Desta sexta-feira até o domingo (27 a 29), Águas de Lindoia, a cerca de 170 km de São Paulo, sediará evento de apaixonados pela Dodge, entre outras marcas “irmãs”, e seus clássicos de motor V8 (mas não somente). A estância hidromineral sediará o 17º Encontro Chrysler Clube do Brasil, mais conhecido como Mopar Nationals, mesmo nome do evento criado nos Estados Unidos em 1981.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Vale explicar que, nos EUA, a palavra Mopar é sinônimo dos veículos Chrysler, Dodge, Plymouth, DeSoto, Imperial, Fargo, Eagle, Jeep e Ram, marcas que fizeram parte do antigo grupo Chrysler, hoje integrado à Stellantis.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
São esperados ao redor de 300 carros, entre modelos antigos e atuais, nacionais e importados. Organizado pelo Chrysler Clube do Brasil, o encontro vai comemorar duas efemérides no país.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
A primeira é o aniversário de 50 anos da linha Dodge cupê, lançada no ano/modelo 1971 e composta por Dart, Charger e Charger R/T.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Para marcar a ocasião, pela primeira vez serão colocados lado a lado os R/T nas quatro cores do catálogo inicial. Algo que nem a própria Chrysler registrou na época.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
A outra data importante a ser lembrada se refere à Dodge Dakota.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Várias unidades da picape estarão presentes, pois neste ano se completam duas décadas da paralisação prematura da produção do utilitário na fábrica de Campo Largo (PR).

Personagem de cinema

O evento ainda terá carros muito especiais como um Dodge Hemi Challenger 1970 único no Brasil, com o icônico motor Hemi 426, então o mais potente do grupo Chrysler. Também se destacará o único Plymouth Road Runner Superbird rodando no país, um exemplar 1970 com motor Magnum 440 (cilindrada em polegadas cúbicas, equivalente a 7,2 litros) e câmbio manual.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Trata-se do revolucionário carro representado pelo personagem "Rei" do desenho “Carros” que, por sua vez, é uma homenagem ao piloto Richard Petty, que marcou época com o Superbird na Stock Car norte-americana, a Nascar.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Entre modelos atuais, o Mopar Nationals vai exibir alguns dos melhores Dodge Challenger do Brasil. Como um R/T de motor HEMI 5.7 (como na recém-chegada Ram 1500 Rebel, que também poderá ser apreciada por lá) e câmbio manual, sem igual no Brasil. Um SRT Hemi 426, com capô tipo “shaker”, remetendo aos originais da era dourada dos muscle cars. E ainda um Hellcat que já atingiu mais de 310 km/h no espaço de apenas uma milha (1.609 metros) em uma prova medida.
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Somando os participantes que levarão os veículos, familiares, amigos e visitantes, a estimativa da organização é que cerca de 1.500 pessoas circulem pelo evento ao longo dos três dias. “O nosso encontro é, sem dúvida, um dos maiores focados nas marcas Chrysler fora dos Estados Unidos”, afirma o presidente do clube, Lincoln Gomes de Oliveira Neto.

SERVIÇO

Evento: 17º Encontro Chrysler Clube do Brasil – Mopar Nationals
Mopar Nationals reúne clássicos do grupo Chrysler no interior paulista
Data: 27 a 29 de agosto

Local: Praça Dr. Vicente Rizzo (em frente ao hotel Majestic) – Águas de Lindoia/SP

Mais informações: contato@chryslerclube.com.br

7 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Enormes, pesados e beberrões, com eficiencia zero.

    https://1.bp.blogspot.com/-wTfcjOrUFfg/VVdr8Oh-TyI/AAAAAAACHfQ/7Jvmyja7uoo/s1600/Volkswagen-Gol-aniversario-35-anos%2B(9).jpg

    Horríveis, enormes por fora apertados por dentro, e a VW com o Gol GT 1.8 humilhava todos esses V8 sem dó.

    Eram tão ruins esses carros que levaram a Chrysler à falência. 👌👌👌


    https://2.bp.blogspot.com/-4mkLhnDDhAo/T8YEnAsaFTI/AAAAAAAATy0/ilOzIgl5MBQ/s640/Gol-GTS.jpg

    Que não voltem nunca mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cala a boca besta, vc é débil, falando de antigos e vc vem com essa babaquice sua, acorda tonto, vai estudar, faça alguma coisa útil da puta da vida.
      Eu adoraria ter um gol gt g1 vermelho (alhos), mas nem por isso vou pensar nesse carro um VW quando alguém fala de bugalhos.
      Dá um sentido nessa vida além de falar de VW, já tive fiat, ford, chevrolet e vw, gosto de carros tanto é que estou aqui mas a vida é muito mais que essa babaquice, a minha pelo menos é.

      Excluir
    2. Esses lixos aí que vc citou só vendeu aqui na banania para incautos como você...os lendários V8 americanos foram sucesso no mundo todo.

      Oq a chinesa Jacwagen tinha nessa época? Lixos como Fusca e Kombi hahahahahahahahaha

      E se liga, a Jacwagen já está em decadência mundo agora, Toyota vendendo horrores, tomando a liderança na China, enquanto a Jacwagen tá indo a bancarrota com a falida linha ID.

      Excluir
  2. Esse blog é tão ruim mas tão ruim...que um dos dono dele fala mal das próprias matérias HAHAHAHAHAHAHAHA

    Não é a toa que é a piada da internet automotiva.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem