Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW suspende produção de Golf e Tiguan na Alemanha

Categorias: , , 8 Comentários

O Grupo Volkswagen está interrompendo a produção de principal modelo, o Golf, na sua principal fábrica alemã em Wolfsburg, em decorrência de uma disputa com dois de seus principais fornecedores. A montadora também está cortando horas de trabalho em três outras unidades na Alemanha.


A VW disse que a produção Golf estava sendo interrompida pois o fornecedor ES Automobilguss parou de entregar peças de ferro fundido necessárias para a produção de caixas de transmissão. Já a Car Trim, uma empresa coligada da ES Automobilguss, parou de entregar partes dos bancos no início deste mês. Ambas as empresas são parte do conglomerado Prevent DEV, cuja unidade brasileira teve o contrato de fornecimento com a VW Brasil interrompido, resultando na paralisação de todas as fábricas da montadora (veja aqui).

Reportagens da imprensa alemã dizem que a disputa envolve uma discordância sobre pagamentos, e também em relação a cortes de preços exigidos pela VW, que está buscando reduzir custos.

Vários veículos de imprensa alemã disseram hoje que "a VW está considerando todos os meios legais à sua disposição" para forçar os fornecedores a cumprir os seus compromissos de entrega, o que poderia levar inclusive a caminhões acompanhados da polícia entrando em fábricas de fornecedores para retirar componentes de produção dos carros. A VW teria obtido uma liminar na Justiça alemã contra a Prevent, e uma audiência está marcada para 31 de agosto.

A Volkswagen vai parar a produção do Golf em Wolfsburg por cinco dias na próxima semana e vai cortar as horas de trabalho de 10.000 dos 60.000 funcionários empregados na fábrica. A planta constrói também o Tiguan e a minivan Touran, além do Golf, que é o carro mais vendido da Europa.


Um porta-voz ES Automobilguss disse, por e-mail, ao site Automotive News que "nosso consórcio está em uma disputa legal com a Volkswagen e é obrigado a manter a confidencialidade." Não foram dados mais detalhes.

A VW está buscando cortes de custos para melhorar a rentabilidade de sua marca núcleo VW e para ajudar a cobrir os custos com o Dieselgate. A montadora planeja reduzir os gastos anuais na marca VW em 1 bilhão de euros.

A VW vendeu 261.776 Golfs na Europa no primeiro semestre, um aumento de 1 por cento, de acordo com a JATO Dynamics.

Com informações: Bloomberg

Postagens relacionadas:

8 comentários:

  1. Putz. Tomara que resolvam isso logo.

    ResponderExcluir
  2. Reduzir custos a base da canetada é difícil.
    A VW querer que determinado componente fique mais barato é uma coisa, agora tornar isso mais viável é outra história, até parece que a fornecedora vai, em um passe de mágica, tornar o componente mais barato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Brasil até dava para chutar, deve ter feito um contrato para tantos mil peças por mês, esta comprando muito menos porque não vende e quer manter o preço da escala maior.
      Agora Alemanha, produção lá é estável, VW fazendo lambança.
      Infelizmente é assim,
      Diretoria sempre acha que está pagando demais e quer redução de custo a qualquer custo e ao da tiro no pé.
      Se baixar qualidade ferrou.

      Excluir
  3. Ser líder mundial faz com que os fornecedores também queiram mais lucros. Reduzir custos na indústria significa eliminar desperdício, otimizar a produção just in time: produzir exatamente o volume que será comercializado. Se o fornecedor é incompetente ou infringe cláusulas contratuais de entrega nos prazos estabelecidos a saída é a rescisão judicial e a contratação de outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso mesmo, just in time, a VW aprendendo com a Toyota...

      Excluir
  4. Esse grupo Prevent está fazendo frente a montadora, ao que parece ele é muito forte e ameaça seriamente a empresa, não é de um dia para o outro que se encontra novos fornecedores, ainda mais quando querem diminuir o custo sabe-se lá de que maneira, qual novo fornecedor vai querer contratar numa situação destas ? Nenhum !

    ResponderExcluir
  5. Não conheço o caso no detalhe, mas um acordo sempre é menos caro em qualquer cenário.

    ResponderExcluir
  6. eu conheço e só pagar que recebi as peças simples Asim.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.