Car.blog.br

Pesquisar este blog

Montadoras preparam SUV´s para o Brasil nos próximos anos

Categorias: , , , , 14 Comentários

Nos próximos 2 ou 3 anos o consumidor brasileiro terá à disposição mais alguns SUVs urbanos. A Honda produzirá o Honda Vezel, a Volkswagen o Tiguan, a Peugeot o 2008 e a Mercedes, o GLA 250 que será o mais caro de todos e será fabricado em Iracemápolis no estado de São Paulo a partir de 2015.


Entretanto para quem não quer esperar poderá contar com a versão importada do GLA 250  à venda no Brasil no segundo semestre deste ano.


A expectativa da marca é que o GLA 250 seja o seu carro mais vendido superando o Classe A, B e CLA, uma vez que a tendência dos SUVs é planetária. O carro é robusto, tem tração 4Matic que lhe dá um ótimo desempenho off-road mas está longe de ser apenas um jipinho.


Externamente, as caixas de rodas salientes lhe dão um ar imponente e esportivo. Internamente pouco muda se o compararmos aos outros dois compactos da família: o hatch A e o sedã CLA que também serão produzidos no Brasil. Revestimentos com materiais de alta qualidade e maior espaço nos lugares traseiros serão os diferenciais embora 3 passageiros no banco de trás será um pouco desconfortável pelo menos para o que sentar no meio devido ao túnel central do piso.


O Honda Vezel o pequeno SUV da Honda que também estará sendo fabricado no Brasil a partir de 2015 será menor que o CR-V e maior que o Fit.


O Peugeot 2008 que chega às concessionárias em Outubro deste ano vem para concorrer com o Renault Duster e com o Ford EcoSport mas promete ser  25% mais econômico que eles.A Volkswagen por sua vez coloca no mercado brasileiro o VW Taigun em 2016 , derivado do Up! e que será o menor dos SUVs brasileiros.

14 comentários:

  1. Faltou falar do IX25 que já tem foto do exterior sem camuflagem é interior também...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também do Audi Q3, BMW X1, BMW X3, Mini Countryman, Range Rover Evoque e etc, que já são vendidos no Brasil, mas, futuramente, serão feitos por aqui. E faltou o Renault Captur na matéria.

      Excluir
    2. Também do Jeep Renegade , que eu acho mais interessante de todos

      Excluir
  2. Quero o Vezel ou o Taigun. O 2008 está muito bonito, mas a assistência da Peugeot é o problema.

    ResponderExcluir
  3. Compro carro com desconto por doença neurologica degenerativa até 70 mil (é pouco, Mantega!!!) e estou entre Corolla 18 automático o novo Fit EXL (♡tenho um 2008!) tava na hora ou eles fazem ou os coreanos fazem!

    ResponderExcluir
  4. sonho com 2008...mas tenho pesadelos ao tentar imaginar o preço!

    ResponderExcluir
  5. O meu único comentário sobre SUVs é o tamanho desses veículos.

    O nome diz que é um esportivo utilitário só que a maioria das pessoas usam com um único passageiro dentro da cidade entupindo o trânsito. O motorista tem a sensação de segurança porque está dentro de um carro grandão. Eu fico pensando o que aconteceria com as grandes cidades se o carro mais vendido do Brasil fosse a Dodge Ram 2500.

    Smart, Fiat 500, Uno, UP!, JAC J2, Cherry QQ, Picanto, Celta. Esse tipo de veículo faz sentido para o transporte individual. Fabricado em Goiás, o Suzuki Jimny é um esportivo utilitário menor que um Uno, fácil de estacionar e não ocupa tanto espaço na rua congestionada e topa qualquer estrada esburacada.

    O melhor lugar para sentir o tamanho do carro é no estacionamento do shopping / supermercado. Tem sedã de luxo que é tão comprido que deixa um pedaço fora da vaga. Town & Country com 5,2 metros de comprimento. E quando você acha uma vaga ao lado de uma RAM 2500, Ford F-250, sem mais comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é justamente a paixão que leva a esse tipo de atitude. Aluguel de carros aqui não daria certo. Carro pequeno? nem todo mundo quer ter um! Carro pequeno, só se tiver um outro grande e aí o cara acaba tendo que comprar dois.
      Eu morro de rir quando assisto o cara sozinho dentro do carro reclamando do transito!!!
      Eu conhecia um cara (sumiu) que semana sim, semana não ele fazia uma viagem de carro: Rio de Janeiro/Juiz de Fora (MG) e a volta. Sempre ele ia na Rodoviária, chegava na fila e perguntava quem queria ir com ele pois o carro dele sempre ia vazio. Preço? metade da passagem de ônibus. Ele fez isso umas 4 vezes... pergunta se alguém quis ir? Para com o carro em um ponto de ônibus e oferece carona? Duas: Raramente alguém aceita ou o motorista fica com medo!

      Excluir
    2. Isso já aconteceu comigo. Aparecer um cara na fila da rodoviária e oferecer carona pelo preço da passagem. Eu e outro cara da fila aceitamos, era um sedã de luxo com ar ligado. Foi uma viagem muito boa.

      A canetada do governo tem grande peso nessa paixão. No Japão desde o fim da Segunda Guerra tem a figura do kei jidōsha ou carro muito pequeno. Um pacote de descontos no imposto, ipva deles e seguro faz os carrinhos venderem bem a décadas.

      Aqui no Brasil a tabela de imposto faz alguns carros venderem mais do que outros. Se ajustar a tabela de impostos federal e estaduais para a área projetada pelo veículo, os pequenos teriam uma chance.

      Excluir
  6. Para quem gosta e pode, nos próximos dois anos o Mercado terá novas e boas opções de SUVs, muito interessantes. Muito bom para sair da mesmice atual, entre Ecosport x Duster x Tracker.

    ResponderExcluir
  7. Enquanto isso o TAIGUN ainda é só FÁBULA! rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Que venha o VW Taigun. Não vejo a hora de ver meu Golfão ao lado do Taigun na garagem.

    ResponderExcluir
  9. O que não pode acontecer é o Taigun vir somente com duas portas, ai vai ser um micão. Apesar do tamanho reduzido (15 cm menor que o Sandero em comprimento), a VW vai ter que dar um jeito de colocar quatro portas. Esse motor 1.0 turbo com 17 kgfm de torque a somente 1750 RPM deve ser espetacular!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Taigun não vem com duas portas. A maçaneta da porta traseira está na coluna C.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.