Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Up! TSI: qual versão tem o melhor custo x benefício?

Categorias: , , 52 Comentários

A Volkswagen do Brasil oferece o subcompacto up! agora com duas opções de motor (1.0 MPI e 1.0 TSI) e cinco níveis de acabamento: Take-up, Move-up, High-up, Red-White-Black-up! e Cross up!, além da série especial Speed-Up!, que deverá ficar em produção por 18 meses.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
A versão Take (de acesso) só é oferecida com motor 1.0 MPI (não turbo), enquanto o as Red-White-Black-Up e Speed-up! só vem com o motor 1.0 TSI. Já a transmissão I-Motion, por não suportar o torque do motor TSi, ficou adstrita aos up! MPI. Assim, dentro dessa miríade de versões, fica a questão: qual a melhor opção de up! com motor TSI?

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
O quadro abaixo traz os preços e itens de série de cada uma das versões do up! TSI.

VersãoPreçoItens de sérieDiferença para o Move-up! TSI Básico
Move-up! TSIR$ 43.490ar-condicionado e direção elétrica com coluna ajustável, com sistema “keyless” de alarme com comando remoto e chave “canivete” e rodas de 14 polegadas com calotas “bristol” e pneus “verdes”, nas medidas 175/70 R14, retrovisores com regulagem elétrica, luzes indicadoras de direção integradas “side blinker”, maçanetas na cor do veículo, porta-malas “s.a.v.e.”, infotrip” – computador de bordo com 10 funções; quadro de instrumentos com conta-giros, relógio digital e indicador de temperatura externa e sistema de som com conectividade Bluetooth e USB.-
Move-up! TSI - CompletoR$ 44.500Acrescenta rodas de alumínio de 14 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, faróis e lanternas de neblinaR$ 1.010
High-up! TSIR$ 48.040Todos os itens do Move-Up! TSI completo e acrescenta rodas de liga leve aro 15 polegadas e pneus “verdes”, de baixa resistência ao rolamento, nas medidas 185/60 R15, bancos revestidos em couro sintético “native” e volante com apliques em preto brilhante.R$ 4.550
Black up! TSI / Red Up! TSI / White Up! TSIR$ 48.690Estas versões se diferenciam por detalhes em “chrome effect” na laterais, rodas de 15 polegadas com design “berlin” com fundo na cor do carro. O volante tem costura diferenciada.R$ 5.200
Cross-up! TSIR$ 47.030Mesmos itens do High-up exceto os bancos em Native. No Cross-up! os bancos vem em tecido “hydra” cinza – com embossagem especial e a faixa lateral em vinil.R$ 3.540
Speed-up!R$ 49.990A lista de itens de série é a mesma do black/white/red up! TSI, mas traz rodas zurique II, de 15 polegadas, bancos em couro sintético “native” – alavancas de câmbio, freio de estacionamento e o volante também são revestidos desse material. O modelo é oferecido unicamente na cor branca, com os retrovisores laterais pintados na cor azul.R$ 6.500

Diante desse quadro de preços, fica claro que a versão com melhor custo x benefício é o Move-up! TSI com o pacote "Completo", precificada em R$ 44.500 reais.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up! - interior
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up! - interior
A versão High-up! custa R$ 3.540 reais a mais e tem como diferencial os bancos revestidos em Native e as rodas de alumínio de 15 polegadas, o que confere um visual mais esportivo. O vídeo a seguir traz detalhes dessa versão.



Mas, em termos de conforto e itens de conveniência, o Move-Up! TSI é similar.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up! - interior
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up! - interior
Um aspecto que pode levar a escolha da versão High-up! (ou Cross-up / Red-White-Black-up!) seria a opção do sistema Maps and More, só disponível - por R$ 1.516 reais a mais a partir da versão High-up!.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - High-up!
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - High-up!
O Cross-up!, por sua vez, cobra R$ 2.540 reais a mais pelo visual aventureiro, rodas de 15 polegadas e interior com padronagem diferenciada. Nesse modelo também é possível aplicar o Maps and More.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - Speed-Up!

E, finalmente, temos a versão Speed-up!, a mais cara de todas, que traz apenas o visual mais esportivo, sem qualquer item a mais que a versão High-up!, mesmo sendo quase R$ 2.000 reais mais cara.

Move-up! TSI Completo

O move-up! TSI completo é uma configuração de desenho discreto - e que só se diferencia pela tampa traseira preta. Tampa esta que é o que será observado pela maioria dos carros nacionais, já que esse modelo tem desempenho similar a de carros 2.0 (veja detalhes aqui), mesmo sendo o carro mais econômico do Brasil (detalhes aqui).

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!

Trata-se de um carro discreto, bem acabado, com bons itens de série, ótimo acabamento e desempenho de gente grande. Sem chamar a atenção.

Conclusão

Diante do quadro de itens de série e preços das versões, a versão Move-up! TSI equipada com o pacote "Move Completo" é a que a melhor relação custo x benefício, pois dispõe de um conjunto completo de itens pelo preço mais acessível.

Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
Volkswagen Up! TSI Turbo 2016 - move-up!
Versões acima da Move-up! só se justificam, do ponto de vista racionaal, pela necessidade do Maps and More.

Postagens relacionadas:

52 comentários:

  1. Pacote Move completo, você vai a uma tapeçaria qualquer manda revestir o volante em couro perfurado/liso por 160 reais e forra os bancos com couro de qualidade por uns 1.200 reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Gustavo! Aonde tem esse tipo de serviço em Brasília (couro perfurado no volante)?

      Excluir
  2. A versão Move, com certeza. Mas esse conjunto de rodas 14" e pneus 175/70 é muito subdimensionado pra força extra desse motor. Um jogo de rodas 15" e pneus 195/50(mesmas medidas de um Fox 1.6) seria mais adequado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Fox com rodas aro 15" utiliza 195/55 e não 195/50.
      Mas o dono pode trocar, só comprar uma versão que venha com roda aro 15" e trocar os pneus 185/60 pelo 195/55, o diâmetro externo é quase igual.

      Excluir
    2. Douglas, nesse caso a diferença de preço pra uma versão com roda 15 é muito grande. Compensa mais comprar um Move e fazer a mudança por conta própria mesmo, mas isso é algo que a própria VW deveria ter feito. E tem outro detalhe importante, esses pneus "verdes" têm péssima aderência em pista molhada. Ou seja, está aí um ponto negativo do TSI(nessa versão mais barata).

      Excluir
    3. Oswaldo,
      Depende do pneu, não sei qual o pneu do UP! com aro 14", mas os verdes aro 15" dele são o Hankook Optimo K415, são os mesmos que vieram no meu Sonic, mudando apenas qua são 195/65R15 em vez de 185/60R15 como no UP! e a aderência dele é ótima, seja para aceleração, frenagem ou curva.
      Já os Pirelli P1 verdes são péssimos em aderência.

      Excluir
    4. Não conheço nenhum dos pneus 15" da linha verde, mas os aro 14" da Goodyear(tenho um Up com esses pneus 175/70) não têm grip em pista molhada. No seco, eles são bons. E destracionam facilmente na hora de arrancar em 1ª marcha, isso evidencia a baixa aderência(o que é esperado, afinal são pneus de baixa resistência ao rolamento, para melhora em consumo de combustível e tal).

      No TSI, não vejo como uma boa combinação. No molhado então, devem ser até perigosos.

      Pra não ser tão extremista assim, uma boa alternativa seria manter as rodas 14" e trocar somente os pneus, para 185/60 R14. É o que eu faria com o TSI Move. E escolheria pneus Toyo Proxes 4, que são baratos, fáceis de encontrar e grudam igual chiclete, no seco e na chuva, além de serem confortáveis e silenciosos.

      Excluir
    5. Não podemos generalizar. Esse Goodyear duraplus está vindo em vários carros de entrada como uno e tal em suas versões intermediárias (na versão de entrada vem pneu de 3ª linha como champiro) a característica dele é ter bem baixa resistência ao rolamento e boa durabilidade e mais nada. E se vem tanto nos carros novos é porque as montadoras estão pagando barato neles e provavelmente ele é barato porque não custa caro para produzir e não investiram muito em pesquisa.
      Pega um Michelin energy xm2 é um pneu green bem superior e com característica de durabilidade, resistência e economia de combustível até maior que o Goodyear que foi esse modelo comparado com o xm2. Tudo é questão de qualidade. Ele não é um pneu esportivo mas já é bem melhor que esse Goodyear duraplus.
      Pega pneus superiores, Michelin primacy hp, primacy 3, pirelli cinturato p7 são pneus green também e superiores a suas versões equivalentes sem ser green e são muito esportivos porém com mais durabilidade e menor resistência porém baseados em tecnologia e não fazer um pneu duro para isso. Ser green significa atender a níveis de baixa resistência ao rolamento e se não me engano a etiquetagem européia tem 3 níveis que se encaixam no green (A, B e C), lógico que o "A" tende a ser menos aderente porém ser chamado de green não dita ser um pneu duro e de baixa aderência. Uso hoje em um carro os Michelin primacy HP (green X, classificação verde da Michelin) e são espetaculares.

      Excluir
    6. Concordo sobre esses pneus Goodyear Duraplus dos Up! com aro 14. Tenho um Move e percebo que eles cantam em qualquer freada ou aceleração um pouco mais fortes.

      O grip deles é meio ruim, BEM inferiores aos Pirelli P7 do meu ex-Gol e dos Hankook Ventus Prime do meu Golf.

      O engraçado é que a Goodyear deve ter alterado a dureza da borracha para torná-lo de baixo atrito mais recentemente, pois o meu ex-Ka 2009 veio com eles e lembro que não eram tão ruins de grip assim... No máximo, eram razoáveis.

      Poderiam ter mantido o aro 14, mas mudado para um pneu com grip melhor no caso do TSi.

      Talvez a única vantagem deles seja a durabilidade...

      Excluir
    7. Discordo em parte de você com relação aos pneus. A Vw não errou ou economizou no UP. Basicamente quanto mais largos os pneus maior a área de contato, maior o atrito e atrito é igual a aderência. Não pense apenas em estabilidade em curvas, conte também frenagem. O atrito é fundamental, tanto mais teremos o carro mais grudado ao chão. Mas não é tão simples. As variáveis não são apenas seco e molhado, mas comecemos por elas. No seco pneus largos ou carecas proporcionam maior área de contato e melhores estabilidade e frenagem. No molhado há um película de água entre o pneu e o solo. As ranhuras dos pneus funcionam como uma bomba d'água removendo a maior parte da água, mas não o filme. Nesse momento a relação peso x área de contato é que vai determinar o coeficiente de atrito. Se temos menos peso pressionando o pneu contra o asfalto, menos atrito e menos aderência. Outro fator a ser levado em consideração é a relação entre peso suspenso e peso ancorado. Peso ancorado é tudo aquilo que está apoiado no chão e suspenso é o que está apoiado sobre a suspensão do carro. Para você entender melhor é como jogar bilhar e aplicar a lei de Newton. Quando você bate o taco na primeira bola contra a segunda a primeira para e transfere a energia para a segunda bola que se movimenta. Imagine que as bolas tem tamanhos iguais, a energia da primeira passa quase integralmente para segunda. Mas se a primeira for menor a energia transferida será também menor. Seria algo como jogar uma bola de gude contra uma bola de bilhar. Então quando colocamos rodas e pneus maiores teremos uma bola maior a empurrar contra o carro. Sendo assim, a fábrica também calcula qual a menor transferência de energia sem que o carro perca em aderência. Um último ponto é que a VW não fez um esportivo, fez um carro eficiente, sendo assim optou por pneus de baixo atrito para minimizar o consumo de combustível. Então a gente fica entre o que a engenharia define como o melhor para segurança e eficiência contra a estética. Colocar pneus mais largos num carro leve é ser mais rápido no seco e mais inseguro no molhado, mesmo qua haja diferenças entre algumas marcas de pneus. É física, não é opinião. Abraços.

      Excluir
    8. É verdade, pneus muito largos tendem a ser menos eficientes na chuva.

      Por isso que os fabricantes compensam isso no composto e no desenho da banda de rodagem...

      Mas que o grip dos Goodyear Duraplus é ruim, isso é...

      Excluir
    9. As fabricantes sempre economizam nos pneus, querem saber o pneu ideal é só olhar o pneu da versão top de linha, estes serão os pneus ideais! Os engenheiros através de testes escolheram, mas que por serem caros não estarão nas versões básicas.

      Excluir
    10. Ah eu faria como o Oswaldo falou ficaria com uma roda 14 e colocaria um pneu 185/65 r14, e prefiro rodas de aço. Com nossas ruas rodas de liga é perda de dinheiro.

      Excluir
  3. Agora no teste de longa duração teremos o Up TSI tb? Daí serão 3 Ups... Poderiam testar as versões Red, Black e White para ver se tem diferença em relação a cor... Rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Também acho o 175/70 Goodyear duraplus totalmente inadequado. Já acho ele ruim no up! Normal, ruim de chuva e cantador seja em curva ou arrancada mais forte, no tsi vai ficar inviável. Ele poderia ter vindo com pneu 185/65. Pensando na necessidade de trocar pneu caso deseja aproveitar o desempenho do TSI (imaginar esse pneu a 180 da até medo! Curvas e etc um pouco mais animado.. Afff) acaba valendo pagar mais 2.500 e levando o CrossUp! Que é cheio de detalhes a mais e tem um pneu mais adequado. Internamente o revestimento dos bancos, pad do painel, volante, direção em couro, tapete em carpete, manopla e etc fazem muita diferença no visual, claro que não muda nada na prática porém é muito mais agradável aos olhos, externamente também muito mais detalhes, roda mais bonita e maior (é fácil de limpar que a 14"). Perde-se 1,5km/l na estrada certamente por conta do inútil rack porém o que custa compensa frente ao high por exemplo que não tem nada que justifique o preço extra (lembrem que quando o CrossUp lançou era mais caro que o high praticamente o opcional hoje que difere os dois, o banco em native, 700,00, ou seja, era para custar o mesmo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, a versão Cross se tornou uma boa escolha.

      Excluir
    2. Ainda não engoli essa conversa do inmetro de que o cross up tsi seja menos eficiente que os outros, um simples rack de teto não tem como atrapalhar tanto o consumo do carro

      Excluir
    3. Diz que ele é 50 kilos mais pesados que os outros, deve vir daí a diferença

      Excluir
    4. Cerca de 30 kg a mais, aerodinâmica e o principal os pneus.

      Excluir
    5. pesa cerca de 30 kg s mais, aerodinâmica e o principal os pneus. Mais e muito mais bonito o cross.

      Excluir
    6. Cerca de 30 kg a mais, aerodinâmica e o principal os pneus.

      Excluir
  5. Erro da VW em manter esses pneus verdes de qualidade duvidosa na medida 175/70, possuem baixa aderência e na chuva são piores ainda, somando-se a isso o TSI necessita de melhor tração onde evidencia ainda mais um pneu de melhor qualidade.

    Pneus 185/65 seriam a melhor opção, e nada de pneus verdes pois no geral são duros e de menor aderência.

    Se tivesse condições no momento compraria o melhor pneu macio para meu up!, a diferença ao rodar é enorme e o carro praticamente para de pular nas ruas esburacadas.

    ResponderExcluir
  6. 50.000 ,00 mil em um up é muito dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pegar o modelo mais caro que qualquer carro vai ser sempre "muito dinheiro"

      Excluir
    2. Tem razão, Naylthon.

      Melhor pagar R$ 50K num Ka com àquele acabamento e montagem maravilhosos.

      Afinal, é carro pra quem quer "chegar chegando no xópis"...

      Brasileiro não gosta de carro, gosta de status.

      Excluir
  7. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas realmente um city car com pedal de embreagem não rola. Ao menos para mim.

    ResponderExcluir
  8. Salvando comentários num bloco de notas, rs!

    ResponderExcluir
  9. up! TSI:
    "As velas têm apenas um eletrodo e são substituídas a cada 60.000 km, enquanto a correia dentada precisa ser trocada com 120.000 km. A partida a frio com etanol ocorre por pressão e não pelo aquecimento do combustível (E-Flex na VW). "

    Uhuu!!

    ResponderExcluir
  10. Up! TSI:
    "A emissão de CO2 é de 88 g/km com gasolina."

    Uma barra de cereal pretinha, rs

    ResponderExcluir
  11. O melhor custo-benefício, sem dúvida, é o Move completo. O que as versões High, BWR, Cross e Speed oferecem a mais são adereços e perfumarias. Além disso, levam o Up a faixas de preço onde a concorrência é muito mais pesada. Qualquer versão que não seja a Move faz o Up não valer tanto a pena.

    ResponderExcluir
  12. Vários veículos de imprensa falaram dessa história dos pneus 14 e 15, que a diferença a favor das 15 era mt grande. Agora aparece no turbo, com comportamento mais arisco, pneu vai durar nada e n adianta ter 5 estrelas e crash test, veremos algumas batidas por isso. A vw deveria ter trocado o tipo do pneu pelo menos, ou trocar tudo por aro 15 logo. Inclusive o Notícias Automotivas já andou no carro e falou q o move TSI escorrega mais do q o desejado.

    ResponderExcluir
  13. Tenho um carro seminovo comprado por cerca de 70k, hoje vale em torno de 60k, mas fico muito tentado a trocar por esse up! TSi. Vocês não acham que o up! acabou ficando melhor que o Fox e o Gol?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Unknown, ficou melhor sim. É um projeto europeu contra 2 brasileiros, estes feitos visando o consumidor brasileiro menos crítico quando a assuntos relacionados á segurança. Tanto q o up, com toda a sua vantagem diante dos irmãos mais caros, foi um erro. A vw, botando um carro mais avançado, n pode ter suas vantagens completamente expostas por um vendedor pois sem querer colocaria os irmãos num degrau abaixo em termos de segurança. Deveria fazer como a Ford fez com o Fusion e New fiesta, lançando o irmão maior antes do menor pra dar mais status pro Fiesta. Um carro com posicionamento do fiz deveria ter a tecnologia do up pra aí sim estendê-la para os modelos mais baratos, o consumidor valorizaria mais. Nisso tudo, o consumidor q entendi sobre a tecnologia do carrinho é o único q sai ganhando, pois a marca em si fez muitos erros com o modelo.
      Abs, espero ter ajudado.

      Excluir
    2. Como ex-dono de Gol G5 e atual dono de Up!, eu digo: ficou BEM melhor sim do que Gol e Fox.

      O Up! é menos cansativo do que o Gol em viagens longas, com bancos bem mais confortáveis e maior silêncio interno.

      Particularmente, prefiro mil vezes a posição de dirigir do Up! do que a horrivelmente alta do Fox. Ela é mais alta do que no Gol, mas mais baixa do que a do Fox...

      A rodagem é firme, tal qual Gol e Fox, mas menos áspera. Sinal de como a plataforma NSF é superior à PQ-24, fora a rigidez torcional bem maior.

      E meu ex-Gol tinha uns grilinhos meio chatos nas portas depois de 1 ano de uso, coisa que não acontece no Up!.

      Gol e Fox já eram. A plataforma PQ-24 já não é mais usada na Europa há muito tempo. São carros que já pedem uma nova geração...

      Excluir
    3. cara, tive 2 fox, realmente a altura e a rolagem da carroceria são irritantes ao extremo...

      Excluir
  14. A primeira foto é um Move-up básico com rodas de alumínio 14" ou é a versão de entrada com calotas "bristol"???

    Concordo que as rodas 15" são mais adequadas ao desempenho do carro, mas a High-up por R$ 3,5mil ficou muito caro.

    Outra coisa é que o UP TSi deveria vir com ESP de série... igual Ford KA 1.5 SEL (105cv).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ESP devia ser de série em todas as versões,inclusive a Take.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Vou ser cincero, tou esperando o gol 2017 por conta disso. Tem uma série de tetalhes (e agora incluindo as rodas) que não faz sentido não ter vindo de fábrica. O up!, segundo o Carlos4carros, dá mais lucro que se a vw tivesse continuado com o Gol. Mas por enquanto ESP, rodas melhores e mais outras coisas importantes que alguns citaram aqui não estão no pacote, infelizmente.
      Creio que nesse novo Gol virão. Porém o que me preocupa é que o preço do up!, quando sobe, é quase 2000 reais a mais a cacetada!

      Excluir
  15. Como gosto de esportivos, acho o Speed UP! o melhor custo-benefício. Creio q nenhum esportivo vendido no país hoje ofereça tanto pelo preço do Speed. Qdo o Sandero RS chegar, veremos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda que eu ache q não tem q ficar comparando um com o outro. Ado ado ado cada um no seu quadrado.

      Excluir
    2. E vocês fanboys estão achando mesmo que o Up! TSI é um esportivo?
      A inserção do motor 1.0 Tsi é com finalidade clara em eficiência energética, pois o Up! já tinha um certo desempenho por conta do baixo peso, com o Tsi o que já era econômico, ficará melhor ainda.

      Excluir
  16. Só sei de uma coisa: to negociando o meu TSi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso consiga uma boa negociação, nos avise, pois do jeito que o mercado está, estão querendo lucrar em cima de qualquer coisa na concessionaria.

      Excluir
    2. Vou orar antes de chegar na concessionária do meu estado. Vai ser um puta jogo de xadrez só pra conseguir o preço de tabela nessa... Nesse up!

      Excluir
  17. na brasilwagen em sp estao vendendo o Move UP TSI + pacote MOVE de 1000,00 que seria por 44490,00 por 42.900,00 desconto de R$ 1.590,00.

    Nao compensa a versao Cross TSI?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei o meu na Brasilwagen da avenida adolfp pinheiro em sp, move up tsi com pacote de rodas, sensor de ré, farois de neblina, tapetes personalizado, insulfilme e revestimento em couro no volante, tudo isso por 42.990,00...

      Excluir
  18. há quem diga que aparência não é importante, discordo, pela pouca diferença de preço e um design muito superior, o Cross Up é o melhor de relação custo x benefício.

    ResponderExcluir
  19. Comprei um cross up Tsi. Desde que vi pela primeira vez, gostei. Quanto ao preço, menor que os da concorrência e que não prometem tanto. Acho que a tecnologia do up deixou os carros pequenos de 4 cilindros obsoletos de repente. Dei em troca, parcialmente, um peugeot 208 griffe. Não me arrependo. É mais fácil tratar com a VW do que com s peugeot e cia.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.