Car.blog.br

Pesquisar este blog

Jeep Compass 2021: motor 1.3 Turbo e aperfeiçoamentos

Categorias: , , 51 Comentários

A Fiat Chrysler apresentou na Europa o Novo Jeep Compass 2021 com o motor 1.3 Turbo. Esse motor será produzido no Brasil a partir de outubro de 2020, e equipará o modelo fabricado em Pernambuco a partir de 2021.

Jeep Compass 2021

O Novo Jeep Compass 2021 não tem alterações de design, exceto as lanternas que agora são de LED. Entretanto, o novo motor é uma novidade muito aguardada, por conta de sua maior eficiencia, ou seja, maior desempenho e menor consumo.

Jeep Compass 2021

No Brasil o Compass 1.3 Turbo terá motor Flex e chegará ao mercado provavelmente no primeiro semestre de 2021.. Na Europa, recebe o motor 1.3 turbo nas versões de 130 cv e 150 cv.

Jeep Compass 2021

Outra novidade é uma nova central multimídia. O interior do Novo Compass 2021 traz central multimídia Uconnect Services, com opções de tela de 7 ou 8,4 polegadas, que opera com serviços integrados com smartphones, smartwatch ou site, estabelecendo funções como travar e destravar as portas, enviar um destino para o GPS do veículo, receber alertas em tempo real sobre o trânsito ou previsão do tempo e mais.

Jeep Compass 2021

O motor 1.3 turbo de quatro cilindros é baseado no 1.3 Firefly produzido no Brasil. No mercado europeu há duas versões de potência, uma de 150 cv e outra de 130 cv. Nos dois casos o torque é de 27,5 Kgfm.

Jeep Compass 2021

O 1.3 Turbo de 130 cv está associado com uma transmissão manual de 6 marchas. Já o 1.3 Turbo com 150 cv vem associado com uma transmissão automatizada de dupla embreagem, caixa seca, de seis marchas.

Jeep Compass 2021

Já o 1.3 Turbo, no Brasil, com tecnologia flex, deve vir apenas na versão de 150 cv. O câmbio manual também não deve ser adotado, enquanto a transmissão automática de dupla embreagem do Europeu deve ser substituída no Brasil pela automática de 6 marchas, ou até mesmo por uma CVT de origem Toyota.

Jeep Compass 2021

O Compass 2020 tem outra novidade na Europa que é a versão Compass 4xe, versão híbrida plug-in com o mesmo motor 1.3 turbo, associado com um motor elétrico acionando as rodas traseiras. A potência total será de 240 cv, e consumo WLTP de até 47,6 km/litro.

Jeep Compass 2021

Esse Compass Híbrido modelo deve vir para o Brasil também, importado da Europa.

51 comentários:

  1. Matou o carro.
    1.3 turbo nessa barca.
    E ainda motor da Fiat.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma, vc tá muito emocionado. Melhor q o dinossauro "sEm-torque" 1.8 / 2.0.

      Excluir
    2. Presta atenção no torque antes de proferir lamúrias.

      Excluir
    3. Ignorem esse comentário.

      Bem se vê que o sujeito não conhece e nunca dirigiu um carro turbo na vida.

      Bom mesmo é o 2.0 aspirado antiquado que sofre pra arrastar esse carro e bebe igual um V6.

      Excluir
    4. Nem sabe o que está a falar. Estamos a falar do melhor motor atual nessa cilindrada são 27.5 Kgfm ou 275 NM do mercado.

      Excluir
    5. 150 hp com 27,5 de torque já dá para para o gasto.

      Excluir
    6. Dizem que a flex no brasel vai ser mais poderoso ainda

      Excluir
    7. Lá fora é câmbio de dupla embreagem seco.

      Excluir
    8. Não se preocupem, aqui certamente usará o ótimo e confiável ZF9, assim como já usa na Diesel e usava na 2.4.

      Excluir
    9. Esse motor é top tomara que venha a equipar ou ser opcional em mais versões

      Excluir
  2. se fosse vw, 1.0 turbo, estariam falando que o jeep virou o urus da classe média.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é fato, 1.4 naquela barca da Tiguan, vulgo Brasilião, pode, agora 1.3 no Compass não. Aqui são dois pesos e duas medidas mesmo, mas isso é porque elas estão transtornadas, pois agira a VW é uma legítima xing ling da gema.

      VW: Das China

      Excluir
    2. Isso é bem coisa de piloto de teclado... O 1.4 empurra muito bem o tiguan, e o mesmo vai aconteer com o 1.3 turbo no jeep compass.

      Excluir
  3. Muito melhor que o Tigershark ... torque 20% maior.. vai ficar ótimo.

    ResponderExcluir
  4. Novo Tarek vai humilhar esse Jeep. Em 2021 chega o melhor SUV médio, não comprem esse trambolho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VWzete como sempre creditando a salvação da lavoura a um carro que nem foi lançado...

      Típico.

      Excluir
    2. Tipo assim: o dinheiro é meu e eu compro o carro que eu quiser...
      Ademais, cuide de sua vida

      Excluir
    3. Alguém avisa esse New VW que cliente Jeep não sabe o que VW cliente Jeep é outro nível não gosta de plásticos.

      Excluir
  5. Motor rurbo é bom, até o segundo ou terceuro dono do carango ter que vender as calçás pra pagar a manutenção e peças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino esses carros turbo no mercado de usados daqui 3 anos, os TSIs fazendo 80km 100km, to fora.

      Excluir
    2. Veja o exemplo das camionetas. Todas turbos. Hilux 2006 funciona muito bem até hoje. Carro turbo é outro nível. Tenho um Civic Touring 1.5 Turbo. Carro fenomenal! Faz 12 km/l na cidade e 15 na estrada. Anda mais do que qualquer 2.0 aspirado. Já tive tb Golf 1.4 Turbo. Rodei 100 mil km nela e zero problema. Já vi UP TSI com mais de 300 mil km rodados sem problemas.

      Excluir
    3. MKS....
      Mentiroso...
      Esses motores 1.0 turbo da Volks vão repetir aqueles da década de 90...
      Passou de 100 mil KM, o sábio ganha outra família prá cuidar...

      Excluir
    4. Matos, evolua. As coisas evoluíram. Motor turbo gira bem menos. Trabalha com a metade da rotação de um motor aspirado. Vai dar problema se não fizer manutenção. Principalmente na utilização do óleo correto. Aí até o aspirado vai dar problema também. Hoje não compro mais carro que não seja turbo. Seja gasolina ou diesel.

      Excluir
    5. Vou comprar um aspirado 2.0 Por não ter $ para bancar e esperar 2021 para a nova tecnologia ! A Jeep está no caminho certo

      Excluir
  6. Mais um motor 1.3 mandando abraço por trás ao 1.4 Tsi, o primeiro foi o da Mercedes-Renault.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tsi 1.5 Evo manda lembranças.

      Excluir
    2. Manda nada, tem a mesma potência/torque do velho 1.4 e não supera em tecnologia o 1.3 da Renault-Mercedes que tem sistema de desligamento de cilindros e outras tecnologias.

      Excluir
    3. O tsi 1.5 Evo já foi lançado com desativação de cilindros e turbina com geometria variável,coisa que o motor da Renault Mercedes não tem e o firefly turbo não tem nenhum dos 2 recursos,motor sem vergonha.

      Excluir
    4. Motor 1.5 tem mesma potência e torque do 1.4, isso é patético.

      Os dois 1.3 são muito mais eficientes. Até o 1.2T da PSA é melhor.

      Excluir
    5. Sempre ele, hater que odeia a VW kkkkkk, zé mané coitado

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. TSI Evo 1.5 é só pra cumprir emissões sem fraudar nenhum teste... nunca vira pro Brasil.

      O 1.4 TSI já da problema com 10,5 de compressão, imagina o TSI Evo com 12,5, vai rodar só na podium?

      Se chipar então, nessa compressão, o motor não dura 6 meses.

      Alem disso usa ciclo miller (EIVC) ao invés do Otto, mais sensível a combustível adulterado.

      A VW não vai gastar tempo e dinheiro adaptando Flex em um motor bom desses, pra Brasileiro, o TSI 1.0 com turbina vazadora e 1.4 ta bom de mais.

      Mas o grupo FCA vai passar na frente... infelizmente.

      Excluir
  7. Problema SEM SOLUÇÂO Motor Jeep Compass Diesel;



    Venho através deste canal compartilhar meus problemas com meu carro Jeep Compass Diesel 17/18.



    Informações sobre o veículo:

    Jeep Compass Longitude Diesel 17/18;

    59 mil Km rodados.

    Manutenções de 20/40/60 mil KM, realizadas conforme manual na Jeep Bicudo Itu.



    Protocolo de atendimento junto a Jeep nxxxxxx



    Historico de problemas no veículo;

    Dia 17/04, o carro apresentou problemas em seu motor.

    Dia 20/04, deixado o carro na oficina da Concessionária Jeep Bicudo em Itu.



    Fui informado que o Motor "fundiu" devido a um problema na bomba de água.



    Um mês depois....

    Dia 19/05, chegaram as peças para reparo, troca do cabeçote, coletor e balancim;

    Dia 22/05, me informaram que montaram o carro e identificaram falha no bico intetor;



    Problema no Bico Injetor.



    Perguntei na oficina o que seria necessário para resolver.

    Segundo eles, era necessário um laudo indicando que não era problema no combustível utilizado.

    A garantia só faria a cobertura se provado que não foi utilizado combustível de qualidade ruim.

    Perguntei como eu poderia fazer para ajudar e acelerar o processo, me indicaram um oficina em Itu que poderia

    realizar o laudo.



    EU PEQUEI os bicos e levei até a assistência de bicos INDICADA pela concessionária

    para elaboração do Laudo.

    Paguei custo do laudo foi R$250.



    Entendo que toda a responsabilidade de diagnóstico é de responsabilidade da Jeep, mas em função da cortesia do carro reserva emprestado, me coloquei disponível para ajudar e acelerar

    a resolução do problema.



    Conclusão do Laudo:

    -Funcionamento em Baixa Pressão - OK

    -Funcionamento em Alta Pressão - NÃO OK

    -Não foi identificado nenhum indicio de utilização de combustível de baixa qualidade;



    O laudo foi entregue para a oficina e os bicos devolvidos.



    Os bicos de outro carro foram instalados no meu carro e o mesmo apresentou funcionamento normal.



    Apesar do laudo e teste realizado no carro com bicos de outro veículo, a fábrica pediu um

    novo laudo;



    Tendo em vista que o carro esta 42 dias parado e a fábrica ainda não sabe a causa do problema,

    não confio que o serviço de reparo será realizado contemplando todos os problemas existentes.

    Após concerto do bico, novos problemas am outras partes do motor podem ser identificados.



    Tenho grande receio de problemas futuros neste motor, em consequencia de defeitos não reparados

    totalmente por não serem devidamente diagnosticados;



    Resumo dos problemas

    -42 dias de carro parado até a data atual;

    -Ausência de diagnóstico correto -Foi realizado um laudo do bico em assistência recomendada pela concessionário e a fábrica não acreditou pedindo um segundo laudo;

    -Fim da garantia do carro, após 15/10, se o motor apresentar falha decorrente do problema atual, não terai nenhuma

    garantia ou cobertura.



    Em função dos problemas indicados acima, solicito a troca do motor e extensão da garantia do motor.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu, não é nesse blog que você deve postar isso...
      Acho que está utilizando o canal de comunicação errado...

      Excluir
    2. Em 2019 mais de 60 MIL Compass foram vendidos, ficando atrás apenas do Renegade com 68 mil. Todo carro está sujeito a problemas, muitos deles por causa de uso indevido também... De toda forma, o canal para recorrer ao seu problema deve ser o da concessionária / montadora. Trazer o caso aqui não vai resolver nada e nem desestimular a compra por parte de outros clientes...

      Enfim, para quem realmente conhece os carros pessoalmente, Compass e Renegade são ótimos e praticamente os únicos SUVs com plataforma original SUV, capacidade 4x4, suspensão multilink, freio eletrônico, painel soft, nota máxima de segurança, possibilidade de 7 airbags, identidade visual amplamente elogiada, além do sucesso de mercado. É por isso que, desde 2015, a Jeep lidera o segmento. O resto são bom carros, mas praticamente todos derivados de hatch e sedan compactos. Destaque também para a Tiguan, que é impecável!

      Excluir
  8. Um vendedor da CSS aqui de BH me falou que os motores do Compass Diesel/Flex dão pau direto,diz que acontece com frequência. Mas acho o Compass muito bem acabado,só não tem motor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dão esse pau por uma das causas dessa maldita válvula EGR.

      Excluir
    2. Lógico q dá pau. Não dão a manutenção devida...

      Excluir
    3. Essa válvula EGR tem nada a ver com manutenção

      Excluir
    4. "Os óleos lubrificantes também se adaptaram a esses novos sistemas. Sendo assim, a preocupação agora em uma troca de óleo não deve ser somente na viscosidade, mas também na Homologação do óleo. Os óleos lubrificantes apropriados para o cuidado com Válvula EGR e filtro de partículas devem ser os especificados ou aprovados pelo manual do fabricante. Esses óleos contam com especificações como as ACEA (Associação dos Fabricantes Europeus de Automóveis), da série C, para veículos com filtro de partículas e sistema EGR."

      https://www.oficinabrasil.com.br/noticia/tecnicas/cuidados-com-a-manutencao-em-sistemas-egr-aplicados-em-vans-e-utilitarios-com-motor-diesel#:~:text=Nas%20manuten%C3%A7%C3%B5es%20regulares%20do%20ve%C3%ADculo,%C3%A9%20preciso%20tomar%20cuidados%20espec%C3%ADficos.&text=Os%20%C3%B3leos%20lubrificantes%20apropriados%20para,aprovados%20pelo%20manual%20do%20fabricante.

      Entendeu ou tem q desenhar.?

      Excluir
    5. Eu tive problemas com válvula EGR ,e fiz todas as revisões em dia e em concessionária e mesmo assim tive problemas.

      Excluir
  9. RIP T-Cross... e anunciado o aborto do Tarek

    ResponderExcluir
  10. Mas acho que o nosso terá um pouco mais de potência e torque por causa do álcool. Ficaria muito bom. Quanto o Tarek, até fiquei empolgado mas acho que a VW vai continuar com a política de preços altos e pacotes de opcionais errados.

    ResponderExcluir
  11. Nao sou fã da jeep, mas convenhamos que vende muito, e com este motor não vejo concorrentes!!!!

    ResponderExcluir
  12. Deveria vir com dupla embreagem aqui também. Ninguém merece conversor de torque.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom o torque para um motor de 1300 cilindradas. Vindo para o Brasil, vai continuar vendendo bem APOS esta pandemia e retomada da economia. O meu carro tem 25.5Kgfm de torque e ja eh espertinho. Este mesmo mais pesado, deve ser muito bom. Nao gosto de carro assim mas para quem curte , ta ai uma boa opcao.

    ResponderExcluir
  14. Tinha que ter mais uns 50 CV. Carro pesado pela potência divulgada.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.