Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão

Categorias: , , , 20 Comentários

A Toyota lançou no Japão o modelo elétrico ultra-compacto C+ pod, inicialmente para para usuários corporativos e governos locais. O modelo chega em duas versões, Toyota C+pod X com preço de ¥ 1.650.000 (R$ 83.200), e Toyota C+pod G precificado a ¥ 1.716.000 (R$ 86.500). A Toyota informou ainda que o modelo estará disponível para clientes individuais até 2022.

Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
O Toyota C+pod mede 2.490 x 1.290 x 1.550 mm (comprimento x largura x altura), e tem um raio de giro mínimo de 3,9 metros, o que permite circular confortavelmente em curvas fechadas em ruas estreitas, minimizando a operação do volante ao estacionar e oferece excelente manobrabilidade na condução diária.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
Para efeito de comparação, o Toyota C+Pod é mais de 1 metro mais curto que um Volkswagen Up!.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
Sendo um modelo ultra-compacto, ele tem capacidade de levar até 2 passageiros, e pesa entre 670 Kg e 690 Km, conforme a versão.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
O motor elétrico produz 12,5 cv e 56 Nm de torque, e está posicionado na parte traseira do veículo, sendo alimentado por uma bateria de 9,06 Kwh (mesma capacidade do Golf GTE).
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
Entretanto, por ser leve e compacto, ele tem uma autonomia de até 150 km (modo WLTC), o que proporciona tranquilidade para o uso diário.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
A recarga do Toyota C+pod pode ser feita em uma tomada comum de 110V e 6A, demorando 16 horas para a carga completa. Caso se use uma tomada de 220 V e 16A (a mesma de cafeteiras elétricas), ele recarrega totalmente em 5 horas.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
A velocidade máxima do modelo é de 60 km/h.
Toyota C+pod: compacto elétrico parte de R$ 83 mil - Japão
Obs.: cotações de câmbio de dezembro de 2020

20 comentários:

  1. O concorrente do Smart chegou bem atrasado não foi Toyota?

    ResponderExcluir
  2. O concorrente não é o smart. Quem humilha isso aí é o e-Up, que data de 2014. O e-Up! tem autonomia de 260 quilômetros, 90 km a mais que esse carro da Toyota. O e-up leva 4 passageiros, e esse aí só 2. Fora que esteticamente o e-Up! é muito mais bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O UP não é carro....
      O UP é uma condução...

      Excluir
    2. Up nunca e nunca será concorrente desse carro. Não seja ainda mais ridículo do que já é.

      Up não tem proposta de levar apenas 2 pessoas e não mede menos de 3m de comprimento.

      Excluir
    3. Pow Carlos agora vc foi burro...comparar esse carrinho( que tem uma.proposta ótima para grandes centros ) com o up! ... Logicamente o up è mais carro ...mas a proposta desse é ótima

      Excluir
    4. Esse João Guilherme é um figura, que cara escroto. O up é para 4 pessoas agora no braisl e esse imbecil vive criticando e arrotando asneira. Agora ele diz que bom é um carro com 2 lugares. Esse otário é um babaca mesmo. Chinelao demais.

      Excluir
  3. Tive um UP TSI 2.018.
    Foram 3 alegrias...
    Quando comprei, quando vendi e quando troquei de marca..
    Volks nunca mais.

    ResponderExcluir
  4. Ja possui um up. Vendi e maid de dois anos depois continuo sentindo saudade dele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compre qualquer outro veículo que a saudade passa.
      Andar de transporte público é foda.

      Excluir
    2. Kkkkk
      O cara comprou um UP e está com saudades....
      Só pode, antes tinha um fusca e agora está à pé.

      Excluir
    3. Normal,carro bom deixa saudades

      Excluir
  5. Que Toyota pra fazer carro feio kkkkkk.. não aprendem nunca os orientais....

    ResponderExcluir
  6. Que Toyota pra fazer carro feio kkkkkk.. não aprendem nunca os orientais....

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.