A Fiat lança campanha publicitária para o Fiat Mobi Trekking, com o tema “Tá tudo dominado”, no qual o modelo é mostrado encarrando desafios. Tudo isso embalado por uma trilha sonora à altura das produções hollywoodianas, a música “You Never Can Tell”, de Chucky Berry, usada também em cena antológica do cult-movie dos anos 90, Pulp Fiction: Tempo de Violência.
Fiat Mobi Trekking: nova cmpanha tem música de Pulp Fiction
O Mobi Trekking é retratado na campanha enfrentando as adversidades que podem ser encontradas nas cidades. Para isso, o carro possui a maior altura livre do solo entre os eixos e o maior ângulo de entrada da categoria. Além de ser equipado com uma central multimídia wireless, a UConnect 7”. O vídeo da campanha reproduzimos abaixo.



Em tom cinematográfico e embalado por “You Never Can Tell”, do cantor norte-americano Chucky Berry, o filme intitulado “Buraco” retrata o amadurecimento do Mobi para a versão Trekking que, agora, se apresenta em sua nova versão com central multimídia e conexão wireless, maior altura do solo, ótima dirigibilidade e baixo consumo de combustível. A cena de Pulp Fiction na qual Mia Wallace (Uma Thurman) dança com Vicent Vega (John Travolta) nós reproduzimos abaixo.



Com estética e enredo inspiradas em filmes de ação, o comercial mostra a relação de domínio do motorista perante a cidade. “O Fiat Mobi Trekking é um carro pensado para encarar os desafios que a cidade apresenta. Nossa história começa quando o carro encontra um buraco que, a partir daí, ganha vida própria e começa uma perseguição ao Mobi. O buraco tomando vida nada mais é que a personificação da própria cidade que coloca vários obstáculos em que o Mobi consegue transitar facilmente, sempre com o controle do motorista”, explica Tomas Correa, Diretor de Criação da Leo Burnett TM.
Fiat Mobi Trekking: nova cmpanha tem música de Pulp Fiction
Versão topo de gama do Mobi, a Trekking conta com diferenciais como barras longitudinais de teto, que ampliam sua altura e deixam o carro mais imponente; teto bicolor com logo alusivo à versão e adesivo no capô, ambos itens exclusivos no segmento; calotas escurecidas com desenho exclusivo ou rodas de liga leve de 14 polegadas; retrovisores com pintura “black piano”; faixas laterais e maçanetas pintadas na cor do veículo; novos tecidos exclusivos com costura laranja e novo adesivo na tampa traseira e nova identificação da versão.
Fiat Mobi Trekking: nova cmpanha tem música de Pulp Fiction
Outro destaque do modelo é a praticidade, já que facilita a entrada e a saída de passageiros pelo grande ângulo de abertura das portas traseiras (75 graus). A facilidade de acesso é complementada pelo amplo vão de entrada, tanto na frente como atrás. E uma vez acomodado, lugares para espalhar pequenos objetos não faltam: no console central e nas portas dianteiras, com opções de porta-óculos acima da porta do motorista e até console de teto com espelho (convexo) auxiliar.

29 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. O carro não é lá essas coisas, mas o marketing foi mto bom

    ResponderExcluir
  2. Campanha ridícula. A música não tem nada a ver com o filme. Essa música não é de filmes de ação.
    O carro fugindo de um buraco, quis ser engraçadinho, mas ficou apenas ridículo.
    Não tem humor algum, exceto o próprio carro que é uma piada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você é a carlota original (chata e jacswagista) ou a falsificada (que n mente e fz comentarios sensatos)? Apenas a verdade.

      Excluir
    2. A piada foi tão boa que tirou o ip de linha no Brasil.

      Excluir
  3. Amarok 18 unidades !!!! Camionete irrelevante , caminha para a irrelevância e esquecimento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amarok com problemas de oferta. Filas de espera. Shortage na produção na Argentina por problemas de escassez de chips....na ásia. AMarok é a picape mais moderna, tem muita eletrônica, e está tudo em falta.

      Excluir
    2. filas de espera na oficina do Tião mais proximo. ngm quer essa bomba. coitado dos 18 azarados q compraram essa marea. Apenas a verdade.

      Excluir
    3. Há escassez de chips. A produção da Amarok tá comprometida por isso, pois ela é altamente moderna e sofisticada, com muitos computadores de bordo controlando tudo. Nâo é essa antiquidade como Hilux e S-10 que tem botãozinho para tudo. Amarok pensa, e sabe o que fazer, tração 4 Motion.

      Mas os chips estão em falta, então produção comprometida. Quando normnalizar, vai bombar de vender como dezembro, quando emplacou quase 2.000.

      https://www.car.blog.br/2021/02/golf-2022-disparada-de-vendas-de.html

      Excluir
    4. https://www.noticiasautomotivas.com.br/os-carros-mais-vendidos-em-dezembro-de-2020/
      908 agora é 2000?? carlucha vc e a maior mentirosa. Apenas a verdade. repito ngm quer essa bomba.

      Excluir
    5. Kkkkkkkkk o maninho pegou a Quenga no flagra.

      Excluir
    6. Nisso o xarope tem razão . Volante , painel , chip , multimídia da vw é padrão pra todos os carros . Então a vw teve que escolher . Ou produz tiguan e amarok ou produz tcross . Aí ficou fácil a escolhe , ou vc produz pra produto encalhado ou produz pra produto q vende .

      Excluir
  4. Melhor que o Kwid,acredito que sejam as duas únicas opções na categoria city car.

    ResponderExcluir
  5. esse mobi trekking espanca sem do seu principal concorrente q e o jacswagen nivus. se o nivus fizer essas cenas é capaz de capotar. ja o argo trekking esmurra o jacswagen t-plastic. Apenas a verdade.
    ps: parem de censurar a lenda do blog (fufuca). #foracarlota #forajac

    ResponderExcluir
  6. Ainda hoje vi um Mobi fazendo uma conversão de esquina em velocidade moderada. Ainda perguntei para minha esposa se eu estava louco ou uma das rodas traseiras estava suspensa no ar? Ela confirmou! Desencanei dele bem quando considerava comprar um pra ela. Estabilidade beeem duvidosa.

    ResponderExcluir
  7. Marea de caçamba 18 unidades.
    Deixe aqui sua risada:
    🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

    ResponderExcluir
  8. Concorrente do finado VW UP, mas com preço realista na categoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Up quando saiu nem era caro,já o Mobi já nasceu caro

      Excluir
  9. Preferia o Fiat Uno do que o Mobi, Mobi nem deveria sido lançado, pois o Uno (do qual o Mobi deriva) entrega mais porta malas e entre eixos maior pelo mesmo preço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem