Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Mobi: desempenho fraco, consumo alto e preço elevado

Categorias: , , 79 Comentários

O Fiat Mobi é o "novo" veículo do mercado brasileiro que chega para competir no segmento de entre os sub-compactos, segmento de mercado que conta com o Volkswagen Up!, Chery QQ (agora nacional, veja aqui) e Kia Picanto. Neste artigo relatamos nossas impressões sobre o modelo após um test-drive e análise detalhada do interior e dados de desempenho e consumo.

Novo Fiat Mobi - preço

O Fiat Mobi, como o próprio nome sugere, está sendo apresentado pela Fiat como um novo conceito de mobilidade urbana, ou seja, um carro destinado ao uso prioritariamente em cidade. Para tanto, ele confia em dimensões externas reduzidas (o Mobi é 21 cm menor que o Uno, do qual empresta a plataforma), multiplicidade de porta-objetos - inclusive no porta-malas, novidades em termos de conectividade, preço relativamente competitivo e confiabilidade mecânica (mesmo conjunto mecânico do Uno).

Novo Fiat Mobi - preço

A ausência de termos como "inovação" ou "modernidade" no rol das características do Mobi se justifica pelo fato de que o "novo" carro da Fiat é baseado em uma plataforma antiga (a do Uno) e adota soluções mecânicas ultrapassadas, como o fraco e ineficiente motor Fire 1.0 de quatro cilindros associado a uma transmissão manual de cinco marchas e assistência hidráulica de direção.

Vídeo: avaliação do Fiat Mobi Like



No vídeo acima nós mostramos em detalhes as características internas e externas do Mobi, assim como duas capacidades dinâmicas e de manobrabilidade em uso urbano, bem como medições de consumo. Além disso, ressaltamos a questão de espaço interno, reduzido na parte traseira.

Novo Fiat Mobi - preço

Assim, para tornar o Mobi "urbano", a Fiat Chrysler teve que reduzir o comprimento da carroceria do Uno em 21 cm, fazendo do Mobi um carro com comprimento total de 3,56 metros (contra 3,77 metros do Uno), e com distância entre-eixos de 2,3 metros (7 cm a menos que os já reduzidos 2,37 metros do Uno).

Novo Fiat Mobi 2017 - espaço interno / acabamento

O problema é que como a plataforma é a mesma do Uno, que é projetada para comportar um motor de quatro cilindros, não há milagre: ao se reduzir as dimensões externas, sem redução do compartimento do motor, o "prejuízo" vai para o espaço destinado aos passageiros e bagagens.

Espaço interno: mais apertado que o já apertado Uno

E isso fica bem claro ao se ajustar o Fiat Mobi para condução e observar o espaço destinado aos demais passageiros. O carona no banco dianteiro fica com pouco espaço para as pernas, e, ao abrir o porta-luvas, a tampa do mesmo fica apoiada em sua perna.

Novo Fiat Mobi 2017 - espaço interno / acabamento

A situação para os passageiros traseiros é ainda mais dramática. Mesmo com o banco dianteiro ajustado para um motorista de apenas 1,70 metro de altura, um passageiro de 1,70 metro de altura terá que ficar com as pernas abertas no banco traseiro, o que torna o modelo inviável, do ponto de vista físico, para transportar três passageiros adultos no banco traseiro.

Novo Fiat Mobi 2017 - espaço no banco traseiro

O porta-malas é outro ponto que impressiona por sua exiguidade. Ao se abrir a tampa do porta-malas (totalmente de vidro), encontra-se um volume típico de um porta-luvas, de tão pequeno que é. E a situação fica agravada pois a Fiat quis criar um sistema concorrente ao S.A.V.E. do Up!, que é o chamado Cargo Box, que piorou a situação. Ao contrário do sistema da VW - que é uma plataforma, com um engenhoso e prático sistema de suporte - o Cargo Box não passa de uma caixa enorme que ocupa quase metade do volume do porta-malas.

Novo Fiat Mobi - porta-malas

O problema é que o Cargo Box não fica preso no interior do porta-malas, sua tampa cai e fica solta, configurando-se em uma verdadeira "mala sem alça" que ocupa volume no já reduzido porta-malas do Mobi. De qualquer forma, a solução para esse "problema" é simples: não pedir esse opcional, ou, no caso dos modelos que já vem com ele de série, retirá-lo e deixá-lo em casa, ocupado um espaço menos escasso.



O contra-ponto a essa abordagem da Fiat é o Volkswagen Up!: o modelo da Volkswagen é um carro projetado do zero para ser um sub-compacto.

Novo Fiat Mobi - preço

Assim, seu cofre do motor só comporta motores de três cilindros, e, por isso, tem quase a metade do tamanho do observado no Mobi, permitindo que mesmo com reduzidas dimensões externas (o Up! é 4 cm maior que o Mobi), ele tenha um espaço interno para passageiros e bagagens muito superior ao do Mobi (pois "desperdiça" menos espaço com um cofre de motor menor).

Novo Fiat Mobi - preço

Ou seja, em termos de espaço interno o Fiat Mobi é uma má surpresa, pois ele é pior até que o Fiat Uno, um modelo que já não era um exemplo de eficiência espacial.

Mecânica ineficiente: desempenho letárgico, consumo elevado

Se no aspecto dimensional o Fiat Mobi é pior que o Uno, em termos mecânicos há um empate, já que motor, transmissão, direção, suspensão, freios são rigorosamente os mesmos do irmão mais velho, mas isso também não é uma boa notícia.

Novo Fiat Mobi - preço

O Mobi, por ser um Uno encurtado, perdeu cerca de 40 Kg, mas isso é imperceptível em termos de desempenho.

Novo Fiat Mobi - teste Quatro Rodas

Segundo testes da revista Quatro Rodas, o Mobi, quando abastecido com gasolina, apresentou uma aceleração de 0 a 100 Km/h em 17,5 segundos - mesmo tempo obtido pelo Uno. Em nossa avaliação, cujo vídeo reproduzimos abaixo, ficamos negativamente impressionados com a lentidão de respostas do Mobi.



Esse número de 17,5 segundos na aceleração de 0 a 100 Km/h o torna mais lento que o já lento Hyundai HB20 1.0 aspirado (veja avaliação deste modelo aqui). Mais que isso, o Fiat Mobi é 1 segundo mais lento que o VW Gol 2017 Comfortline (avaliação aqui) e que o Chevrolet Onix 1.0.

Quando comparado com modelos modernos, como Up! e Ka, a diferença fica ainda maior: O Ford Ka 1.0 é 2,3 segundos mais rápido que o Fiat Mobi, e o Volkswagen Up! 1.0 MPI é nada menos que 3,2 segundos mais rápido. O gráfico abaixo coloca esses números em perspectiva.

Novo Fiat Mobi 2017 x Volkswagen Up! - consumo

Essa inferioridade do Fiat Mobi em termos de desempenho mostrada pelos números é plenamente sentida ao se conduzir o carro logo nas primeiras aceleradas. Mesmo para quem está acostumado com a lentidão da Fiat Toro 1.8 Flex (veja aqui), o Fiat Mobi surpreende negativamente, mostrando muita dificuldade de ganhar velocidade, com um comportamento amarrado e que evidencia a ineficiência do motor, que mesmo submetido a elevadas rotações não consegue entregar agilidade ao sub-compacto Mobi.

Consumo: Fiat Mobi é o menos econômico da categoria

O problema da adoção de uma mecânica desatualizada por parte da Fiat no "novo" Mobi é que além do desempenho insuficiente, seus números de consumo, segundo o INMETRO, são os piores da categoria, ficando atrás até mesmo do Chery QQ 1.0, conforme mostramos nas tabelas abaixo.

Modelo
Consumo de gasolinaConsumo de etanol
CidadeEstradaMédiaΔ MobiCidadeEstradaMédiaΔ Mobi
Volkswagen Up! MPI13,514,61411,7%9,210,29,6510,2%
Ford Ka 1.01315,113,9511,3%8,910,49,589,4%
VW Gol 1.0 201712,914,513,628,7%8,810,39,488,2%
Hyundai HB20 1.012,514,113,225,5%8,59,99,134,2%
Chery QQ11,813,912,751,8%N/A (não se aplica)
Fiat Mobi 1.011,913,312,53N/A8,49,28,76N/A

O quadro acima mostra que o Fiat Mobi, além de oferecer o pior desempenho entre seus concorrentes, é ainda o que apresenta o pior consumo, e isso é resultado direto das escolhas mecânicas feitas pela Fiat, que soma um motor antigo com recursos de assistência ultrapassados, como o direção hidráulica (que contribui para piorar o consumo e o desempenho do Mobi ao roubar potência do motor).

Comportamento dinâmico

A Fiat adotou no Mobi um ajuste de suspensão que é mais firme que o usado no Uno e Palio (carros caracterizados por sua suspensão molenga), mas que ainda assim é mais macia que a observada em Volkswagen Up! e Ford Ka. Esse ajuste, apesar de prejudicar a estabilidade do Mobi em curvas, faz com que as irregularidades das vias sejam menos sentidas pelos passageiros que seus concorrentes.

Novo Fiat Mobi - preço

Assim, ao se andar com o Mobi em vias esburacadas, com valetas e lombadas, o ajuste de suspensão que prioriza o conforto agrada bastante, visto que a suspensão filtra bem as imperfeições. Além disso, o conjunto mostra-se robusto, de modo que mesmo ao se passar inadvertidamente em uma lombada (como fizemos no vídeo) sem reduzir a velocidade a suspensão não apresenta sinal de batida seca (que indicaria fim de curso) e também não há impacto da parte inferior da carroceria. Ao contrário: ouve-se apenas o ruído seco dos amortecedores trabalhando.

Novo Fiat Mobi - preço - painel

Esse ajuste macio, associado com a leveza da direção hidráulica (que é muito leve mesmo sem assistência elétrica), faz com que o Mobi transmita conforto ao motorista, o que é reforçado pelo ruído interno baixo, mostrando um bom isolamento acústico.

Novo Fiat Mobi - preço

É importante considerar, porém, que se sente a carroceria torcer ao superar obstáculos, o que indica que a mesma não conta com um nível de resistência à torção no mesmo nível apresentado pelo Volkswagen Up!.

Novo Fiat Mobi - preço

A direção, porém, tem uma boa empunhadura, e o volante da versão Like On, com comandos multifuncionais, permite comandar o sistema de áudio e atender e fazer ligações telefônicas sem tirar as mãos do volante - aspecto que reforça a segurança dinâmica do carrinho.

Estética

A estética do Fiat Mobi é outro aspecto que tem sido objeto de elogios de pessoas que estão chegando às concessionárias para conhecê-lo. A dianteira é o ponto que mais agrada, com seu visual agressivo, esportivo e imponente - e que sugere ter sido inspirada na frente do Range Rover Evoque.

Novo Fiat Mobi - preço

Ao se observar o Fiat Mobi de frente tem-se a impressão de que ele é um carro bem maior do efetivamente é de fato, e isso é claramente um recurso estético para tentar contornar o preconceito do consumidor brasileiro com carros muito pequenos.

Novo Fiat Mobi - preço

A lateral também agrada, com suas linhas recortadas e pronunciadas, mas, vista de perfil, a frente parecer ser excessivamente pesada para as reduzidas dimensões longitudinais do modelo.

Novo Fiat Mobi - preço

Finamente a traseira busca também transmitir uma impressão de esportividade - com a porta do bagageiro totalmente preta e confeccionada em vidro estrutural. As lanternas de grandes dimensões reforçam a sensação dimensional.

Novo Fiat Mobi - preço - interior - painel

O problema dessa estética agressiva e ousada do Fiat Mobi é que sua disposição dinâmica não traduz o que o design sugere. Ao se observar o Mobi com sua dianteira agressiva e esportiva, a decepção com a lentidão das respostas do motor fica ainda mais pronunciada, pois o carro não entrega o que o visual sugere.

De qualquer forma, é exatamente sua estética, mais que seus atributos dinâmicos, de desempenho e consumo, que se consubstanciará seu principal argumento de vendas.

Acabamento

A Fiat Chrysler fez saber, antes do lançamento do Mobi, que o modelo teria padrão de montagem e acabamento "nível Toro", e que seria o carro mais bem montado que sairia da fábrica de Betim (MG).

Novo Fiat Mobi 2017 - espaço interno

Entretanto, ao se analisar mais detidamente os plásticos duros com aspecto de baixa qualidade do interior, peças plásticas com rebarbas e frequentemente mal encaixadas, revestimentos ásperos dos bancos, a impressão que se tem que não há qualquer avanço nesta área quando comparado aos demais modelos compactos da marca, como Uno e Palio.

Novo Fiat Mobi 2017 - espaço interno

A sensação de carro barato fica reforçada pela aparência de baixa qualidade dos plásticos - sem uniformidade - e que não é disfarçada nem mesmo pelas texturas aplicadas ao painel, compondo um interior que está muito longe do padrão de acabamento adotado em seu principal concorrente, o Up!.

Custo x benefício

A ineficiência espacial e dinâmica do Fiat Mobi poderiam ser parcialmente compensadas se as economias de escala e de escopo que a Fiat conseguiu ao usar em seu "novo" carro componentes antiquados se refletissem em um preço extremamente competitivo frente à concorrência, mas isso não se verifica na prática.

Novo Fiat Mobi - preço

O preço do Fiat Mobi Like (OBS: o Mobi das imagens é um Mobi Like On, com preço de R$ 42.300 reais; clique aqui para ver o vídeo do Mobi Like de R$ 37.900 reaistem preço sugerido de R$ 37.900 reais, sendo R$ 2.090 reais mais em conta que seu concorrente direto, o Volkswagen Up! Take Completo, mostrado no vídeo abaixo.



A questão é que o valor adicional do Up! é diluído ao longo de um período de três anos, pois o modelo da VW é mais econômico que o Mobi. Além disso, o Up! tem vantagens claras, como direção com assistência elétrica, ajustes de altura do banco e do volante (ausente no Mobi Like).

Novo Fiat Mobi 2017 x Volkswagen Gol 1.0 2017

Já o preço da versão Like On (modelo mostrado nas imagens), de R$ 42.300 reais, coloca o Mobi em um nível de preço mais elevado que carros de categoria superior, como VW Gol 2017 Comfortline (R$ 42.690), Ford KA SE 1.0 (R$ 41.990 reais) e até mesmo do Hyundai HB20 1.0 (R$ 40.545 reais).

Novo Fiat Mobi 2017 x Ford Ka

Todos esses modelos compactos apresentam desempenho superior ao Mobi, consumo menor, mais espaço interno.

Fiat Mobi x Volkswagen Up! I-Motion

É bom lembrar também que, em se tratando de um carro urbano (congestionamentos), a Volkswagen oferece o ótimo Up! I-Motion (veja nosso teste de longa duração com esse modelo aqui) na versão Move (com os mesmos itens do Mobi Like On, incluindo o sistema de som) por R$ 44.890 reais. A transmissão I-Motion do Up!, ao isentar o motorista de trocar marchas e acionar a embreagem, resulta em um nível de conforto ao motorista muito elevado, especialmente em congestionamentos, como mostramos no vídeo abaixo.



Ademais, o motor do Up! é tão superior ao do Mobi, que mesmo o Up! equipado com transmissão de operação automática, ainda assim ele é mais rápido, veloz e econômico que o Fiat Mobi.

Novo Fiat Mobi - preço

Dessa forma, em face dos preços apresentados pela Fiat para o Mobi, consideramos que ele não apresenta uma relação custo x benefício favorável frente aos concorrentes de mercado.

Conclusão

O Fiat Mobi chega ao mercado para disputar o segmento de sub-compactos, trazendo uma estética ostensiva e esportiva, desempenho mais fraco que de todos os concorrentes e consumo mais elevado que todos eles também. O espaço interno e de porta-malas é o pior da categoria, assim como o acabamento interno não é melhor que o do Uno.

Novo Fiat Mobi - preço

Ademais, a relação custo x benefício também não é favorável, já que o Mobi chega a ser mais carro que modelos compactos mais modernos e eficientes que ele.

Postagens relacionadas:

79 comentários:

  1. nao vou comprar, e nem compraria nenhum carro subcompacto acima de 35 mil , pois é uma questao logica!! com esse preço compra se um hb20 seminovo completo e ainda na garantia, ou um onix seminovo completo, ou um novo palio seminovo tbm completo.... é questao de logica ou nao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente. Nunca que esse carro vai poder bater de frente com os já consagrados populares do mercado: UP, HB20 e Onix (esse eu não gosto, mas...).

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. pra min hj o up é o carro ideal de uso urbano, se nao fosse o preço de carro compacto superior.... um apena nossas montadoras explorarem tanto.

    ResponderExcluir
  4. CarBlog veja com a revenda da Chery se disponibilizam uma unidade para tesde-drive, para quando vir o New QQ nacional possa atestar ou não as melhorias em relação ao importado e compará-la com o Mobi.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente essa JOSSA vai vender mais que o moderníssimo UP e tenho que confessar que ficou um pouco mais bonito ,mais BRASILEIRO não gosta de segurança e econômica e sim de BELEZA ,e se a VWB fosse um pouco mais ESPERTA já trazia o novo visual do UP da EUROPA.

    ResponderExcluir
  6. CarBlog veja com a revenda da Chery se disponibilizam uma unidade para tesde-drive, para quando vir o New QQ nacional possa atestar ou não as melhorias em relação ao importado e compará-la com o Mobi.

    ResponderExcluir
  7. Fui ver pessoalmente o mobi. Ele é estranho mesmo mas até que não achei tão bizarro quantos nas fotos. O design e bem oque o brasileiro gosta vincos e porte aparentando maior. Mas bastou eu ajustar o banco do motorista pra mim que tenho 1.80 e tentar entrar no banco de traz para o o carro se mostrar um lixo em espaço interno. No up e possível entrar atrás ajustando o banco pra mim. No picante tbm. Em todos os carros que já entrei era possível entrar no banco traseiro mesmo apertado era possível mas no mobi é impossível o banco do motorista chega a encostar no banco de traz e ridículo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você é a única pessoa com 1,80 metro que ajusta o banco para si e consegue sentar na parte de trás do Up...

      Excluir
    2. Não é o único não. O Bob Sharp, com 1,82 metros, ajustou o banco do up! para ele, e sentou atras dele sem problema algum, veja:

      https://carlos4carros.wordpress.com/2015/08/19/volkswagen-up-tem-mais-espaco-traseiro-que-o-new-fiesta-sedan/

      E abaixo tem um motorista de 1,90 de altura, e tem espaço atrás no Up!.

      https://www.youtube.com/watch?v=DZ2YKPE4qYM

      Então, o Paulo Freire é que não é o único que fala sobre espaço traseiro do Up! sem nem sequer ter andando no carro.

      Excluir
    3. Eu vi o teste dele do Mobi e o espaço parece idêntico ao do Up, olhe lá.

      Excluir
    4. Tenho que concordar com o Carlos dessa vez. Eu já testei o up, inclusive já andei em um. Paulo Freire vá na Fiat e faça o teste vc mesmo. Se puder no mesmo dia entre em um up e um mobi. E verá que o up tem muito mais espaço.

      Excluir
    5. Paulo Freire, como dono de um UP e por ter 1,85 metro de altura também posso confirmar que já andei no banco traseiro do carro sem problemas. Lógico que se o motorista jogar todo o banco pra trás, em nenhum carro terá espaço suficiente atrás, nem num sedan grande. Já disse várias vezes, não vejo o UP mais apertado que Celta, Uno ou Clio. O UP é mais alto, o passageiro fica com a postura mais ereta. 4 adultos vão de boa no carro.

      Excluir
    6. André vá na Fiat e compare o mobi com seu up depois comente suas impressões em relação ao up e o mobi

      Excluir
  8. Carro perfeito para o comprador típico daqui: bonitinho (na visão do consumidor comum, já que é "altinho") e ordinário

    ResponderExcluir
  9. Aposta arriscada da Fiat. Se puser logo o motor 3 cilindros e baixar o preço talvez dê certo.

    ResponderExcluir
  10. "que se sente a carroceria torcer ao superar obstáculos" mais sensíveis que mouse gamer viu...

    ResponderExcluir
  11. Eu ja esperava por isso da Fiat mais uma porcaria beberrona nas ruas. Um engodo. Mas brasileiro que compra Onix vai comprar o Mobi. To aguardando o crash test do Mobi.

    ResponderExcluir
  12. Nesse mundinho automobilístico, não é questão de ser melhor, mais moderno e que tais, a questão é vender e lucrar. É isso a Fiat sabe fazer bem, o mobi vai vender muito, mais até que up e ka.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente quem mais sabe lucrar é o grupo volkswagen e a Toyota. A Fiat está muito longe de saber lucrar.

      Excluir
  13. Nesse mundinho automobilístico, não é questão de ser melhor, mais moderno e que tais, a questão é vender e lucrar. É isso a Fiat sabe fazer bem, o mobi vai vender muito, mais até que up e ka.

    ResponderExcluir
  14. Muito caro, apenas isso.
    Se for para lançar uma "nova porcaria" que ao menos seja barata.
    O QQ que apesar de ter um motor um pouco mais fraco, porém de 3 cilindros, parece bem mais atrativo que esse Mobi caro e pelado nas versões de entrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo fala do QQ e New QQ, mas difícil alguém que fala, tenho QQ e estou feliz...

      Excluir
    2. E onde eu elogiei ele? Só fiz uma comparação direta, pois o Mobi está caro pelo que oferece. Alias, ele não inova em nada e cobra mais caro por isso.
      O QQ perto dele tem um bom preço.

      Excluir
    3. Tem muita gente que diz que tem QQ e está satisfeito, basta pesquisar.

      Excluir
    4. Observei na opnião do dono que o QQ tem média de 7.5 em avaliação, algo bom para um carro Chinês, e logo mais um sub-compacto. A questão é que apesar de reconhecer a qualidade, ainda temos receio em comprar um carro Chinês, mesmo fabricado aqui.

      Excluir
  15. esse Mobi iria vender bem se tivesse vindo custando de uns 5 a 7 mil reais mas barato que esses preços por exemplo o preço da versão Like On deveria custar uns 35 e não 42 mil.

    ResponderExcluir
  16. Fui hoje cedo na concessionária e a versão top de linha já estava esgotada. Tenho 1,83m e não tive dificuldade para sentar no banco da frente com regulagem de altura. Porém, não me arriscaria em viajar no banco de trás. Esteticamente achei simpático dei duas voltas com o carro com ar ligado e achei bem esperto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente o que pensei tbm o banco dianteiro tem espaço suficiente mas o traseiro e o pior que já vi

      Excluir
  17. O autor do fórum tem dupla personalidade, dias atrás fez uma filmagem do mobi falando maravilhas do carro, bom espaço dianteiro e traseiro impressionante de espaçoso e elogiou o sistema de aproveitamento da mala... Agora ele viu um mobi encolhido pelo jeito, criticou o espaço interno dianteiro e o traseiro chamou até de dramático, fora a crítica negativa no sistema de aproveitamento da mala.
    Resolve o que quer! Tudo bem que a FIAT te dá moleza e tem que fazer uma média mas não pode falar uma coisa e se contradizer por completo depois, perde credibilidade que é algo que você precisa buscar.
    Mudando de pato para ganço, aproveite sua gopro, tire foto do painel dos carros com ela, apesar dela distorcer a imagem por ser muito grande angular, se você afastar os bancos dianteiros, fechar a porta dianteira, você consegue tirar foto de todo painel até parte da porta, fica uma foto bem bacana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também foi dito que o acabamento era muito bom e agora já apareceram rebarbas...

      Excluir
  18. Carro feio e sem nenhum atrativo pois não inovou em nada. Fiat decepcionou neste carro pois é mais do mesmo. As montadoras concorrentes agradecem.

    ResponderExcluir
  19. Tem algo de bom nesse carro ? Pq nesse post só tem crítica...e mesmo o VW CARBLOG "acabando" com o carro, vai vender o dobro do up!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode até vender mais que up!, porém canibalizará vendas do palio e do UNO.

      Excluir
  20. Também não entendi estas críticas tão incisivas ao carrinho agora, quem viu a filmagem anterior vai achar que era outro carro (ou outra pessoa falando). Quanto ao porta malas, se remover a caixa e ajustar o assento na posição um pouco mais ereta (que na minha opinião não atrapalha) são 235l, não muito distantes dos 257l do Ka, que é bem maior. Já viajei muito com meu antigo Celta e seus 260l menos uns 25l de uma pequena caixa de som, não é impeditivo!! Outra opção é um baú de teto (tenho um Thule de 330l), que atende perfeitamente necessidades spot de mais volume (ex.: viagem de férias).

    ResponderExcluir
  21. Outro ponto sobre o porta malas que talvez o autor não percebeu: ele possui um bom volume oculto na região do para choque traseiro. Assim, quem simplesmente abre a tampa e olha não consegue perceber o real volume dele.

    ResponderExcluir
  22. A FIAT fez um modelo muito mais bonito, internamente e externamente, que o Up.Aliás a VW não sabe mais o que fazer para vender o Up que não caiu no gosto do brasileiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo sem vender a montadora não abaixa o preço.

      Excluir
  23. Mais um lixo da Fiat sem o minimo de qualidade e o mais importante SEGURANÇA o UP teve 5 cinco estrelas nos seus teste agora pesquise e vejam se vcs acham um carro da FIAT que detém alguma estrela em testes CARRO NO BRASIL PESSOAL E SUPER CARO QUANDO FOR COMPRAR UM PESQUISE SE ELE TEM UM BOM NIVEL DE SEGURANÇA QUE POSSA OFERECER PARA VC E SUA FAMILIA isso pode fazer toda a diferença no caso de um acidente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estamos falando de veículos para estrada. Estamos falando de veículos urbanos onde nos grandes centros as velocidades estão na faixa de 30 a 60 km/h. Neste caso a probabilidade de grandes acidentes que justifiquem as cinco estrelas do Up não o torna tão interessante. Independente disso a verdade é que o Up é muito feio e não agradou a grande maioria dos brasileiros além de custar muito mais do que vale.
      Prefiro as diversas estrelas no carro que uso para fazer maravilhosas viagens..!!!

      Excluir
    2. bom vc precisa ler mais:
      os crash test são feitos na faixa de 60Km/h
      ja vi acidente com o up ele capotou e não afundou a capota
      agora imaginar que vc vai comprar um carro só para andar na cidade e um para viajar, ai fica coplicado, pois a grana que se gasta nãopouca não
      imagine:
      na cidade um takeup completo pois ai tem direção elétrica e ar
      e um corola ou civic
      haja grana

      Excluir
    3. Basta ver a minima quantidade de acidentes a 50km/h com capotamento. Os testes são feitos a essa velocidade pois não dá para utilizar as velocidades utilizadas em rodovias.
      Mais de 90% dos acidentes nos grandes centros urbanos são de pequena monta.
      A grande maioria dos que se utilizam desse blog compraram e venderam seus carros sem nunca utilizar uma estrela sequer...!!!
      De qualquer maneira é importante frisar que Up é muito caro pelo que oferece, nao caiu no gosto do brasileiro e tem um design horroroso. Diante disso acredito que este novo modelo da Fiat, que não sei ainda quantas estrelas tem, vai agradar muito mais aos brasileiros.

      Excluir
    4. Basta ver a minima quantidade de acidentes a 50km/h com capotamento. Os testes são feitos a essa velocidade pois não dá para utilizar as velocidades utilizadas em rodovias.
      Mais de 90% dos acidentes nos grandes centros urbanos são de pequena monta.
      A grande maioria dos que se utilizam desse blog compraram e venderam seus carros sem nunca utilizar uma estrela sequer...!!!
      De qualquer maneira é importante frisar que Up é muito caro pelo que oferece, nao caiu no gosto do brasileiro e tem um design horroroso. Diante disso acredito que este novo modelo da Fiat, que não sei ainda quantas estrelas tem, vai agradar muito mais aos brasileiros.

      Excluir
    5. Mano esses carroa não são pra viagem nem pra família o cara q compra esses carros pra economizar se o carro eh só pra um ou uma familia pequena. Se vc quer carros assim vai comprar um gol, palio, onox esses carros são mais para viagens, para a família e andam muito mais.

      Excluir
    6. Gol, Palio e Onix são carros para viagens.. eu mereço.

      Excluir
    7. Tenho um ford Ka (ano 2000), para uso urbano, consumo bastente aceitavel na cisade (10 a 12 KM/L) sem contar que é muito fácil arranjar vaga para estacionar, o carrinho cabe em qualquer lugar. Mas para viagens ele é desconfortável, sem contar que se colocar nele 4 pessoas mais bagagem o consumo na estrada sobe lá em cima. Para viagens eu uso um monza tubarão 95, esse sim amplo espaço para os passageiros eum baita porta malas para bagans, não são carros novos mas sao muito conservados (KA sou o 3º dono dele e do monza o 4º dono), vou dizer a vocês essa é minha opinião pessoal porque prefiro ter 2 carros um pouco mais antigos a um unico carro zero km, pois dessa forma se o carro quebrar não ficamos a pé.

      Excluir
  24. Totalmente imparcial, não defendendo o carro pois tem seus defeitos, porém ele cria muitas coisas e exagera demais nestas críticas. Como assim mala sem alça? O bau nao fica solto coisa nenhuma dentro do porta malas!

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Impressionante como a fiat consegue a cada dia se superar em fazer carros feios,mancos e com mecânica pouco confiável.Primeiro vem o uno depois do anabolizante de calango (renegade),depois uma picape com abertura de caçamba bizarra e motor manco (toro) e agora um uno pós prensa hidráulica kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  27. Peugeot 208, o escolhido foi você!
    Agora me dê 50 mil que eu compro!

    ResponderExcluir
  28. esse carro vai vender pra frotistas, as localizas da vida e fieteiros de carteirinha, pq quem consegue raciocinar pelo menos um pouco, jamais compraria esse cara, esse valor é fora da realidade, ainda quero ver o cash test ai é carro pra encalhar

    ResponderExcluir
  29. Esse Mobi parece mais uma junção de "restos mortais" de outros modelos de mesma plataforma que não vingaram na linha de produção. É a Fiat reinventando os conceitos de reciclagem automobilística! rs

    ResponderExcluir
  30. Eu estou plenamente satisfeito com a economia e o Desempenho do meu HIGH UP! MPI. O UP! Humilha esse MOBIdique.

    ResponderExcluir
  31. Peças mal encaixadas? Rebarbas? As outras mídias estão dizendo exatente ao contrário. Está avaliação do modelo foi totalmente imparcial, não que eu esteja defendo o Fiat, mas uma avaliação imparcial não fica citando concorrente em todos os itens de avaliação. Se foss comparativo, tudo bem.

    ResponderExcluir
  32. Indiscutível que o Volkswagen UP é superior na parte mecânica (com motores modernos, de 3 cilindros, bloco em alumínio / o UP usa também direção elétrica). Em desempenho e em consumo o UP também ganha. Na questão de segurança também é destaque do UP.
    Mas o Fiat Mobi tem sim atrativos interessantes. Achei o design da dianteira bem mais agressivo que o do UP. A tampa traseira de vidro (que a Volks usa no UP europeu) não deixa de ser uma inovação da Fiat no Brasil. As portas totalmente revestidas (diferente das portas com lataria aparente do UP), vidros elétricos um toque, mostradores do painel de boa visualização, controles de som no volante, uma central multimídia bem interessante (com navegador + rádio + telefone + TV + DVD + câmera de ré) - quem quiser pode ver mais informações no Canal Top Speed, porta-malas com divisórias, banco traseiro rebatível, etc. Pra um carrinho compacto e urbano, me parece muito bom.

    ResponderExcluir
  33. Vi este carro numa concessionária aqui de BH ontem (16/04) e digo: apenas o painel dele é superior ao painel do Up que é tentativa forçada de reviver o velho fusca. De resto eu garanto: este Moby não tem graça nenhuma, além de ser MUITO caro! Meu palpite: vai encalhar!!!

    ResponderExcluir
  34. "ah pq o up é melhor que o mobi"...na realidade ambos sao um lixo e quem quer comprar carro deve evita-los... 0-100 em mais de 14 segundos é ridiculo, nao rola....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Up, World Car of the Year 2011. Isso tu chamas de lixo, parabéns.

      Excluir
    2. Curiosidade Kenji, que carro vc tem?

      Excluir
  35. A princípio pensei que fosse um lixo total, mas tirando o velho motor, vários jornalistas que são duros na crítica elogiaram o compacto no seu lançamento em São Paulo como o excelente acabamento e opcionais, o câmbio, e até a direção hidráulica disseram que estavam levinho. Parece que utilizaram os métodos de produção do Renegade e qualidade da mopar em vários itens. De qquer forma, eu nunca pagaria 42,5k num carro minúsculo com esse motor jurássico perto do Up. Esse carro completo deveria valer no máximo 37mil.

    ResponderExcluir
  36. com esse preço do Mobi o QQ fica bem interessante.

    ResponderExcluir
  37. Essas lanternas traseiras são simplesmente horrorosas!

    ResponderExcluir
  38. Só para deixar claro... Esse motor não é motor fire.. Motor Fire todos conhecem do Mille, até porque se fosse o aposentado motor Fire ele não passaria tal vergonha. Esse motor é o motor Evo da Fiat. Fire saiu de linha junto com o Mille.

    ResponderExcluir
  39. Tenho meu siena 1.4 - 8v maravilhoso e econômico e com bastante espaço.....
    Já pensei em trocá-lo por outro mais novo mas fico com uma peninha de me desfazer dele.

    ResponderExcluir
  40. Sinceramente, comprar um carro com o interior, plataforma e tão beberrão quanto ao uno, não faz nenhum sentido!

    ResponderExcluir
  41. Pessoal carro bom e o novo Ford KA confortável, ultrapassagens seguras 18 km por litro com ar ligado na via Dutra, 1.0 mais rápido que qualquer outro que já dirigi, tinha um Fox 1.0, pra ultrapassar tinha que desligar o ar condicionado e bebe muito......kkkkkkk mais que o dono

    ResponderExcluir
  42. Pessoal, fiz o teste drive hoje no mobi, não achei um carro ruim do jeito que falam aqui. Tenho um voyage, que é o segundo caro VW, os dois já tive problemas com o motor do carro, fora acabamento pobre. Já tive um uno vivace, que era econômico e não tive problemas com esse carro. Sinceramente vou arricar, minha única queixa é quanto ao espaço, mas como ando sozinha, isso não interfere na escolha do carro.

    ResponderExcluir
  43. TENHO UM UP! WHITE COMPLETO. UM ÓTIMO CARRO, BOM DE DIRIGIR, BANCO COM REGULAGEM DE ALTURA, REGULAGEM DE ALTURA NA COLUNA DE DIREÇÃO, AR CONDICIONADO MUITO BOM (QUENTE/FRIO), ÓTIMO CONSUMO (RESPEITANDO O LIMITE DE ATÉ 110 KM HORA, ENFIM: UM CARRO PARA OS TEMPOS MODERNOS E COM ESPAÇOS CADA VEZ MENOR EM VAGAS E ESTACIONAMENTOS. QUANTO AO MOBI DA FIAT; ESTA MONTADORA DEVERÍA RESPEITAR O CONSUMIDOR BRASILEIRO E NÃO FICAR LANÇANDO CARROS QUE VIVEM SAINDO DE LINHA, ALÉM DE NÃO TRAZER MOTORES NOVOS E REALMENTE ECONÔMICO.

    ResponderExcluir
  44. comprei o mobi easy on e pra mim está otimo em relação ao tamanho, pois sou mulher e tenho 1.60 de altura, a direção é super leve, gostei do design dele, o cambio também é leve, estou satisfeita

    ResponderExcluir
  45. Pra mim o que conta muito na escolha de um carro é o pós venda. Entrem no site reclameaqui.com, por exemplo, e vejam que nenhuma reclamação foi resolvida ou respondida pela fiat. tive um fiat e sei o que é isso!!!!!

    ResponderExcluir
  46. Mais uma abominação de plástico com motor de máquina de costura.... Eita Brasil que gosta de fabricar carroças!

    ResponderExcluir
  47. comprei um mobi e me arrependi no fundo da alma , o carro não tem arranque consome muito vou vender assim que terminar o carne que falta pouco

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.