Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fim de linha para Linea, Bravo e Idea; Punto ameaçado

Categorias: , , , , 46 Comentários

A retração de vendas do mercado brasileiro resultará em um enxugamento da gama de modelos da Fiat, com fim de produção de modelos de baixo volume de vendas, como Linea, Bravo e Idea.

Fiat Bravo 2016 - fim de linha

Em junho, o sedã médio Linea registrou um total de 79 emplacamentos - queda de 42,8% relativamente ao mês anterior. No primeiro semestre foram vendidos 948 exemplares.

Fiat Linea 2016

O Hatch médio Bravo está em situação ainda pior. No sexto mês do ano emplacou-se 58 unidades, com retração de 49,6%. No ano: 747 emplacamentos.

Fiat Idea

Já o monovolume Idea está um pouco melhor, mas mesmo assim insuficiente para justificar sua sobrevivência: 165 unidades vendidas no mês, e 1.888 no ano.

Punto ameaçado

O Fiat Punto tem um desempenho melhor, com 510 unidades vendidas no mês, mas esse volume também não é o suficiente para sustentar o modelo em produção.

Fiat Punto

Dessa forma, o Punto também deve sair de linha em breve.

Fonte: Fernando Calmon / Automotive Business

Postagens relacionadas:

46 comentários:

  1. Q pena q vão sair de linha. Coitado dos donos, vai ter muita desvalorização. Infelizmente não são carros tão ruins, mas são os piores de suas categorias, e não evoluíram com o tempo. Se investissem mais em marketing e promoções, talvez ainda venderiam o suficiente para cobrir os custos fixos. Com essas vendas baixas, não se justifica manter a linha de montagem. Nesse mercado, quem não inova e se atualiza, acaba ficando para trás. Com concorrentes como golf, corola, fit, etc, fica difícil manter as vendas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Culpado da desvalorização são os donos.... A Fiat já é conhecida algum tempo de mudar repentinamente o visual.... E segundos esses carros, Ja são carros antigos que não tem nova geração a anos lógico que algum dia iriam mudar....Lógico não. Novidade nenhuma esses carros saírem de linha

      Excluir
    2. O Bravo não é um carro ruim, porém ficou caro de mais oferecendo pouco frente a concorrência.
      Se ele mantivesse os preços de antes dos aumentos malucos da Fiat, talvez vendesse mais.

      Excluir
    3. E não é mesmo! Tenho um Absolute, passando agora dos 90.000 km. Nunca tive problema, só manutenção de rotina, e olha que o meu é dualogic. Pode não ser o que há de mais moderno no mercado (e não é mesmo) mas tem itens de segurança que nem o Vovôrolla tem, custando mais 100 Temers. E isso sendo fabricado em 2011. É um carro bem honesto naquilo que se propôe.

      Excluir
    4. Sem falar no motor ..... um excelente motor..... um exemplo ... o motor do cruze 1.8 ultiliza Correia dentada...ar condicionado dualzone. .. direção elétrica.... eu tbm tenho um Bravo.... ótimo carro... o Brasileiro fala mal dos carros ... mas não da manutenção preventiva.... se vc continuar fazendo revisões trocando todos os elementos corretamente.... tu vai rodar mais 90.000 sussegado

      Excluir
  2. O problema não eo mercado Brasilerliro em crise!!! Mesmo se não estivessemos em crise esses carros estariam vendendo mal!!!!! Os carros da Fiat todos estão desatualizados em termos de design,mecanica,equipamentos..... Concorrência evoluiu ea Fiat não acompanhou

    ResponderExcluir
  3. Modelos totalmente defasados. Idea é um caixote, totalmente instável e inseguro, compartilhando materiais do Pálio. Este também precisa de uma revisão urgente.
    Na realidade, os modelos da Fiat não são mais buscados pela emoção. Pela razão, também perdem feio: beberrões, inseguros, mal feitos, materiais pobres, poucos equipamentos, mal acabados.

    ResponderExcluir
  4. Parece que esses modelos já saíram de linha na Europa, exceto o Punto. Lá agora é tudo Tipo: hatch, sedan e station wagon. Corrijam se eu tiver errado.

    ResponderExcluir
  5. Parece que esses modelos já saíram de linha na Europa, exceto o Punto. Lá agora é tudo Tipo: hatch, sedan e station wagon. Corrijam se eu tiver errado.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Já tive carros da Fiat (Palio, Idea, Punto, Mille, Bravo e Uno) e a empresa se perdeu no tempo e nos produtos, infelizmente. Tomara que se recupere. Hoje sou um feliz proprietário de um Civic. Nem olhei para o Linea à época da compra.

    ResponderExcluir
  8. Já tive carros da Fiat (Palio, Idea, Punto, Mille, Bravo e Uno) e a empresa se perdeu no tempo e nos produtos, infelizmente. Tomara que se recupere. Hoje sou um feliz proprietário de um Civic. Nem olhei para o Linea à época da compra.

    ResponderExcluir
  9. A Fiat gosta de perfumaria. Nemhum carro dela deve tirar 5 em segurança.

    ResponderExcluir
  10. FIAT só sabe vender carro popular, uno, palio fire e agora mobi.
    Comprar um bravo, um linea com Dualogic, é uma piada, o punto que já foi o melhor produto da FIAT já virou frankstein, tá velho e todo remendado, como a FIAT adora, projeto de 2005 que foi lançado no Brasil em 2007, prazo de validade já expirou é só recebeu um facelift de lanterna, para choque e detalhe no painel, FIAT com seus motores que são os piores do mercado, único que salva é o 1.8 que também não é nada econômico, ate o super t-jet já aposentou e não deixou saudade alguma.
    Unico carro grande que presta é o freemont que é o dodge com logotipo da FIAT e ele já está pra lá de defasado Também é também não vende nada e aposta agora na Toro que está vingando porém longe de ser um bom carro.

    ResponderExcluir
  11. Respostas
    1. O que demonstra que não tem respeito ao consumidor, Na próxima não comprarei marca Fiat pq adora matar carro... veja bem punto tá indo e tem gnt que gosta e é fã. mas a fiat tira carro de linha o que me deixa muito chateado. é Fiat sendo Fiat, só isso!

      Excluir
    2. GM também adora matar modelos

      Excluir
    3. mas com gm, demora 10 anos... mas mesmo assim, adora matar modelos tambem mas pra fiat é pior!

      Excluir
    4. Ué, mas o Idea tem 10 anos de mercado, e o Punto 09, sendo que ainda não morreu. Sendo assim, com esses modelos, tá na média da GM, não? Então não generalize.

      Excluir
    5. é, concordo que tá media mesmo, sim vc tem razão.

      Excluir
    6. Gm adora matar carros ?
      Classic está aí desde 2001

      Excluir
    7. O Classic é da primeira geração do Corsa, que é de 93

      Excluir
  12. O Linea é o X6S, e o Punto é o X6H, o Idea sai de linha mesmo, e o Bravo é o Viaggio na Europa e o Ottimo na china, no Brasil não será oferecido.

    ResponderExcluir
  13. essas ultimas reestilizacoes que a Fiat fez ficaram de muito mal gosto, acabaram de vez com o Linea, Bravo e Punto, alem de nao evoluirem em nada na parte mecanica.
    sao mortes anunciadas, a Fiat fica nessa de apostar em manutencao barata e acaba ficando pra tras no mercado.

    ResponderExcluir
  14. INCOMPETÊNCIA GENERALIZADA DESSA PORCARIA DE FIAT

    que tirar carros bons como Bravo, Linea e Idea para povoar o brasil com essas porcarias de Uno, Palio e Mobi!!! Há anos, Linea e Bravo deveriam ter 6 airbags de série, ESP, central multimidia e câmbio automático decente... Mas a Fiat fez de tudo para deixar seus carros defasados...

    Antes de trocar o Punto pelo Golf, até fui na Fiat atrás de outro, de um Bravo ou até de um Idea (leia o próximo parágrafo)... Mas era um parto para encontrar os carros melhor equipados... A programação das linhas de produção da Fiat é tosca... Ou você compra o que está na CSS ou eles pedem 90 dias (sem garantia de entrega). E olha que o Punto tem a possibilidade de 6 aibags há mais de 5 anos!!! Deveria vir de série, com uma boa central + ESP. E o New Fiesta passaria vergonha...

    Já o Idea é muito agradável! Temos em casa um 1.4 (que tinha de tudo para ser uma carroça de lento, mas, na prática, não nos deixa na mão em nada...). Ótimo espaço, ótima posição de dirigir, bom acabamento. Falta estabilidade em curvas de alta, mas o perfil do público desse carro não envolve essa necessidade... Minha esposa dirige em uma tranquilidade só e nunca passou aperto... É confortável, tem mais espaço e é mais alto e econômico que muitos carros por aí... Mas o interior parou no tempo, não tem pacotes de segurança e o bluetooth passa vergonha... Ou seja, detalhes mais fáceis que, SE A FIAT TIVESSE GESTORES ALFABETIZADOS, teriam atualizado os carros com o tempo...

    Então é isso: os caras não avançam os seus produtos e vão tirando de linha...
    Depois querem que o povo compre o Tipo, que vem por aí... É muito difícil entender a vantagem de evoluir seus produtos, como a VW faz com o Golf há décadas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, já falei várias vezes aqui e outro site e digo novamente.. pq a fiat não mantenha nome e acompanhar a evolução, esse contexto vai demonstrar o quanto o produto evoluiu, pois não adianta tirar de linha.. e digo varias vezes é manter nome e apenas renovar um produto. com essa pratica o que a Fiat tá fazendo vai deixar pé pra tras, pois ninguem vai lembrar de stilo, bravo, linea pq a Fiat não deu importancia e nem valorizou a evoluir o produto... eu na próxima já não quero mais Fiat na minha mão, pra mim chega.. eu gostava de punto e principalmente bravo mas tirou de linha.. fracamente, quem é o profissional que tá tomando decisão de tirar de linha? pois pode trocar, e pense duas vezes antes de fazer besteira. Deveria é me contratar, pois tenho ideia o que pode fazer sucesso. Fiat, abram os olhos, não é lucro e sim valorizar produto assim como volks faz, valoriza design, tradição, motor e tudo o que é no conjunto... ultimamente o que mais me admira o trabalho feito é volkswagem. pois a imagem não sai da minha cabeça, é uma marca que me fez conquistar coração, só falta eu entrar no mundo volkswagen.

      Excluir
  15. Quem está elogiando Bravo, Linea, Idea e Punto, corram e já garantam o seu FIAT antes que acabe! Disparado os piores de suas categorias, como podem ser considerados bons se basta olhar para o lado para encontrar coisa melhor? A Fiat, a exceção de dois espasmos chamados Tempra e Marea, nunca foi marca de ponta em tecnologia e inovação, sempre se vangloriou em ser a nº1 em vendas comercializando suas carroças 1.0 pé de boi.
    Até a sociedade com a Jeep não ajuda, onde todos os pontos fracos da dupla Renegade/Toro são genuinamente FIAT, a começar pelo motorzinho manco.
    A Ford ainda engana muita gente desavisada que acha que a marca vende carros bons e modernos por aqui, mas a FIAT... essa não engana mais ninguém!

    ResponderExcluir
  16. O dualogic matou esses carros. Nessa faixa de preço ninguém aceita automatizado.

    ResponderExcluir
  17. Quem acha que carros da Fiat são bons é porque nunca tiveram a chance de dirigir um Focus ou um Golf por exemplo.Dizer que Fiat é bom é ser cego sem opção...

    ResponderExcluir
  18. O AutoEntusiastas testou um Linea há cerca de 2 semanas. Alguém comentou que o modelo estava com os dias contados, por não fazer sucesso. Bob Sharp fez malabarismo retórico pra definir o sucesso de um carro e classificou o fim de linha do modelo como boato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Autoentusiastas é legal porque eles são um dos poucos que falam bem a fundo sobre o carro, não apenas de forma superficial, mas fica bem nítido quando eles puxam a sardinha para algum carro.
      Na verdade o Bob Sharp é o único que faz isso, pois não vejo os outros responderem os comentários.

      Excluir
    2. O que me incomoda lá é que eles elogiam TODOS os carros. Questionei isso certa vez, e Bob Sharp, com a usual grosseria, disse que isso era ser autoentusiasta, me bloqueou e ainda editou meu comentário.

      Excluir
  19. Meu primeiro carro foi FIAT gostei o segundo tbem. Mas conheçi uma tal de Toyota conheçi o conforto de um carro da Toyota tenho o Etios adorei Agora FIAT nunca mais.

    ResponderExcluir
  20. Design ainda bonito, mas nao teria pois nao me sinto confiante dirigindo um destes.

    ResponderExcluir
  21. Recentemente a Fiat instalou uma nova marca no país, a jeep, e acredito que dê um trabalho enorme. Portanto, concluo que a defasagem da linha foi por conta da opção de montar a estrutura jeep no Brasil. Não dá para fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  22. ja foi dito pela fiat q o punto ficara em linha ate 2017 e a materia esqueçeu de citar a o freemont, weekend, doblo, ducato e uno furgao ja sairam tambem de linha

    ResponderExcluir
  23. Cambio dualogic, enquanto a concorrencia oferece um automatico de verdade e ainda por preço menor, linha defasada... a fiat se acomodou no tempo com a liderança em venda de populares, mas no segmento médio pra cima nunca emplacou nada e continuará assim. Não sei pq tanto mimimi, afinal a fiat sempre foi isso e sempre fez isso...

    ResponderExcluir
  24. Desejo uma boa sorte, rumo à nova mudança de Fiat! inovar é sempre bom, mas pra matar de linha não.. ok mas fez o que deve fazer! espero que na próxima não repita de tal de matar modelos e que continue evoluindo, sempre!

    ResponderExcluir
  25. Na sua época, esses modelos teriam sido mais bem sucedidos se a Fiat não tivesse perdido o timing de lançamento. O Bravo chegou na ultima hora quando já estava derretendo no mercado europeu. O Linea também atrasou e foi um arremedo de carro médio que subestimou a inteligência do consumidor brasileiro. A Idea teria sido mais interessante se não tivesse sofrido a tosca adaptação interior e estrutural à família Palio. Acabou tornando-se mais um competidor dos compactos high roof do que das minivans em certo momento. Os preços altos, motores tacanhos e ausência de recursos de segurança ativa alçaram toda essa linha de modelos ao ostracismo que vemos hoje.
    O maior desafio da Fiat agora é provar que aprendeu com os erros.
    Será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, vc escreve bem pra caramba, tem algum blog de carros tbm??


      Melhor comentário até agora

      Excluir
  26. é como diz o slogam da FIAT, movidos pela paixão. Porque pelo racional, so se for louco.
    Quem comprou esses modelos ate 2011-2012 vá la, depois disso despencou de vendas e micou mais ainda com o facelift ridiculo que a Fiat fez. So os apaixonados mesmo, os numeros das vendas mostram isso...

    Bravo, Linea, Idea, Punto. Ja dirigi todos esses e nenhum deles me agradou tanto no desempenho quanto na estética. Se for dualogic.... piorou
    Linea seguiu os passos do Marea ( um aborto )
    Bravo seguiu os passos do Stilo trazendo praticamente os mesmos problemas (problema da caixa de direcao)
    Idea pra mim foi um carro esquisito e feio que a Fiat quis lançar pra meio que fazer frente ao Fox mais nem fez cosquinhas na concorrencia.
    Punto.... é o Polo da Fiat. Nunca teve chances reais de crescimento.

    Enfim, ja vao tarde.
    Aquele abraço.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.