Os modelos da Hyundai HB20 e Creta registraram desempenho positivo em março e contribuíram para que a marca fechasse em quarto lugar em vendas no consolidado do primeiro trimestre. O hatch compacto foi o veículo de passeio mais vendido do País, com 8.013 unidades negociadas no mês, um crescimento de 14% em relação a março de 2020.
Hyundai HB20 fecha março como carro mais vendido do Brasil
Já o SUV compacto teve 6.174 unidades comercializadas, sendo 5.979 (97%) destinadas ao consumidor final, o que lhe garantiu a liderança nacional no varejo no mês e também no trimestre.
Hyundai HB20 fecha março como carro mais vendido do Brasil
A Hyundai totalizou no primeiro trimestre de 2021 a venda de 47.098 automóveis no País, alcançando participação de mercado de 9,5%. O volume representa crescimento de quase 10% em relação ao três primeiros meses do ano passado, enquanto o mercado total apresentou retração superior a 6%.



“Graças à não interrupção da produção e à continuidade de nossas vendas, já adaptadas às restrições da pandemia, tivemos resultados expressivos, não só em comparação a março de 2020, mas também versus março e o primeiro trimestre de 2019, quando não havia impacto da Covid-19. Isso foi mais notável no HB20 que segue firme em seu lugar de destaque no ranking de vendas e, ainda, assegurou a liderança nacional agora no mês de março”, comenta Angel Martinez, vice-presidente comercial da Hyundai Motor Brasil.
Hyundai HB20 fecha março como carro mais vendido do Brasil
No acumulado de janeiro a março, o hatch compacto HB20 consolida-se como o segundo veículo de passeio mais vendido do Brasil, com mais de 23.660 unidades comercializadas, aproximadamente 8% a mais do que nos primeiros três meses de 2020. O SUV compacto Creta emplacou 15.067 unidades, crescimento de 29% no período, sendo 14.594 (97%) destinadas ao consumidor final, o melhor desempenho neste canal de venda de todo o mercado nacional.
Hyundai HB20 fecha março como carro mais vendido do Brasil
Comparando com o primeiro trimestre de 2019, antes da pandemia de coronavírus, a Hyundai apresentou crescimento de 5,5%. Naquele período, a marca havia comercializado 44.651 veículos no Brasil. O melhor resultado este ano foi puxado pelas vendas do SUV compacto Creta, que apresentaram crescimento de 36.8% neste comparativo com 2019.

15 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Isto aí: quer carro de origem oriental? Compre Hyundai, Mitsubishi, Toyota, ou Honda. Japão e Coréia do Sul não são países bioterroristas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cala boca vai. Estados Unidos são os mais lunáticos. Sabe nada inoncente.

      Excluir
    2. Não sou tua velha, sujeito. Manda ela calar a boca, quem sabe te obedece e você fica se sentindo um homenzinho, he, he!

      Excluir
    3. Quais países bioterroristas ? EUA? Russia ? Favor se informar com fontes confiáveis !

      Excluir
    4. O puxa saco do Robert Amaral por aqui.... kkkkkkkk

      Excluir
  2. Mais inseguro que um gol, brasileiro é burro demais.

    ResponderExcluir
  3. É bem mais barato que o Onix e a produção do Onix está paralisado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polo e Onix não tem concorrentes aqui. HB20 é bem abaixo deles.

      Excluir
    2. O Polo nunca vendeu igual ao Onix e o HB20, não fala bobagem

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem