Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW investiga violação de regras ambientais dos EUA

Categorias: , , 4 Comentários

A Volkswagen determinou uma investigação externa após a agência de proteção ambiental dos EUA ter descoberto que um software aplicado nos modelos diesel da montadora fornece dados errados de emissão de poluentes (veja detalhes aqui).


"Eu, pessoalmente, lamento profundamente que nós quebramos a confiança de nossos clientes e ao público", disse Martin Winterkorn, CEO mundial da VW, em um comunicado publicado pela montadora neste domingo (que reproduzimos no final do post). "A Volkswagen ordenou uma investigação externa sobre este assunto."

A Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) disse na sexta-feira que um software que equipa determinados motores TDI - Turbo Diesel - da VW engana a medição de emissões de poluentes, acrescentando que a Volkswagen poderia enfrentar multas de até para US $ 18 bilhões, como resultado.

Esse software, que a EPA chama de "dispositivo manipulador", "percebe" que o carro está sendo testado, e ativa os sistemas de controle de emissões. Mas quando os carros estão em uso normal, os sistemas são desligados, o que resulta em emissões até 40 vezes maiores de NOx (Monóxido de Nitrogênio e Dióxido de Nitrogênio) permitidos.

Abaixo reproduzimos o comunicado oficial da VW AG sobre a questão.

"Comunicado oficial do Prof. Dr. Martin Winterkorn, CEO da Volkswagen AG:

Wolfsburg, 20 de setembro de 2015 - A Agência de Proteção Ambiental dos EUA e o California Air Resources Board (CARB e EPA) revelaram seus achados que ao testar carros a diesel do Grupo Volkswagen terem detectado manipulações que violam normas ambientais americanas.

O Conselho de Administração da Volkswagen AG leva estes resultados muito a sério. Eu, pessoalmente, lamento profundamente que nós quebramos a confiança de nossos clientes e do público. Iremos cooperar plenamente com as agências responsáveis, com transparência e urgência, de forma clara, para estabelecer abertamente e completamente todos os fatos do presente caso. Volkswagen ordenou uma investigação externa sobre esta questão.

Nós não fazemos e não vai tolerar violações de qualquer tipo de nossos regulamentos internos ou da lei.

A confiança de nossos clientes e do público é e continua a ser o nosso ativo mais importante. Nós, da Volkswagen, faremos tudo que deve ser feito a fim de restabelecer a confiança que tantas pessoas depositaram em nós, e nós vamos fazer tudo o necessário, a fim de reverter o dano que isso causou. Este assunto tem prioridade para mim, pessoalmente, e para todo nosso Conselho de Administração."

Fonte: VW AG

Postagens relacionadas:

4 comentários:

  1. Parece-me uma confissão. A investigação interna buscará apenas os responsáveis.

    ResponderExcluir
  2. Demite-se todo o CA e os CEOs emvokvidos. Simples. Mesmo assim a caca já foi feita.

    ResponderExcluir
  3. Se fossem os Japoneses, nessa altur, o Ceo já haveria cometido um Arakiri !!!

    ResponderExcluir
  4. É confissão pura e simples. Ninguém pede desculpas pelo que não fez. As ações da vw caíram hoje 20% pra ver o quanto é séria a situação. Não creio que o preju em caso de multa chegue a U$ 18bi, fecharam acordo por bem menos. O preju maior será na credibilidade junto ao consumidor americano e europeu que são bem mais atentos às questões ambientais. Tem também o agravante de ser um golpe, o bypass, fica difícil de calcular.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.