Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Golf 2017 perde versões mais sofisticadas nos EUA

Categorias: , , 15 Comentários

A Volkswagen dos EUA apresenta a linha 2017 do hatch médio Golf com alterações na gama de versões, suprimindo as versões mais caras, equivalentes à Highline vendidas no Brasil.


Até a linha 2016 o Golf era vendido nos EUA em três configurações de acabamento: S, SE e SEL, sendo que o SEL era equivalente à versão Highline vendida no Brasil.

VW Golf 2017

Agora, na linha 2017, a VW of America suprimiu as versões SE e SEL, e passou a oferecer o Golf apenas na versão S, de acesso, e Wolfsburg, que é baseada na S, com alguns itens de conveniência a mais, como teto solar; bancos revestidos em couro; sistema de acesso KESSY® sem chave e partida do motor por botão Start.

VW Golf 2017

Há ainda assentos dianteiros aquecíveis; faróis automáticos; sensor de chuva; rodas de 16 polegadas de alumínio; Aviso de Colisão Frontal e Frenagem Autônoma de Emergência; Blind Spot Monitor (detector de ponto cego) com Rear Traffic Alert (Alerta de tráfego cruzado).

VW Golf 2017

Dessa forma, não é mais oferecido nos EUA o Golf TSI com bancos esportivos (do Highline), painel com detalhes em black piano e ar-condicionado Climatronic digital. Quem quiser tais itens terá que partir para as versões topo do GTI.

VW Golf 2017

O Golf vendido nos EUA agora é equivalente ao modelo Comfortline vendido no Brasil, sempre com ar-condicionado manual e bancos convencionais, e tem preço partindo de US$ 19.985 dólares, na versão TSI S com transmissão manual, sendo necessário acrescentar mais o imposto estadual (varia de 6% a 8% dependendo do estado).

VW Golf 2017

Todos os modelos adotam o motor TSI de 1,8 litros, que, com câmbio manual, atinge 15,3 km/l, segundo a EPA (Agência de Protenção Ambiental dos EUA). Há a opção também do câmbio automático convencional de conversor de torque TipTronic de seis marchas, idêntico ao adotado no modelo brasileiro.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. Qual a lógica disso? O Golf anda vendendo pouco por lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é assim amigo se falta algo nao vende onde um país é rico em designer produtos com qualidade preco justissimo ( mas falta ) o norte americano ainda quer mais e estao certo carros todos meio "iguais" aqui é facil nao saber qual e qual so na hora de comprar que a gente toma na cara hum este e igual mas e cem mil este e 49,900 a vá

      ( nao estou falando de qualidade mas sim de designer )

      Excluir
    2. Qual a lógica de perguntar se "vende pouco" então reduz versões?
      É o contrário: quando está vendendo pouco, aumenta-se as opções, e não as reduz.
      As vendas da família Golf caríam 30% de 2015 para 2016 nos EUA porque ele não está sendo vendido em versões TDI, que respondiam por mais de 45% das vendas.
      Então, recortando apenas TSI, o Golf está vendendo como nunca vendeu nos EUA. Quase 5.000 unidades em agosto, e batendo em quase 40.000 no acumulado. Nunca o Golf TSI vendeu tanto nos EUA.

      O que a VW está fazendo no line-up do Golf é otimização, para ganhos de escala, e consequente redução de custos.

      Evidentemente, ela verificou que as versões mais caras não tem tanta saída, pois custavam quase 30.000 dólares, batendo de frente com o A3.

      Então, reposicionou o Golf para ficar abaixo de 25 mil dólares, e criou a excelente versão Wolfsburg com tudo que o americano quer: cambio at, piloto automático, banco em couro, e etc, motor 1.8 tsi e colocou recursos extras de segurança para atender as novas normas do IIHS e manter o Top Safety Pick +.

      E ainda simplifica a produção. Não precisa mais fazer um painel preto e outro cinza, dois tipos de bancos, revestimentos internos, nada disso.
      Agora 1 tipo só de banco, de painel e etc. Com isso, ganha-se escala, e aumenta-se os lucros.

      O nome é otimização do line-up, para ganhos de escala.

      Excluir
    3. é assim amigo se falta algo nao vende onde um país é rico em designer produtos com qualidade preco justissimo ( mas falta ) o norte americano ainda quer mais e estao certo carros todos meio "iguais" aqui é facil nao saber qual e qual so na hora de comprar que a gente toma na cara hum este e igual mas e cem mil este e 49,900 a vá

      ( nao estou falando de qualidade mas sim de designer )


      Qual o dialeto que você está usando? Favor escrever em Língua Portuguesa na próxima vez, ok?

      Excluir
    4. "É o contrário: quando está vendendo pouco, aumenta-se as opções, e não as reduz."

      Tá.

      Excluir
    5. Mas já que era pra deixa só um painel podia ter deixado o black piano né?! Esse painel cinza é horroroso, é o que me desanimou a comprar um na época do TSI Confortline.

      Excluir
  2. Se a VWB reduzisse o preço do GTI poderia aqui também acabar com o Highline. Um GTI basico a 100 mil venderia bem e claro vindo junto com o Seguro bem mais barato. Eu tenho medo de encarar um GTI pelo valor absurdo do seguro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenha medo. Eu pago 4.500 reais e sou casado e tenho 33 anos. Menos de 4% do valor do carro por ano.

      Excluir
    2. É muito. Paguei no ano passado 2600 pro TSI Highline. Vou renovar mes que vem.

      Excluir
  3. O Golf lá nos EUA é um carro popular, isso não é uma surpresa.
    ALGO QUE ME SURPREENDEU FOI OLHAR O SITE DA VW ALEMANHA, lá a CLASSE A TEM VERSÃO ATÉ COM CALOTA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, estive em Miami no início deste mês e fiquei impressionado com a quantidade de carros, como Corolla e Civic, com calotas. Algo impensável aqui no Brasil.

      Excluir
  4. Carlos Alex:
    Tentei usar o tradutor do Google prá conseguir entender o que você tentou escrever e não consegui!
    Poderia, por favor, traduzi-lo para que possamos entender o seu texto?
    De preferência, em Português, por favor.

    ResponderExcluir
  5. Parece que os americanos não dão muito valor em seus populares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Popular um Golf TSI? O americano voltou sim a comprar F150 graças a gasolina barata. Gostam de carro grande de banheira. Gazer o que qdo o petroleo vale muito pouco.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.