Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW X4 2017 agora é nacional: Preço - R$ 300 mil reais

Categorias: , , , 11 Comentários

O BMW Group Brasil anuncia o início da produção na sua fábrica de Araquari, SC, do utilitário esportivo X4. O modelo entra em linha de montagem efetivamente na quarta-feira, 31, e será o sexto veículo da marca a entrar em produção no País, depois de Série 3, Série 1, X1, X3 e Mini Countryman.

BMW X4 2017

O modelo escolhido para produção nacional foi o BMW X4 Drive28i X Line, o qual representa 80% do mix de venda do X4 no Brasil, e conta com motor 2.0 litros de 4 cilindros com 245 cv a gasolina. Os outros 20% são vendas da versão com motor de 6 cilindros, que continua sendo importado.

BMW X4 2017

As concessionárias da BMW começam a receber as primeiras unidades nacionais ainda em setembro por R$ 299 950 reais, e a expectativa de vendas é de 45 unidades/mês até o fim do ano - aumento de 50% sobre o volume atual.

BMW X4 2017

A fábrica de Araquari produzirá este ano cercade 16 mil veículos, das quais, 4.500 unidades são do Série 3, o carro-chefe da marca no Brasil. O maket share da BMW no Brasil é de 26,4%, ficando atrás tanto da Audi quanto da Mercedes-Benz.

Postagens relacionadas:

11 comentários:

  1. Fabricado no Brasil e dólar baixo, mas o preço continua o mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso sem falar da sobretaxa de IPI incidente sobre os veículos importados que BM deixa de recolher...

      Excluir
  2. Nunca tive a esperança que carros antes importados, baixassem preço depois da nacionalização, afinal eles tem uma fábrica para pagar, portando ao nacionalizar eles aumentam a margem de lucro pra fechar a conta.

    ResponderExcluir
  3. Não devemos ter pensamentos tão conformistas assim Enderson, a bm deveria sim mostrar respeito ao consumidor e reduzir os preços.

    ResponderExcluir
  4. Organizações mercantis privadas visam a maximização do lucro. Essa é a finalidade de sua existência. Assim é o capitalismo. Não adianta ficar de choro dizendo que marca A, B e C não respeitam o consumidor. Dos interesses do consumidor quem precisa zelar é o próprio consumidor ou o governo. Quanto a BMW, creio que o objetivo principal seja a exportação, ao menos a Série 3 tem sido largamente exportada para os EUA conforme me relatou um vendedor da marca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, perfeito sua explicação. Me surpreende que as pessoas pensem que uma empresa tem que se preocupar em baixar preços por respeito, consideração a alguém. Baixas de preços, adequações para baixo só devem existir coligadas a uma estratégia de aumento de produção, diminuição do custo de fábrica, etc... jamais porque o mercado merece preços mais baixos. Oferta e demanda são mandatórios no capitalismo. E acho bom, cria competitividade, as empresas tem que evoluir para serem mais competitivas, para gerar o EBITDA que lhe é esperado.

      Excluir
  5. Esse é o nosso sistema e não adianta reclamar. O livre mercado é isso: quem produz oferta ao preço que quiser, compra quem tem dinheiro, simples assim.

    ResponderExcluir
  6. Agora, que o interior, console central e painel das BMWs precisam ser repaginados não há dúvidas, já cansou!

    ResponderExcluir
  7. Quem conhece fábrica de veículos sabe que linhas de montagem de baixa produção a automacao é baixa e tem muitas operações manuais realizadas no ponto da linha. Ou seja o mesmo operário faz várias coisas antes do veículo ir para o próximo ponto. O que significa baixa especialização nas tarefas com reflexos na qualidade do veículo. Pode parecer um alemão mas no fundo nunca será.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por Esse seu raciocínio então Rolls Royce, Aston Martin, Ferrari, Lamborghini entre outros também devem ser de baixa qualidade...
      Aqui me aparece cada especialista...aff

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.