Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Civic 2017: fotos, preços e itens das versões - Brasil

Categorias: , , , , , 66 Comentários

A Honda do Brasil apresentou (veja aqui) oficialmente a 10ª geração do Civic no Brasil - modelo que será lançado oficialmente no dia 26 de agosto de 2016, mas estará em regime de pré-venda entre 30/07 e 24/8, para o qual haverá um lote inicial de 1.500 unidades, as quais serão entregues aos compradores de pré-venda no dia 25/08, um dia antes do lançamento. Além de ser um carro totalmente novo, o Civic 2017 tem um novo esquema de versões, que detalharemos neste post.

Novo Honda Civic 2017 - versões brasileiras

O Novo Honda Civic 2017 é fabricado em Sumaré, Estado de São Paulo, e será vendido em quatro versões: Sport (R$ 87.900 - R$ 94.900), EX (R$ 98.400), EXL (R$ 105.900) e Touring (R$ 124.900).

Novo Civic Sport 2.0 - versão de acesso (MT: R$ 87.900 reais / CVT: R$ 94.900)

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017

A Honda deu ao modelo de entrada do Civic um aspecto esportivo, com motor 2.0 i-VTEC FlexOne, com 155 cv a 6.300 rpm e 19,5 kgfm a 4.800 rpm (etanol).

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017

Esse motor pode estar associado com transmissão manual de seis marchas, ou a nova automática CVT.

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017

Esta versão Sport é a única que pode vir equipada com transmissão manual, já que nas demais configurações há somente como opção o câmbio automático CVT.

Novo Honda Civic 2017 - Sport

Este modelo Sport traz um apelo esportivo, que fica evidenciado na  grade frontal em black piano, rodas escurecidas de 17 polegadas de alumínio.

Novo Honda Civic 2017 Sport 2.0 - sistema de iluminação diurna em LED

Esta versão é de "acesso", mas já conta com sistema de iluminação diurno em LED (item que se tornou fundamental após a legislação que obriga faróis ligados durante o dia).

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017 - interior

O interior desta versão Sport traz revestimento dos bancos em tecido na cor preta e velocímetro digital com conta-giros analógico.

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017 - interior

O sistema de áudio, porém, é mais simples, com tela de cinco polegadas, mas sem GPS ou sistema de espelhamento de tela de celular.

Novo Honda Civic 2017 - Sport

Ele dispõe também de direção elétrica, airbags frontais, laterais e de cortina, controle de tração e de estabilidade e assistente de partida em aclive.

Novo Honda Civic 2017 - Sport - interior

Há também ar-condicionado digital, freio de estacionamento eletrônico, controle de cruzeiro, botão ECON.

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017 - interior

Ainda em relação ao sistema de som, ele conta com quatro alto-falantes, conectividade Bluetooth e USB e comandos no volante e câmera de estacionamento.

Novo Honda Civic 2017 - Sport

Esta é a única versão com opção de transmissão manual e bancos revestidos em tecido.

Novo Honda Civic Sport (versão de acesso) 2017 - interior - espaço traseiro

Além disso, assim como as demais versões, ele conta com bom espaço traseiro graças ao entre-eixos alongado de 2,7 metros - o mesmo do Corolla.


O porta-malas, por sua vez, conta com 532 litros de capacidade volumétrica.

Novo Honda Civic EX 2.0 CVT (R$ 98.400 reais)

Em termos estéticos esta versão EX adota um aspecto mais sóbrio, não tão esportivo quando a versão anterior.


Ainda assim, mantém as rodas de 17 polegadas, mas com acabamento diamantado, grade frontal cromada, retrovisores rebatíveis eletricamente com repetidores laterais em LED.


Este modelo conta também com faróis com acendimento automático, bancos revestidos em couro com costura, velocímetro digital e áudio com tela de cinco polegadas.

Novo Honda Civic 2017 EX

Esta configuração também conta com o motor 2.0 i-VTEC FlexOne.

Novo Civic 2017 - motor 2.0 FlexOne

Esse motor está sempre associado com a transmissão automática CVT.

Novo Honda Civic EXL 2.0 CVT (R$ 105.900 reais)

Novo Honda Civic 2017 - EXL

Tem todos os itens do EX e mais acrescenta ar-condicionado automático de duas zonas, multimídia com tela de sete polegadas touchscreen com navegador e interface para smartphone, entrada HDMI.

Novo Honda Civic 2017 - EXL

Em relação à motorização, é o mesmo motor 2.0 aspirado FlexOne do Civic Sport, porém, neste caso, sem a opção de transmissão manual, assim com o EX.

Novo Honda Civic 2017 - EXL - interior

Esta versão já traz também uma central multimídia bem mais moderna, com tela sensível ao torque e possibilidade de espelhamento de tela de smartphone.

Novo Honda Civic 2017 EXL Prata - Brasil

Em termos estéticos externos não há diferença em relação à versão EX, adotando as mesmas rodas de 17 polegadas com desenho diamantado.

Novo Honda Civic 2017 - EXL

Na lateral, este modelo ostenta também os retrovisores com elementos indicadores de direção integrados.

Novo Honda Civic 2017 EXL Prata - Brasil - interior

Mas no interior, além dos itens supra-citados, há ainda duas portas USB, dois tweeters dianteiros e dois traseiros.

Novo Honda Civic 2017 - EXL - interior

Além disso, o Civic EXL traz painel de instrumentos com tela de alta definição

Novo Honda Civic Touring CVT (R$ 124.900 reais)

Novo Honda Civic 2017 Touring

Nova versão topo de gama, Touring, mesmo nome adotado nos EUA, é a única que conta com o novo bloco 1.5 turbo a gasolina, com injeção direta e abertura variável das válvulas, com 173 cv a 5.500 rpm, com o torque de 22,4 kgfm entre 1.700 rpm e 5.500 rpm.

Novo Honda Civic 2017 Touring - Brasil

Esse motor está associado à mesma transmissão CVT das demais, com opção de trocas por meio de borboletas atrás do volante, com simulação de sete velocidades.


Esta funcionalidade está disponível para os demais modelos equipados com CVT também.

Novo Honda Civic 2017 Touring - painel

Entretanto, apesar de ter mais potência e torque, este motor 1.5 Turbo é mais econômico que os outros modelos equipados com o motor 2.0 FlexOne, graças à sua modernidade.

Novo Honda Civic 2017 Touring - Brasil

Este modelo conta também com sistema que indica pontos cegos, conjunto ótico dianteiro totalmente em LED (inclusive os faróis de neblina), sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, bancos dianteiros com ajuste elétrico, sensor de chuva.

Novo Honda Civic 2017 Touring - Brasil

Completa a lista desta versão retrovisor interno eletrocrômico e teto solar elétrico.

Novo Honda Civic 2017 Touring - teto-solar

E ainda sistema de partida por botão no painel ou pelo controle remoto.

Novo Honda Civic 2017 Touring - interior - painel

O painel desta versão Touring, assim como as guarnições de portas, contam com acabamento em alumínio escovado e maçanetas externas cromadas.

Novo Honda Civic 2017 Touring

Este é também a única versão do Civic que conta com faróis com tecnologia Full LED, que está presente também nos faróis de neblina.

Novo Honda Civic 2017 Touring - motor 1.5 Turbo

Na imagem acima, o motor quatro cilindros 1.5 Turbo, exclusivo da versão Touring.

Aspectos dimensionais


Novo Honda Civic 2017 - Touring

O novo Civic 2017 tem 4,63 m de comprimento, 10,5 cm maior que o antecessor, e ganhou 3,2 cm no entre-eixos, que agora é de 2,70 m.

Novo Honda Civic 2017 - Touring

O porta-malas é destaque, como mencionamos acima, passando dos 449 litros do modelo atual para 525 litros.

Novo Honda Civic 2017 - Touring

O painel não tem mais os dois níveis, mas a versão top - Touring - ganhou partida por botão.

Vídeos - Novo Civic 2017





Consumo de combustível - Gasolina e Etanol - INMETRO

Na tabela abaixo relacionamos os dados de consumo do Novo Civic em suas versões 2.0 MT, 2.0 CVT e 1.5 Touring CVT, segundo o INMETRO, e também dados de concorrentes.

Modelo
Motor
Versão
Câmbio
Consumo de combustível
Cidade EtanolEstrada EtanolCidade GasolinaEstrada Gasolina
Novo Civic
2.0-16VEXCVT7,28,910,612,9
2.0-16VEX-LCVT7,28,910,612,9
2.0-16VSportCVT7,28,910,612,9
2.0-16VSportM-67,19,310,213,4
1.5-16VTouring - TurboCVT\\1214,6
Cruze1.4-16vLTZAT-67,69,611,214
AUDI A3 SEDAN
1.4 16VAmbienteAT67,89,911,714,2
2.0-16vAmbitionGDG-6\\10,312,8
JETTA
1.4-TSIComfortlineAT-6\\10,413,8
2.0-TSIHighlineDSG-6\\9,412,5

Cores

Novo Honda Civic 2017 - lançamento no Brasil

O novo Civic 2017 estará disponível nas cores perolizadas Branco Estelar e Preto Cristal, metálica Cinza Barium e Prata Platinum e sólida Branco Tafetá.

Postagens relacionadas:

66 comentários:

  1. estranho honda brasil, cobrando como carro luxo e depenando itens... cade o sensor de frenagem automatica anti colisao que tem na versao americada e europeia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não tem ACC a versão de 125k.
      Achei um lançamento totalmente baseado em futilidades, que design rebuscado dentro e fora, mas quando se analisa a substância do carro, é totalmente ultrapassado. motor 2.0 do século passado.
      não tem piloto automático adaptativo nem no modelo de 125 mil reais.
      Não tem frenagem autônoma de emergência, sendo que tais itens tem no Audi A4.
      Enfim, quem comprar esse carro assina atestado de fútil, que dá valor a aparência e não sabe analisar um carro em profundidade.
      Para pagar 87k nesse carro mt, para ficar nos japas, vou de corolla gli upper cvt. e no lugar do de 94k, fico com o corolla xei.
      E para que pagar 125k em um civic, se tem nesse preço um audi a3 sedan 2.0 ambition?
      #fail total mesmo.

      Excluir
    2. Saindo dos japas tem Jetta 1.4 TSI MT por 82k e automático por 87k, desempenho bem superior aos corollas citados, sem falar que o VW muda de plataforma ano que vem (MQB), ficando ainda melhor: http://www.noticiasautomotivas.com.br/novo-jetta-2017-deve-chegar-maior-e-mais-agressivo/

      Para o Civic 1.5T de 125k além do A3 Ambition, tem Fusion Ecoboost FWD e Golf GTI, para quem curte picape tem Hilux SRV 4x4 flex e Toro Volcano, entre os SUVs tem ASX AWD e Sportage.

      Excluir
    3. Tenho que concordar mesmo com você. Valor exorbitante para o que oferece. Uma boa opção a ser levada em conta é o cruze na versão LT, que é bem equipado, anda bem e tem um bom consumo (motor turbo flex). Mostrando-se como uma opção com muita relevância e abaixo de 90mil. Para o Cruze fazer frente ao Corolla só precisa melhorar no pós venda e confiabilidade.

      Excluir
    4. Não faz sentido, esse carro. Suspeito que o A3 1.4, mesmo com essas suspensão alta como um SUV ridículo, seja melhor que esse Civic. Parece até carro de Power Ranger.

      Excluir
    5. É só comigo, ou vocês ficam com a vista pesada ao olhar por muito tempo esse carro???

      Excluir
    6. A pessoa que escreve isto, prova que não tem a menor capacidade real para criticar automóveis, ele não sabe o que o dia dia de um carro, só sabe fantasiar um mundo que ele acha que existe, pois não vive nele.

      "carlos4carros22 de dezembro de 2014 18:48
      E eu...com uma reles bike, que coloco dentro dos ônibus e metrôs que ando...apesar que em SP só vejo da janela do ônibus que ando em faixa preferencial..o povo tudo de carrão tudo parado...e eu no busão andando bem rápido...
      C'est la Vie"

      Excluir
    7. Achei que o carro ficou bem bonito e muito completo, claro faltando algumas coisas para justificar o valor, e é ai nesse ponto que o carro morre! Vai ter muita gente comprando para mostrar para o vizinho seu novo civic, mas se pararmos para analisar e formos sensatos, existem muitas opções de outras marcas com mais para oferecer e até por um menor preço!

      Excluir
    8. O carro está show de bola, e seguindo a tradição do Civic, deve ter ótima dirigibilidade, tanto que foi muito elogiado pela crítica americana. Agora, os preços estão bem salgados, mesmo comparando com os rivais (que de barato não têm nada). Já começo a achar o Corolla XEI, uma boa opção em termos de custo benefício.
      Agora, melhor compra mesmo, acho que fico com o Cruze, mesmo no LT (vendido atualmente com ágio por cerca de 93k) é mais equipado que o Civic EX, e se for pegar o LTZ1 ou LTZ2, aí fica brabo, com itens que nem o Touring tem por bem menos. Robustez os Chevys têm, então....

      Excluir
    9. A3 ambition por 120k me fala onde que eu compra na hora. To aguardando a versão 2017 com facelift. Vou fazer o TD deste touring, pensando em adquirir um.

      Excluir
  2. Tem cara de carro japonês!
    Dos tempos do Ultraman!

    ResponderExcluir
  3. Comparando com o cruze, achei mais carro em tudo, exceto motor.... uma pena manter esse 2.0...

    Mas a receita do Corolla e da certo...

    Pode ser que seja o novo campeão! Briga boa com o cruze....

    ResponderExcluir
  4. Essa versão de 125k só serve para aparecer nas propagandas e servir de isco para atrair os bobos para comprar a 2.0.

    Esse lançamento conseguiu ser pior do que o do Cruze.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Honda logo,logo vai tirar esse 2.0 e colocar só o motor turbo em todas as versões quando vier Flex.

      Excluir
    2. ou seja, a 2.0 vai virar mico.

      Excluir
    3. Isso ai é você que está falando.
      Não tem em lugar nenhum que a Honda vai colocar o 1.5T em todas as versões.

      Excluir
    4. A tendência é a versão de entrada do Civic passar a vim com o novo motor 1.0 Turbo de 125 a 130 cv já lançado na China esse ano.

      Excluir
  5. Se tivesse vindo com acc e sistema de manutenção na faixa, até que dava pra engolir.
    125k sem isso? vai ser um fiasco....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também percebi a ausência desses itens "premium" bem como frenagem autônoma de emergência, só fã da marca vai pagar bem caro nesse topo de linha

      Excluir
  6. A Honda parece mirar nos seus próprios clientes e não na concorrência ao fechar o pacote de itens das versões.
    Nada é aleatório. Recursos de alta tecnologia represam mais um público jovem, como acontece nos EUA. O consumidor do Civic no Brasil é aquele que está prestes a se aposentar e quer conforto, sobretudo. Basta ver a faixa etária dos seus motoristas nas ruas. Não vai dizer que seu pai ou avô não estariam satisfeitos dentro de um desses?
    O valor cobrado a mais que a média da categoria é praticamente uma antecipação embutida das revisões do veículo. Tática das japonesas para parecer que suas revisões são baratas.
    A Honda foi tão esperta que chamou sua versão de câmbio mecânico (e de entrada) de Sport. Não duvido que cativará consumidores de hatches ou os que preferem uma tocada mais dinâmica. Aqueles com espírito de universitário americano, oras! Mereceria o motor 1.5, cores mais esportivas também, assim como bancos em couro. Mas ficaria caro demais para ser mecânico. Os distintos senhores clientes brasileiros não pagariam. As versões intermediárias, pratas e brancas, da cor do cabelo de boa parte dos seus clientes, serão as mais vendidas, como sempre. A touring é puro vitrinismo. Pouco agrega ao modelo como um todo. E é perniciosa ao mercado... Pois elevará o preço da categoria a patamares nunca antes atingidos e, de tabela, pode encarecer os sedãs premium de entrada de fabricação nacional.
    Enfim, nada mudou. Esse Novo Civic é apenas a Honda se relançando com saudosismo de si mesma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compro Civics desde antes dos 30, assim como meus amigos. Reveja sua visão de mercado.

      Excluir
    2. Não é só visão, Nelson. É constatação. A faixa etária do segmento no Brasil é de 45 e 50 anos. >> tinyurl.com/sedansfolha

      Excluir
    3. E eles estão prestes a se aposentar?

      Excluir
    4. Considerando que a idade média de aposentadoria no Brasil é de 55 anos segundo a Data Prev... :)

      Excluir
    5. Quem acha o civic velho é só comprar o corola...esse sim é muito "jovem". cada comentário pior que o outro. Os caras vem falar que bmw ou audi tem isso e aquilo...meus caros, antes de falar besteira, analisem o preço de um carro premium com o pacote de equipamentos do civic touring...o preço começa em 150k ou mais. De outro lado, comparar um honda com chevrolet também demonstra desconhecimento total. Quem já teve honda e chevro sabe a diferença. A chevrolet oferece alguns itens a mais sim e o faz porque precisa...senão todos compram honda.

      Excluir
  7. Carro espetacular em todos os aspectos. Gostei bastante. Porém, o preço a versão Touring e a ausência do Park Assist deixaram um pouco a desejar. O Focus Fastback, por exemplo, conta com esse item e custa bem menos que isso. Acredito que de todas as tecnologias que existem, o Park Assist é a mais funcional, e num carro de mais R$ 120k, é lamentável a sua ausência.

    ResponderExcluir
  8. Critiquem o quanto quiserem, mas prevejo sucesso de vendas pelo seu design revolucionário! Não sei se chega a tirar o corolla do 1º lugar, mas vai ficar perto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sonhando esse Civic tira o 1º lugar do Corolla. Me arrisco dizer que vai perder a 2ª posição pro Cruze! Honda aloprou nos preços, principalmente na versao de acesso/intermediária.

      Excluir
    2. Creio que o Civic mantenha a sua posição de vice-líder, pois o povo gosta de novidade e coisa chamativa, coisa que cause inveja pro vizinho, e o Civic se destaca por isso pelo seu design.

      Excluir
  9. Jetta 1.4 Trendline Automático custa R$ 87.390,00, não tem opcionais e é tão básico que vem como volante de Gol. Jetta 1.4 Confortline custa R$ 93.990,00 e adiciona volante multifuncional em couro e com shift paddles e piloto automático. Se adicionar o Pacote Exclusive o preço do Jetta 1.4 passa dos 100 mil.
    Jetta 2.0 TSi custa à partir de R$ 109.050,00 e tb vem basicão. Com pacote premium o valor sobe para R$ 120.474,00 e se adicionar teto-solar vai para R$ 125.155,00.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses são preços teóricos. Na prática por 85k você leva um comfortline de entrada e 115k leva o highline top. Eles colocam o preço lá em cima para financiar a taxa zero e etc.
      Agora honda sempre roda no preço de tabela e no novo civic vão pedir acima da tabela por um bom tempo como sempre foi,

      Excluir
    2. Lembrando que o Jetta já é um veterano na estrada, esta geração já está há um bom tempo no mercado, e não concorre em pé de igualdade com os concorrentes mais modernos. Só motor é muito pouco para seduzir o cliente, e motor por motor, o Cruze agrega isso com um projeto muito mais moderno, além de mais equipamentos.

      Excluir
    3. Jetta com certeza com preços de quase 100mil nesse comfortline com pacote de 6mil, vai encalhar ...o carro está precisando mudar urgentemente!!!
      A VW só vem fazendo merda no Brasil com seus produtos; nem o motor flex que ela já fabrica aqui colocou nesse 1.4 TSI...absurdo isso!!!!...A3 tem e o caríssimo Golf 1.4TSI também...o consumidor fica doido com essa política de lançamentos da VW. Só quem perde é a própria!!!
      Jetta assim, NUNCA chegará entre os 3 primeiros colocados nessa disputa entre os sedãs médios no Brasil.

      Excluir
  10. estranho o consumo do 2.0 com cvt ter piorado na estrada ( pelo inmetro) . Tenho o atual faço na cidade aprox 10,5 a 11 e na estrada 15 a 16,5 km/l .

    ResponderExcluir
  11. Vou ficar com meu Corolla eternamente. Quem quiser gastar grana que gaste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Souza diga tchau ao corolinha o novo civic é show.

      Excluir
  12. Vamos lá, pegando como base a versão SPORT CVT q é a de entrada com cambio automatico por nada menos q 94.500, em um carro q não vem com banco de couro, central multimidia de 5 polegadas pequena, sem GPS, sem android auto e apple car play, sem falar de outros itens para um carro nessa faixa de preço.

    ResponderExcluir
  13. Preço da versão touring tá fora da realidade aliás de todas as versões quem vai comprar esse carro vai ser donos de antigos civics eu iria sem dúvida de jetta tsi 2.0 com alguns opcionais au um a3 ambition

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara eu tenho um jetta tsi 13/13 fui mto feliz com ele nesses 3 anos, baita carro não me deu nenhuma dor de cabeça, na troca primeiro cogitei o a3 ambition, mas vai ter facelift agora, depois pensei no golf que também está mudando, esse civic touring achei bem completo, bonito, cheio de tecnologia embarcada, pra mim park assist é bobagem, pena que o motor seja fraco e o som na versão brasileira não é premium como na norte americana.

      Excluir
  14. esse carro nao pode ser melhor que o fusion ecobost de 234 vc por 129 mil... entao pra mim top por top fico com o fusion, muito mais carro... jogo ate o jetta tsi 211 cv por 109 mil...vou mais embaixo citroen lounge por 90 mil pena que esse ultimo nao e bom visto no mercado brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o novo fusion ecoboost vem a partir de 140k. O jetta 2.0 tsi, com os pacotes e teto solar fica bem próximo do touring...
      Se pensarmos bem, com tudo que ele oferece,comparando com os preços dos concorrente e considerando a confiabilidade que a marca carrega, esses valores não estão muito fora não, infelizmente...

      Excluir
    2. Acho que o novo fusion ecoboost vem a partir de 140k. O jetta 2.0 tsi, com os pacotes e teto solar fica bem próximo do touring...
      Se pensarmos bem, com tudo que ele oferece,comparando com os preços dos concorrente e considerando a confiabilidade que a marca carrega, esses valores não estão muito fora não, infelizmente...

      Excluir
    3. 1º-Jetta já está precisando mudar geração urgente!!!
      2º- Fusion é uma verdadeira BARCA para essa terra tupiniquim onde tudo é muito estreito e pequeno para comodidade no dia a dia.

      Excluir
  15. A versão sport não tem central multimídia. Este display é aquele i-Mid onipresente nos carros da Honda, desde o Fit e o City Ex até o CRV (display superior do painel dele). É o mesmo que já vinha no Civic anterior (o display do painel central).

    Ele contém o computador de bordo, visualização do som, espaço para uma imagem de fundo e a câmera de ré.

    ResponderExcluir
  16. A versão sport não tem central multimídia. Este display é aquele i-Mid onipresente nos carros da Honda, desde o Fit e o City Ex até o CRV (display superior do painel dele). É o mesmo que já vinha no Civic anterior (o display do painel central).

    Ele contém o computador de bordo, visualização do som, espaço para uma imagem de fundo e a câmera de ré.

    ResponderExcluir
  17. Milagre a Honda não ter feito uma versão com calota, airbag duplo e sem luz de neblina...

    ResponderExcluir
  18. O carro pra variar como todo onda ou Vovorolla não tem nada de mais.

    Nada de revolucionário .

    Muito oba oba.

    Com relação ao consumo a versão não faz mais que sua obrigação pois casa o câmbio CVT ( sem graça mas econ ) com um motor que só bebe gasolina , logo comparar com outros turbo flex com câmbios convencionais (melhores) automáticos fica fácil aliado claro a uma
    Plataforma mais nova e leve

    No mais não tem nada de extraordinário só para Honda mesmo que agora certa coisas são novidades - partida por
    Botão ? Dual zone ? DRL em led ?

    Tenha dó ...o Lounge já tem isso desde 2013 quando chegou e todos os outros já o possuem

    Pode vender pq brasileiro gosta de novidade mas como produto é fraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala sério, desde quando Citroen concorre com os Honda? Só se for pra quem não liga de ter carro cheio de grilos, e nos frequentes problemas que dá, ficar a mercê de concessionárias incompetentes que só sabem trocar óleos e filtros. Citroen pra mim, pode colocar raio laser no carro que não compro!

      Excluir
    2. Pra vc falar isso é pq não lê ou não tem Honda .

      Conheço várias pessoas que têm Honda civic, city e hrv e reclamam de grilo no carro

      Civic conhecida caixa de direção que bate

      Hrv indo teste quatro rodas tem grilo

      City conhecido na internet por ser cheio de grilos

      Acredito que vc vive de "orelhada".

      Honda são carros medíocres e o brasileiro enaltece

      Como i brasileiro vive do efeito manada (Maria vai com as outras) compra o que os outros dizem

      Excluir
    3. civic novo nao tem o grilo, foi a primeira coisa que procurei

      Excluir
  19. A Touring sem park assist, sem assistente de faixa e sem sensor anti colisão é absolutamente ridícula. Não tem como defender. É muita vergonha alheia.

    ResponderExcluir
  20. O PREÇO ESTA ALTO E BLA,BLA,BLA, mas a TOYOTA cobra pelo COROLLA um absurdo e vende horrores, um carro bem iferior a esse!!!!

    ResponderExcluir
  21. Eu pensei que só haveria versão turbo como o Cruze-2017 e C4L-2017. Achei o civic-sport bonito mas só ficou na beleza mesmo.

    ResponderExcluir
  22. SE, eu fosse optar por um, compraria um Sport manual mesmo. Na cidade onde moro, tenho que pegar muitos morros, mas o "Auto Hold" ajudaria bastante. Pelo menos isso não depenaram, como minha querida e sempre amada VW em seu queridinho Golf.

    ResponderExcluir
  23. eu teria um sport facil show esse carro

    ResponderExcluir
  24. Como aqui carro é para ostentação, esse de mais de 120k vai vender muito, o carro tem suas qualidades, mas se analizar em profundidade vai ver que tem opções melhores nessa faixa de preço. É ridiculo pagar preço de carro premium em um carro sedan com motor 1.5 sobrealimentado cheio de perfumarias. Por 120k tem bmw 325i com baixíssima quilometragem que deixa este carro 1.5 superfaturado no chinelo.

    ResponderExcluir
  25. Quais são os opcionais e os preços na versão touring?

    ResponderExcluir
  26. Comprar um corolla que também tem um preço alto oferecendo pouco e sabendo que vai ter facelift no 2º semestre do ano que vem e vai mudar em 2018 não é um bom negócio para quem compra pensando em ficar uns 4 anos com o carro.

    Como digo na Honda e na Toyota pagamos a desvalorização na compra e vendemos felizes.

    Nas demais montadoras pagamos melhor na compra e vendemos pior.

    No final das contas o mercado brasileiro é e sempre foi caro...

    Mas a confiabilidade da marca faz diferença. Estava fechando a compra de um C4 lounge e acabei desistindo. A concessionária alega dificuldade em fazer o pedido na fábrica pq tem algumas peças que estão com BO. E aí quem encara?
    O carro é legal, mas a citroen já estava dizendo o problema futuro meu...

    A chevrolet tinha um excelente carro, o Sonic que saiu de linha... Então é isso, essas montadoras fazem umas cagadas que Toyota e Honda não fazem.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.