Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Jetta 2015 Trendline 2.0 automático: preço e consumo

Categorias: , , , 112 Comentários

A Volkswagen do Brasil já está oferecendo em suas autorizadas a nova versão de acesso do Jetta 2015, a Trendline 2.0 Flex Automática, que tem preço único sugerido de R$ 69.990 reais, e não tem opcionais.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

O Jetta Trendline 2015 não oferece opcionais, mas seu pacote de itens de série é bem competitivo, sobretudo se confrontado com o Corolla GLi 1.8 Flex, seu principal concorrente.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

O Jetta vem com "Keyless" - sistema de alarme com comando remoto, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, 4 airbags (2 frontais com desativação do lado do passageiro e 2 laterais nos bancos dianteiros), sistema de som com 4 alto-falantes e 2 twiteers, Ar-condicionado com regulagem mecânica "Climatic".,

Novo VW Jetta 2015 Trendline

O Jetta Trendline tem também banco traseiro com 3 apoios de cabeça - bipartido e rebatível (1/3 e 2/3), direção hidráulica, display multifuncional com computador de bordo, espelhos retrovisores externos aquecíveis e com ajuste elétrico com luzes indicadoras de direção integradas e fixação da cadeirinha de criança com sistema ISOFIX.

Novo VW Jetta 2015 Trendline - sistema de som

Há também rodas de liga leve Aro 16" - "Sedona" com pneus 205/55 R16, rádio RCD 320G com Bluetooth, CD-Player, entrada USB e AUX-In e vidros dianteiros e traseiros elétricos.

Toyota Corolla GLi 2016

O Corolla GLi 1.8 Flex, porém, leva vantagem no número de airbags, pois oferece 5 airbags (todos os 4 do Jetta e mais 1 airbag de joelho).

Toyota Corolla GLi 2016

Além disso, o japonês vem com rodas de aço com calotas e também não tem sistema de som.

Mecânica

O Jetta Trendline 2015 adota um motor 2.0 8V Flex de 120 cv (A) / 116 cv (G) e torque de 18.4 Kgfm @ 4.000 RPM - 17,7 Kgfm com etanol.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

Esse motor está associado sempre a uma transmissão automática de seis marchas, com tiptronic, que permite trocas sequenciais por meio da alavanca.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

Trata-se de um propulsor com muito torque em baixa rotação que dá agilidade ao modelo em trânsito urbano e em ultrapassagens, mas que, por sua concepção já datada, apresenta baixa eficiência, visto que há no mercado motores mais eficientes que oferecem melhor desempenho e menor consumo.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

O quadro abaixo traz os resultados de desempenho e consumo obtidos pela Revista Quatro Rodas em teste comparativo na edição de maio de 2015.

Modelo0 a 100 Km/h80 a 120 Km/hConsumo cidade (G)Consumo estrada (G)
Jetta 2.0 Flex Automático13,39,710,412,8
Corolla 1.8 Gli Flex Automático10,171114,7
Cruze 1.8 Flex AT11,78,71013,3

Como fica claro, o Toyota Corolla GLi, com seu motor VVT-i Flex oferece desempenho 25% melhor que o Jetta, e ainda assim é 6% mais econômico em cidade e 15% menos gastador em estrada.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

É importante considerar que o Jetta 2015 nacionalizado adotará no lugar do motor 2.0 8V Flex, o motor 1.4 TSI Flex, que será usado no Golf nacional. Essa novidade deve aparecer apenas no segundo semestre, mas não está claro se a versão Trendline usará tal motor.

Preço abaixo de R$ 70 mil - isenção total de ICMS e IPI para PCD

O Jetta 2.0 Trendline ainda não pode ser comprado por PCD - Pessoas com Deficiência - que usufruem de isenção de ICMS e IPI, pois o mesmo é importado do México.

Novo VW Jetta 2015 Trendline

Entretanto, caso tal preço seja mantido na versão nacional, o modelo se tornará uma opção interessante para esse importante público.

Conclusão

O Jetta 2.0 Trendline 2015 automático oferece uma interessante relação custo x benefício, visto que, pelo preço do Corolla GLi, tem uma lista de itens de série mais robusta e mais itens de segurança.


Entretanto, o modelo japonês tem um conjunto motriz mais moderno, que o faz ter melhor desempenho com menor consumo.



Ficha Técnica - Jetta Trendline 2015 2.0 Flex Automático

DESEMPENHO (Dados do Fabricante - medições ao nível do mar)
  • Aceleração de 0 a 100 km/h 10,6s (E) / 11,3s (G)
  • Velocidade máxima 200km/h (E) / 197km/h (G)
MOTOR
  • Cilindrada 1.984 cm³
  • Potência líquida máxima 120 cv (E) / 116 cv (G) - 5.000 rpm
  • Torque líquido máximo 18,4 kgfm (E) / 17,7 kgfm (G) - 4.000 rpm
FREIOS
  • Dianteiros Disco ventilado
  • Traseiros Disco
PRINCIPAIS DIMENSÕES
  • Comprimento 4.659 mm
  • Distância entre eixos 2.651 mm
  • Largura 2.020 mm
  • Altura 1.473 mm
PESOS
  • Em ordem de marcha 1.305 kg
  • Carga útil máxima 514 kg
COMPARTIMENTO DE CARGA
  • Compartimento de carga 510 l
DIREÇÃO
  • Direção Hidráulica
TRANSMISSÃO
  • Transmissão Automático Tiptronic - 6 velocidades
RODAS E PNEUS
  • Rodas 6,5J x 16
  • Pneus 205/55 R16
RESERVATÓRIO DE COMBUSTÍVEL
  • Reservatório de combustível 55 litros

Postagens relacionadas:

112 comentários:

  1. O Corolla GLi oferece 5 airbags, mas a Toyota resolveu tirar alguns mimos do veículo sem explicação. O conjunto mecânico do Corolla é muito superior ao do Jetta nessa configuração. Faltou mencionar o seguro também, visto que do Corolla é um dos mais baratos do segmento.
    Comparando os modelos de entrada, vou de Corolla. Nas versões topo, vou de Jetta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No fim das contas eu acho que iria de Jetta, o Corolla mesmo tendo um conjunto mecânico muito superior deve em alguns equipamentos que eu considero importantes para um sedã médio.

      Excluir
    2. Alex Kidd,
      ESP, ASR, som e rodas de liga leve por exemplo, itens que estão presentes nesse Jetta Trendline e que não existem em um Corolla GLi. Eu quase comprei um Corolla XEi mas acabei ficando de Golf Highline pelos itens de série, segurança, acabamento e desempenho.
      Abs.

      Excluir
    3. Únicos equipamentos importantes que vc citou é o esp e o asr.

      Excluir
    4. Mas para um carro de mais de 60 mil reais eu considero extremamente importante vir com roda de liga leve e rádio pelo menos.

      Excluir
    5. E outra....direção elétrica não é importe pra vc?

      Pasme.. Esse Jetta tem direção hidráulica...

      Excluir
    6. Sim, é importante. Mas tem coisas nesse mundo que não da para aceitar e uma dessas é pagar mais de 60 mil em um sedã médio que não tem roda de liga leve e rádio de série, coisas que até um carro popular hoje em dia já tem. Enfim, cada um pensa de uma forma.

      Excluir
    7. Tem sim uma coisa que considero importante em um sedã, que no Corola não tem nem como opcional na versão em nenhuma versão, que é o sensor de estacionamento. No caso do Jetta esse item vem se série atrás e na frente em todas as versões.
      Outra coisa importante é o Porta Malas. Que no Corolla tem 470L e no Jetta 510L, não parece, mas é uma diferença e tanto. Só pra deixar claro até o Voyage tem o porta malas maior(480L) e conta com sensor de estacionamento de série a partir da versão Highline e opcional em todas as versões!

      Excluir
  2. So uma dúvida : esses números de aceleração são com gasolina? Se sim, quanto deve fazer com álcool? Tô pra dizer que o VVTi 1.8 é mais rápido que a versão 2.0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Com gasolina. 4 Rodas agora só testa com gasolina.

      Excluir
    2. É verdade, o Novo Corolla 1.8 automático chegou a fazer 0-100 em menos tempo que a versão 2.0 automática, salvo engano, no teste do Carplace. Provavelmente adotam outra relação. Entretanto, no dia a dia, em rotações mais baixas, ou nas viagens, o maior torque do 2.0 acaba garantindo mais conforto.

      Excluir
  3. Só para constar:
    Jetta AP 2.0 Flex mais econômico em cidade que Cruze 1.8, que tem motor 1.8 16V Econo.Flex...Bem "muderno" esse motor do Cruze...heim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse motor do Jetta mesmo sendo 2.0 e com 120 cavalos, não é a versão AP... Certo?

      Excluir
    2. Alex Kidd,
      Esse motor se não me engana é o EA113 2.0 8v, ele é praticamente um AP-2000 do Santana. Posso estar errado e se eu estiver me corrijam por favor.
      Abs.

      Excluir
    3. sim, esse motor deriva do AP.

      Excluir
    4. sim, esse motor deriva do AP.

      Excluir
    5. Sim, esse motor é o famoso AP-2000 do Santana e do Gol GTI (quadrado). Ele apenas recebeu atualizações e virou flex. Não é um motor ruim, apenas antigo.

      Excluir
    6. bem menos potente tb... 1.0 é mais economico tb... ué

      Excluir
  4. O Corolla está em vantagem agora com o motor melhor.
    Mas se fosse pegar um caro até 70k, pegaria o Jetta, pois o Corolla de calotosas e sem som e sem sensor de estacionamento no way.
    Fora que o Jetta tem TSFP no IIHS. Já o Corolla não.
    Agora, quando a vw colocar o 1.4 TSI Flex no Jetta...ai vai apavorar o Corolla...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jetta apavorando Corolla? Na pista pode ser que sim mas em vendas jamais. Mas eu concordo com você, ficaria de Jetta também.
      Abs.

      Excluir
    2. Concordo que a Toyota não deveria ter tirado esses mimos. Injustificável. Mas são 3,2 s de diferença de um motor para o outro, é muito. Ainda acho que na versão de entrada, mesmo com menos equipamentos, mas com um conjunto mecânico mais rápido e econômico, o Corolla é sim melhor opção. O câmbio CVT deu outra vida ao médio da Toyota. Se comporta muito melhor que o Nissan, por exemplo. Som, rodas, e etc dá até pra passar sem ou colocar um paralelo (mesmo que não seja o ideal, diga-se de passagem). Vou no melhor acerto mecânico e confiabilidade do japonês.

      Já na versão topo, o TSi dá o troco no Altís, com um conjunto mecânico invejável. Aliás, esse VVTi 2.0 não faz o menor sentido.

      Quando o Jetta vier com motor 1.4, acredito que vai andar pouco mais que o VVTi 1.8, mas nada absurdamente diferente, talvez 1s no 0 a 100 km/h e um pouco mais nas retomadas. Como não existe almoço grátis, isso terá um custo adicional, tenha certeza.

      Excluir
    3. O que optar por um Jetta com motor préjurassico do Santana
      vc endoidou-se

      Excluir
    4. "Na pista pode ser que sim mas em vendas jamais. Mas eu concordo com você, ficaria de Jetta também."

      Não se esqueça que no nome "Corolla" em vendas mundiais computam diversos carros, desde o Corolla Axio japonês, ao Corolla Hatch, corolla do Brasil e etc.

      E o Jetta é o 11º carro mais vendido do mundo sem subterfúgios...
      Nos EUA Corolla vende 3 vezes mais que o Jetta.
      Mas na Europa, o Jetta vende uma 10 vezes mais que o Corolla.
      Então vamos devagar com o andor.

      Jetta pode sim vender mais que o Corolla. Basta ter preço e disponibilidade. O Jetta jamais teve disponibilidade no Brasil, pois era importado do México.
      Agora vai ter...então...vamos ver o Jetta subir.

      Excluir
    5. Alex Kidd, desempenho não é apenas 0-100, mas sim retomadas e regime de torque. Tem motores que são muito bons em alta e péssimos em baixa e isso prejudica o conforto, por exemplo.

      O Corolla 2.0 é bem mais agradável de ser dirigido, pois o torque é claramente mais abundante, mesmo em rotações mais baixas. O 1.8 em alta é ótimo, mas em baixa é claramente mais fraco que o 2.0.

      E sobre o 1.4t no Jetta, não tem nem comparação com o 1.8VVTi, pois o torque aparece muito antes do 1.8 do Corolla e se mantém assim por ampla faixa de rotação, oferecendo um desempenho bem mais agradável, além de retomadas muito mais vigorosas, em qualquer situação.

      Excluir
    6. Como comentei em outro post, não é só isso (desempenho, capacidade de vendas e etc. ) que faz o sucesso do Corolla. A manutenção dele é mais barata que do Fox 1.6, por exemplo . Se bobear, se gasta o mesmo para manter um up! e um Corolla GLi. O valor do seguro também é menor. O carro é mais econômico (sedan médio, automático, que faz de 0 a 100 km/h em10s, fazendo quase 15 km/l é excelente). O atendimento na concessionaria é bem melhor, enfim. Tem uma série de fatores aí.

      Excluir
    7. Felipe, se você dirigir os dois carros com câmbio CVT, sem saber qual é qual, duvido você descobrir qual é o 2.0. O VVTi também é muito bom em baixas rotações. Em retomadas as diferenças também são mínimas.

      Segue os números do Carplace :

      Corolla XEi -
      40 a 100 km/h - 6,9s
      80 a 120 km/h - 6,6s

      GLi 1.8 CVT
      40 a 100 km/h - 7,4 s
      80 a 120 km/h - 6,8 s

      Claro que o 1.4T andará mais, sem dúvida. Só disse que a diferença não será gritante como hoje é do 1.8 em relação ao 2.0 8v.

      Excluir
    8. Tem uma série de fatores, sem dúvida. Entretanto, já dirigi Corolla 1.8 e 2.0 e também Civic 1.8 e 2.0. Em ambos os casos a diferença é bem perceptível, especialmente na cidade e/ou com o carro carregado.

      O 1.8 usa relação mais curta justamente para tentar manter bom torque em baixa, mas não tem a disposição do 2.0, que funciona mais "folgado". É clara a diferença de um para outro, especialmente em baixa. No caso do Civic, a diferença é ainda maior, pois o 1.8 demora para acordar, deixando claro a superioridade do 2.0 aspirado, em termos de conforto.

      Claro que o 1.8 atende em ambos os casos, mas o 2.0 é melhor e por isso Toyota e Honda mantém os dois. O 2.0 é claramente melhor para qualquer pessoa, mas o ideal mesmo seria um motor turbo de menor cilindrada, assim conseguiriam garantir ainda mais conforto.

      A Honda já confirmou o 1.5t para a próxima geração do Civic, espero que tragam para o Brasil.

      Excluir
    9. Concordo com você em relação ao Civic. O motor 1.8 da Honda é claramente mais fraco em baixas rotações, mas sem comprometer. Já o Toyota é bem melhor e para o consumidor médio (não têm a mesma percepção de desempenho que nós) não se nota a diferença de 1.8 e 2.0, além de claro, o motor menor ainda ser mais econômico.
      As japonesas mantém o motor 2 litros apenas por uma questão de mercado. O brasileiro que compra um sedan médio quer dizer que tem um 2.0 na garagem. Na verdade, essa cilindrada é exclusiva do Brasil, e nem nos EUA o 2.0 faz falta.

      Excluir
    10. Bom, no Brasil, esses dois carros representam muito mais que nos EUA, por isso os motores mais fortes aqui. O consumidor médio desses sedãs é bastante conservador, não estica marcha, não pisa fundo, quer andar a 1500rpm e ainda quer que o carro responda muito bem. Concordo que o 1.8 atende perfeitamente, mas considero mais agradável(confortável) o 2.0 e não sei se o consumidor médio não notaria,

      Excluir
    11. Carlos, errado. O Jetta não vende 10x mais que o Corolla na Europa.
      Em 2013 o Corolla foi o 90° e o Jetta 80°.
      Ja em 2014, com a nova geração, Corolla 69°e Jetta 89°.

      Excluir
    12. Fonte: http://focus2move.com/100-best-selling-cars-in-europe/

      Excluir
  5. Esse carro com este motor é um aborto. deveriam oferecer logo o 1.4 flex. se não inventarem de enfiar o 1.6 16v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To pra dizer que o 1.6 16v andaria igual e beberia menos que esse 2.0 8v.

      Excluir
    2. Concordo, até mesmo o 1.6 16v garantiria melhor consumo e desempenho. O exemplo disso é a Saveiro Cross, que pesa pouca coisa a menos que esse Jetta e tem desempenho infinitamente superior, mesmo possuindo maior arrasto, especialmente por ter um teto mais alto e caçamba.

      Pode ter certeza que os números de desempenho seriam melhores com o 1.6 16v. Entretanto, a sensação de torque em baixa seria inferior, pois esse antiquado motor 2.0 ainda passa uma sensação de muito força em baixa, especialmente quando se dirige na cidade, ainda que tenha a característica de "morrer em alta".

      Talvez não utilizem o 1.6 16v em razão dos clientes conservadores, que preferem levar pra casa um motor DOIS PONTO ZERO.

      Excluir
    3. Pois é. A mesma coisa acontece com o Corolla. Não é preciso o motor 2 litros, o 1.8 daria e sobraria para a versoes de entrada e intermediária (podia ter como opção ao 2.0), mas o cliente quer. Acho que o Toyota podia ter o motor 2.7 no Corolla Altis e o 1.8 no XEi e GLi.

      Excluir
  6. 17 é muito torque ? muito torque é acima de 30 meu filho... O Jetta é show se não fosse esse motor jurássico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende em que rotação ele vem. Cara, sério, já andei nesse Jetta, e rodando na cidade ele não parece ter só 120 cv. É o mesmo que acontece no 1.6 8v. O problema é quando se precisa acelerar para ganhar mais potência. O motor simplesmente "morre" e não desenvolve. Pra uso urbano é até suficiente, mas passou da hora do Jetta ter um motor mais moderno.

      Excluir
    2. O número absoluto de torque significa pouca coisa, pois o HR-V, por exemplo, tem menos torque e anda bem. O mais importante é a curva de torque e potência, o funcionamento prático do motor.

      Na verdade, o torque é de cerca de 18kgfm, mas realmente o Jetta fica amarrado com esse motor antigo e ultrapassado. O 0-100 em 13,3s e a retomada de 80-120km/h em 9,7s são números bem ruins, chegando a perder para o já lerdo Cruze. Entretanto, ainda anda muito mais que o Renegade 1.8 flex automático, que é super moderno e faz 0-100 em 15,3s e 80-120 em 11,6s!!! rsrsrsrsrs


      Se o Jetta já é manco, imagine o Renegade. Só uma pimentinha para os fanboys da Fiat que tanto defendem o desempenho do tal Renegade 1.8 flex automático.

      Excluir
    3. Felipe, o Renegade manual faz de 0 a 100 km/h em pouco mais de 12s. Quem sabe se o câmbio fosse um automatizado de dupla embreagem, o Jeep tivesse um desempenho pelo menos aceitável.

      Excluir
    4. Jetta só se for o TSI.
      Quem paga 70 nisso daí paga 74 em um Golf e leva MUITO MAIS CARRO.

      Excluir
    5. Não sou fã boy da Fiat / Jeep; pelo contrário. Mas, levando em consideração que o Jetta tem maior cilindrada e menos peso que o Renegade, deveria ter melhor desempenho, o que mostra que a VW cometeu o mesmo erro. Apenas para constar, o 0-100 do Renegade 1.8 AT aferido pela Carro foi de 13,9 s.

      Excluir
    6. Renegade manual faz de 0 a 100 km/h em pouco mais de 12s.

      O Renegade manual fez 12,5 com etanol. Ninguém usa etanol. Com gasolina fará em 14, o MT. com gasolina fica 1.5 s mais lento.
      E o Renegade AT fez em 13,9s na Carro. Também com etanol. Com gasolina fará nos mesmos 15,3 da 4 Rodas.
      E outra. MT por MT, pelos R$ &5k do Renegade MT, melhor ficar com o 2008 Turbo.
      Mas na boa, o comprador desse carro não compra carro MT.

      Excluir
    7. Não sou fã boy da Fiat / Jeep; pelo contrário. Mas, levando em consideração que o Jetta tem maior cilindrada e menos peso que o Renegade, deveria ter melhor desempenho, o que mostra que a VW cometeu o mesmo erro. Apenas para constar, o 0-100 do Renegade 1.8 AT aferido pela Carro foi de 13,9 s.

      Excluir
    8. Apenas para constar, o 0-100 do Renegade 1.8 AT aferido pela Carro foi de 13,9 s.

      Fez 13,9 com ETANOL. Coloca gasolina e fará nos mesmo 15,3s da 4 Rodas, que testou com gasolina.

      Excluir
    9. Isso não muda o fato de que a VW cometeu o mesmo erro.

      Excluir
    10. O Renegade automático testado pela mesma revista, na mesma pista, com gasolina, fez 0-100 em 15,3s!! Ou seja, um Renegade 1.8 flex automático anda muito menos que um Jetta 2.0 flex automático, que já é um carro amarrado.

      Excluir
    11. Falei um pouco mais de 12s pois não sabia o número exato. De qualquer modo, acho que um câmbio de dupla embreagem melhoraria o desempenho do Renegade.

      Excluir
    12. O erro da Jeep não é só o motor sub-dimensionado. É a falta de competência para fazer um carro leve e resistente.
      Se o Uno Way Renegade pesasse 250 Kg a menos, ele estaria fazendo 0 a 100 em 13,3 segundos, como o Jetta, e seria bem aceitável.
      Lembrando que o Jetta tem 120 cv e Renegade 132, mas o Jetta é 2s mais rápido no 0 a 100 Km/h.
      O jetta AP 2.0 é 2 segundos mais rápido que o Renegade no 0 a 100 Km/h.

      Excluir
    13. Um câmbio de dupla embreagem ajudaria, assim como ajudaria também o Jetta, mas, em ambos os casos, não faria milagre.

      Excluir
    14. O roto falando do mal vestido. O Jetta tem um motor 2 litros que anda praticamente a mesma coisa que um up!.

      Tanto no Jetta quanto no Renegade, está fazendo falta um 1.4T.

      Excluir
    15. Pois é, mas o Renegade ainda consegue ser muito mais manco que o Jetta, por incrível que pareça. De 13,3s para 15,3s há uma diferença bastante grande. Ambos são mancos, mas o Renegade conseguiu superar o limite do razoável com esse motor 1.8 e-torq em conjunto com um câmbio automático de 6 marchas convencional.

      Excluir
    16. "... O Renegade manual fez 12,5 com etanol. Ninguém usa etanol..."

      Moro em São Paulo e uso apenas etanol.

      Excluir
    17. O Renegade 1.8 flex automático, quando abastecido com etanol, faz 0-100 em cerca de 14s, tempo semelhante ao do Novo Ka 1.0 com este mesmo combustível.

      Excluir
    18. Alex Kidd:
      Também moro em SP e só uso etanol também. Estou pagando R$ 1,88 que é um valor que o torna vantajoso perante a gasolina.

      Excluir
  7. Focus,Civic,Corolla,408,,elantra,sentra todos esses dao um espanco nesse jetta!!! É uma brincadeira a vw oferecer um motor desse.
    Eu nao queria nem de graça. Agora a versao Tsi e outra conversa. Mas custa o olho da cara( prefiro uma SUV por ser mais alta)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva uma Kombi, pois tem 2m de altura, dá para tirar um ondinha.

      Excluir
    2. Mas levar um Renegade 1.8 flex automático, por 5mil a mais, que faz 0-100 em 15,3s, é compacto, tem menos espaço interno e menos porta-malas, tá tudo bem né?

      Excluir
    3. Pra mim, Renegade só se for a versão a diesel. Fora ela, vou de H-RV.

      Excluir
    4. Matheus Costa,
      Depende do ponto de vista, eu não trocaria esse Jetta Trendline por um Focus S 2.0 PowerShift, nem por um Civic LXS, nem por um Corolla GLi, nem por um 408, pelo Elantra sim eu trocaria mas o Elantra é muito caro e não compensa, pelo Sentra eu trocaria também. Concordo que eles espancam no desempenho mas e nos itens de série, modernidade do projeto, acabamento, espaço interno, confiabilidade etc? De graça eu queria e inclusive se eu fosse comprar um sedã médio e não tivesse mais de 70 mil eu escolheria esse Jetta.
      Abs.

      Excluir
    5. Já ajeitaram o problema do forro do teto do focus?

      Excluir
  8. Jetta só se for o TSI.
    Quem paga 70 nisso daí paga 74 em um Golf e leva MUITO MAIS CARRO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é precisar levar a família com porta malas e toda a tralha. Por isso existe o Jetta, que é versão Sedan do Golf.

      Excluir
    2. Com 70mil você leva um Golf automático?

      Excluir
    3. Alex Kidd,
      Sim, concordo mas devemos levar em conta que o Golf é uma opção muito melhor:
      * É mais equipado.
      * É mais seguro.
      * É mais econômico.
      * Tem um acabamento melhor.
      * Tem um desempenho melhor.
      Abs.
      Felipe,
      Não mas leva um carro muitíssimo superior ao Jetta Trendline.

      Excluir
    4. Sem dúvida, Acelera. Nem discuto as qualidades do Golf. O problema é não ter o espaço e porta malas que o Jetta tem. Se não, qual sentido teria em fazer o Golf Sedan se o hatch também atendesse esse público?

      Excluir
    5. A questão não é ser superior, mas sim atender a necessidade do comprador. Quem quer um carro com porta-malas grande e câmbio automático não tem vai querer um Golf VII, que é um veículo bem superior, manual e com porta-malas pequeno. Simples assim.

      Excluir
    6. Quem precisa de porta malas nem olha para o Golf. Por melhor que o carro seja não lhe será útil. Mesmo que fosse mais barato, ainda seria inadequado.

      O Jetta tem um excelente porta malas, mas ainda deixa a desejar pelo conjunto cambio/motor que está ultrapassado. Acho que vale a pena esperar pelo Jetta 1.4 TSi.

      Excluir
  9. Por esse preço aí, sem dúvida iria de Golf comfortline p/ casa, pagando um pouco mais, mas levando muito mais carro! Daqui a pouco tem Gol básico na casa dos 70k tbém! Devem estar vendendo a rôdo!!! Onde vamos parar c/ esses preços extorsivos???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tem, e o nome é Space Cross.

      Excluir
    2. ERICK Ribeirao Preto,
      Depende, se você precisasse de porta-malas e espaço interno não levaria não. Mas concordo com você, caso o consumidor não precise de espaço interno o Golf é uma opção bem melhor.

      Excluir
    3. E nem queira o câmbio automático. São 2 questões fundamentais: Tamanho do porta-malas e câmbio automático. Claro que EU iria de Golf, mas muitos não teriam como ir de Golf, pois tem outras necessidades e/ou prioridades.

      Excluir
  10. Tive a oportunidade de conduzir esse jetta 2.0L e no geral, gostei do desempenho, a ponto de afirmar que está ok para rodar em ciclo urbano, com boa disponibilidade de torque em baixas rotações.

    O problema do jetta ao meu ver, é o seguro bem salgado para categoria, além da manutenção (peças de funilaria costumam custar os olhos da cara).

    Tirando isso, teria um sem problemas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SDS SP,
      Como sempre fazendo bons comentários! Sim, o desempenho desse Jetta é muito satisfatório em ciclo urbano porém numa rodovia deixa a desejar, principalmente em altas rotações ou em ultrapassagens que exigem velocidades mais altas. Mas mesmo assim se eu fosse comprar um sedã médio de até 70 mil ele seria a minha escolha por ter itens de série essenciais como ESP/ASR.
      Abs.

      Excluir
    2. Obrigado, NDA.
      Achei o desempenho do motor Ok, nada que vai empolgar aqueles que gostam de pisar. Considero que o desempenho seja só um pouco inferior ao do Cruze (Sou proprietário indireto de um), mas nada de tão gritante.

      Excluir
  11. Acho que iria de Corolla apenas devido a revenda que seria bem mais fácil,mas o Jetta é bem mais interessante,sem dúvida,já em relação a Jetta 1.4,iria vender bem,acho que passaria do Cruze facil,mas não chegaria no Corolla e nem no Civic.

    ResponderExcluir
  12. Nunca compraria este carro,além de vir com motor Ap tem direção hidráulica...aff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas comprar um carro de 70.000 SEM RÁDIO (!!!!) 📻 e com CALOTAS, beleza, não é? Pelamor....

      Excluir
  13. Decisão difícil, com 70k na mão, só se eu NECESSITASSE e MUITO de espaço e porta malas para levar esse Jetta, por que, nos concorrentes diretos de preço, ele me parece melhor, acho difícil levar coisa melhor em matéria de sedan por 70k.
    MAS... Lembremos que daqui há algum tempo, provavelmente teremos o Jetta 1.4T que é a melhor escolha e dependendo do preço, tornar-se-a o melhor custo beneficio da categoria, do contrário, esse troféu ainda será do Sentra, que seria meu primeiro pensando levando os motivos que citei acima, até por que já vi preços de Sentras completos na faixa de 71k.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, eu aposto 80 mil iniciais no Jetta 1.4T.

      Excluir
    2. É, não discordo muito de seu pensamento.
      A VW está trazendo, meio que aos poucos, bons motores e tecnologias para o nosso país, só é uma pena cobrarem de mais por isso.

      Excluir
  14. Não entendo os comentaristas deste Blog, quando é um veículo da FCA, que tem um desempenho ruim, desem a lenha, mas quando é um VW, opa! aí é aceitável.
    Estão dizendo que no ciclo urbano ele tem um bom torque e anda bem, mas vem cá, carro sedan não é para pegar a estrada não?? Não é para lotar o porta malas com malas, e viajar não??
    Eu tenho um Hatch para rodar na cidade e um Sedan para viajar.... será que estou errado??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha percepção do carro foi apenas na cidade (desempenho ok, nada de espetacular, mas longe de ser manco). Não posso opinar com relação ao ciclo rodoviário.
      Foi apenas uma impressão minha, diferente de muitos que criticam sem ao menos ter conduzido um.

      Para viagens, faço uso do tão criticado Cruze LT automático, que de fato, não é as mil maravilhas, mas para quem não liga para desempenho, está de bom tamanho.

      Excluir
    2. Apesar de tudo que dizem, não acho o Cruze tão ruim, única queixa contra ele é o fato da Chevrolet continuar usando um motor antigo. OK que ele é mil vezes mais aprimorado que o original, mas se nos EUA já tem 1.4T, por que não aqui?
      Acho que o problema dos "pilotos de youtube" é que se não tiver um bom 0-100 não vale a compra, dane-se a construção do carro, ou 5 estrelas em crash test, ou equipamentos de série, se não tem um bom 0-100 não vale.

      Excluir
    3. Não entendo seu comentário, pois vários aqui criticaram o desempenho desse Jetta, que faz 0-100 em 13,3s com gasolina, número 2 SEGUNDOS melhor que o do "moderno" Renegade 1.8 flex automático, que parte de 75mil reais, que fez 0-100 em 15,3s quando abastecido com gasolina.

      Ou seja, a fanboyzada do Renegade, que estava elogiando e dizendo que o desempenho da versão 1.8 flex automática é totalmente suficiente, só não estão aqui criticando porque há pouco tempo estavam lá, elogiando o desempenho do Renegade e dizendo que "nem todo mundo compra carro pra CORRER".

      É importante frisar que se o Jetta já é fraco em desempenho, o Renegade é MUITO pior, pois 2 segundos a mais no 0-100 é MUITA COISA.

      Sabe o que é engraçado, Gomes? Que os mesmos que sempre desciam o pau no "Jetta com motor de Santana", dizendo que não dá para levar pra casa um carro tão manco, estavam lá nas notícias sobre o Renegade dizendo que o desempenho era totalmente suficiente, mesmo sabendo que este é BEM pior que o do Jetta.

      O desempenho do Jetta automático é ruim, um verdadeiro ponto fraco, ainda mais considerando que é um carro de 70mil, mas o do Renegade automático, que parte de 75mil, o desempenho chega a ser imoral e até inadequado para o uso em rodovia.

      Excluir
    4. Felipe, não estou defendendo o Jeep, na verdade aquele desempenho inferior ao Up é vergonhoso.
      Só que há uma contradição aí, o Renegade não tem proposta para uso rodoviário, já o Jetta sim.
      Só ratificando, Renegade automático flex, é um fiasco, assim como o Jetta 2.0( e lembrando que estou baseando em números apresentados aqui, nunca dirigi nenhum dos dois)

      Excluir
    5. Meu carro tem exatamente esse conjunto mecânico (VW 2.0 8V + TipTronic). É um Golf 2014 (modelo antigo), e o desempenho é excelente tanto em cidade quanto em estrada.
      E tenho amigos que têm o Jetta 2.0 AT e também o consideram excelente. Um deles, especificamente, elogia o desempenho do Jetta especialmente em estrada, com muito torque para ultrapassagens.
      Quem diz que o Jetta 2.0 AT, ou o Golf com tal conjunto, não tem bom desempenho são pessoas que não tem o carro e jamais o conduziram.
      Quem tem o carro acha o desempenho excelente.

      Excluir
    6. Não vi ninguém fervorozamente defendendo esse motor, pelo contario, estão todos criticando, uns mais outros menos e algumas ponderações. Alias em alto nivel até aqui.
      Porque além do mais a VW têm em casa dois motores para colocar com opção antes de 2.0 8v, o 1.6 16v msi e o 1.4 tsi...
      No caso do Renegade tinha muita gente alucinada defendendo com unhas e dentes o etorq. Talvez porque se olhar a prateleira, de fato não tinha o que fazer...mas é um tiro no pé que pode matar um carro.

      Excluir
    7. Pelo pouco que dirigi, achei adequado o desempenho na cidade, mas não excelente.
      Eu ainda prefiro o Cruze (sou suspeito para falar) frente a esse jetta de entrada.

      Excluir
    8. O Cruze Automático mais barato que existe é R$ 10 mil mais caro que o Jetta Comfortline. Sendo que o Jetta leva vantagem sobre o Cruze em : consumo em cidade, espaço interno, maior porta-malas, melhor acabamento, melhor comportamento dinâmico, estilo do Jetta mais bonito, sóbrio e elegante, Jetta tem mais estabilidade, mais conforto interno e é mais silencioso. O Jetta ainda desvaloriza muito menos que o Cruze e tem mais facilidade de revenda.
      O Jetta é muito mais prazeroso de ser conduzido que o Cruze, tem materiais de acabamento melhores, painel totalmente emborrachado (Cruze é em plástico). A manutenção do Jetta é mais barata, peças mais acessíveis.
      Tem inúmeras outras vantagens do Jetta sobre o Cruze....

      Excluir
    9. Esse sujeito só pode ser um vendedor de alguma css VW...rs
      Carlos, vou poupar meu tempo em não traçar uma réplica decente.

      Excluir
    10. Gomes,

      Depois de dois meses de espera, meu Up recebeu ontem a bomba nova de combustivel (em garantia), perfeito. O tanque tem que estar vazio para fazer a troca, perdi mais de 10 litros de gasolina boa e cara!

      O carro está muito bom, tenho andado muito em rodovia, muito seguro, ágil, não parece um 1.0 litro, na pista molhada excelente com os bons Hankook Optimo.

      Abraço

      Excluir
    11. Eddie, tanque vazio para trocar uma bomba?

      Só se a bomba sai por baixo, se troca até com tanque cheio, a CSS VW te passou a perna, o meu tinha mais de meio tanque e voltou com o mesmo nível.

      Excluir
    12. Eddie, tanque vazio para trocar uma bomba?

      Só se a bomba sai por baixo, se troca até com tanque cheio, a CSS VW te passou a perna, o meu tinha mais de meio tanque e voltou com o mesmo nível.

      Excluir
    13. Five,

      A retirada da bomba é por cima, perdeu-se gasolina pelo deslocamento do liquido, aconselha-se ter no máximo 1/2 tanque. Meu carro deveria ter entre 45-47 litros. Certamente não houve má fé ou ilícito, era um Css VW e não da Petrobrás! Abr

      Excluir
  15. Em varias midias constam que esse Jetta Trendline 2015 nao tem Controle de Tração e Estabilidade (ASR e ESP respectivamente)..

    Mas nas fotos acima, consta um botao acima do cambio escrito ASR OFF..
    e outros colegas disseram nos posts acima, q tb tem ESP..
    no site da VW nao consta nem um desses dois itens, somente na versao highline..

    alguem saberia me dizer o correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que eu saiba, o Jetta de entrada na possui esses itens. Será?

      Excluir
    2. mas repare no botao acima do cambio na foto acima, tem um botao escrito ASR OFF, entao parece que tem controle de tração ?

      Excluir
    3. eh sim amigo, repare o som da versao
      http://3.bp.blogspot.com/-3_dwfK2XE0Y/VUaIerMhElI/AAAAAAACHAg/HfHeSa0IPZk/s1600/VW-Jetta-Trendline-2015%2B(1).JPG

      (foto da pagina, tirada pelo car.blog)

      no site da vw, se vc der zoom no painel do jeta trendline, tb vai ter o botao ASR OFF

      Excluir
    4. se vc ver o video acima que o site postou ,tb gravou do jetta trendline, no tempo 9min20seg, da pra ver claramente o botao ASR OFF acima do cambio

      Excluir
    5. sim, segundo o site, realmente nao tem, mas acredito que seja erro do site em nao informar, pq acho dificil eles colocarem um botao escrito sem funçao..

      Excluir
  16. não bate corolla mas bate o civic de entrada

    ResponderExcluir
  17. Depois desse jetta de entrada ...he um forte candidato para eu troca o civic do meu velho por ele ...carro bom,conjunto mecânico razoável,espacoco,confortavel e bonito e de presença . agora a vw acertou

    ResponderExcluir
  18. Acho (baseado em dados técnicos) o Jetta um bom Produto mas gostaria de saber pq a Volks insiste neste conjunto Motriz. Se vacilar o novo motor 1.6 da própia fabricante (MSI) é até mais eficiente. Não vejo justificativa.

    ResponderExcluir
  19. Cada vez que leio um artigo desses fico mais satisfeito com meu Sentra 2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom ficar mesmo, pois só vai conseguir passá-lo pra frente com reza braba e aceitando ninharia.

      Excluir
  20. Alguém acha que a VW vai manter esse preço da trendline quando ela trocar o AP pelo 1.4 TSI?

    ResponderExcluir
  21. Se a VW colocar novo golf brasileiro 1.6 manual a 60 mil, esse Jetta quando for nacional vai estar uns 65 mil, se não depenarem o mesmo, vai ameaçar sim o Corolla GLI basicão!

    ResponderExcluir
  22. Vamos renovar os comentários, é verdade que esse Jetta Trendline, aumentou?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.