Car.blog.br

Pesquisar este blog

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual e AT - detalhes em vídeo

Categorias: , , , 31 Comentários

O Jeep Renegade será lançado este mês em versões com motor flex e tração 4x2 e transmissão manual de cinco marchas ou automática de seis, e também diesel 4x4 exclusivamente automática (detalhes aqui). O preço da versão Sport 1.8 Flex MT é de R$ 69.900 reais, enquanto o Sport 1.8 AT parte de R$ 75.900 (detalhes aqui).

Jeep Renegade 1.8 Flex

O vídeo a seguir traz detalhes internos das versões do Jeep Renegade equipadas com o motor 1.8 Flex com transmissão manual (Verde Commando) e Automática (Vermelho).



Jeep Renegade Flex 1.8 Automática

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

O Jeep Renegade na versão flex será equipado com o motor quatro cilindros Fiat E-Torq, com potência de 132 cavalos @ 5.000 RPM quando abastecido com etanol, e 130 cavalos @ 5.200 RPM quando com gasolina.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

O torque máximo fica em 19,1 Kgfm @ 3.750 RPM com etanol e chega a 18,6 Kgfm @ 3.600 RPM com gasolina.

Jeep Renegade Flex

Essa versão do motor Fiat E.Torq é chamada de EVO, pois recebeu alterações da Jeep para reduzir o consumo em 5% e distribuir melhor o torque.

Jeep Renegade Flex Automático

Mudaram cabeçote, pistões, válvulas e os coletores de admissão e escapamento e foi adotado variador do tempo de abertura das válvulas. A taxa de compressão subiu de 11,2:1 para 12,5:1.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

No caso da versão automática, esse motor estará associado a uma caixa automática convencional de seis marchas e opção de trocas manuais - na alavanca.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

Essa versão 1.8 Flex com transmissão automática, na configuração de acabamento Sport (mostrada nas imagens) tem preço estimado na casa de R$ 75 mil reais.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

Essas versões com motor 1.8 Flex adotam exclusivamente tração dianteira 4x2.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

A versão Sport traz bancos revestidos em tecido, ar-condicionado com comando manual, sistema multimídia uConnect, direção com assistência elétrica, volante com comandos multifuncionais revestido em couro, entre outros itens.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

O Jeep Renegade tem comprimento de 4,23 metros e distância entre-eixos de 2,57 metros.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático

O peso do Renegade Sport flex automático é em torno de 1.400 Kg.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático


Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático


Jeep Renegade 1.8 Flex - Automático


Jeep Renegade Flex 1.8 Manual

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual

A transmissão manual será oferecida exclusivamente na versão de acesso, Sport. Trata-se de um câmbio de cinco velocidades.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual

Esta versão tem preço estimado na casa de R$ 70 mil reais.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual

No que respeita aos equipamentos, não difere em nada da versão Sport 1.8 Flex mostrada acima.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual

Apenas o peso será um pouco menor, em torno de 1.380 Kg.

Jeep Renegade 1.8 Flex - Manual

O Renegade 1.8 Flex com transmissão manual, apesar de ser o modelo mais barato da linha, deve perder em vendas para o 1.8 Flex automático.

Postagens relacionadas:

31 comentários:

  1. Essa caixa automática não é o famigerado Dualogic não, não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que não! AT6 finalmente, só espero que isso chegue a outros modelos Fiat.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Espero que tenham entendido o tamanho da minha ironia.

      Excluir
  3. Um bom torque para um motor 1.8 o comando variável de válvulas fez bem ao motor fiat de ferro fundido.
    Poderiam colocar esse câmbio automático pra linha fiat tbm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que tem de pior neste Jeepinho é exatamente a caixa automática, uma bomba, motor trabalha em altíssima rotação.

      Excluir
  4. Não quero cair no "eu te disse", mas... Ele é mais equipado que o HR-V. Trocas de marcha na alavanca no Automatico [que o Honda só tem na versão de topo], volante multifuncional e central multimídia de série na versão de entrada. Ah, nada de calotas.

    ResponderExcluir
  5. Na minha opinião é uma opção melhor q o hr-v, fora que é um carro com capacidades off road verdadeiras, e é bem equipado.

    ResponderExcluir
  6. Na minha opinião é uma opção melhor q o hr-v, fora que é um carro com capacidades off road verdadeiras, e é bem equipado.

    ResponderExcluir
  7. Mais alto (maior atrito com ar) e mais pesado que o Línea. O consumo dever ser alto. Na aceleração e retomadas, deve sofrer. Especulações. Antes do lançamento, é importante os dados de consumo e performance.

    ResponderExcluir
  8. Se não divulgaram os preços das versões até agora, pelo menos pra tentar diminuir todo o frisson em torno do HR-V, é porque devem assustar. Entusiastas do jipinho: podem preparar seus bolsos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo quer saber o preço dos Diesel.

      Excluir
    2. O pior que eu achei um pouco barulhento o motor diesel no vídeo do carblog

      Excluir
    3. Sport 2.0 TDI: R$ 89k
      Longitude 2.0 TDI: R$ 98~99k
      TrailHawk 2.0 TDI: R$ 115k

      Fonte Jeep Caltabiano SP ...

      Excluir
    4. 90 mil o Sport Diesel e ele vai encalhar, se seguirem esses preços o HR-V vai nadar de braçada e a Jeep matou o carro antes de começar a ser vendido.

      Excluir
    5. Vocês tem que esquecer que esse carro é um Jeep, e não um Fiat, e isso se extende ao preço, ou seja, a julgar a realidade brasileira e sendo um legítimo Jeep, não vai ser barato, aposto que o amigo que disse Sport Diesel a R$ 89 mil está bem certo, e com opicionais vai para uns R$ 99 mil, podem apostar.

      Excluir
    6. Vocês não podem esquecer que esse carro é um Jeep*

      Corrigindo, postei do celular.

      Excluir
    7. Talvez o que segura o valor o Sport 2.0 TD é justamente a versão 1.8 Flex.
      Para custar entre R$ 80~85k, o Renegade 1.8 6AT deveria custar no máximo R$ 70k.
      Há um abismo de diferença entre a versão 1.8 Flex e 2.0 TDi: motor tecnologicamente muito superior, transmissão mais refinada; suspensão melhor adequada; diferencial mais robusto e confiável.
      Tudo isso é mais do que justificativa para se distanciar além de R$ 15k sobre o 1.8 Flex.

      E se vier nesse preço mesmo, acredito que suas vendas serão boas, mesmo que menores.

      Pessoalmente estou de olho na TrailHawk ...

      Excluir
    8. A jeep quer conquistar clientes de outros segmentos inclusive hatches médios. Aí temos um focus titanium e um golf high line entupidos de tecnologia, com motores super modernos e potentes pelo preço de um longitude 2.0 turbo diesel básico ou com um banco de couro, no máximo. Qual será o argumento?

      Excluir
    9. Hm... Não. Motor tecnologicamente superior? Sim, com certeza. Transmissão mais refinada? Não creio, ela só possui mais marchas, imagino que ambas partilhem da mesma tecnologia. Suspensão melhor adequada? Só se estiver falando do Trailhawk, porque as demais Diesel usam o mesmo esquema da 4x2 com mais carga em molas e amortecedores. Diferencial mais robusto? Poderia dizer isso se as à gasolina fossem 4x4 também, e mesmo assim a resposta seria "não".

      Excluir
    10. Até tive um interesse nesse jeep, mas andei pensando em quantos equipamentos e comodidades eu tenho em meu focus hatch, que não é titanium mas tem um pacote plus. Sempre enfrento buracos e ondulações no asfalto onde moro e vi nesse novo jeep uma excelente oportunidade andar menos preocupado coma suspensão. O acabamento, o design, o powertrain 2.0, a marca. .. Acho que tudo estará bem até a divulgação oficial dos preços, porque pelo visto serão pelo menos 90k numa versao sem muitos equipamentos e com bancos de tecido. Entendo que os preços tem seu fundamento (ou não) mas custo-benefício é inteligência.

      Excluir
    11. O maior pecado da Jeep foi não trazer o 1.4T Multiair.
      Esse casaria muito bem com o peso do veículo, além de um motor que permitiria melhor autonomia que o 1.8 EVO.

      O 2.0 TDi vai conquistar aqueles que buscam um modelo com pitada off-road, e essa clientela não é pequena.
      Porém, se for pelo quesito conforto e vida a bordo, o Renegade 2.0 TDi em qualquer versão não cumpre bem esse papel. O 2.0 TD é muito áspero e o desconforto da vibração invade a cabine. A suspensão não poderia ser macia, então, essa rigidez é transmitida para o interior do veículo.

      O Renegade 2.0 TDi tem grandes argumentos para vender: é um Jeep; nenhum modelo a diesel 4x4 oferece tanto por menos de R$ 90k; e serve tanto para estradas quanto para rodovias ....

      Excluir
    12. 9AT x 6AT permite configurações eletrônicas bem mais flexíveis.
      Num motor diesel pode "travar" o conversor de torque antes dos 1.500 rpm.
      Já num 6AT, isso não ocorre antes dos 2.500 rpm num motor com pegada mais esportiva.

      No mais, descrevi realmente baseado no TrailHawk.
      Nas versões Sport e Longitude 2.0 TD não há alterações na suspensão.

      Mas acreditar que entre o Renegade 1.8 6AT e o 2.0 TDi é separado por apenas R$ 5k é utopia.
      Pelo menos R$ 13~15k de diferença ...

      Excluir
  9. Que design externo horroroso! Motor velho e beberão da Fiat! E o pior, mesmo preço no 1.8 auto que o HRV cvt! A Honda agradece...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O design é jeep, feito não para agradar ou desagradar, mas perdurar. Sua identidade visual. Ao contrário de hondas, toyotas, hyundais, kias, vws que são descartáveis. Quanto ao preço da honda para câmbio manual é só para constar, não existirá nas revendas. A própria honda informou que ele representará 1% do mix de produção. Quer dizer, esse carro é apenas para colocar o tal "a partir de". E quem quiser requinte vai ter que pagar 90 paus na Hlx para contar com GPS, câmera de re´, etc. Mesmo assim não tenho a menor dúvida que o HRV vá bombar. Mas a maior vítima dele não será o jeep, serão civics, ecos, ix35 e sportage. Se a honda colocasse o 2.0 bateria também o tiguam.
      Não vejo como comparar o jeep e hrv, seus públicos alvos são distintos. E também porque a Jeep terá que primeiro fixar a marca, garantir um bom número de concessionárias, trabalho que a honda já fez e muito bem.

      Excluir
  10. creio que vai ser bem economico.... turbodiesel de 170cv e 9 marchas

    ResponderExcluir
  11. O comando do volante parou de funcionar ...como reconfigurar.

    ResponderExcluir
  12. O comando do volante do meu jeep renegade parou de funcionar, como reconfigurar.

    ResponderExcluir
  13. Acho que a maior parte que fala bem desta caixa automática deste carro nunca andou em veiculo automático de verdade, caixa de marcha automática que em baixa velocidade fica em três mil rotações sem passar uma marcha, motor se esgoelando quem ta fora pensa que estamos aprendendo a dirigir, aumentando o consumo, certas horas eu coloco no tip tronic e passo a marcha no manual, embora tenha pago um valor bem maior para utilizar o automático.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.