Car.blog.br

Pesquisar este blog

Carregando...

Novo Voyage 2017: prazer ao dirigir e bom custo x benefício

Categorias: , , 29 Comentários

O Volkswagen Voyage Highline é a versão topo de gama do sedã compacto da montadora alemã, que chega nesta linha 2017 com relação custo x benefício aprimorada, e aperfeiçoamentos estéticos, no interior e de tecnologia.

Novo Voyage 2017

Preço e itens de série

O modelo que avaliamos neste artigo, cedido pela concessionária VW V12 Motors de Brasília, é um exemplar da configuração básica, pintada na cor Prata Tungstênio e mais dois opcionais: suporte para celular e módulo navegação, que fazem com que seu preço sugerido fique em R$ 58.705 reais.

Novo Voyage 2017

O Voyage Highline 1.6 básico vem de série com computador de bordo, "Keyless" - sistema de alarme com comando remoto, sensor de estacionamento traseiro, 2 Airbags, 3 apoios de cabeça no banco traseiro, sistema de som com 4 alto-falantes e 2 TwEEters, alerta sonoro de faróis acesos, ar-condicionado, chave tipo "canivete" com comando remoto, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, direção hidráulica, espelhos retrovisores com indicadores de direção integrados, faróis de neblina, porta-malas iluminado, rodas de liga leve aro 15, sistema de som 'composition Touch', rede no porta-malas, travamento central das portas, vidros dianteiros e traseiros elétricos, volante multifuncional.

Novo Voyage 2017

O pacote "navegação" acrescenta sistema de navegação, rádio integrado no sistema de navegação, interface Usb para Ipod/iphone.

Mecânica / Desempenho

O Voyage 2017 oferece na versão de acesso, Trendline, o motor 1.0 EA-2011, mas na versão topo de gama, Highline, mantém como única opção o motor 1.6 de 104 cavalos e 15,6 kgfm de torque - já disponível em regimes muito baixos de rotação.

Novo Voyage 2017

O resultado é que o Voyage 1.6 não decepciona em desempenho, acelerando de 0 a 100 km/h em 11 segundos com gasolina, e baixando para 10,8 segundos com etanol (segundo medições da Revista Auto Esporte). Em termos comparativos, o Hyundai HB20S 1.6 faz a mesma prova em 10,4 segundos, mas tem um motor 1.6 16V de 128 cavalos e câmbio de seis marchas.

Novo Voyage 2017

Outra prova que o Voyage mostra agilidade é na retomada de 60 a 100 Km/h, realizada em 9,3 segundos em quarta marcha - resultado que evidencia a agilidade do carro em trânsito urbano. Já a retomada de 80 a 120 Km/h, em 5ª, é feita em 13,9 segundos.

Consumo

O consumo do Voyage 1.6 Highline fica em 8,8 Km/l em cidade, e chega a 12 Km/l em estrada, com etanol - números que são melhores que seus concorrentes com motor 1.0, como é o caso do Hyundai HB20S e do Chevrolet Prisma (veja mais detalhes aqui).

Comportamento dinâmico

O Voyage Highline 1.6 manual com rodas de 15 polegadas e pneus de perfil baixo, associado com a suspensão de ajuste que traz um bom compromisso entre conforto e firmeza, transmite uma grande confiança ao motorista por seu excelente comportamento dinâmico.

Novo Voyage 2017

O carro se mostra muito estável ao contornar curvas de raio curto ou longo, com comportamento muito neutro e previsível, quase esportivo, ressaltando o prazer ao dirigir.

Novo Voyage 2017

Evidentemente ajuda bastante a transmisão MQ200 de cinco marchas de engates precisos e firmes, assim como a posição de dirigir baixa e esportiva. Os ajustes do volante permitem encontrar a ótima posição de guiar.

Estética interior

O grande destaque desta linha 2017 do Voyage é o seu interior, com visual inspirado no Passat (a central multimídia é a mesma e o volante) e Golf 7.

Novo Voyage 2017 - interior

Todos os comandos estão ao alcance das mãos do motorista sem que ele tenha que tirar as costas do banco. Além disso, a visualização dos instrumentos é muito clara, sem reflexos ou pontos obscurecidos.

Novo Voyage 2017 - interior

O espaço interno tem como limitador a distância entre-eixos de 2,46 metros, mas mesmo assim é possível acomodar quatro adultos com conforto no sedã.

Novo Voyage 2017 - interior

O porta-malas é um destaque, com 470 litros, e dá conta das bagagens de uma família média com folga, especialmente com o banco traseiro bi-partido.

Custo x benefício

Um dos destaques desta linha 2017 do Voyage é sua relação custo x benefício. Isso fica claro quando se compara o preço das versões Trendline 1.6 do Voyage - equivalente aos modelos de acesso de Prisma e Hyundai Hb20S com motor 1.0.


Ou seja, a redução de preços empreendida pela VW Brasil na linha 2017 fez com que o Voyage 2017 1.6 tenha preço mais baixo que seus concorrentes com motor 1.0 - com igual nível de equipamentos.


Esse nível de precificação evidencia que a VW Brasil está adotando uma estratégia agressiva de valores para posicionar o modelo de forma competitiva no segmento.

Vídeo - VW Voyage Highline 1.6 2017 - impressões



Conclusão

O Voyage sempre se caracterizou pela excelente dinâmica de condução, bom acabamento e robustez mecânica. Agora, na linha 2017, ele soma um design dianteiro mais sofisticado e robusto, e um interior moderno com recursos avançados de informação e entretenimento.


E, também, uma relação custo x benefício aprimorada, graças às reduções de preços.

29 comentários:

  1. Correção: O porta-malas do Voyage tem 480L. O Corolla é que tem 470L.

    ResponderExcluir
  2. Direção hidráulica?
    Existe isso ainda?
    Não seria elétrica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, continua sendo hidráulica, assim como no HB20, Celer, Palio...

      Excluir
    2. Cara, a direção hidráulica do HB20 é passada na manteiga... de verdade...

      Excluir
    3. hidráulica já é bem leve frescura de quem reclama, acho que faltou mesmo foi assistentes eletrônicos, como estabilidade e tração

      Excluir
  3. O carro melhorou muito. Ainda sem mexer no chassis, poderia ter evoluído pro 1.6 16v ou 1.0 tsi.... Melhoraria consumo, desempenho e ruídos.

    ResponderExcluir
  4. 58.7K excelente custo-benefício....para aVW claro.

    ResponderExcluir
  5. 58,7k é um ótimo custo x benefício em um projeto obsoleto como este? Tecnologias defasadas, plataforma antiga, espaço interno inadequado e nem sequer o motor 1.6 de 120cv está nele... Só é ótimo custo benefício para as ccs e a VW... Por isso ela perdeu a liderança do mercado e o Voyage apanha na categoria...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, então ótimo custo benefício é o prisma por 61K, que só tem beleza de resto consegue ter os motores mais defasados que os carros da VW e ainda ser líder de vendas com o ônix que é mesma coisa, seu argumento não é valido para perder a liderança, sendo que a VW ainda oferece, piloto automático, retrovisores com sistema tiltdown e fotocrômico, acendimento automático dos faróis e ESS, única vantagem é o automático, mas com esse motor 1.4, vira pior que 1.0.
      Povo gosta de aparência e quinquilharia no carro, motor e plataforma são minoria comparado a quem compra este tipo de carro.

      Excluir
  6. Quase 60 paus num carro com motor velho, plataforma velha e câmbio manual? Com menos dinheiro pode-se levar um HB20S AT pra casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, quem prefere conforto de um automatico mas com muito menos opcionais que o Voyage está oferecendo.

      Excluir
  7. leva mesmo.por que o hb20s 1.6 o preço inicial e de 57.825 e podendo chegar aos 69.765. isso ninguém fala aqui. mas concordo que o voyage já esta velho e cansado.

    e ká entre nos o real desvalorizou muito nos últimos 12 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, se o consumidor fizer questão poderá agregar itens de conforto e conveniência (pagando por isso). Mas o básico está lá desde a versão inicial: motor minimamente moderno, plataforma mais moderna e segura e um ótimo câmbio AT.

      Excluir
  8. Essa traseira mata o carro, a anterior era melhor 09/10.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achava aquela traseira mais harmoniosa. Outro sedan compacto que ficou estranho com lanternas horizontais foi o City: elas realçaram a falta de largura do modelo.

      Excluir
    2. Só pode estar de brincadeira... o City com o novo design ficou show de bola. O único problema do City é o motor pobre 1.5

      Excluir
  9. agora o gol e voyage tem um painel de verdade, voce comprar um carro Zero e custando mais de R$40mil com um painel igual a um carro 2010 é frustrante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voyage tem painel atualizado como os sedans de classe superior. Prisma, hb20s, fiesta tem painel de moto. Tudo apertadinho. Comandos do computador de bordo no volante super fáceis de usar. Tenho um confortline completo 2017 e estou muito satisfeito. Painel durante o dia é tão claro que parece que as luzes estão acesas. Acho tanto a traseira do voyage novo como do honda city mais bonitas. Tudo questão de gosto.

      Excluir
  10. Bastava deixar a tampa do porta-malas sem o avanço das lanternas, ficaria visualmente melhor.

    ResponderExcluir
  11. 60 mil Reais num voyage bom Custo x Beneficio???????
    Custo x benefio é o Onix, Sentra, Toro, Renegade Diesel, Oroch ......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 40 e tantos conto num Onix 1.0 é bom custoxbenefício ONDE?!

      Excluir
  12. CINQUENTA E OITO PAUS?!!?!??!?!?!?!??!

    ResponderExcluir
  13. 58 mil. Preço que paguei no meu i30 top, zero km em 2010. Aonde fomos parar...

    ResponderExcluir
  14. Não se pode falar em "Prazer ao dirigir" em carros dessa categoria. Mas, dá pra ir e vir pra um monte de lugar :)

    ResponderExcluir
  15. ai vc ve os forros de porta, nao combina nada com a concepção do painel, q evolução porca.

    ResponderExcluir
  16. Carro ficou bonito, tanto por dentro como por fora, motor responde bem pelo que é oferecido, consumo normal, estiloso sem dúvida, rodas bonitas, painel, bem completinho!!! Mas...............

    Carro é barulhento, suspensão do carro é ruim demais, dura e barulhenta demais, não existe isolamento nenhum, transmite todo barulho das irregularidades do solo para dentro do carro, volante, banco e etc.... Fui na Casal Volks de Macaé duas vezes e o funcionário falou que é normal, vocês não tem noção como incomoda, transmite um desconforto imenso ao dirigir, super desconfortável, não recomendo para ninguém, assim que possível vou vende-lo e Volks nunca mais!!! Só é bonito!!! Me empolguei com as mudanças do modelo 2017 e comprei um Voyage comfortline 2016/2017 1.6 MSI, na Casal Veículos de Macaé(autorizada da Volks), gostei e pensei que fosse um bom carro pelo porte e preço que é pedido nele!!! Não vale!!!

    Muito barulho na suspensão e Volks diz que é normal!!!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.