Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Cruze: custo de revisões maior que Corolla e Jetta

Categorias: , , 38 Comentários

A Chevrolet do Brasil informa que o Novo Cruze tem custo de revisão 15% menor que o modelo anterior, e que "concorrentes", sem especificar quais. Entretanto, o custo de revisão do Novo Cruze é maior que o do Toyota Corolla e do Jetta 1.4 TSI, como mostraremos neste artigo.

Novo Chevrolet Cruze 2017

O novo Cruze 2017 tem um plano de revisão com preços fixos e tabelados até o serviço de 100.000 km. No total, o proprietário de um Novo Cruze desembolsará R$ 4.960 reais em custos de revisão nesses dez serviços.

Novo Chevrolet Cruze 2017 - interior - painel

Para o período até os 60.000 km, o proprietário de Cruze gastará R$ 3.072 reais de revisões. Esse valor é 3,6% maior que os R$ 2.965 reais gastos com revisão do Toyota Corolla, líder do mercado de sedãs médios, e 12,5% mais caro que os R$ 2.733 reais dispendidos pelo proprietário do Jetta 1.4 TSI (OBS: valor de revisões do Jetta calculado para Brasília - DF).

Novo Chevrolet Cruze 2017

A tabela abaixo mostra o quadro comparativo das revisões do Novo Cruze, Toyota Corolla e VW Jetta 1.4 TSI (grifo azul no mais em conta, vermelho no mais oneroso).

Serviço / RevisãoChevrolet CruzeToyota CorollaVW Jetta 1.4 TSIVW Jetta 2.0 TSI
10.000 R$ 228R$ 249R$ 260R$ 412
20.000 R$ 556R$ 596R$ 260R$ 412
30.000 R$ 356R$ 407R$ 767R$ 716
40.000 R$ 600R$ 792R$ 340R$ 532
50.000 R$ 356R$ 381R$ 340R$ 532
60.000 R$ 976R$ 540R$ 766R$ 1.601
TotalR$ 3.072R$ 2.965R$ 2.733R$ 4.204

De qualquer forma, o Chevrolet Cruze, com seu motor 1.4 Ecotec Turbo Flex, é um dos sedãs mais econômicos do segmento (veja comparativo com Civic e Corolla aqui), de modo que, em um cálculo ampliado, que envolve custo das revisões, de peças de reposição, e gastos de combustível, ao longo dos primeiros 60 mil quilômetros rodados, o Novo Cruze pouparia mais de R$ 7.000 de seu usuário neste período, quando comparado ao Cruze da geração anterior.

Autodiagnóstico

O Novo Cruze é equipado com um computador de bordo que traz diversos parâmetros e alertas sobre a manutenção e utilização do veículo. O motorista pode consultar, por exemplo, a pressão de cada um dos pneus. Caso algum deles esteja fora da especificação recomendada, um aviso aparecerá no quadro de instrumentos. A pressão incorreta dos pneus pode provocar desgaste prematuro da banda de rodagem, aumento do consumo de combustível, além de comprometer o conforto, a capacidade de frenagem e a estabilidade do veículo.

Novo Chevrolet Cruze 2017

Outra novidade que estreia nesta geração do sedã é o monitoramento da vida útil do óleo, do filtro e da carga da bateria. O computador de bordo indica uma estimativa em percentual do restante da vida útil desses componentes. Trata-se de um recurso útil principalmente para carros que são usados em condições severas e necessitam de um plano de manutenção personalizado.

Novo Chevrolet Cruze 2017

O veículo também indica caso haja falha no sistema de controle de emissões, recarga da bateria, baixo nível do fluído de freio. Já o sistema OnStar permite consulta sobre a localização de concessionários Chevrolet ou pedidos de socorro mecânico, por exemplo.


O Novo Cruze está chegando às concessionárias Chevrolet com garantia de três anos.

Postagens relacionadas:

38 comentários:

  1. Para quem roda 10.000 km por ano, a política de revisão da VW de seis em seis meses ficará bem mais cara que qualquer dos modelos citados nos primeiros três anos....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A média do brasileiro é muito maior que isso. Brsileiro roda em média 30.000 km por ano.
      O que importa é a quilometragem. E o Cruze é o mais caro de todos.
      Carro é feito para andar. Quem compra carro para andar menos de 10.000 por ano só pode ser idiota. Vai rodar 830 km por mês? Quem roda isso?
      Para rodar isso por mes, melhor ficar sem carro e usar Uber que sai muito mais barato.
      Brasileiro roda em média 3.000 km/mes, o que dá 36.000 km por ano, e aí o Jetta é o de manutenção mais barata.
      Fatos. Apenas fatos.
      O resto é mimimi de mané hater invejoso que não tem grana para andar nem de Jetta, nem de Cruze e nem de Toyota.

      Excluir
    2. Carlos, eu tenho um golf comprado em fevereiro de 2014 com 18 mil km e não conheço ninguém que roda 30 mil km por ano. Sofro com o preço e o plano de revisões abusivos da VW.Já que vc disse que essa é a média que o brasileiro roda por ano, queria saber qual a fonte dela, pq duvido muito que seja verdade.

      Excluir
    3. E aindo uso basicamente carro para fim de semana, pq durante a semana uso o Metro para trabalhar. Enfim, quero saber qual foi a fonte do seu dado acerca de que o brasileiro roda em média 30 mil km.

      A VW nunca teve pós venda entre os melhores, pela própria Quatro Rodas que vc cita quando favorece.

      Excluir
    4. Ei, se vc rodou 18.000 em três anos, não deveria ter carro. Anda de Uber que é muito mais negócio.
      E tem mais. Golf é um carro premium. E vc tá preocupado com preço de revisão dele, não deveria, pois é um dos mais baratos.
      Compara ele com os concorrentes: BMW, Audi e Mercedes. O resto não concorre com o |Golf. Quer carro premium? Tenha dinheiro para mantê-lo.;

      Excluir
    5. eu rodei 18 mil km em 2 anos e 4 meses, pq eu moro na Zona Sul do RJ e aqui tudo é perto e até mesmo o trabalho. Não tem como defender a VW com isso pq outras marcas não fazem isso. Minha mãe já teve um 3008 e a Peugeot tinha um pós venda muito mais eficiente, com preços mais justos e planos anuais de revisão. Vc não mostrou e nem me disse qual é a sua fonte de dados para dizer que brasileiro roda em média 30 ou 36 mil km ao ano. Além disso, não ando de Uber pq gosto de dirigir e posso ter um golf gti exclusive, só que não me agrada ser "assaltado"por um plano de revisões esquisito como o da VW. Em outras marcas eu só teria feito 2 revisões, até agora há fiz 4 e tô indo pra quinta.

      Excluir
    6. Vc é a exceção da exceção. Há um número médio divulgado de que o brasileiro roda em média 15.000 km. Mas isso é média. Quanto mais alta a renda, mais sobe a quilometragem rodada, e sobe exponencialmente.
      O sujeito que compra carro acima de 80k roda muito, sempre acima de 30.000 km/ano, pois são pessoas que viajam muito e tem renda para os delocamentos. Quanto menor a renda, menor a quantidade rodada.
      Nessa faixa de preço, acima de R$ 90 mil, as pessoas rodas em média acima de 30.000 km/ano.

      Excluir
    7. Quanta baboseira para endeusar a VW. Quem tem alta renda de verdade viaja de avião com frequência e tem carros pouco rodados. Rodo 10 mil ao ano. Devido ao meu trabalho tenho que me deslocar para vários lugares da cidade onde eu moro e isso inviabiliza usar taxi ou Uber. Não comprei um Jetta pela encheção de saco de ter que é ir fazer revisão a cada 6 meses.

      Excluir
    8. Carlos, que argumento pífio é esse? Na região do Rio de Janeiro de mais alta renda( Zona sul ) fica ao lado do centro do Rio e quase ninguém usa carro no dia a dia, devido a infraestrutura. Quem tem mais renda geralmente mora perto do trabalho e não fica horas num engarrafamento, ou mora longe demais do trabalho, como quem tem baixa renda. Não conheço absolutamente ninguem de alta renda que anda com o carro como você diz. Pq dados mesmos, com fontes comprovadas vc nunca mostra.

      Excluir
    9. Carlos4carros defendendo a Volks de novo! kkkkkkkkkk! Ela deve estar pagando bem mesmo, né?

      Excluir


  2. Como não nem 10 mil por ano, o Volkswagem Jetta fica muito mais caro.

    Em 3 anos com o Jetta eu gasto R$2.733,00

    Em 3 anos com o Cruze eu gasto R$1.140,00

    O Jetta é muito mais caro no mesmo período. São exatos R$1.593,00

    É gritante a diferença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *como não rodo nem 10 mil km por ano...

      Excluir
    2. Mas quem é o mané que vai comprar carro para rodar menos de 10.000 km por ano? Se for para rodar isso, melhor nem ter carro.
      E na realidade, esse Rodrigo aí não roda de Jetta, nem de Cruze e nem de Corolla, pois não tem dinheiro nem para comprar um Romi-Issetta.
      Então é melhor ficar quieto.

      Excluir
    3. O Jetta é muito mais caro no mesmo período. São exatos R$1.593,00

      Beneficiário do Bolsa Família detectec....kkkkk

      Excluir
    4. Falou tudo, Rodrigo! É uma questão de lógica e bom senso... Não leve em conta as opiniões desse "Carlos4carros" pois ele é funcionário da Volks!

      Excluir
  3. Com 300 reais dá pra comprar muita coxinha.....
    Realmente, deixaria de comprar o cruze por issi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tava pensando o mesmo. Vou pagar mais de 100 mil e vou me preocupar com uma diferença de 300 reais?

      Excluir
  4. A VW parou com a prática da revisão a cada 6 meses ou 10 mil km? Tem que considerar isso daí tb, se vc fizer a revisão a cada 6 meses, fará o dobro de revisões em relação aos carros com revisões anuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é até ano passado o pelo menos o Jetta, Tiguan entre outros modelos são a cada 6 meses e esse valor que está ai não consta a MO que no ano passado era R$ 200,00 a hora.

      Excluir
    2. A VW parou com a prática da revisão a cada 6 meses ou 10 mil km?

      Quem tá preocupado com isso, não tem dinheiro para comprar o carro. Então é duro. E está apenas invejando. Vai comemorar o aumento no seu benefício do Bolsa Família que o Temer deu...vai...vai..

      esse valor que está ai não consta a MO que no ano passado era R$ 200,00 a hora.

      Ei mané, revisão da VW inclui mão de obra. Duro não deveria comentar em matéria de carro que naõ pode comprar.

      Excluir
    3. Brasileiro roda em média 15.000km ano.

      Todos os carros da Vw tem troca recomendada em uso normal a cada 6 meses ou 10.000km e a mão de obra está sim no custo tabelado, antigamente que era a parte.

      Vale dizer que pelos padrões normais de revisão 1 ano ou 10.000km a maioria das pessoas estão negligenciado a manutenção recomendada fazendo isso pois a maioria tem o uso que se considera severo, faz percursos curtos, pegam muito congestionamento ou usam vias ruins e o prazo deveria ser reduzido conforme o manual.
      A BMW por exemplo é bem criticada por ter as revisões em prazos variados pois o carro assim como o novo cruze avalia o uso e dá o prazo adequado da revisão que nunca é o esperado, sempre menor pois a maioria anda em congestionamentos, altas velocidades e etc.

      Excluir
    4. Esse povo que fica reclamando de prazo de revisão VW é tudo beneficiário de Bolsa Família. Não tem dinheiro para ter o carro, então fica apontando defeito.

      Excluir
    5. Carlos só para seu conhecimento tive Jetta TSI que troquei em uma Tiguan e agora estou com Mercedes! OK.

      Tanto Jetta quanto Tiguan (essa vendi em janeiro desse ano, ultima revisão foi no meio do ano passado). A revisão era a cada 6 meses e não está incluido a MO, tanto que no site se não me engano era R$ 420,00 a 3 revisão quando cheguei lá me informaram isso e realmente li nas letras miúdas que MO não estava no valor e CS me passou que dava 1hora e 5 minuitos de MO e me cobraram R$ 420,00 + 200,00 MO = R$ 620,00. (Agora se mudou esse ano ótimo, mas no ano passado era assim) Na Audi terça levei o carro da mulher para fazer revisão A3 sedan 1.8 3 revisão (essa a cada 6 meses)cobraram R$ 850,00!!! Já a MB tem valor fixo das revisão é 1 por ano ou a cada 10.000km primeira R$ 850,00 a segunda R$ 1.500,00 a terceira R$ 850,00.

      Excluir
  5. Carro a GM sempre teve em conforto e desempenho. Com o novo Cruze a fama de carro beberrão e pesado fica pra trás, isso já deve impactar positivamente na desvalorização futura. Nunca achei os carros da GM pouco confiáveis ou com problemas de ausência de peça no pós venda, e já passei por 3. O problema sempre foi o consumo e o preço das revisões, o que inclui claro custo de serviços e peças. Então se ela conseguir oferecer revisões baratas na prática aliadas ao baixo consumo dará de fato um grande salto de qualidade.

    ResponderExcluir
  6. Por essas e outras que o corolla é líder, se depender de mim continuara liderando.

    ResponderExcluir
  7. Ficaria com o Cruze..Diferença muito baixa em comparação a tecnologia embarcada e o novo motor econômico e ágil....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso a escolha partisse para o jetta tsi 2.0..Revisões semestrais e etc...Seriam uma pancada maior, mas com um carro extremamente prazeroso e digno para um boa rodovia....Não dá para colocar tudo no mesmo lugar...Detalhe, comprar corolla sem esp e menos moderno...Para mim, resume-se a quero vender bem meu carro daqui a 3 ou 5 anos....Tivemos, sentra, corolla, cruze e civic na família (pai, irmão e meu)...Todos com o mesmo comportamento após uns 50 mil rodados....Tem muito carro com mais fama do que merece....

      Excluir
    2. Fraga, o Corolla ao menos é baixo, não tem centro de gravidade alto, o esp é importante mas não é imperioso. Muita gente comprou Hilux da versão passada sem esp, você vai na internet encontra mais de uma centena de Hilux capotadas nas notícias no Google de mortes em estradas,era o supra sumo do custo benefício, mas como ficou essa vantagem pra quem morreu? Se fizessem estatísticas de mortes por milhão de carros vendidos como nos EUA, nossas picapes da geração passada estariam no topo. Não tem sentido alguém comprar hj picape ou SUV sem esp.

      Excluir
    3. Concordo, Samuel. Deixei de comprar um Toyota Corolla ano passado justamente por conta da ausência do controle de estabilidade. Gosto do carro, e poderia até fazer vista grossa para aquele painel horrível, mas minha segurança vem em primeiro lugar. O cruze está se mostrando um carro bem seguro e tecnológico, mas para quem busca um sedan médio ainda este ano, recomendo aguardar o novo Civic.

      Excluir
    4. É isso aí...O Corolla é um ótimo carro, mas tem suas limitações e boa parte de sua fama está em seu ótimo pós venda, mas tem pessoas que analisam mais coisas, como motores mais modernos e sopinhas de letras que salvam vidas.....

      Excluir
  8. Vamos falar sério.
    O povo que fica reclamando de 300 reais a mais ou a menos, que revisão é em 6 meses, 12 meses...mimimi, etc, e tal. Esse povo é duro. Não tem outra.
    Nem os 1.2k a mais do Jetta 2.0 TSI ´é relevante em carros desse valor.
    Só de gasolina gasta uns 1000 reais por mês, um dono de um sedã desse, então valor de revisão é piada.
    Então, vemos aqui nesta área de comentários, um monte de mané fazendo continha de 300 reais a mais ou a menos, fazendo considerações ..e mimimi...mimimi...mimimi que revisão de 6 em 6 meses...mimim..mimimi..mimii do Jetta. O maném que faz isso deixa claro que é duro, não tem nem um gato para puxar pelo rabo, e fica passando atestado de pobre falando de revisão de jetta..
    Fala sério.
    O mané que tá preocupado com custo de reviusão é irrelevante para as montadoras, pois esse é duro que não tem grana para comprar o carro.
    Tá preocupado com revisão? Pode crer: é beneficiário de Bolsa Família. Vai compemorar o aumento de 12,5% que o Temer deu na sua esmola, e não enche o saco aqui, blz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o pior, tem gente que tem dó pra rodar muito: ALTA QUILOMETRAGEM!! esquece km, e roda o quanto que você quiser, mas pra que tem bolso curto... é... melhor nem ter carro mesmo.

      Excluir
  9. E o pior, tem gente que tem dó pra rodar muito: ALTA QUILOMETRAGEM!! esquece km, e roda o quanto que você quiser, mas pra que tem bolso curto... é... melhor nem ter carro mesmo.

    ResponderExcluir
  10. A diferença no total entre o Cruze R$ 3.072, Corolla R$ 2.965 e Jeta R$ 2.733 são mínimas. Estamos falando de carros com valor médio de 90mil. Cruze o mais caro e Jeta o mais barato a economia é de apenas 340,00 Isso em 60mil km rodado que proprietário levará em média 2 há anos para chegar a essa km. Alguém que tem poder aquisitivo para comprar os carros nessa média de preços vai se importar com 340,00? A escolha de um desses carros será por outro fatores. Essa economia é insignificante.

    ResponderExcluir
  11. Bom li muito aqui, praticamente tudo, que treta ! vou dar meu pitaco aqui, sobre o Carlos4carros..

    Ele esta certo em muita coisa, quem compra um carro de 80K, 100K, não deveria reclamar de 300 conto de revisão, não importa, pode rodar 100KM no ano ou 30 mil no ano, e dai ? precisa fazer a revisão senão perde a garantia, ou por tempo, ou por KM ! então.... PNC de quem acha errado pagar caro, Compra um A3 ou A5 pra ver. srsrs, ai vc vai chorar..

    Bom,em um ponto discordo do carlos... Errado dizer que quem compra um carro de 80K pra rodar só 10 mil é errado, Fiote? e o conforto de levar sua familia pra onde quiser na hora que quiser? e o prazer de rodar com seu carro Zero, mostrando pros vizinhos, já pensou na simples tarefa de levar sua familia no domingo a noite pra tomar um sorvete e pedir um Uber pra ir e outro pra voltar? para meu.. carro foi feito pra usar, pelo seu prazer, não importa o qto rode no mês, é pro seu conforto e não tem nenhum mané aqui por causa dessa escolha !

    De resto é MIMIMI... o cara vai jantar no familia mancini em paga 500 reais no almoço da familia e reclama dos 300 reais !! Só rindo mesmo








    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso é besteira reclamar revisão, pra dizer que é caro isso e aquilo. só gente infantil mesmo pra reclamar preço de revisão. no meu ponto de vista, tá ótimo não tem o que reclamar, é importante fazer manutenção, prevenir. só brasileiro ou miolos moles q tem pra reclamar mesmo. isso é ridiculo. é como vc falou ai, o carro foi feito pra usar e pronto... mas pra quem não tem condição melhor nem comprar, e pra quem não tem sempre haverá: muita reclamação isso e aquilo. já li tanta besteira o tem nos comentários d qq site automotivo. pessoal precisa amadurecer, turbinar neurônios e parar de ficar reclamando isso e aquilo.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.