Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Kwid: SUV sub-compacto para enfrentar Up! e Mobi

Categorias: , , 19 Comentários

O Renault Kwid, modelo sub-compacto que será produzido e vendido no Brasil ainda este ano, será o novo modelo de acesso da marca, e será ofertado como um SUV de entrada, e não um hatch compacto de entrada.

Renault Kwid - Brasil

A estratégia de posicionar o Kwid como utilitário esportivo é possível pela estética de pequeno SUV do modelo. Segundo a Renault, o modelo surpreende por dispor de bom espaço interno, apesar das dimensões compactas.

Renault Kwid - Brasil

Mesmo posicionado como SUV, o Kwid chega ao mercado para suceder o Clio, modelo que, no Brasil, ainda está em sua terceira geração, e que sairá de linha. Segundo a Renault, as últimas unidades do Clio estão sendo enviadas aos concessionários.

Renault Kwid - Brasil

O Renault Kwid é um carro bem mais moderno que o Clio, começando pelo propulsor, um tri-cilíndrico 1.0 que chegará com duas opções de potência. A configuração que equipará a versão de entrada do carro deve ter cerca de 70 cv, que, segundo a Renault, já ofertará boa performance.

Renault Kwid - Brasil

Haverá ainda uma versão mais potente do motor 1.0, que equipará versões mais topo de gama do Kwid, e também Sandero e ao Logan.

Renault Kwid - Brasil

Com a estratégia de posicionar o Kwid como SUV, a Renault pretende distanciá-lo dos demais sub-compactos do mercado, Volkswagen Up! e Fiat Mobi, que estão em um segmento muito afetado pela crise. Dessa forma, ao colocá-lo como utilitário esportivo, a Renault espera alcançar números de vendas bem mais expressivos que os concorrentes, já que esse tipo de carro - SUV/crossover - ganha cada vez mais a preferência do consumidor brasileiro.

Preços

A Renault não fala em preços, ainda, mas diz que "não será nem mais caro nem mais barato do que as expectativas".

Renault Kwid - Brasil

E as expectativas é de valores na casa de R$ 30 mil reais para o modelo de acesso. É importante considerar, porém, que as "expectativas" sobre o preço do Mobi eram de ficar na casa de R$ 29 mil, e ele veio a R$ 32 mil. A Renault, porém, diz que "não vai decepcionar".

Itens de série

O que já é oficial é que o Kwid vai se destacar pela oferta de itens de série. O modelo virá com sete airbags de série, incluindo bolsas de ar laterais, além das frontais obrigatórias no Brasil desde 2014.

Renault Kwid - Brasil

Essa alteração, assim como reforços estruturais, é uma estratégia para tornar o modelo brasileiro mais seguro relativamente ao vendido na Índia, que foi reprovado em teste de impacto, tendo obtido zero estrelas (veja aqui).                                 Fonte: Automotive Business

Postagens relacionadas:

19 comentários:

  1. Respostas
    1. 7 air bag's só se for para sufocar os passageiros no meio das ferragens dessa maravilha de carroceria feita de lata de leite..... Renault segurança zero... tô fora

      Excluir
  2. CHORA VW, que matou o TAIGUN!!!! So sorry!

    ResponderExcluir
  3. Dúvido muito que venha com 7 airbags de série.

    ResponderExcluir
  4. SUV?? 7 airbags de série?? Hahahahaha.

    ResponderExcluir
  5. Tô fora dessa bomba. Bateu, morreu, kkkkk!

    ResponderExcluir
  6. Mias uma latinha de sardinha de qualidade ruim...

    ResponderExcluir
  7. Lembrem-se o STEPWAY CUSTA 56 PAUS, ISSO AÍ NÃO VAI FICAR BARATO.

    ResponderExcluir
  8. Se a Renault souber posicionar bem esse carro, com um preço interessante no nível do Mobi, o Kwid vai ser matador mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Vamos esperar pelo modelo brasileiro, antes de condena-lo. Se viesse com controle de tração na versão mais cara ...., talvez eu esteja sonhando muito, reconheço.

    ResponderExcluir
  10. Lembrem-se dos preços do Cross Up! e Crossfox. O Up tem preço de Stepway, o Fox não preciso nem comentar. O Kwid, se vier como o prometido, abaixo dos $47 mil, acho que é um valor ótimo frente a qualquer carro até $60 mil.

    ResponderExcluir
  11. vai micar. cambio não compatível com a realidade brasileira :D

    ResponderExcluir
  12. Quem sabe com taxa zero em 36 vezes não me conquiste. Pior do que o Pobi não deverá ser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem que poderia ter uma versão 1.6 ou 1.0 turbo.

      Excluir
  13. Mesmo com mil airbags de série..Após os lastimáveis resultados do carro indiano..Apenas compraria após um teste local....Tendo em vista que os locais comungam os mesmos projetos...Torcendo para que os tais reforços deem resultado e que os sete airbags venham de série...

    ResponderExcluir
  14. Com certeza não está no site da Renault Francesa, se não está lá, então, vem pra cá. Não tem Renault no Brasil (só Kangoo). Kwid com roda de 3 parafusos pra matar a saudade dos Renault (Willys) Dauphine e Gordini. Será que vai ter uma versão "Teimoso" também ? Pelo teste de segurança vai realmente suceder o Dauphine cujo apelido era "Leite Glória" (primeiro leite em pó solúvel no Brasil) cujo slogan era " Desmancha sem bater".

    ResponderExcluir
  15. Acho que Renault seria mais bem sucedida se lançasse apenas a versão com apelo aventureiro do conceito indiano (Climber). Seria mais palatável asseitá-lo como um crossover compacto, além de ser a configuração mais interessante do modelo.
    Os ditos compactos pé-de-boi não têm mais espaço no nosso mercado dada a grande oferta de semi-novos mais seguros e equipados.
    Resta saber se a profusão de air bags no Kwid nacional é uma medida paliativa para encobrir sua frágil construção estrutural, já que a imprensa indiana afirma que o modelo fabricado por lá chegará no Brasil em kits desmontados.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.