Car.blog.br

Pesquisar este blog

Carregando...

Novo Peugeot 208 2017 1.2 Flex: dados de consumo

Categorias: , , 57 Comentários

A Peugeot do Brasil afirmou no lançamento do novo motor 1.2 Pure Tech do compacto 208 que seu novo propulsor de três cilindros flex seria o mais eficiente do Brasil, oferecendo menor consumo que seus concorrentes em termos de potência.

novo Peugeot 208 1.2 Flex 2017 - consumo

Agora, com os dados de consumo de etanol e gasolina do Peugeot 208 1.2 Flex divulgados, fica claro que o novo Peugeot 208 superou o Volkswagen Up! Tsi e se tornou o modelo não híbrido mais econômico à venda no mercado brasileiro.


novo Peugeot 208 1.2 Flex 2017 - consumo
Segundo dados do INMETRO, o Peugeot 208 1.2 Flex, com etanol, consumo 10,9 Km/l em cidade, e 11,7 em estrada. Já com gasolina ele atinge 15,1 Km/l em cidade e 16,9 Km/l em estrada. A tabela a abaixo mostra os dados comparados com 208 frente a Up! TSI, Hyundai HB20 1.0 e Ford Ka 1.0.


Modelo
Consumo de etanolConsumo de gasolina
CidadeEstradaCidadeEstrada
Peugeot 208 1.2L Flex MT10,911,715,116,9
Volkswagen Up! TSi9,611,113,816,1
Hyundai Hb20 1.0 20168,59,912,514,1
Ford Ka 1.08,910,41315,1

Conclusão

novo Peugeot 208 1.2 Flex 2017 - consumo

Os números do INMETRO evidenciam que o Peugeot 208 equipado com o novo motor 1.2 Pure Tech Flex passa a ser o veículo mais econômico à venda no mercado brasileiro.

57 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É carblog, é chato quando o único motivo pra se ter um UP! TSI deixa de ser o único motivo de se ter um UP! TSI... Quanto tristeza nesse post! Hahahahaha E que mágica é essa que a Peugeot fez nesse motor??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter melhor aproveitamento da potência transferida do motor para as rodas, câmbio "conversando" melhor com o motor, coeficiente aerodinâmico, peso do carro, melhor queima de combustível, etc. Mas não deixou de ser surpreendente este 1.2 ser mais econômico que os demais 1.0 aspirados ou turbo. Vamos aguardar para ver o consumo do hb20 1.0 turbo.

      Excluir
    2. Vi um vídeos do desmonte desse motor depois dos 100 mil km (algo parecido com que é feito no longa duração).

      O motor estava em estado de zero. Além de econômico, é robusto. Não é atoa que a PSA está se voltando toda pra essa linha, deixando o THP apenas pra performance.

      Excluir
    3. A Peugeot só não pode deixar o câmbio ridículo de 4 marchas nesse carro. Seria um pecado!

      Excluir
    4. Acabei de ver nesse link (http://www.peugeot.co.uk/puretech/) que este motor é oferecido com transmissão manual de 5 marchas na Europa. Além disso, tem mais várias informações sobre a criança.

      Excluir
    5. Mas o up provavelmente ainda tem melhor relação eficiência x desempenho

      Excluir
    6. Parabéns para a Peugeot que está investindo num motor moderno para aqui, porém, o motor VW TSI além de ser econômico, ainda tem um excelente desempenho!

      Excluir
    7. O consumo é quase igual a diferença é mínima, além disso o up tsi anda bem mais que esse 208 e para sua informação a versão 1.2 Active – parte de R$ 48.190 ou seja o up tsi ainda é a melhor opção.

      Excluir
  3. Quando lançarem o carro, seria bacana o car.blog compra-lo para teste de longa duração.

    ResponderExcluir
  4. Se a vw nâo acordar pra vida e colocar logo o tsi em toda a linha vai perder ainda mais mercado.nâo diria nem pra peugeot que sofre de um preconceito tão grande quanto os chineses no mercado mais a hyundai está ai .....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm não entendo pq não aproveitaram pra colocar o 1.0 TSI nessa reestilização do Gol e Voyage. Poderiam até manter o 1.6 antigo, mas oferecer um motor novo e eficiente com certeza ia fazer bem pra eles w pras vendas.

      Excluir
  5. Vamos ver se a Peugeot vai saber vender esse motor! Tem que fazer propaganda assim mesmo, como carro mais econômico do BRASIL! Propaganda estilo CAOA! kkkkkkkk E ver tbm se ela não vai dar uma bela duma facada no preço do carro, afinal o 1.5 já ta mais do que caro...

    ResponderExcluir
  6. mano, podem falar o que for, mas se tem uma marca que ultimamente tem acertado bastante aqui no Brasil foi a Peugeot. A evolução da marca é notável a cada lançamento.

    Sem falar nas belas promoções, tem oferta de 50% do valor do carro à vista e o restante em 36x com taxa 0%, isso é muito vantajoso pra comprar um carro zero diante da situação em que vivemos na República da Banânia.

    a qualidade dos carros melhorou muito, e o antigo mito de que a Peugeot é uma furada está ficando para o passado.

    ResponderExcluir
  7. Carlos vc não disse que não ia ser mais econômico que o up chora agora

    ResponderExcluir
  8. Se a Peugeot deixar esse carros por uns 42000 e taxa 0 em 36 fazer propaganda certa. Melhorar o pós venda, diminuir o preço das revisões aí vende mais que onix. Mas tudo isso é difícil senão impossível

    ResponderExcluir
  9. Se a vw nâo acordar pra vida e colocar logo o tsi em toda a linha vai perder ainda mais mercado.nâo diria nem pra peugeot que sofre de um preconceito tão grande quanto os chineses no mercado mais a hyundai está ai .....

    ResponderExcluir
  10. 15,1 na cidade com gasosa? Boa dona Peugeot.
    Os carros da Peugeot nunca foram ruins, o único problema da PSA no Brasil é a desvalorização, fora isso são tão bons ou melhores que seus concorrentes

    ResponderExcluir
  11. Interessante esse motor ein? Vários carros sendo lançados com motores eficientes, bom para o consumidor brazuca. Quanto à Peugeot, acho que o pós venda ruim dela é coisa do passado. Aliás, reparem que todos os fabricantes estão investindo pesado no pós venda, pois perceberam que um carro queimado na praça queima a marca, e não apenas o modelo.

    ResponderExcluir
  12. Muito bom este consumo. Tive um C3 1.5 deste ultimo modelo e era até que econômico, mas claro bem longe deste consumo ai. Torço para que a PSA consiga melhorar as vendas aqui no Brasil, tem ótimos produtos, é uma pena que o preconceito de quem nunca nem entrou em um seja tão grande. Com o meu C3 tive zero problemas, não fui mal atendido na CCS e o preço das peças e das revisões eram iguais ou ate melhores que as da Ford por exemplo.

    ResponderExcluir
  13. Excepcional. Quero ler os relinchos dos Carlos. Na minha opinião será a melhor opção do mercado. Agora tive vontade de trocar de carro. Para mim, o UP é excepcional na mecânica e segurança, mas só.

    ResponderExcluir
  14. O 208 é muito bonito, bem acabado, espaço interno bom para a categoria, tecnológico e agora a melhor mecânica. Vai ficar difícil comprar Punto, Fox New Fiesta. Sobre a Peugeot, em cidades grande ou próximas as grande da para arriscar. Não se compara as chinesas como escreveram aí em cima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Punto está quase morto, não houve mais nenhuma modificação, não adicionaram mais nada, acho que a Fiat desistiu dele até que saia a nova geração.

      Excluir
    2. Os pontos fracos do 208 sempre foram o automático de quatro marchas, motor 1.5 ultrapassado e a versão intermeriária allure não ter o 1.6.
      O automático continua sendo quatro marchas
      A versão allure terá o 1.2, que se não é ruim continua caro conseguir um 208 com bom desempenho, somente comprando a griffe.
      A troca do motor 1.5 por este 1.2 foi um avanço, o consumo está excelente.

      Excluir
  15. É jeba nabelesca na cara dos concorrentes. E olha quem nem é o turbo.

    ResponderExcluir
  16. Vou esperar o 1,2 turbo para trocar pelo meu 1.5, que já é muito econômico

    ResponderExcluir
  17. Como tem gente que acredita em "preconceito" com carros. Não acredito que o mercado de usados tenha preconceito, se desvaloriza mais é porque tem motivo para isso. Manutenção, qualidade, seguro, roubo, demanda do segmento, enfim, acredito apenas que o cidadão não consegue identificar os pontos fracos e aí acha que o carro sofre perseguição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe preconceito sim. Efeito manada. O carro é um bem muito caro, e o valor de revenda e principalmente a liquidez prevalecem na análise da compra. Por exemplo, no Brasil, A Honda, no caso das motos tem quase a totalidade do mercado. Isto não acontece em nenhum lugar do mundo. Na hora de comprar um sedan a maioria prefere pagar R$10.000 a mais em um Corola,ainda que este carro seja "economico" em mimos e pagar juros ao invés de optar por juros zero. Eu já tive e tenho carros da Renault e Citroen. Todos excelentes. Nenhum deu dor-de-cabeça. Na hora da venda, infelizmente você sofre e perde. Um outro problema é que um carro como o Megane(que tive por seis anos) vai parar na mão de quem não quer gastar nada, e logo vai virar um lixo, pois a manutenção custa o equivalente a de outro sedan, seja o Civic ou o Corola, mais, nestes últimos você pode gastar mais, pois vai poder vender, já no caso do Megane velho, já era.

      Excluir
    2. Não existe preconceito?
      Então quando alguém vem e fala "Carro francês não presta porque um amigo meu disse que ouviu um cara conversando com o primo dele, e nessa conversa ele disse que o cara falou que um mecânico disse que carro francês não presta".
      É como o nosso amigo acima disse, "Efeito Manada", todo mundo vai propagando essa falácia e de repente está todo mundo dizendo que carro francês é ruim.

      Excluir
    3. Em 2010 eu iria comprar um Peugeot 207 0km, cotei o seguro e saiu 60% mais caro que para um Fox 1.6 0km. Resultado? Fui de Fox que era mais caro, e não foi porque alguém me disse que PUG não presta. Eis uma variável que quem está de fora não sabe e fica achando que tive "preconceito". Além do fato que o seguro não fica mais caro a toa também.

      Excluir
    4. Então compra um corolla hoje, veja quanto ele custa, e veja também um fluence, um c4, e um sentra, daqui dois anos, veja o que vai acontecer. Qual será que vai ter maior valor na hora da revenda? Ok Viráo os que vão dizer que carro não é investimento e blá, blá blá. mas no final dos dois anos quer terá mais $$$ na mão?

      Excluir
    5. Então seguro é muito relativo, minha experiência foi contrária a sua, cotei um 208 e um Fox, ambos zero km e o Fox saiu 4 mil e o 208 saiu 2 mil.

      Excluir
    6. Luciano-RS, em 2013 comprei um Fluence dynamique por 60 mil reais. O corolla Xei, que era uma das opções, me foi oferecido por 74 mil reais na época. 14 mil reais de diferença, certo? Vendi o Fluence em setembro passado, após 3 anos de uso por 45 mil reais, sem nenhum problema, só as revisões anuais (rodei 50 mil km apenas no período). Fui olhar agora a tabela FIPE de ambos os carros, Corolla 2013 está 57500 e Fluence 43 mil reais, uma diferença de 14500 reais. Realmente o Corolla vale mais, mas sempre foi mais caro. Então o problema maior é o que foi dito anteriormente, a fama das marcas, e nisso temos que elogiar a Toyota. Porque se for para pensar friamente, o dono do Corolla teve que desembolsar mais pelo preço do carro, pagou ipva proporcionalmente mais caro, enquanto quem tivesse escolhido o Fluence, poderia ter 14 mil guardados. Mas, por causa do mercado que não é preconceituoso, concordo que o Corolla é vendido mais caro e mais fácil de vender do que um Fluence: basta colocar ambos os carros por essa diferença de preço que o povo paga mais caro no Corolla e sai dizendo que fez um bom negócio.

      Excluir
    7. Certo, eu tive um sentra e fui assassinado na hora de trocar, carro muito bom, mas a dificuldade de vender e as propostas que você recebe são de chorar.

      Excluir
  18. O ideal é ser forte e econômico. Porque de 1.0 fraco já basta esses antigos...

    ResponderExcluir
  19. O mais curioso a Engenharia Francesa conseguiu e ninguém comentou, motor de arquitetura simples, sem turbo e injeção direta, apenas a tecnologia de 3 cilindros com 1200 cc, porém o consumo infinitamente maior do que outros carros como o UP TSI que apesar dos bons números de desempenho, sua manutenção é muito cara fora da garantia.

    Honestamente, estas médias são dignas de um carro híbrido, basta ver o Fusion que tem um valor de produção altíssimo, as baterias para serem produzidas do carro equivalem a toda poluição da vida útil de um motor a combustão.

    O melhor de tudo no 208 é a emissão de CO² 79G/KM, espetacular, certamente vou pensar em ter um carro como este caso o valor dos combustíveis continue subindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manutenção do peugeot é muito mais barata que o Up! Né! Só se for na França amigo, tá por fora.
      Realmente o consumo é infinitamente melhor que do Up! Tsi na pior medição 9%, é uma enormidade! Se comparar com os números de um vocorolla, ultra mega master blaster mais econômico.
      Coloca turbo e injeção direta e terá 110cv e 20,8kgfm, sei desses números porque esse motor existe, claro que bem longe do Brasil.
      Esse motor só mostra que um Up! E 208 podem dar aula nessas carroças tupiniquins e que ter um motor eficiente não custa tanto como fazem parecer, dois exemplos de motores de 1ª linha, nem merecem ser comparados entre eles e sim frente aos demais, até mesmo essas tecnologias híbridas que não passam de moda.

      Excluir
    2. Os motores PureTech são de injeção direta, e possuem versões turbo na europa.

      Excluir
  20. Não creio, não creio que o car.vw.blog disse que o 208 tem melhor consumo que o up!. Finalmente alguma matéria que não baba a vw

    ResponderExcluir
  21. Ponto para PSA um motor sem turbo, sem id com esse consumo isso no teste de etiquetagem provavelmente na pratica terá um consumo melhor, com o up tsi 100% etanol 50/50 estrada, cidade estou conseguindo média de 12,5 km/l ligando AC de vez em quando... Aguardando o lançamento do carro!

    ResponderExcluir
  22. Não é de se admirar, como priorietario de Peugeot 2008 thp tenho conseguido consumo de 13,5 na estrada e 10 na cidade com gasolina. Sem contar que ninguém se atreve a colar do lado...

    ResponderExcluir
  23. Isso serve para mostrar a tecnologia da Peugeot. Sempre falam mal dos carros franceses inclusive falando que o motor THP e da bmw ....pois não é....é fruto de uma parceria

    Se prestarem a atenção a peugeot sempre teve pioneirismo como o motor THP , as luzes diurnas em led, o teto panorâmico, o primeiro motor flex sem tanquinho e carros bonitos

    O que mata são alguns erros de mercado como está câmbio de quatro marchas ainda e a pqna rede autorizada pois aquele estória de dizer que o pôs venda é ruim não é verdade ....varia de estado pra estado....e está na média de vw ford GM e etc

    ResponderExcluir
  24. Que povo chato ficam só falando mal do cambio 4 marchas do 208.

    Eu tenho um 208 Griffe automático e o cambio é ótimo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, quando o assunto é Fiesta ou Ecosprt tem uma galera que só quer falar sobre o "causo" do Powershift. Ideiafix. hahaha

      Excluir
    2. Esse cambio do 208 apesar da restrição das 4 marchas funciona muito bem, infinitamente melhor e confiável que qualquer automatizado. A maioria dos que dizem que é ruim nunca sequer andou de carona em um carro com esse câmbio.

      Excluir
  25. O consumo na estrada tá muito próximo do consumo da cidade, acho que merecia uma 6a marcha over drive para melhorar mais, e o custo não é alto.

    Sobre preconceito, foram os franceses que não souberam trabalhar direito, pegaram fama de carro de manutenção cara é os carros não vendem.

    Eu não arriscaria a liquidez de um outro modelo por um francês, sou conservador com meu dinheiro.

    Conservador do tipo: invisto em ações, mas em ações líquidas, pois se eu precisar sair da empresa (só saii se a empresa ficou ruim, não giro patrimônio) tem que ter porta de saída.

    ResponderExcluir
  26. cadê o Carlos pra falar do consumo?

    ResponderExcluir
  27. Vale lembrar que esses dados do Inmetro são bem pessimistas, ele tem uma margem de 18% que não pode ser deixada ultrapassar, ou seja esse 208 vai atingir 20km/l fácil fácil, inclusive um vídeo da própria peugeot fizeram um teste com ele de rodagem, colocaram um tanque cheio e lacraram, ele fez absurdos 1005 km com 1 tanque, e no marcador digital tava mostrando 24km/l vindo de SP à Brasilia. Em breve esse vídeo estará disponivel... Aguardem porque esse motor vai dar o que falar....

    ResponderExcluir
  28. Vou pensar melhor melhor no 208 1.2. Acho que além do consumo, a lista de itens de série desde a versão de entrada dá um banho no UP TSI e HB20.

    ResponderExcluir
  29. Excelente! Otimo consumo! Temos que aplaudir quando chega ao Brasil carros eficientes, seja de qual marca for! Se o Ka chegou em um momento como mais economico com ar, parabens. Veio up tsi, parabens. Veio 208 1.2 como o mais economico, temos que tirar o chapeu. Tomara que depois Volks, Ford, e tantas outra apresente carros ainda mais economicos e esquente a briga. Nós consumidores só temos a ganhar com isso.
    O que não vale é maquiar numeros, dizer que um produto aprovado no mundo inteiro não presta, dizer que uma suspensão multilink não presta, quando o carro que voce defende não tem.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.