Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW registra disparada de vendas nos EUA; FCA despenca

Categorias: , 30 Comentários

O mercado automotivo norte-americano registou avanço médio de 3% no mês de dezembro de 2016, quando comparado com o mesmo mês de 2015, tendo absorvido um total, de 1,68 milhões de veículos - cerca de 50 mil unidades a mais que dezembro de 2015.

VW registra disparada de vendas nos EUA; FCA despenca

E, na sequencia da disparada de vendas de outubro, o Grupo Volkswagen foi o que apresentou o maior crescimento de vendas, com avanço de 16% em suas vendas, para um total de 64,9 mil unidades.

Volkswagen Passat 2017 - EUA

Dentro do Grupo VW, as vendas da marca núcleo Volkswagen foram as que mais cresceram, com avanço de 20,3% no mês, com um total de 37,23 mil veículos vendidos.

Audi A4 2017

A Audi também cresceu bastante, avançando 13,7%, tendo comercializado um total de 23,2 mil veículos.

Novo Chevrolet Cruze Hatch 2017

A General Motors também avançou, mas menos. A gigante americana postou crescimento de 10% em suas vendas, para um total de 319,1 mil unidades vendidas de todas as suas marcas somadas.

Chevrolet Malibu 2017

Dentre estas, a Chevrolet se destacou, com crescimento de 12,8%, para 213 mil veículos vendidos no mês.

Nissan Maxima 2017

No campo do crescimento intermediário, há Nissan, com 9,7%, e Honda, com 6,4%, enquanto a Toyota avançou modestos 2%.

FCA - Fiat Chrysler, com queda de 10% em suas vendas de todas as suas marcas somada

Os destaques negativos ficam para a FCA - Fiat Chrysler, com queda de 10% em suas vendas de todas as suas marcas somadas, Mercedes-Benz, com retração de 6,2% e BMW, com queda de 5,4%.

Hyundai-Kia

Já o grupo automotivo sul-coreano formado pelas empresas Hyundai-Kia caiu 0,9%.

Quadro - vendas nos EUA - Dezembro de 2016 (ordem alfabética - grupos automotivos)

Montadora / Grupodez/2016dez/2015Δ
BMW32,83534,625-5,2%
Mini4,6585,009-7,0%
Rolls-Royce*102993,0%
BMW of N.A.37,59539,733-5,4%
Alfa Romeo5256-7,1%
Chrysler16,77624,554-31,7%
Dodge36,32946,21-21,4%
Fiat2,6065,619-53,6%
Jeep83,15988,868-6,4%
Ram53,59748,61610,2%
FCA US192,519213,923-10,0%
Maserati1,6941,06958,5%
Fiat Chrysler Automobiles**194,213214,992-9,7%
Ford224,994226,746-0,8%
Lincoln12,79110,8617,8%
Ford Motor Co.237,785237,6060,1%
Buick21,28820,7082,8%
Cadillac21,44620,7873,2%
Chevrolet212,959188,79412,8%
GMC63,41559,9415,8%
General Motors319,108290,2310,0%
Acura17,14816,8231,9%
Honda143,329134,076,9%
Honda Motor Co.160,477150,8936,4%
Hyundai62,3563,508-1,8%
Kia54,35354,2410,2%
Hyundai-Kia116,658117,749-0,9%
Jaguar4,2941,197258,7%
Land Rover8,2798,441-1,9%
Jaguar Land Rover N.A.12,5739,63830,5%
Mazda N.A.28,75429,294-1,8%
Mercedes-Benz35,87138,249-6,2%
Smart USA118666977,3%
Mercedes-Benz USA37,05738,918-4,8%
Mitsubishi Motors N.A.7,3837,887-6,4%
Infiniti18,19815,09320,6%
Nissan134,545124,2078,3%
Nissan North America152,743139,39,7%
Subaru of America63,17756,27412,3%
Tesla Motors*2,252,1564,4%
Lexus41,18241,38-0,5%
Scion1021872-94,6%
Toyota201,945195,13,5%
Toyota/Scion202,047196,9722,6%
Toyota Motor Sales U.S.A.243,229238,3522,0%
Volvo Car USA10,1299,3418,4%
Audi23,19520,39913,7%
Bentley407581-29,9%
Lamborghini*86851,2%
Porsche4,0153,9362,0%
VW37,22930,95620,3%
VW Group of America64,93255,95716,0%
Other***3052982,3%
Total1688,3681638,6183,0%

Fonte: Automotive News

30 comentários:

  1. Poxa...a VW está indo muito bem nos EUA, e isso que é um avanço impressionante com o line-up atual, sem os novos SUV's (Atlas e Tiguan) e sem que o novo Q5 tenha chegado ao mercado.

    O novo Tiguan, o Atlas e o novo Q5 tendem a acelerar muito mais as vendas das marcas VW nos EUA, em valores muito superiores a esses aí. E tem ainda a vantagem que a fábrica da VW fica nos EUA, a que fabrica o Atlas, então não terá problemas com o Trump.

    E a Audi? OMyGosh! Crescendo 23% enquanto a BMW e Mercedes caem!!!!!! Isso é resultado de mais competência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hum, essa gazela esta toda molhadinha em saber os numeros do time que ele torce esta indo bem no certame estrangeiro.

      Excluir
  2. Bentley vendendo 4 vezes mais que a Rolls Royce nos EUA! Incrível, heim? Pelo jeito a gordolândia está preferindo o ultra-luxo da VW em detrimento do da BMW.

    ResponderExcluir
  3. E outras observaçoes interessantes.

    Carros VW vendem bem mais que os Chrysler nos EUA.
    Carros VW vendem bem mais que os Dodge nos EUA.

    Audi já deixou para traz a Cadillac, a Acura e a Infiniti. Em breve Mercedes, BMW e Lexus (esta só vende nos EUA), pois está crescendo , enquanto as outras caem.

    ResponderExcluir
  4. Vendas da Jeep caindo nos EUA é bem preocupante. A Jeep é a única marca da FCA que vai relativamente bem em âmbito global. A RAM vai bem, mas só EUA.
    A Jeep caindo é um resultado muito preocupante para a FCA. E indica que a estética do Renegade cansou muito, muito rápido, o que, evidentemente, já era esperado por quem entende um pouco de design.

    E acho que o design do Compass vai cansar logo, logo também.

    ResponderExcluir
  5. Como fica a linha do jetta?
    Vendendo pouco e com descontos, será que vai mudar? Tô comprando um zero 1.4 mas com receio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei um também e não me arrependi, acelera muito e com vigor, tem motor sobrando a todo momento. É um canhão.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Entendeu errado. A VW vendeu 37,2 mil, enquanto Chrysler vendeu 16,7 mil, e Dodge 36.3 mil.

      E as vendas da Audi em 23,4 mil são superiores à de Infiniti, Acura e Caddilac nos EUA.

      Aprenda a ver números antes de escrever bobagens.

      Excluir
  7. Só para registrar. No Brasil a Volkswagen caiu 36% isso também é sinônimo de qualidade. " O mesmo de sempre"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é sinônimo de qualidade, pois na realidade a VW foi uma das que menos perdeu mercado.
      A VW ficou 3 meses parada no Brasil. Isso significa 25% de perda. Ou seja, dos 36% que a VW caiu, 25% é decorrente da paralisação das fábricas.
      E sobre então 36% - 25%, 11% de perda "real". Só que o mercado perdeu 20%. Ou seja, a queda da VW foi 50% menor que a média das demais.

      E é por isso que mesmo tendo ficado parada 3 meses, ainda assim ficou em 3o lugar. podem chupar que é de uva.

      Excluir
    2. E mais um "detalhe". O mercado americano é o segundo maior do mundo, e absorve 18 milhões de carros por ano. Ou seja, 9 vezes maior que o brasileiro. O que é melhor? Crescer no segundo maior mercado do planeta, e dominar o maior do mundo (China), ou perder pouco em um mercado quase que irrelevante, como o do Brasil destruído pelo PT?

      Excluir
    3. Você deve tá ganhando alguma coisa para ser tão idiota assim, só posta comentários elogiando a Volkswagen e desqualificando as outras montadoras. Cara isso é ridículo cada um escolhe o carro que gosta.

      Excluir
  8. Manny, pelo que tenho acompanhado o Jetta sera produzido na plataforma MQB e importado do México.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela resposta.
      O Jetta atual não é produzido na MBQ, que apesar de ser um projeto para modular de forma mais rentável, dizem ser mais rígida (o que seria melhor). Neste sentido, seria um Jetta novo, baseado no Golf VII ao invés do atual baseado no Golf VI?
      Pq seria uma nova plataforma... Eu ainda não fechei a compra, se você tiver mais informações disso, por favor, me passe... Pois eu acredito que vale esperar um Jetta MQB, quando comparado ao atual... Mas só se vier até o meio do ano e sem aumentar 15 mil rs
      Muito obrigado

      Excluir
    2. O Novo Jetta MQB nos EUA só em 2018. E aqui vai demorar mais.

      Excluir
    3. Ao invés de esperar o Jetta MQB, faça como eu, vá logo de Golf Variant. Não é difícil achar em promoção, na verdade paguei mais barato nela do que me cobraram por um Jetta Comfortline.

      Excluir
  9. FCA até que aguentou bem e está em 4 nas vendas de grupo, raspando na Toyota. Ford e GM são de casa. E a Jeep ainda deve ganhar o reforço do Compass... O Renegade bateu seu recorde positivo em dezembro e a Jeep deve avançar em 2017. Já a VW, de tão pouco, tende a crescer exponencialmente mesmo... Mas ainda vende 1/3 da FCA... E vende menos no brasil também... Isso seria preocupante se ela não superasse tanto na Europa e China... Por que, se dependesse de Brasil e EUA, estaria enrrascada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como aguentou bem? A FCA cai 10% em um mercado que cresce 3%? Não aguentou nada. A situação dela está critica, e é por isso que há rumores que a FCA vai vender marcas como Alfa Romeo e Maseratti.

      E tem outro problema. A FCA não existe na China, onde a VW vendeu em 11 meses de 2016 4 milhões de carros, nada menos que duas vezes o mercado brasileiro INTEIRO de 2016. Sim, inteiro, soma tudo que vende de todas as mais de 30 marcas instaladas no Brasil, e dá 2 milhões de carros em 20`16 inteiro. Só a VW vendeu o dobro disso na China em 11 meses de 2016.

      Sobre a VW nos EUA, está muito bem, sobretudo para uma marca que tem apenas 1 fábrica no Tenessee, enquanto FCA, GM e Ford, e Toyota e Honda têm dezenas de fábricas cada uma nos EUA.

      Então a VW está muito bem, sim, crescendo absurdamente. E isso sem os produtos mais importantes que é o Atlas, sem o Tiguan, sem o Q5.

      Em resumo, em 2017 a VW vai crescer muito nos EUA. Muito mesmo, pois o Atlas entra em um dos principais mercados dos EUA, e o Tiguan e Q5 que já vendem muito na versão atual, imagina os novos,

      Excluir
    2. É só ler corretamente: nos EUA é a quarta em vendas, perto da terceira e ainda vai chegar o Compass. E o Renegade teve seu melhor mês de vendas em dezembro nos EUA. Se a Toyota não viabilizar o CH-R em 2017, corre o risco de ficar atrás da FCA, que só perderia para as norte americanas. Isso é aguentar bem. Pelo menos para quem não é parcial...

      Excluir
    3. Qual a relevância de ter ficado em 4? Isso só serve para fanboy comemorar (ou ficar tristinho). O que interessa são números absolutos de vendas. E a FCA teve uma QUEDA de 10%, isso é gravíssimo, enquanto todas as outras estão crescendo, a GM 10%, a Toyota 2%, a Honda 6%, a VW 16% e a Ford 1%.

      Essa queda de 10% nas vendas da FCA não estava prevista, e superou todas as expectativas negativas dos analistas.

      Agora, vc falar que a Toyota "corre risco de ficar atrás da FCA" nos EUA. Que mundo vc vive, colega? Fumou o quë?

      Em 1 mês de vendas a Toyota vende 50 mil carros a mais que todas as marcas da FCA juntas nos EUA. Não tem Compass que faça milagre aqui, colega. Nem se o papa quiser não tem como. 50 mil carros por mës é muita coisa.

      E a Toyota terá o CH-R que vai tirar muitas vendas do Renegade.

      E há outros problemas sérios. A FCA não tem modelos híbridos ou elétricos, enquanto Toyota, Audi e VW tem vários modelos híbridos chegado ao mercado.

      O Compass pensa que terá vida fácil nos EUA? Nã na ni na não. O Compass chegará ao mercados dos EUA junto com a Nova Tiguan em versões de 5 e 7 lugares, feita no México totalmente criada para os EUA. E também juntamente com o Audi Q5.

      Então, colega, a FCA está em uma situação bem complicada pois sua única marca que está indo bem é a Jeep, e mesmo assim o prognostico não é muito favorável pois a Jeep está atrasadíssima em termos de powertrain. Não tem hibridos e bem elétricos.

      Excluir
    4. Puxa, sério mesmo que você vai ficar falando de fanboy ???

      Mas vamos lá: não acho o grupo FCA um primor, está bem longe disso. Mas mesmo assim, já que você gosta de números absolutos, esse grupo vende 3 VEZES MAIS que a sua queridinha...

      Eu já não sou paga pau de nenhuma, penso no melhor pra mim. Admiro absurdamente o meu VW, pois este sim respeita o consumidor, diferente de diversos outros produtos que a própria VW vende por aqui...

      Só apontei os números reais e um horizonte possível sim de crescimento da FCA, para rebater a sua distorção dos fatos... Pois é isso que você faz aqui, distorce, irrita, perde a razão e faz até clientes da própria VW reconheceram os méritos dos concorrentes...

      Excluir
    5. Nossa, que bravinha. Não precisa perder a linha. Basta argumentar corretamente, e deixar de repetir afirmações sem fundamento.

      Vc diz que apontou horizonte possível de crescimento da FCA? Não, colega. Vc não traçou horizonte algum. Apenas disse que a FCA vai crescer, sem fundamentação alguma, e, inclusive, contra os fatos, que mostram ela caindo 10% em vendas. O Compass não fará milagre.

      Se vc analisar os números da FCA corretamente, verá que a única coisa que presta lá é Jeep e RAM. E só, mais nada, e mesmo assim eles estão com problemas de powertrain, e ainda nos EUA terão concorrência cada vez mais pesada e competente (leia-se Audi Q5, Toyota C_HR e VW Tiguan).

      Agora, sobre o fato de o Grupo FCA vender mais que o Grupo VW nos EUA, essa é uma afirmação burra, pois não leva em consideração a segmentação. A FCA vende bem nos EUA em decorrência de Jeep e RAM, e só. E o Grupo VW não atua nesses segmentos, pelo menos até agora.

      Mas, nos segmentos que são comparáveis, que sáo VW x Chrysler e VW x Dodge, aí sim a marca VW do Grupo supera as duas da FCA, e isso que a VW tem apenas 1 fábrica nos EUA, enquanto FCA tem mais de uma dezena, entre Jeep, RAM, Dodge e Chrysler.

      Ocorre que em 2017 VW e Audi estão entrando pesado nos segmentos onde atua a Jeep, e o prognóstico mostra que onde a VW atua no segmento da FCA, ela estraçalha a FCA. Então, a Jeep que se cuide, pois do contrário, a FCA terá que ficar apenas com a RAM.

      E a FCA tem outros problemas seríssimos. Ela depositava esperanças no lançamento da Alfa Romeo nos EUA, e isso se provou um fiasco de proporções homéricas.

      Então, o horizonte que temos é de queda ainda maior da FCA, e crescimento acelerado do Grupo VW, aliás, como os próprios números estão mostrando.

      Excluir
    6. Meu amigo toda marca tem q vender bem em casa , e a Vw he monstra na alemanha ja a fca nos eua ,esta fraca

      Excluir
  10. Olá, muito obrigado pela resposta! Seria um Jetta de nova estrutura, baseada no golf 7 ao invés do golf 6... Eu esperaria para comprar! Você tem mais informações sobre isso?
    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse Novo Jetta MQB não chega antes de 2018, e isso nos EUA. Aqui vai demorar muito.

      E o Jetta atual é um baixa carro. O melhor do segmento.,

      Excluir
  11. Audi ainda longe de MB e BMW.
    Percentual de crescimento é muito relativo e para quem vende pouco, qualquer aumento representa um percentual elevado. Vejamos:
    Quem vendia 1 e passou a vender a 2, teve um aumento de 100%
    Quem vendia 10 e passou a vender 15, teve um aumento de 50%

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Audi está a menos de 9.000 carros da BMW, o que dá menos de 30% de diferença. e pouco mais que isso que Mercedes. Mas, lembre, a Audi ainda não tem fábrica nos EUA, e tanto Mercedes quanto BMW têm.
      Ano que vem chega ao mercado dos EUA os primeiros Audi fabricados no México, sem imposto de importação, e chega logo o Q5, que é o Audi mais vendido.

      E tem mais. Esse mês de dezembro marca o 76 mês consecutivo de crescimento da Audi nos EUA, enquanto BMW e Mercedes estão caindo.

      E a tendência de queda de BMW e Mercedes não vai arrefecer, pois não há novidades importantes vindouras. Já a Audi tem uma arma matadora, que é o novo Q5.

      E mais ainda. A Audi opera nos EUA há menos de 25 anos, enquanto a Mercedes e a BMW estão nos EUA há mais de 70 anos.

      Então o fato é que a Audi tende a liderar o mercado premium nos EUA nos próximos 5 anos, assim como já o faz, por larga margem, na China.

      Excluir
    2. A BMW também vai lançar em 2017 os novos X3 e X7, este último inclusive será fabricado nos EUA.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.