Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Ford Fiesta 1.0 Turbo Flex chega às lojas em julho

Categorias: , , 56 Comentários

A Ford do Brasil faz o lançamento oficial do motor ecoboost 1.0 de três cilindros turbo no Brasil, com 125 cavalos e 17.3 Kgfm de torque. A unidade equipará a versão topo de gama do Fiesta, a Titanium, que estará à venda em julho (preço acima de R$ 65 mil reais), apenas com transmissão automática Powershift de dupla embreagem de seis marchas.

Novo Ford Fiesta 1.0 Ecobosst Turbo Flex 2017

O tri-cilíndrico 1.0 Turbo da Ford é movido exclusivamente a gasolina (não é flex), é importado da Ford na Romênia (não há previsão de produção do motor no Brasil),  dispõe de injeção direta e comando duplo variável, e bloco confeccionado em alumínio com que pesa apenas 14 Kg - 40% mais leve que o convencional.

Novo Ford Fiesta 1.0 Ecobosst Turbo Flex 2017

Essa redução foi obtida por meio do uso de fibra de carbono e alumínio em peças como biela e o carter de óleo. Com isso, o EcoBoost 1.0 tem quase a mesma potência do motor 1.6 Sigma TiVCT da Ford, mas é cerca de 20% mais econômico e 20% mais rápido.

Segundo a Ford, o turbo “enche” em apenas 1,5 segundo ao pisar do acelerador e faz o propulsor atingir seu torque máximo de 170 Nm a 1.400 rpm, mantendo-se nesse nível até 5.000 rpm.

Desempenho

Segundo dados da Ford, o novo Fiesta EcoBoost 1.0 faz de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, sendo 2,5 segundos mais rápido que o 1.6 (12,1 segundos).



O motor da Ford chega na sequencia do 1.0 TSI do Up!, em 2015, e do 1.0 Turbo Flex do Hyundai HB20, buscando uma maior eficiência energética, e não propriamente alto desempenho.

Motor Ford 1.0 Comprimido

O novo motor turbo 1.0 flex não é novidade no portfólio da Ford. A mesma montadora já produziu no Brasil um motor 1.0 com compressor, chamado de 1.0 Supercharger.


Esse motor equipava o Ford Fiesta 1.0 Supercharger e o EcoSport. Dispunha de 95 cv de potência e 12,6 Kgfm de torque e foi produzido entre 2003 e 2006.

Postagens relacionadas:

56 comentários:

  1. Pronto!

    Até que enfim um motor turbo com bom desempenho no carro certo!

    Poderiam colocar ele em um AT de verdade tb, não só no manual ou no PowerShit.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Com um cambio automático ia ser uma ótima opção, mas com a BOMBA powershit é carta fora do baralho.

      Excluir
    2. Não vai emplacar se vier com o ¨péssimo¨ Powershift.

      Este cambio já está queimado.

      Excluir
    3. Powershift é um ótimo câmbio. Se a Ford conseguiu resolver o problema de trepidação, certamente é uma das melhores opções do segmento, junto com o CVT da Honda.

      Excluir
    4. O que vejo nos grupos do NF é que a partir dos modelos 15/15 não tem mais reclamações, ou o problema acabou ou diminuiu drasticamente

      Excluir
    5. Segue dando problema sim. 15/15 deu problema até durante testes da imprensa.

      Excluir
    6. "...diminuiu drasticamente.", em outras palavras, continua.

      Excluir
  2. Interessante rapara que o Hb20 turbo lançado esses dias com 98 cavalos e 13,8 de torque comparado com os números (só em números mesmo) do fiesta supercharger 2003 (13 anos antes) com 95cv e 12,6 parece uma evolução tímida do lado da Hyundai.

    ResponderExcluir
  3. lançamento totalmente #fail.
    Só na versão topo de linha. motor não é fabricado no Brasil.
    É um paper lauch, na realidade. Só para falar que tem. Na rua não terá, pois será muito caro.
    O HB20 é outro que foi paper lauch, pois o motor é importado e não fabricado aqui.

    A verdade dos fatos é que só e somente só a Volkswagen tem motores turbo flex em produção no Brasil. E para pisar em cima da cabeça das demais ainda mais insanamente, a VW não tem apenas 1 motor turbo flex em produção no Brasil, mas DOIS. O 1.0 TSI do Up!, e o 1.4 TSI Flex do Golf e A3.

    O resto é firula. Ford é firula, Hyundai outra firulenta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais fácil você aceitar que ele, provavelmente, será o melhor 1.0T no mercado nacional, sendo superior ao TSI em todos os quesitos.

      Excluir
    2. Exato Carlos, só no papel. Na rua mesmo compacto turbo de ponta acessível com injeção direta só o Up TSI.

      Excluir
    3. Cara, leio suas bobagens aqui no Blog há um tempo mas hj vc conseguiu extrapolar. Motor turbo que não é fabricado no país não presta, é #fail?! Uai não entendi. Quando a VW trazia o Golf importado da alemanha, depois do México e só agora começou a fabricá-los no país, você não falava neste tom, né mocinha? Aaahhh larga a mão de ser bunda mole e seja coerente, parece q vc até tem capacidade para isto.

      Excluir
    4. Kkkkkk esse carlos eh uma piada. Quando vinha o golf da alemanha ele nao falava isso mesmo kkkkk. Esse motor ecoboost eh um dos motores mais premiados na europa.

      Excluir
    5. Só li mi, mi, mi no comentário do Carlos! Alguém traz o rivotril pro Carlos dormir sossegado hoje a noite!

      Excluir
    6. Carlos,

      somente perguntado, o motor Peugeot THP 173cv que equipa o 2008? Esse motor turbo, onde é fabricado? Porto Real?

      O Puretech 1.2 é francês, conforme a montadora anunciou. Mas, o THP não anunciou essa informação.

      Excluir
    7. E o Golf GTI Alemao , nao é "bam" ?? kkkk...

      Excluir
  4. kkkk esse comentários do carlos são de simplesmente se desconsiderar. nem sei pq li.

    ResponderExcluir
  5. Assim que este carro for lançado, façam um teste de Consumo entre O Fiesta 1.0 Turbo, HB20 1.0 Turbo e o Up TSI 1.0 Turbo.

    Aí vamos ver realmente qual deles é o mais econômico, que é o que interessa para um carro 1.0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa cabeça de achar 1.0 é dor de cotovelo, hoje um 1.0 turbo anda mais que um 1.6 metido a besta e bebe menos que um 1.0 moderno aspirado pois os modernos são os mais econômicos e não esses 4 canecos que bebe que nem motor maior, 1.4T anda mais que 2.0 dos mais fortes, um 2.0 turbo anda mais que até 3.6 V6 (Hyundai) e bebe muito menos, essa opinião ultrapassada já ficou no passado.v6 turbo atropelou v8 aspirado e v8 turbo aposentou v12.
      Acha que ê novidade? O 1.0 ecoboost que está sendo lançado agora pela Ford está na Europa desde 2012 no focus, ou seja, já é motor velho, pra lá de testado, só passava longe de nós,

      Excluir
    2. LV e demais, o que está me preocupando nessa evolução pra motores turbo com injeção direta é a tal da manutenção. Outro dia numa CSS VWB havia um New Beetle G2 (2.0 TSI, bastante usado)com falhas de alimentação (cortava sem aviso). Veredito: troca da bomba de gasolina, pasmem, 6 mil reais um nova bomba. São bombas de alta pressão, tecnologia de ponta. mas cobrar 6k parece brincadeira. A VWB precisa rever sua estratégia de preços de peças. Reparos na DSG na faixa de 9k. Absurdos. Sds

      Excluir
  6. O motor é bom, mais cadê o AT. Furada.

    ResponderExcluir
  7. Fiesta supercharger, lixo de motor, tive a infelicidade de comprar um, o famoso compressor de geladeira que descia a ladeira no comercial do gol turbo!kkk
    Carro era uma lesma em baixa rotação e não era rápido em alta porém bebia mais que o lula em dia de impeachment. Apostava corrida com as vans na estrada, era o máximo que ele conseguia a duras penas deixar para trás e nesta tocada cheguei a fazer 7km/l de gasolina, na época não tinha flex, era um sofrimento subir serra, carro era um milzinho metido a besta, nada mais, já o gol turbo que diferença...
    É até ofensa mencionar ele na mesma reportagem deste novo motor que tomara que siga as mesmas qualidades do 1.0 Tsi de andar bem e beber pouco, quem sabe salva o falecido fiesta pois esse carro morreu no mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente LV tivemos o Gol turbo em meados de 2000 quando lançou era um carro excelente quem queimou o carro foram os próprios proprietários que não realizavam as manutenções devidas e nunca vi quem comprou o Fiesta Supercharger satisfeito, fora que, pra vender posteriormente era um parto.

      Excluir
    2. O Fiesta Supercharger era de um alcoolismo ímpar mesmo.

      Excluir
    3. O tal 9 dedos bebe bem a bebida TODOS os dias. Teve um jornalista que noticiou isso e foi detonado. O mesmo ocorreu com aquela economista do HSBC, quando anunciou o fracasso da política econômica da dilminha para seus clientes, foi detonada. Petistas, quando ouvem a verdade, detonam. Pelo menos, a economista ganhou um bom dinheiro na justiça.

      Excluir
  8. Excelente motor um dos mais premiados do mundo!
    Fiesta está no caminho certo.
    Parabéns a Ford

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Motor bome premiado. E, o falso câmbio?

      Excluir
  9. É rezar para terem alterado algo no PowerShift já que existem outras versões dele que não dão problemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trouxeram para o Brasil? Ou vão esperar baixar o lote de câmbios e peças importados para trazer um novo?

      Excluir
  10. Vi em outro site alguns detalhes a mais do que os citados aqui. Nele constava que esse 1.0 turbo seria equipado em duas versões do Fiesta, e não apena na topo de gama. Espero que seja verdade e que se estenda para todas as versões deste modelo e de outros da marca onde possa ser aplicado. Além disso, este mesmo motor viria aceitando apenas gasolina, sendo que não há menção a sua transformação em flex. Acredito que todos concordamos que este processo ocorrerá o mais cedo possível, devido a uma imposição do próprio mercado. Enfim, acho que todo o esforço de se produzir um motor que alie economia, desempenho e eficiência energética é bem vindo. E isto independe da marca, diferente de outras opiniões vistas por aqui.

    ResponderExcluir
  11. Esse motor vai dar um pau no Up, mas tb vai custar uns 10k a mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve custar na mesma casa do 1.6, falam da questão do custo mas esquecem que paga bem menos imposto, fora os benefícios fiscais em relação à cumprimento de metas de redução de consumo e emissões.
      Se leva o Up! Não é o que o peso potência ou peso torque fala e se colocar powershit ainda ferrou de vez, pois esse câmbio é lerdo.
      Terá mais velocidade máxima é só.

      Excluir
    2. Duvido! E tem praticamente o mesmo torque do Up TSi que tem 20CV a menos.

      Excluir
    3. Vai chegar como topo de linha, custando mais que o 1.6.

      Excluir
  12. Ó ultrapassado FIAT Marea da im pau em qualquer um desses up TSI, new Fiesta. Qualquer um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ihhh cara, volta para a cova de onde saiu. Falar em Marea, que caia motor na rua, só o que faltava.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Não sabe o que fala sobre o Marea. Melhor ficar quieto

      Excluir
  13. essa configuração publicada aqui esta meio por fora do que vai vim nesse fiesta turbo... esperem surpresas...

    ResponderExcluir
  14. So na versao topo de linha 62k to vendo up ainda vai ter melhor custo beneficio e andar mais

    ResponderExcluir
  15. Motor tem muita tecnologia, mas precisa ser competitivo. Engracado como a VW sempre abre as portas da inovacao, agora todos querem ser turbos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você não sabe esse motor já existe na Europa há muito tempo e seja mais realista, a volks.não te nada nem 1 litro de oleo pro seu carro.

      Excluir
  16. Vergonha, já tive um 2013/14 troquei por um 2014/2015, frustrado esperando até agora pra trocar pelo 1,0 turbo, mas sem flex e powershift alooooo FORD.

    ResponderExcluir
  17. Atualizamos as informações da matéria.

    O Ford Fiesta 1.0 EcoBoost virá apenas com transmissão Powershift.
    Motor é gasolina (Não é flex). Importado da Romênia.
    Segundo medições da Ford, faz de 0 a 100 Km/h em 9,6 segundos (2,5 segundos mais rápido que o 1.6).

    ResponderExcluir
  18. Ford new fiesta 1.0 turbo o melhor carro com motor 1.0 do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, pode ter o melhor motor 1.0 do Brasil.

      Classifique agora o Powershift, que é chamado de PowerShit nos USA.

      Motor e câmbio, como falam os especialistas, devem ser bem casados.

      Excluir
  19. Eu prefiro com cambio manual, pra ser automatizado teria que ter um motor mais forte, tipo 1.4,1.5 turbo ou 2.0 sem turbo.

    ResponderExcluir
  20. Agora sim estão falando a minha língua! O único problema é o preço, está meio salgado!

    ResponderExcluir
  21. Vergonha preco vou de speed up melhor custo beneficio e anda mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Alessandro, se o Temer trabalhar direito será meu próximo Up, um Speed.

      Excluir
  22. q preco é este ford estao loucas

    nem vou curtir e nem fazer comentario.

    up tsi é "melhor" anda mais, o ruim e a pobreza do carro e o preco pelo o q ele é não vale mais de R$39,900

    ResponderExcluir
  23. O fiesta é de categoria diferente do up, é claro que vai custar mais. O certo seria o ka ter esse Ecoboost para enfrentar o up. O melhor seria ter a opção do câmbio manual no fiesta.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.