Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda Civic EXR 2016: impressões iniciais ao dirigir - vídeo

Categorias: , , 31 Comentários

O Honda Civic EXR 2016 é a versão topo de linha do sedã médio japonês, atual vice-líder do segmento no Brasil, e que foi lançada em fevereiro deste ano, trazendo novidades como novo sistema multimídia, teto-solar e sistemas de segurança aperfeiçoados. Este artigo faz a apresentação do veículo e traz nossas impressões iniciais de uso.

Novo Honda Civic EXR 2016

Em termos estéticos, o Honda Civic EXR 2016 diferencia-se, externamente, das demais configurações por ostentar maçanetas cromadas e o teto-solar. Já as rodas de 17 polegadas e a nova grade dianteira mantém a identidade com a versão intermediária. O vídeo a seguir traz os detalhes.



Além da estética, a versão EXR trouxe para o Civic itens de segurança adicionais, como mais quatro airbags, além dos sistemas de controle de estabilidade e tração, e o sistema Hill-Assist.

Novo Honda Civic EXR 2016  - painel digital

Outra novidade é a direção com assistência elétrica adaptativa, chamada de MA-EPS, que interpreta o movimento do motorista e varia o nível de assistência de acordo com a circunstância de condução - mais leve em manobras urbanas de baixa velocidade, e mais firme em condução mais esportiva.


Novo Honda Civic EXR 2016 - traseira

No interior o Civic EXR recebeu também a central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas - a mesma que equipa o Honda HR-V - trazendo sistema de navegação por GPS que recebe informações de trânsito de cidades como São Paulo, Rio, BH e Brasília. Há também possibilidade de conexão via WiFi com o smartphone para acesso e navegação na Internet.

Novo Honda Civic EXR 2016 - interior

Já os bancos são revestidos em couro bege, oferecendo bom conforto e posicionamento correto ao volante - que, por sua vez, tem ótima empunhadura, é revestido em couro e tem comandos multifuncionais.

Novo Honda Civic EXR 2016 - espaço dianteiro

Aliás, por falar em posição de dirigir, a do Civic agrada àqueles que gostam das mais esportivas - banco e volante baixo - e seletores de trocas de marchas manuais atrás do volante. E, sobretudo à noite, o painel em dois andares com mostradores digitais dá o ar high-tech ao interior do Civic.

Novo Honda Civic EXR 2016 - espaço traseiro

Sente-se falta, porém, de materiais de revestimento macio na parte superior do painel - acabamento que é usado no Civic vendido nos EUA, e já adotado na atual geração do Toyota Corolla vendido no Brasil.

Novo Honda Civic EXR 2016

Essa atmosfera de conforto é complementada pelo ótimo espaço interno, tanto para motorista quanto passageiros e carga, com porta-malas de 449 litros.

Mecânica

O Civic EXR adota um motor quatro cilindros 2.0 Flex com 155 cavalos e 19,5 Kgfm de torque @ 4.800 RPM, associado a uma caixa de transmissão automática de cinco marchas, com modo de operação "S" - que faz a troca de marchas em rotações mais elevadas, oferecendo mais performance.

Novo Honda Civic EXR 2016 - teto solar

O motor tem funcionamento bastante suave e sua oferta de torque é bastante progressiva. Desde os regimes mais baixos há torque suficiente para movimentar os 1.325 Kg do sedã da imobilidade aos 100 Km/h em 9,9 segundos - número adequado para a proposta do carro.

Honda Civic EXR 20916 - azul denim

Já o consumo, segundo o INMETRO, é de 6,4 Km/l de etanol em cidade, e 9,4 Km/l em estrada. Com gasolina melhora para 9,7 Km/l em cidade e chega a 13,8 Km/l em estrada. Estamos fazendo uma medição de consumo e a publicaremos ao longo da próxima semana.

Impressões ao dirigir

O Honda Civic EXR é um sedã médio com caraterísticas tipicamente americanas - suspensão com calibração confortável, direção extremamente macia, ótimo isolamento acústico e facilidade de condução. Fica claro que a preocupação principal foi com o conforto ao rodar.

Novo Honda Civic EXR 2016 - interior

Dessa forma, o Civic mostra-se um carro bastante fácil de ser conduzido, pouco ou nada cansativo, tanto para motorista quanto para ocupantes. É verdade, também, que o ajuste de suspensão, mesmo com priorização ao conforto, não deixa a desejar quando se opta por uma condução mais animada.

Honda Civic 2016 - interior

Nessas situações, o Civic se mostra bastante neutro e com limites de aderência bastante elevados - comportamento que decorre do sistema de suspensão traseiro multilink - independente. E os sistemas ativos de segurança - controle de estabilidade e tração - mostram-se pouco invasivos, sendo até difícil detectar seu uso, pelo menos em manobras não tão radicais.

Novo Honda Civic EXR 2016

Já a resposta do acelerador, se não é empolgante, também não decepciona. Nessas impressões iniciais verificamos que o Civic tem um desempenho adequado para sua proposta - que não é esportiva.

Conclusão

O Civic EXR 2.0 2016 é um carro voltado ao bem estar dos ocupantes, e isso fica claro na ambientação clara da cabine, na maciez do ajuste de suspensão, leveza de direção e facilidade de condução.

Novo Honda Civic EXR 2016

Agradecimentos à Honda do Brasil.

Postagens relacionadas:

31 comentários:

  1. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas o Jetta 2.0 Comfortline é mais barato (R$ 75 mil) e traz uma maior esportividade. E o Jetta é mais bonito também.
    Então eu economizaria R$ 13 mil e iria de Jettta Comfortline.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não... jetta comfortline não é mais bonito, sem contar que o civic tem uma mecânica mais moderna.

      Excluir
    2. jetta comfortline combina muito com vc carlos , só o comfortline msm

      Excluir
    3. Se vc só vai andar na cidade beleza, o 2.0 de 115hp atende bem... Na estrada vai faltar motor. Talvez consiga ultrapassar um Renegade 1.8 AT com certa folga...
      Esse carro nos fóruns americanos e canadenses é motivo de chacota... Carro de 15k dólares. Eles dizem que o motor é uma velharia mas que pelo menos faz o carro se mover. Enfim, como eu disse: na cidade serve.

      Só que pra ter os mesmos equipamentos desse Civic o Jetta vai custar mais de 85 mil reais... Ou seja, vai economizar uns 5k e olhe lá... Provavelmente a economia se vai na hora de pagar o seguro.

      Excluir
    4. Jetta Comfortline: a esportividade de 107 cv e 15,3 kgmf no dinamômetro hehehehehe.

      Excluir
    5. É possível comprar um comfortline por menos de 75 mil e com mais itens do que os oferecidos pelo civic lxr.

      Excluir
    6. Carlos.
      Jetta está muito, mas muito longe de conseguir acompanhar o Civic em desempenho, eficiência mecânica e como produto.

      Talvez quando o 1.4 TSI com câmbio Multitronic (não DSG, por favor!) desembarcar por aqui consiga fazer sombra ao trio japonês.

      Excluir
    7. Carlos.. esse Jetta né aquele Santana dos anos 90 que sofreu face lift e virou Jetta ?
      parece que ate o motor AP do seculo passado a VW colocou nesse jetta de 107 CV...ate meu Fox 1.6 corre mais que esse Jetta que você citou....então nesse caso o CIVIC é bem superior !!

      Excluir
    8. carlos4carros,
      Jetta Comfortline e esportividade são palavras que não combinam numa mesma frase.

      Excluir
    9. O unico Jetta que presta é o TSI, esse 2.0 aspirado é uma vergonha

      Excluir
    10. Esportividade, hahaahahahahaahaha

      Excluir
    11. Carlos não sei onde o Jetta 2.0 confortline é mais esportivo que esse Civic, Jetta só o TSI, antes de vir com mimimi, só um feliz proprietário de um Golf TSI, há quase dois anos. Esse motor 2.0 a VW já era pra ter aposentado há muito tempo!

      Excluir
    12. Jetta confortline anda mais que Civic?!!!andando menos que ka e Up 1.0???acho que não hein?!!kkkkkkkkk. Mas numa coisa concordo com você Carlos, também acho o Jetta mais bonito, linhas mais sóbrias, alias na minha opinião o Jetta tem as linhas mais bonitas do segmento.

      Excluir
  2. É um bom carro. Nem regular e nem excepcional. É bom e ponto.

    Não gosto dos materiais de acabamento do carro, dignos de carros do segmento de entrada. A montagem é correta, apesar de tudo. O painel é bonito à primeira vista, mas esse estilo de 2 andares cansa rápido.

    Quem morre em mais de R$ 90K num carro merecia mais consideração.

    Quando fiz o test-drive nele, fiquei com a impressão de que o motor é meio "amarrado" tendo em vista as especificações. Deu impressão que o câmbio tira um pouco o ímpeto do motor.

    Considero o Corolla globalmente superior em qualidade geral.

    O Civic precisa mudar. Esse atual envelheceu muito rápido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser o câmbio mesmo. Quando os concorrentes usavam em sua maioria automáticos de 4 marchas o AT5 do Civic era destaque, agora que os outros usam CVT, AT6 e DSG, acho que ele ficou para trás.

      Excluir
    2. Concordo. Envelheceu muito rápido, porque trocou 6 por meia dúzia. Muda, muda e continua o mesmo. A nova versão, que está no forno pronto para o lançamento, vai transformá-lo. Assim, espero.

      Excluir
    3. Esta semana guiei no transito urbano um HRV topo de linha, elx, que foi adquirido por 93k, e tive a mesma impressão, um bom carro que entrega pouco pelo que foi pago.

      Encontrei improvisação do tipo sensor e câmera de ré instalados provavelmente pelo Css e porta-trecos sem forração sendo uma fonte de ruído constante e frequente. Para compensar tem bancos de couro de boa qualidade; gps amigável com sistema de som e multimídia razoável, porém faltam botões de girar, um método antigo e insubstituível; arcon digital com comandos fáceis que poderia gelar mais; um carro com rodar silencioso calçado com excelentes Michelin; um motor que não pude testar, mas o cambio continua sendo o enjoado e vacilante CVT o qual eu passo, não me agrada. Por não terem maçanetas, aquelas portas traseiras vão esmagar dedos dos descuidados, economia sem sentido. O espaço do porta-malas é muito bom, como o acesso e a proteção do para-choques evitando os desagradáveis arranhões tão comuns nos VW. E claro, o carro tem um belo design não parecendo carro da metade oriental do mundo.

      Sinceramente, como todo Honda e Toyota premium topo de linha, não vale quanto pesa, talvez a versão mais simples e barata do HRV valha a exemplo do Corolla.

      Excluir
    4. A câmera de ré é de série no HR-V EXL. O que as concessionárias instalam é o sensor sonoro. E como assim "economia sem sentido" nas maçanetas traseiras? Elas estão embutidas na coluna C por uma questão de estilo...

      Excluir
  3. O Civic peca em não ter emborrachados no painel e portas (que o Golf e o Corolla tem, por exemplo), mas pelo menos não usa papelão em seu interior como alguns concorrentes:
    http://youtu.be/w87NX-uurs4

    http://youtu.be/M1DGrCUzWpE

    ResponderExcluir
  4. Ótimo carro. Está com os preços congelados em razão da nova geração.
    Parece ser um bom C x B

    ResponderExcluir
  5. Ótimo carro, tive um LXS e um EXS, mas não concordo quando a matéria cita: "na maciez do ajuste de suspensão", pois todos Honda que já dirigi tem suspensão dura.

    ResponderExcluir
  6. Mudaram o ajuste da suspensão no modelo 2016? Pois já andei no 2015 e achei o ajuste muito firme para a realidade brasileira.

    ResponderExcluir
  7. Hoje no segmento consideros o melhor o Focus, Sentra ( otimo acabamento esses dias entrei em um 2016 SL) bom desempenho para a categoria e claro é bem completo o carro. E custa um pouco menos que esse Civic. Para fechar o podium o Civic/C4 Lounge. O resto e resto. O Jetta so vale a pena o TSI. Mas por 94 k é pelado comparado aos outros.

    ResponderExcluir
  8. Respeito todos os gostos e comentários, entretanto sou muito mais o Jetta.

    ResponderExcluir
  9. Que o painel dele não era emborrachado eu não sabia. Para este preço eu esperava. Meu de 55 Mil tem. :(

    ResponderExcluir
  10. Já tive civic, e a suspensão era bem dura mesmo. Quanto ao acabamento, foi piorado nessa geração atual, em comparação à anterior, que tinha até painéis das portas emborrachados. Quanto à comparação com jetta, em minha opinião o civic é melhor na maioria dos aspectos.

    ResponderExcluir
  11. Estou no segundo......e não me arrependo....top....posição de dirigir inigualável!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Estou no segundo......e não me arrependo....top....posição de dirigir inigualável!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Muito bom o carro. Tenho um Lxr 15/16 e as portas possuem material emborrachado sim. No painel infelizmente não. A suspensão acho um pouco firme para nosso asfalto mas adequada a proposta do carro. Com relação ao motor não acho que falta potência, inclusive modo S ele joga o giro até o limite com corte sujo sem passar a marcha. Poucos carros AT fazem isso. Agora Carlos, gosto do Jetta também só que o Highline. Esse comfortline apesar de ter um bom torque em baixa e um cambio competente não fazem milagres....ai o Civic entrega mais sorrisos. E gasta menos combustível! Abs

    ResponderExcluir
  14. Sinceramente , tirando a mecânica confiavel deste carro não consigo enxergar mais nada de bom.

    Motor beberrão, com pouco torque e cambio defasado....no programa oficina motor da globosat este carro tomou quase tres segundos do c4 lounge 2.0. ...que dizem que não presta....

    Outro ponto dizer que o espaço é bom? Carro não tem porte e nem espaço de sedan médio. ....acabamento mediano....carro caro.

    Ao meu ver só tem a mecânica mesmo, pois até o pós venda varia de cidade a cidade.

    No mercado atual existem opções muito melhores.

    ResponderExcluir
  15. no brasil tem estradas sem limite de velocidade, as nossas estradas são seguras, a legislação puni de verdade os infratores, os condutores conhecem a legislação e a respeitam. então não reclame da potência dos carros, eles são projetados de acordo com as legislações de cada pais. o cara compra um carro de 112 mil e nao acha caro e ainda chip, faz isso, faz aquilo e gasta mais 10, 15 mil a mais no veiculo para dar mais potencia e reclama do valor do aluguel da pista no autodromo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.