementar sua proposta aventureira. E seria mais digno e respeitoso se a Honda o assumisse como um FIT "esportivado". É indecoroso constatar o cinismo da fabricante tendado nos convencer do contrário nas divulgações do modelo. Olho para esse WR-V e de imediato o que mais me aborrece não é o acabamento de terceiro mundo latino (o da Índia é melhor!) ou o design mediocremente adaptado do já cansado Fit, mas sim tudo o que ele representa como ícone de uma marca que está subestimando sua clientela. A Honda está descendo a ladeira de salto alto com esse modelo. Tomara que caia e aprenda a lição, como aconteceu com o Agile da Chevrolet, o 207 da Peugeot e já tende a suceder com o Captur da Renault... Filhotes de mentes anacrônicas da nossa engenharia da gambiarra. Francamente!

    ResponderExcluir
  19. Carlos, você ainda não tomou o seu remédio?
    Pois dizer que o CrossFox e o SpaceCross são excelentes opções, você não deve estar bem. Quem você quer convencer?

    ResponderExcluir
  20. Pronto, já vão os trouxas correr atrás desse verdadeiro 171.

    ResponderExcluir
  21. Resumindo: é um fit com entre eixos maiores e umas modo aqui e ali ,enfiado goela abaixo dos troxas por 83k ??? Kkkkk


    Ainda aparece fanboy da Honda para defesa esse lixo . Kkkkkkk


    Lamentável .

    ResponderExcluir
  22. "[...] com raio de manobra de 5,3 metros."
    É isso mesmo Blog?
    Ou foi erro de digitação?

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Que carro feio, fujam para as montanhas.

    ResponderExcluir
  25. Só venderá se diminuírem 20 ou 25 mil Reais. No interior do país seria uma boa pela altura.

    ResponderExcluir
  26. Que carro horrível. Honda Fit maquiado com motor fraco.

    ResponderExcluir
  27. Mais feio q esse carro , só o etios cross

    ResponderExcluir
  28. Gostaria que me explicassem como alguém paga mais de 80 mil em um carro que não tem controle de estabilidade, item de segurança que será obrigatória daqui a pouco mais de um ano ???!!!

    ResponderExcluir
  29. Gostaria que alguém me explicasse quem tem coragem de pagar mais de 80 mil num carro que não tem controle de estabilidade, item de segurança que será obrigatório daqui a pouco mais de dois anos ???!!!

    ResponderExcluir
  30. Imagina o preço que o novo honda city vai chegar.... triste

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.