Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chevrolet Cobalt LT 2013: fotos, preço, consumo e especificações técnicas

Categorias: , , , , , 36 Comentários

O Chevrolet Cobalt é o carro que a General Motors do Brasil lançou para posicioná-la do crescente segmento de sedãs médio-compactos. A fórmula, inaugurada pelo Renault Logan, é simples de falar e difícil de executar: tamanho e espaço de sedã médio com preço de compacto. Nissan Versa e Fiat Grand Siena também disputam esse mercado.

Chevrolet Cobalt LT 2013

O Cobalt, porém, foi o carro que exacerbou todas essas características: é o mais bem equipado, o que tem o maior porta-malas (563 litros) e o que oferece o maior espaço interno, e o resultado veio: líder de vendas nesse segmento desse que foi lançado. Só em junho de 2012 foram emplacados 6.412 unidades - mais que a soma dos segundo (City) e terceiro colocados (Versa).

Chevrolet Cobalt LT 2013

E dentro da linha Cobalt, a versão LT é uma das mais procuradas, por sua boa relação custo / benefício. Partindo de um preço de R$ 41.348, acrescenta-se R$ 935 da cor Prata Polaris, perfazendo R$ 42.283, o que inclui: alarme Anti-furto; bolsas de ar infláveis (air bag) frontais para motorista e passageiro; controle central das travas elétricas das portas posicionado no painel central; sistema de Freios com ABS (Anti-lock Brake System) com EBD (Electronic Brake Force Distribution) na 4 rodas.

Chevrolet Cobalt LT 2013 - prata polaris

No que respeita à aparência, o Cobalt LT vem com calotas integrais de 15" que encobrem rodas de 15" x 6J; maçanetas externas das portas na cor do veículo; painel de instrumentos em tonalidade Café com detalhes em Cinza.

Chevrolet Cobalt LT 2013

Além disso, as portas contam com acionamento elétrico das travas e há o ar condicionado manual. A chave principal é do tipo canivetes e incorpora o sistema de travamento das portas e de abertura do porta-malas. Completam o pacote direção Hidráulica, iluminação no porta-luvas e no porta-malas, vidros elétricos dianteiros e coluna de direção com regulagem em altura.

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior

Apesar de não contar com sistema de som, o Cobalt LT básico vem preparado para recebê-lo. O banco traseiro é bipartido, 60/40, dobrável e dois encostos de cabeça em formato de "L" invertido com regulagem em altura e removíveis também estão presentes.

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior


Mecânica

O motor do Chevrolet Cobalt LT 2013 é o Econo.Flex 1.4L com 102 cavalos @ 6200 rpm quando abastecido com álcool e 97 CV (71.3 KW/ 96 HP) @ 6200 rpm quando usado gasolina. O torque máximo é de 13,0 mKgf (128 Nm) @ 3200 rpm com álcool e 12,8 mKgf (126 Nm) @ 3200 rpm com gasolina.

Esse conjunto motriz produz os seguintes números de desempenho:

Aceleração de 0 a 100 KM/h em 13,4s
Aceleração de 0 a 1000 m em 34,7 s
Retomada de 40 a 80 Km/h em 9,3s
Retomada de 60 a 100 Km/h em 12,6 s
Retomada de 80 a 120 Km/h em 18,8 s
Velocidade máxima: 170 Km/h

Consumo de combustível

Ciclo urbano (cidade): 7,3 Km/l de álcool
Ciclo rodoviário (estrada): 9,9 Km/l de álcool
Autonomia: 530 Km com álcool (tanque de 54 litros)

Interior

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior - painel

O interior do Chevrolet Cobalt impressiona bastante em função da grande disponibilidade de espaço, tanto na parte dianteira quanto no banco traseiro. O espaço para as pernas de quem vai atrás é maior que de muitos sedãs médios, como Corolla e Civic.

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior

Mas, ao contrário do Versa - que peca nos materiais usados - o Cobalt conta um interior agradável e com um ar de sofisticação. O tom "Café" do painel com detalhes em cinza, associado com o tonalidade clara do revestimento dos bancos evidencia que você não está em um popular (sensação que vem no caso do Versa, mesmo na versão SL).

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior - bancos traseiros

O painel também apresenta-se com um visual interessante, bem acabado, com peças bem encaixadas e com revestimentos agradáveis ao toque. 


Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior

Chevrolet Cobalt LT 2013 - interior

Concorrentes

Os principais concorrentes do Cobalt LT em preço são o Fiat Grand Siena Essence 1.6 16V e o Nissan Versa SL 1.6. Se for possível encontrá-lo nas concessionárias, o Fiat Grand Siena Essence entrega pelo mesmo preço um estilo mais agradável, e um pacote de equipamentos similar, mas perde em espaço interno e no tamanho do porta-malas.

Fiat Grand Siena Essence 1.6 16 x Chevrolet Cobalt LT 2013

Já o Nissan Versa SL 1.6 é bem equipado e tem a mais que o Cobalt o sistema de som, além de um motor 1.6 16V um pouco mais potente (111 cv, contra 102 do Chevrolet). O estilo de ambos - Cobalt e Versa - são controversos, sendo que o Versa levanta discussões sobre o que estavam fazendo os projetistas quando criaram sua traseira, o mesmo questionamento é feito para o Cobalt, mas na dianteira. É claro que gosto é uma questão subjetiva, mas entre os dois, o Cobalt ainda é mais harmonioso. Se você faz questão de estilo, fique com o Grand Siena, ou um Voyage 2013.

Nissan Versa SL 1.6 x Chevrolet Cobalt LT 2013


Conclusão

O Cobalt LT 1.4 Econo.Flex é um carro que procura seduzir o bolso do consumidor com um bom pacote de equipamentos por um preço competitivo - menos de R$ 42.000 reais. O conjunto da obra mostra que o Cobalt não é apenas um preço camarada. Ele é um sedã médio compacto bem construído, com um interior agradável e bem acabado. 

Postagens relacionadas:

36 comentários:

  1. De perfil e de traseira, o carro até que não é feio.

    Mas essa maldita frente de Agile estraga todo o conjunto da obra.

    Não é possível que os designers da GM tenham achado isso bonito.

    Provavelmente, a equipe migrou da GM para a Ford e vice-versa, porque o Cruze reestilizado ficou BEM melhor e o New Fiesta ficou horroroso com a reestilização para o ano que vem.

    Impressionante como conseguiram estragar um carro tão belo como o New Fiesta... Decididamente, não terei um carro da Ford por causa dessa presepada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc ñ tem dinheiro nem pra comprar uma bicicleta por isso que fica colocando defeito em todos carros

      Excluir
    2. Esse é um carro perfeito, dirigi um e me apaixonei, quero um para mim lindooooo

      Excluir
  2. Eu já não gosto da traseira do carro. Exagerada demais. Deve ser pra ampliar espaço no porta-malas. Agora concordo que esse grade frontal partida não casou bem com a Chevrolet, raras são as exceções.

    É meio beberrão, né não? Pelo menos a álcool.

    ResponderExcluir
  3. não fui com a cara de Cobalt , ele com "supercalotas" então , Deus me livre ! mas deve ser um bom carro e tem preço bom por ser um sedan , não compraria nem que a vaca morresse de tuberculose de tanto tossir !

    ResponderExcluir
  4. Já não discuto preferência por modelo, motor ou cambio.

    O mercado automotivo brasileiro é escroto. Bando de canalhas, junto com o governo igualmente canalha. Somos roubados por todos os lados e o imposto que pagamos vai pro ralo da corrupção.

    Eu não compro carro zero! nem troco o meu. E a falsa classe média continua vendendo a alma pra sentar numa lata pelada mortífera, e se bater um pouco mais forte já sabe... é saco preto, pois a vida de um brasileiro não vale como a de um europeu ou um americano. Pois 2000 mil reais em um AB2 ABS deve fazer falta para essas montadoras do inferno. É uma verdadeira sacanagem oque fazem por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A geração de empregos diretos e indiretos que se dane então, né?

      Depois que o país entrar numa crise feia, como a que ocorre na Europa, certamente você irá reclamar também.

      Primeiro você diz que quem compra carro 1.0 zero km é idiota, que nem tu fez lá no post do Ka, e agora quer inferir que compra qualquer carro novo também é idiota?

      De boa... É fácil resolver essa situação. Mude de país. More na Europa ou nos EUA para comprar carro equipado a preços baixos. Mas claro, não reclame do custo de vida por lá, bem mais alto.

      Pára com isso. Diferencie o "não pago" de "não vale". São coisas bem diferentes.

      Excluir
    2. concordo,e alem disso cada um compra oque quer e como quiser,agora ñ vai comprar comida pra ñ pagar impostos tambem...se eu quero comprar zero km e consigo pagar a vista ou financiado vo la e compro,ñ me interessa a opinião dos outros,a ñ ser q me ajudem a pagar né!!!!!

      Excluir
  5. Quando surgiu o primeiro flagra do Cobalt de produção, fiquei impressionado com o dom que o Carlos Barba e sua equipe têm para criar carros feios, parece ter sido proposital. Num primeiro momento pensei que fosse mais horrendo do que o Agile.

    Uma coisa é design harmônico feio, outra coisa é não saber tirar do papel, não conseguir passar para o tridimensional e ainda aceitarem produzir o carro. Esse também é o caso do Grand Siena.

    O que salva o Cobalt e a Spin é o conforto, acabamento um pouco mais refinado, espaço, no caso do Cobalt, e só.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora realmente você chamou a atenção para um fato que de fato ocorre no Grand Siena: o carro é lindo e harmonioso visto de lateral, mas quando olhado de perfil (3 x 4 como dizem os gringos), ele fica completamente esquisito. E isso deve ser o problema na hora de fazer o modelo tridimensional.

      Entretanto, por mais que ache a frande do Cobalt estranha, não acho que ele sofre do mesmo problema do Grand Siena quando olhado de outros ângulos que não os perpendiculares em relação à carroceria. Além disso, a frente é a única parte do Cobalt que é estranha - e que permite à GM solucionar o problema com certa facilidade.

      A traseira acho bonita e o interior também. Belo carro, com amplo espaço interno.

      Excluir
    2. Sim, é verdade, é relativamente bem resolvido a partir de vários ângulos, porém, na minha opinião, sacrificaram o design em alguns pontos com a procura de mais espaço interno. As colunas A, B e C ficaram um pouco mais verticais do que deveriam, na transversal. Mas é bem pouco, nada que incomode de fato.

      O design do Grand Siena é uma aberração, copiaram a frente do Hyundai Accent da geração passada e a traseira, do Kia Rio Sedan atual, não somente superficialmente mas em diversos detalhes, inacreditável. No interior, se puserem logotipos da Tata não tem quem diga que é um Fiat.

      Excluir
    3. Disse tudo. O design do Grand Siena ficou estranho mesmo...

      Frente "gorda" e desproporcional com a traseira, que é "magra" demais.

      Excluir
  6. Esse carro ficou meio feio, mas com um bom acabamento e um belo design. Pelo visto esse carro ficou bem devagar, porque acelera de 0 a 100Km em 13,4s e não ficou quase nada automatizado. Pelo que eu acho ele não vai fazer muito sucesso, mas tá com um preço bem caro.

    ResponderExcluir
  7. Troquei meu clio 1.6/16v por um cobalt, a impressão de inicio é um carro de estilo, espaçoso, linhas modernas, mas quando se dirige percebe que o motor 1.4 não ajuda e bebe muito 8 km na estrada com alcool e 10 com gasolina. To pensando em trocá-lo rapidinho.

    ResponderExcluir
  8. Lateral do cobalt e rodas, mata o desenho do carro....vc ver o carro no retrovisor imagina um agile, a traseira lembra um pouco vectra e astra, olha a lateral e pergunta que carro e este da GM.

    ResponderExcluir
  9. eu esto conprando um colbot,acho ele muito bonito,mas so compra quem tem denheiro ,canbadas de otarios

    ResponderExcluir
  10. Tantas reclamações aí. Achei lindo o Cobalt.

    ResponderExcluir
  11. ÓTIMO CARRO, EU TINHA UM SPACEFOX, O COBALT DA DE 10 A ZERO NELE. PARABÉNS CHEVROLET PELA INOVAÇÃO DE SEUS VEÍCULOS.

    ResponderExcluir
  12. Experimentem um LT ou LTZ 1.8, manual, ou melhor ainda, com o cambio automático de 6 marchas: Garanto que depois de dirigi-lo, e de verificar o custo benefício em razão aos concorrentes diretos, vocês vão achar ele lindo.

    ResponderExcluir
  13. Comprei um LT essa semana, o carro é ótimo! Muito silencioso e com espaço de sobra para famílias de até 5 pessoas. Custo benefício excelente. O concorrentes me levariam pelo pelo menos uns R$ 5.000,00 a mais pelo mesmo pacote. E o seguro completo com carro reserva saiu por R$ 1600,00. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  14. Quem sabe dirigir, faz até mais kilometragem com 01 litro do que o anunciado pela GM.

    ResponderExcluir
  15. É engraçado, o povo reclama demais em tudo ve defeito, o Cobalt É UM SUPER CARRO, CARRO FAMILIA, ele ate é mais confortavél que o Cruze, OTIMO CARRO, precisa-se ter,dirigir pra poder julgar... mas entedo que gosto nao se discute, mas conforto diz muito...

    ResponderExcluir
  16. Bom...Comprei um Colbalt LTZ 1.4. Apesar de ter que adimitir que o motor dele é um pouco fraco para o tamanho do carro, porem já me acostuei com o mesmo. E tenho que levar em consideração que sai de um Vectra 2.2 16V. Ai é até covardia de comparar os 138CV e 20,6Kg/f de torque.
    Estou satisfeito com o meu Cobalt, é comfotavel, muito gostosode digirir. Indico para a compra para quem não anda com o carro com o portaq malas lotado e carregado com 5 pessos. Ele com malas normais e com 4 pessoas vai muoito bem.

    ResponderExcluir
  17. tenho um cobalt 1.4 e estou muito satisfeito , na estrada ele fez quase 14 km com 1 lt, e subindo serras. agora quem critica e porque ñ tem condições de comprar um kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. gente a pessoa que pagar mais de 40.000,00 reais vai estar preocupado com combustivel ora compra uma bicicleta a motor.

    ResponderExcluir
  19. essa gente é idiota mesmo pra que comprar um carro com motor 2.0 se nossas estradas é uma porcaria , cheias de buracos, sem contar que os caça niques chamados de radares estão por ai, então pra que correr .

    ResponderExcluir
  20. então vale a pena msm tem um amigo querendo me passar um colbat 2013 lt 1.8 não sei se tem lt 1.8 mas devo pega vale a pena mesmo não vou entra em furada nao

    ResponderExcluir
  21. Bem gente, com conhecimento de causa digo que: tinha um cobalto 1.4, fiquei com ele por 8 meses, e só não gostei do motor 1.4, com o carro lotado é terrível (tartaruga), chateado, então peguei 1.8 lt completo, cara...era isso que gostaria ter...maravilha, combnação perfeita,tenho 58 anos,realmente me senti um perfeito tiozinho...recomendo a todos que troquem 1.4 X 1.8 ...equilíbrio perfeito...perdem pelo cabo espada, e tenhan uma boa noite...como eu estou tendo.

    ResponderExcluir
  22. Comprei um cobalt 1;4 lt, o carro é otimo, ja andei a 178 km/h é muito bom.

    ResponderExcluir
  23. Comprei o cobalto 1.4 LT, em novembro de 2013 e estou gostando do carro é muito espaçoso e confortável. Só não tem muita agilidade na subida com carga máxima.

    ResponderExcluir
  24. Tenho um Cobalt ,um excelente carro não achei defeito nenhum,ja tive o Siena,da de 10 a zero no conforto,o farol pode ser igual a do Agile mais para viajar de noite é ótimo,gostei vou pegar o novo cobalt,nao pretendo trocar de marca tão cedo

    ResponderExcluir
  25. Boa noite
    Edson= comprei um Cobalt LTZ 1.4 embora ja usado tive que gastar mais de 3.000,00 de manutenção mais estou achando um excelente carro, mais deixo um salve a galera que for comprar um semi novo cuidado com a Loja Azul veículos são um bando de marreteiro comprei lá mais não indicaria ninguém porque me garantirão que estava vendendo um carro revisado e quase não cheguei em casa

    ResponderExcluir
  26. Estou querendo comprar um Cobalt 2013 1.4 Queria que vocês me ajudasse me dando opiniões sobre o consumo dele?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.