Os carros elétricos, que devem se tornar obrigatórios na Europa a partir de 2030, em geral adotam transmissões de apenas 1 marcha. Entretanto, a fornecedora de componentes alemã Bosch apresentou sua transmissão automática CVT para carros elétricos, instalada em um Golf elétrico, indicando ganhos de até 4% em eficiência.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Segundo a Bosch, certas situações ainda representam enormes desafios para o trem de força elétrico: reboques, enfrentar subidas íngremes com uma carga pesada a bordo ou dirigir trechos mais longos em autoestradas em alta velocidade - nessas situações a carga da bateria cai rapidamente.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Quase todos os carros elétricos têm apenas uma marcha para a frente, mas em tais situações uma transmissão de vários estágios pode funcionar com mais eficiência.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Para demonstrar isso, a Bosch instalou uma transmissão automática continuamente variável (CVT) com correia em um veículo de teste - um Golf Mk7 elétrico. Chamada CVT4EV, esta transmissão aumenta a eficiência em até 4 por cento. Dependendo do projeto, isso pode fornecer mais torque no modo de tração, melhor aceleração ou uma velocidade máxima mais alta.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
O CVT4EV expande o repertório do carro elétrico”, diz Gert-Jan van Spijk, responsável pela engenharia da CVT na Bosch. E como a transmissão ajusta a relação continuamente sem perda de tração, a facilidade de direção típica dos veículos e não é perdida. A Bosch contribui com sua experiência em sistemas e vários componentes para as soluções CVT completas oferecidas por fabricantes especializados de transmissão.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Melhor desempenho, menor consumo de energia
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
A relação de engrenagem variável do CVT4EV oferece o melhor equilíbrio possível entre eficiência e desempenho. Para isso, o sistema pode controlar livremente a velocidade e o torque do motor elétrico. Em velocidades baixas, uma relação de transmissão menor melhora as características de aceleração e manuseio em subidas, enquanto uma relação maior aumenta a eficiência em velocidades mais altas, bem como aumenta a velocidade máxima. Além disso, proporciona maior torque ao rebocar e dirigir off-road, porém com menor consumo de energia. Especialmente em velocidades constantes, o CVT4EV reduz os requisitos de energia do veículo.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Devido aos requisitos de torque e velocidade reduzidos do motor elétrico, um motor mais barato e compacto pode oferecer o mesmo ou até melhor desempenho. Alternativamente, o mesmo motor pode atingir uma faixa maior. Como resultado, os fabricantes de veículos elétricos podem encontrar o equilíbrio ideal entre a capacidade e o alcance da bateria.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Alta versatilidade, baixa complexidade, custos reduzidos
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Esta solução de trem de força consiste em um módulo CVT4EV, um inversor, um motor elétrico e uma transmissão por eixo com uma relação adaptada ao veículo. É adequado para uma ampla variedade de aplicações, de carros de tamanho médio a carros esportivos e veículos comerciais leves. Uma vez que programas de software individuais podem frequentemente adaptar os trens de força à respectiva área de aplicação, menos variantes de hardware são necessárias. Isso reduz os custos de desenvolvimento e produção.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
O uso do CVT4EV também permite diferentes modos de direção para diferentes tipos de veículos, para que as montadoras possam se destacar da concorrência, oferecendo o manuseio típico de sua marca em todos os segmentos de veículos. Como resultado, os usuários finais obtêm a experiência de direção que associam à respectiva marca.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
Comparado com soluções variáveis ​​alternativas para veículos elétricos, o CVT4EV oferece um maior aumento no torque e na rotação do motor disponível para as rodas. Ele também garante mudanças completamente suaves sem solavancos - uma obrigação para veículos elétricos. Além disso, a maior difusão do CVT reduz a velocidade do motor elétrico, resultando em um percurso ainda mais suave e silencioso.
VW Golf elétrico com câmbio CVT apresenta mais eficiência em testes da Bosch
O conceito do CVT4EV com vários componentes Bosch vem da Bosch Transmission Technology BV, uma subsidiária holandesa da Bosch. Com sede em Tilburg, a empresa é líder no desenvolvimento e produção em massa de correias de pressão CVT. Soluções CVT4EV completas estão disponíveis através de fornecedores especializados de transmissão.

13 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Mais uma vez a VW enfiando a tora na Carlota

    Depois de criticar todos os carros que utilizavam o câmbio CVT em todas as matérias do blog, o Golf vai lá, utiliza o dito cujo e apresenta uma melhora de eficiência.

    Carlota e seus relinchos sendo rebatidos pela própria VW... vida difícil ser fanzete da marca né kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CVT botando o DSG pra mamar kkkkkkk

      Excluir
    2. Provavelmente estão colocando um câmbio CVT nesse golf pq o DSG só dava problema ne

      https://www.youtube.com/watch?v=eWQZxn1-jKM

      Excluir
  2. Qualquer pessoa com mais de 0,5 neurônios sabe que para carros elétricos, câmbios CVT fazem muito mais sentido que DSG. Tanto é assim que o CVT elétrico está sendo testado em um carro da VOLKSWAGEN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas NÃO pela Volkswagen!!!
      Próximo...

      Excluir
    2. Certamente é em parceria com a VW. Porque a Bosch pegou logo um e-Golf? Claro que tem a VW na parada.

      Excluir
    3. Até agora, nenhum carro exclusivamente eléctrico usa câmbio automático, Dsg ou Cvt. Apenas carros híbridos que usam automático, Cvt ou Dsg; Como o VW Golf 1.4 Tsi GTE com câmbio de 3 embreagens. Já essa Golf da matéria é apenas um modelo de teste que em breve deve ser usado em larga escala.

      Excluir
    4. Coisa que o senhor não tem né carlota ?!? O cara fala como se nunca tivesse criticado o câmbio CVT, kkkkkkkkkk

      Excluir
    5. CVTGate em breve....logo sai noticia, VW e Bosch burlavam sistema para enganar e parecer ser mais eficiente.

      Excluir
  3. Moçuuuu se dsg é tão bom pq da tanto problema?

    Pq saiu de linha?

    É mico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os CVT que a alemanha nao sabem produzir, nao conseguem nem copiar os cvts asiaticos. melhor cambio pra cidade. Ja esportivo, ouvi dizer que um carro famoso de montadora famosa com piloto famoso usou em circuito de f1. kkkkkk

      Excluir
    2. O DSG7 continua firme no resto do mundo equipando todos os VW, agora na versão com embreagens mergulhadas no fluido, sendo hoje o cambio auto com melhor relação custo x beneficio.

      Excluir
  4. Câmbio de Mobilete num Golf é crime!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem