Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW lançará carro totalmente autônomo em 2021

Categorias: , 12 Comentários

A montadora alemã de carros de luxo BMW se uniu à Intel e Mobileye para desenvolver em conjunto um veículo totalmente autônomo, que estará à venda em 2021.

BMW carro de condução autônoma

Os três parceiros vão trabalhar juntos em uma solução de hardware e software aberta, que será compartilhada com outros fabricantes de automóveis, bem como empresas de outros setores que podem se beneficiar de máquinas autônomas.

BMW carro de condução autônoma

Os parceiros irão projetar a plataforma para atingir inicialmente o nível 3 de condução autônoma, que dispensa o motorista de olhar a estrada. A partir daí planejam o nível quatro, que significa "mente fora da estrada". O estágio final é o nível 5, que é ausência completa do motorista. No "curto prazo", as três empresas vão mostrar um protótipo de condução altamente automatizado. No próximo ano, a plataforma de auto-condução vai entrar em testes com frotas.

BMW carro de condução autônoma

Para esta colaboração, a Intel vai fornecer o hardware e o poder de computação, enquanto a Mobileye está a cargo de processamento de imagem e aprendizagem de máquina, e a BMW vai projetar a arquitetura do veículo.

Postagens relacionadas:

12 comentários:

  1. Na minha humilde opinião, carro 100% deveria ser proibido por lei internacional. Qualquer sistema pode ter falha, ataque em sistemas etc Neste caso, existe riscos para motoristas, passageiros e pedestres. Não quer dirigir, pega um taxi, um avião, um ônibus, um trem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aviões e trens já operam em condução 100% autônoma.
      Então porque carros não podem? Esse pensamento é brainless.
      Na realidade, o futuro é condução autônoma.
      A história da humanidade é feita de avanços que tiraram o homem de tarefas repetitivas, pouco criativas e estressantes.
      Quer coisa mais repetitiva, pouco criativa e estressante que dirigir?
      Então...o ideal é a condução autonoma mesmo. Quem chegue o quanto antes e libete o homem de ter que dirigir!
      Enquanto o carro dirige, faremos coisas mais agradáveis, como ver um filme do Hary Poter, por exemplo...

      Excluir
    2. Concordo com o carlos. O pensamento do Rodrigo eh coisa de quem quer se manter no seculo passado.
      Os softwares estao ai eh pra diminuir os acidentes. Olha la o carro do google, mais de 1milhao de km rodados e nao causou nenhum acidente.

      Excluir
    3. Legal, entre dirigir diretamente um Golf GTI, vou preferir ficar assistindo Harry Potter no carro

      Excluir
    4. Muito bom Carlos. Gosto de dirigir mas é estressante. Em longas viagens é monótono. Bem-vindo o carro autônomo. O problema ou detalhe que atrapalha a multiplicação de carros tecnológicos é que são muito caros de manter, nao que quebrem com frequência longe disso, mas seguro e peças expostas como pára brisas farois e sensores são muito caros. Assistir o Harry Potter foi tragicômico.

      Excluir
    5. Outro ponto de atençao. Carros autonomos funcionarão bem em grandes cidades engarrafadas e auto-estradas, ja nas rodovias de mão simples o motorista experiente e hábil continuará sendo insubstituível. Não há como fazer viagens com carros autonomos pelas estradas que costumo trafegar. Numa estrada dessas com carro autonomo o meu destino seria o mesmo do gringo que assiatia Harry Potter.

      Excluir
    6. O dono da Tesla, Elon musk, disse que no futuro dirigir carro vai ser ilegal pelo risco maior que oferece ao trânsito do que um carro autônomo, apenas algumas categorias poderão dirigir um veículo como policiais, bombeiros, ambulância e motoristas profissionais.

      Aproveitem enquanto é tempo.

      Excluir
    7. Isso é ridiculo, prefiro ação do que ficar parado pois dirigir é muito prazeroso. meu deus, quanta tolice que no futuro vai ser ilegal!

      Excluir
  2. E lá vamos caminhando ao sedentarismo...prefiro dirigir, se não quero, vou de bus ou taxi, agora andar e confiar num carro 100% autônomo ?!? Tô fora...

    ResponderExcluir
  3. Previsões para além de 2018 na mídia não são nada além de marketing gratuito para a montadora.

    ResponderExcluir
  4. Lançar um carro totalmente autônomo está nas possibilidades da BMW.
    Se irá ter sucesso será outra história.
    Não seria o fato de pôr em check a competência da BMW, Google, e tantas outras, na concretização destes sistemas.
    Um sistema completamente autônomo deveria ser completamente seguro.
    É aí que mora a questão que muitos vão esbarrar: a vulnerabilidade do sistema à ação de figuras maledicentes. A citar, os hackers.
    Além da utilização obscuras destes sistemas consolidados para outros fins.

    Ninguém tem dúvidas de que os carros autônomos são o futuro, mas no atual estágio moral do ser humano é de se esperar ainda muitos escândalos e suas nuances ...

    ResponderExcluir
  5. Enquanto não tiver uma mudança na legislação que isente os fabricantes de responsabilidade em acidentes, mesmo que aconteça raramente, não haverá recomendação para uso 100% autônomo. Qual montadora vai querer arriscar em pagar bilhões em indenizações por falhas do sistema? O caso do Tesla nos EUA é um bom exemplo. A primeira coisa que a montadora fez foi colocar a culpa no motorista, pois o sistema autônomo de seus carros estaria ainda em teste.
    Erros humanos no trânsito são culturalmente suportáveis. Porém, erros de sistemas autônomos serão considerados inadmissíveis, ainda que estatisticamente diminua o número de mortes e acidentes no trânsito.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.