Car.blog.br

Pesquisar este blog

Tiguan Bi-Turbo de 240 cv chega à Inglaterra por R$ 146 mil

Categorias: , 11 Comentários

A Volkswagen completa a gama de opções do Novo Tiguan na Europa com o início de vendas da configuração mais potente, equipada com um motor de 240 cavalos bi-turbo diesel 2.0L, que passa a ser o novo topo de gama, com preço partindo de £ 36,450 Libras, o que equivale a R$ 146 mil reais.

VW Tiguan R-Line 2017

O Tiguan 2.0 Bi-Turbo Diesel é oferecido apenas nas versões de acabamento SEL, de luxo, ou R-Line, esportivo. A gama de motores é completada com a adição de novo 2.0 TSI de 180 cavalos.

VW Tiguan R-Line 2017

Com mais potência até mesmo que o icônico Golf GTI, o Tiguan Bi-Turbo de 240 cavalos será conhecido pela sigla BiTDI, e contará de série com o sistema de tração nas quatro rodas 4MOTION da Volkswagen. Capaz de atingir 227 km km/h, onde a lei permite, o Tiguan 2.0 BiTDI acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos.

VW Tiguan R-Line 2017

O modelo conta com sistema de injeção AdBlue™ no sistema de escape, ajudando assim a reduzir as emissões de NOx, convertendo-os em água. O SUV da Volkswagen também inclui em seu rol de itens de série um sistema Start / Stop e regeneração da bateria que, em conjunto, contribui para reduzir as emissões de poluentes.

VW Tiguan R-Line 2017

Além do novo motor bi-turbo diesel, o Tiguan também passa a ser oferecido com o motor mais potente a gasolina, 2.0 TSI de 180 cavalos, podendo estar associado a uma caixa manual de seis velocidades ou automática DSG de 7 velocidades. Ele também é oferecido como padrão com a tração 4MOTION e oferece uma velocidade máxima de 206 km/h e uma aceleração de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos.

VW Tiguan R-Line 2017

Ambos os novos motores Tiguan são oferecidos exclusivamente com a gama top SEL ou R-Line. O Tiguan SEL vem de série com sistema de infotainment e navegação por satélite Discover Pro, que inclui uma tela colorida touch-screen de oito polegadas, Adaptive Cruise Control - que usa radar para governar a distância para o carro da frente automaticamente. Além disso, o SEL vem com informações do Active display - uma tela TFT de alta resolução de 12,3 polegadas localizado dentro do cluster e substituindo instrumentos analógicos convencionais. Ele pode ser configurado para mostrar uma variedade de informações sobre o carro, ou mesmo transmitir a orientação por satélite da rota de navegação.



Enquanto isso, por R-Line, leia-se emoção! Para além das funções disponíveis no SEL, o Tiguan R-Line traz muitas características únicas de estilo dentro e por fora. Um spoiler de teto é acompanhado por um difusor traseiro e uma entrada frontal de ar para destacar o apelo esportivo do carro. Rodas de liga-leve 'Suzuka' medem 20 polegadas e pára-choques de design é exclusivo para a versão.


No interior, há soleiras exclusivas R-Line e tapetes de carpete, assentos esportivos com tecido de microfibra "San Remo", enquanto os assentos dianteiros também apresentam o logotipo R-Line sobre o encosto de cabeça. Pedais de aço inoxidável e um forro de teto preto completam o look.

Postagens relacionadas:

11 comentários:

  1. Finamente... o Novo Tiguan continuará distante do Brasil pelo jeito! A Vw vacilando cada vez mais e perdendo terreno pra outras.

    ResponderExcluir
  2. Eu detestava o design da tiguan. Essa nova transformou total, e é um dos meus favoritos nesse sentido. Sou eu ou ela parece uma interessante releitura da nossa velha Brasilia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, verdade! Gosto muito desse tipo de design, retrô revisitado.

      Excluir
    2. Ficou muito bonito... Parabéns VW

      Excluir
  3. Enqto isso fazem uma Tiguan Frankstein no Brasil, motor novo com plataforma antiga... Nossa Tiguan 2017 deveria ser chamada de série especial FRANK LABEL

    ResponderExcluir
  4. Esse carro ficou legal, parece ser equipada com o powertrain da Amarok. A plataforma MQB deu vida pro carro.

    Se a SUV Tiguan mexicana TSI 1,4 litro e 4x2 fosse mais barata...mas a 125k ta cara. VWB mais uma vez vai queimar um bom carro no preço. Como vai concorrer com HRV e Renegade, carros tecnicamente inferiores, mas que são vendidos a 85-100k. Acorda VWB.

    ResponderExcluir
  5. Se o modelo a diesel chega à Inglaterra por R$ 146 mil, o movido a gasolina de custar em torno de R$ 120 mil, o que significa, que por aqui custaria cerca de R$ 160 mil, ficando na mesma faixa de preço do Q3, ou seja, NÃO VIRÁ.
    Nem acredito que vou ter que trocar meu Golf por um Compass diesel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To pensando em fazer exatamente a mesma troca que você... Complicado é o consumo do jeep

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.