Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW CrossFox I-Motion: comportamento e consumo - estrada

Categorias: , , , 5 Comentários

O Volkswagen CrossFox 1.6 16V EA-211 I-Motion objeto de nosso teste de longa duração já chega aos 5.000 Km, tendo apresentado uma melhora nas médias de consumo. A média global agora está em 12,37 Km/l de gasolina.

VW Fox 2016 - teste

Esses valores são obtidos com o ar-condicionado ligado 100% do tempo, e em um percurso que mistura 70% urbano e 30% estrada montanhosa.

VW Fox 2016 - teste - consumo

Há variações nas médias, mas o pico de 14,85 Km/l foi obtido em viagem ao Rio de Janeiro, e, portanto, com percurso 90% rodoviário.

VW Fox 2016 - teste

No percurso de pouco mais de 400 Km entre o Rio de Janeiro e São Paulo o CrossFox I-Motion pode mostrar a desenvoltura de seu conjunto mecânico tanto na serra das Araras, quanto em estrada plana, e, em ambas as situações o CrossFox transmite muita segurança ao motorista.

O modelo oferece excelente estabilidade direcional, mesmo com a suspensão elevada em relação ao Fox Highline, e com pneus de uso misto. A direção se mostra extremamente precisa, e o nível de assistência cai em velocidades mais elevadas, tornando a direção mais segura.

Outro aspecto bem interessante do I-Motion são os seletores de trocas manuais, que se destacam pela rapidez da resposta da transmissão ao comando, tornando a condução mais divertida, sobretudo em estradas sinuosas.

Chegando em cidade, a suspensão elevada ajuda muito a transposição de lombadas, obstáculos e vias de pavimentação de baixa qualidade. Com relação ao consumo, a média caiu para 12,81 Km/l de gasolina - quando o carro passou a circular em situação mais convencional.

VW Fox 2016 - teste

O modelo chega aos 5.000 Km sem apresentar, até o momento, ruídos internos indesejados. Não temos também report de problemas.

VW Fox 2016 - teste

A transmissão I-Motion funciona de forma adequada, e é especialmente confortável em trânsito urbano.

Conclusão

O VW CrossFox I-Motion com seu motor 1.6 16V de 120 cavalos com etanol e 110 cavalos com gasolina se mostra um carro bastante ágil tanto em cidade quanto em estrada, indicado que o motor está bem dimensionado para o modelo.

VW Fox 2016 - teste

A transmissão I-Motion é muito agradável também, mas ainda não está no nível de uma automática convencional, como a do HB20, por exemplo, quando se trata de suavidade de funcionamento.

Postagens relacionadas:

5 comentários:

  1. Com certeza a média iria aumentar....todo carro gasta mais quando novo.

    ResponderExcluir
  2. com o meu highline manual que tem esse mesmo motor já obtive na estrada 15.4 km por litro e ele a gora que esta com 2750 km rodados e tem mais e com ar ligado 100%. o ar do meu e ligado direto quando dou a partida já esta ligado, quando eu atingir os 8000 a 10.000 km rodados ele vai fazer os 17 km por litro fassim fassim .

    ResponderExcluir
  3. Quando o consumo é ruim ninguém comenta.

    ResponderExcluir
  4. Vou comentar sobre meu crossfox mod 2014/2015. Fiquei surpreso com o consumo no etanol. Completei o tanque em Teresopolis/RJ e viajei para o Rio. Lá chegando, com o velocimetro registrando 100 km no percurso, completei novamente o tanque e acreditem: 7 litros consumidos. 14 km/L no etanol. Será possivel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 100 % possível , o meu igual, motor muito bom na estrada media de 110 km/h 15,4 l/km tirando os barulhos no paralelepipido tudo perfeito

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.