A Volkswagen do Brasil comunicou a suspensão de atividades relacionadas à produção de todas as suas unidades no País, localizadas nos estados de São Paulo e Paraná, a partir do dia 24 de março de 2021 por 12 dias corridos.
Com o agravamento da pandemia, VW suspende produção no Brasil
Segundo o comunicado oficial, com o agravamento do número de casos da pandemia e o aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI nos estados brasileiros, a empresa adotou esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares. Nas fábricas, só serão mantidas atividades essenciais.



Os empregados da área administrativa atuarão em trabalho remoto. A medida foi tomada em conjunto com os Sindicatos locais.

15 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Fiat e GM já estão com turnos fechados por conta de componentes eletrônicos em falta no mercado automotivo, gestão consciente todas as generalistas pararem por algum tempo até que as importações voltem ao normal

    ResponderExcluir
  2. Pausa necessária conforme a regulamentação das autoridades sanitárias. Preservar vidas dos funcionários é uma grande iniciativa da VWBR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Provavelmente as vendas de carro deste ano no Brasil (e talvez no mundo) serão piores do que de 2020. Somos uma piada na questão de conter a epidemia.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Esse vídeo é o que mais chama a atenção. Nele é dito que o Virtus é um sedã Premium e que o Polo é um grande sucesso de vendas. 🤦

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Papel aceita qualquer coisa, meu nobre. Triste daqueles que não tem crítica para entender as nuances do mundo em que vivemos. Vida de g.a.d.o. Sigamos.

      Excluir
  6. Falta plastico duro no mercado. Como os carros vw sao 90% plastico fica impossivel fabricar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não duvido que faltem componente. Mas tenho impressão de que as montadoras passaram a fazer jogo duro com as fornecedoras, que esticaram demais a corda. As montadoras viram que chegaram a um patamar de preço que tornou os veículos invendáveis. Para ir e voltar do trabalho, eu passo em frente a 2 pátios de um grupo que tem concessionárias de várias marcas(GRUPO PARVI)e estão lotados de carros. E perto da minha casa tem uma concessionária Chevrolet, onde os mesmos carros estão no showroom há varias semanas. Tenho a impressão de que essa parada também tem muito a ver com a queda nas vendas. Penso que são coisas que se retroalimentam. Componentes faltam porque as montadoras diminuíram os pedidos pra forçar a baixar preço. E com os preços dos componentes ainda elevados, as vendas caíram consideravelmente. Eu acho que isso só vai melhorar quando o mundo civilizado (EUROPA E USA) vacinarem a maioria da população, o que deve acontecer de julho em diante. Com o caos que estamos vivendo aqui no Brasil, o nosso mercado doméstico só deve voltar lá pro fim do ano.

      Excluir
  7. Parou por falta de componentes, como as outras. Consciência social uma ova, se tivesse, não teria feito o Dieselgate, se pudesse, continuaria a produzir, afinal há uma dívida mais que trilionária a pagar.

    ResponderExcluir
  8. VW faz o certo e cuidar da saúde de seus funcionários. Temos que dar os parabéns para tal atitude humanitária!

    ResponderExcluir
  9. Torcendo pra VW passar a Fiat mas pelo jeito mais um ano em segundo... Puxa vida.

    ResponderExcluir
  10. Eu não acredito que estejam faltando componentes por mera inexistência. Penso que eles estão disponíveis, mas estão caros demais, por isso as montadoras reduziram a demanda pra tentar forçar a queda dos preços. Nos últimos meses, já não era hora de comprar carro e daqui pra frente é que não é mesmo. Pelo menos até a pandemia cessar e os preços caírem a um patamar racional.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem