Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volvo venderá carros importados com isenção para PcD

Categorias: , 11 Comentários

A Volvo Cars do Brasil conseguiu autorização do governo para comercializar todos os veículos importados com isenção de IPI - Imposto sobre Produtos Industrializados - para pessoas com deficiência (PcD).

Volvo venderá carros importados com isenção para PcD

As autoridades competentes acolheram os argumentos da fabricante sueca, que, durante um longo período, realizou estudos promovidos por uma equipe de especialistas.

Volvo venderá carros importados com isenção para PcD

Com a decisão, a Volvo Cars passa a se enquadrar na Lei nº 8.989, que a habilita a vender automóveis livres de IPI e IPVA (esse último apenas em alguns Estados específicos). Na capital paulista, por exemplo, há também a liberação do rodízio municipal.

Volvo venderá carros importados com isenção para PcD

Atualmente, no caso da Volvo, a alíquota do IPI é de 13% para modelos equipados com motores a gasolina e chega a 25% no caso dos carros com motores a diesel.

Volvo venderá carros importados com isenção para PcD

A venda de veículos com isenção de impostos para pessoas com deficiência começa em 1.º de novembro.

Postagens relacionadas:

11 comentários:

  1. Ótima notícia! Parabéns ao governo e à volvo.

    ResponderExcluir
  2. Não concordo muito com isso. Os incentivos tem o intuito de dar condição ao PCD ou familiar próximo de ter condições de ter um veículo para o deslocamento desta pessoa ou dar uma estrutura a ela necessária e não de dar vantagens por conta disso, de comprar carros luxuosos com grandes vantagens as custas de uma deficiência. O valor sem limite para carros nacionais já não concordo também pelo mesmo motivo porém é menor pois isso gera incentivo à produção local que pagam uma série de impostos e geram muitos empregos diretos e indiretos em uma escala muito maior que uma importadora de carros de luxo que dão emprego a "meia dúzia".
    PCD que compra um Volvo XC60 Momentum diesel de mais de R$240.000 siginifica 60.000 em IPI (25%?), praticamente a desvalorização do modelo em 2 anos que é o prazo de carência do IPI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. colega LV, voce acha vantagem ter uma doença ou condiçao para ter o desconto de IPI?? Sinceramente seu raciocinio nao condiz com a realidade, esta preocupado com levar vantagem uma pessoa com deficiencia?? Vantagem seria nao ter a deficiencia e a pessoa pagar com GOSTO o valor sem a isençao! É por pensamentos ridiculos e nocivos desta maneira que nosso país esta como esta...onde so se pensa no em beneficio proprio, os outros que se explodam ne?!

      Excluir
    2. Prezado LV. Espero que algum dia você não precise desse benefício.

      Excluir
    3. Acho que para um bom entendedor, 1/2 palavra basta. Vejo que o Lucas Fuzita e o Vitor Soares estão com problema de compreensão além de serem um tanto hipócritas, falando de uma sociedade justa que duvido que contribuam para tal (ou não sonegam, furam filas, param em cruzamentos, etc?).
      Outro ponto a ser considerado, assim como acontece com as tais "cotas", é que várias pessoas que possuem tal isenção, de fato não precisam.
      1- Não precisam por financeiramente serem bastantes: Quem compra veiculo de R$ 200.000 não precisa desta ajuda até por que marcas premiuns cobram pela marca, pela ostentação e não acho que a sociedade deve pagar por quem não precisa.
      2- Porque não é um real deficiente: Pino no braço por exemplo como conheço alguns.

      Excluir
    4. desde quando deficiente deve andar em carroça?

      Excluir
    5. Tenho em minha familia uma pessoa com deficiencia, e trocaria por qlqr valor, nem q tivesse que pagar 10x o valor de qlqr carro...para que este meu ente tivesse a saude 100%. Nao estou sendo hipocrita, tenho conhecimento de causa. Se voce nunca passou por isso e nao sabe as limitacoes de uma pessoa...paciencia para voce meu amigo

      Excluir
    6. Lucas e Vitor, sei muito bem que PcD não é uma escolha e muito menos uma vantagem e nem por isso o governo deve recompensar alguém por ser PcD pois esse pensamento de vocês só tem esse intuito de tirar vantagem de uma deficiência.

      A isenção de imposto visa tornar um veículo acessível para que o PCD ou familiar consiga dar o conforto de levá-lo para tratamento, para estudos, lazer e etc pois parte deles tem dificuldades motoras e usar transporte público às vezes é inviável ou inexistente, por isso o governo oferece uma isenção fiscal para que ele ou seu familiar tenha mais condições de adquirir um carro que sem a isenção não seria possível ou para dar algum conforto (um carro popular compacto pode não ter espaço de cabine e bagagem necessário, aí ele acaba precisando comprar um carro maior e mais caro), tenho certeza que a grande maioria dos PCD sequer tem metade do dinheiro da isenção de um Volvo de R$300.000 para conseguir comprar um carro e facilitar sua vida, são esse tipo de pessoa que precisa de ajuda do governo.

      Se ele quiser andar de Volvo que pague por isso, porém se puder pagar está claro que o governo não precisa "ajudar" pois o imposto não pago não passa de menos dinheiro arrecadado para o governo para voltar a sociedade ou dinheiro que será cobrado de mim e de você em forma de mais impostos para pagar algo, ninguém duvida que o dinheiro público é mal investido mas isso não é diferente para nenhum de nós.

      Da mesma forma que existe a isenção do rodízio de veículos (SP) isso não é uma vantagem para o PCD, isso existe para que ele possa ir e vir em qualquer hora do dia para suas necessidades, assim como um médico que tem essa isenção, não é um prêmio por ser médico e sim para que ele possa exercer a profissão sem restrição de horário, saúde não espera.

      Agora se a lei falar que isenção de IR, icms, IPI e afins não bastam para o PCD e precisa dar bônus na compra de qualquer carro, beleza, o governo mostra que isso é saudável e viável para a economia e passa a vale, mas acho que o governo não tem a menor condição de oferecer vantagens para a compra de carros deste nível de valor, o que foi conseguido pela Volvo certament envolveu lobby e da forma que ela é hoje, isso é errado.

      Excluir
    7. Isso se chama efetivação do princípio da isonomia, que consiste em tratar situações iguais de maneira igual, mas também situações desiguais de forma desigual

      estude um pouco de direitos fundamentais antes de dizer asneiras

      ou você acha que uma Pessoa Portadora de Necessidades Especiais ganha o mesmo salário que uma pessoa sem deficiência física?

      ou você acha que o tempo para uma PNE simplesmente levantar de uma cama e realizar suas atividades cotidianas é o mesmo que uma pessoa sem deficiência física?

      Excluir
  3. Em um país onde um carro popular automático já beira os 70 mil (Versa, Hb20, Onix, Fiesta, etc.) manter este limite não me parece mais razoável, um cadeirante que precisa de um carro grande tem cada dia menos opções. Muito boa a atitude da Volvo, quanto mais opções melhor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.