Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi comemora 40 anos de motores cinco cilindros em linha

Categorias: , , 0 Comentários

Há 40 anos, a Audi apresentou o primeiro motor de cinco cilindros gasolina no lançamento da segunda geração do Audi 100. Melhorias e novidades seguiram, como turbo, controle de emissões e tecnologia de quatro válvulas, motores de rali e unidades de diesel de cinco cilindros. Hoje, a 2.5 TFSI do Audi RS 3 Sportback e dos Audi TT RS são os representantes da grande tradição de propulsores de cinco cilindros.

Audi Quattro Sport 1980
Audi Quattro Sport 1980
Os motores de cinco cilindros da Audi alcançaram status cult - em parte devido à sua implantação bem-sucedida no automobilismo, e, atualmente, por conta de sua confiabilidade e economia. Eles desempenharam um papel vital já na definição "Vorsprung durch Technik", além de oferecer uma experiência de condução emocional com o seu som característico.

Audi 100 1976
Audi 100 1976
O primeiro motor de cinco cilindros a gasolina foi usado no Audi 100 (C2), em 1976. O modelo, conhecido internamente como Tipo 43, era para ser maior do que o seu antecessor, inclusive no posicionamento de mercado. Os motores de quatro cilindros naquela época não eram adequadas para esse plano. No início da década de 1970, o engenheiros da Audi, consequentemente, discutiram a possibilidade de introdução de motores em linha cinco e seis cilindros.

Audi 100 1980
Audi 100 1980
Os motores de seis cilindros foram descartados devido ao espaço de instalação necessário e distribuição de peso desfavorável. Assim, a engenharia da Audi optou pelo desenvolvimento de um motor de cinco cilindros em linha derivado do quatro cilindros EA 827 que era usado em todo o grupo VW na década de 1970 - no Audi 80 e no Audi 100, por exemplo.

Audi 100 1978
Audi 100 1978
Assim surgiu o cinco cilindros 2.1L produzindo 136 cavalos, com um moderno sistema de injeção e ganho de eficiência estrou no Audi 100 5E em março de 1977.

Audi 100 1978
Audi 100 1978
Já em 1978, a Audi apresentou a primeira versão a diesel: um motor a diesel naturalmente aspirado com um deslocamento de dois litros e 70 cavalos. Um ano mais tarde, o primeiro motor turbo de cinco cilindros a gasolina estréia. Com uma potência de 170 cv e 265 Nm de torque, alimentava o novo modelo de topo, o Audi 200 T5.

Audi Quattro 1980
Audi Quattro 1980
O motor a gasolina de cinco cilindros em 1980 do Audi "Ur-quattro" teve ainda mais para oferecer. Com turbocompressor, intercooler e tração nas quatro rodas permanente, constituía um pacote poderoso tanto para pista quanto terra. Inicialmente, ele chegou com 200 cavalos. Em 1983, o finlandês Hannu Mikkola ganhou o título de pilotos no Campeonato Mundial de Rally nesse carro. No mesmo ano, a Audi introduziu o Audi Quattro Sport, alimentado por uma unidade de cinco cilindros de alumínio com potência de 306 cavalos.

Audi Quattro

O Audi Quattro Sport foi o carro mais potente construído pela Audi até o momento para para uso em vias públicas. O modelo serviu de base para um novo carro de rali do Grupo B, com o motor de quatro válvulas entregando 450 hp desde o início. Foi usado pela primeira vez na penúltima corrida do ano de 1984, o rali Costa do Marfim. Já o Audi Quattro A2 de 360 hp ganhou o título de pilotos e de construtores.

Audi 100 1989
Audi 100 1989
Audi apresentou mais um marco na história da indústria automobilística no Salão Automóvel Internacional de Frankfurt em maio de 1989: o Audi 100 TDI. Foi o primeiro carro de produção com um motor turbo de injeção direta diesel de cinco cilindros e controle totalmente eletrônico. O motor gerava 120 hp com um deslocamento de 2,5 litros. Audi continuou a aperfeiçoar a sua gama de motores a gasolina de cinco cilindros. Em 1994, o Audi RS 2 com uma potência de 315 hp entrou no mercado. Esse modelo Avant esportivo estabeleceu uma nova classe automóvel.

Audi 80
Audi 80
Em 1994 chegou ao mercado as unidades de cinco cilindros para os modelos topo do Audi A4 (B5). Eles foram gradualmente substituídos em meados da década de 1990 pelos novos motores V6. Os últimos motores de cinco cilindros, o 2.5 TDI no Audi A6 e o 2.3 Turbo no Audi S6, foram eliminadas em 1997.

Audi RS2 2009
Audi RS2 2009
Então, em 2009, houve um grande retorno - com turbo e injeção direta de gasolina no Audi TT RS. O motor montado na transversal foi desenvolvido pela Quattro GmbH e produzia 340 hp de um deslocamento de 2,5 litros.

Audi RS Q3
Audi RS Q3
Também é oferecido no Audi RS 3 Sportback e no Audi Q3 RS. O TT RS Plus, que Audi apresentados em 2012, reuniu uma impressionante cavalaria de 360 hp. Hoje, a 2.5 TFSI do Audi TT RS produz 400 hp.

Audi TT RS 2016
Audi TT RS 2016
Um júri internacional de jornalistas automotivos já votou no cinco cilindros como "Motor do Ano" sete vezes consecutivas desde 2010.

Postagens relacionadas:

Seja o primeiro a comentar: