Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

Categorias: , , 23 Comentários

A Kia Motors lança no mercado brasileiro o KIA CERATO 2.0 - nova geração do sedã, que agora vem importado do México, e estará nas concessionárias brasileiras no início de outubro, em duas versões: uma EX, por R$ 94.990,00, e uma SX, por R$ 104.990,00. Ambas possuem garantia de cinco anos ou 100 mil km.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

O KIA CERATO 2.0 adquiriu uma aparência mais sofisticada, graças a um conjunto de elementos inspirados no fastback KIA STINGER GT. Do lado de fora, o sedã apresenta uma série de detalhes cromados, a grade "nariz de tigre", agora redesenhada. Antena shark, faróis de neblina com lentes de projeção, luz diurna de navegação (DRL) em LED, novas rodas de liga leve de 16” com pneus 205/60 e o capô alongado complementam a aparência mais agressiva.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

Na traseira, o novo KIA CERATO 2.0 evidencia a inspiração no KIA STINGER GT, com saída de escapamento esportiva e cromada, além de novas lanternas em LED na versão SX, totalmente redesenhadas, e com uma barra conectando as duas peças.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

O novo KIA CERATO 2.0, a inspiração no estilo fastback também possibilitou a expansão das medidas do sedã, garantindo mais conforto aos passageiros. A nova geração passou dos 4.560 mm para os 4.640 mm de comprimento, e dos 1.780 mm para os 1.800 mm de largura. A altura é de 1.440 mm, enquanto a distância entre-eixos é de 2.700 mm, assegurando amplo espaço para as pernas. Com iluminação e capacidade de 520 litros.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

No interior, o novo KIA CERATO 2.0 oferece sistema multimídia com tela flutuante de 8”, colorida e sensível ao toque e painel redesenhado. A versão SX ainda possui ar-condicionado digital dual zone com filtro antipólen e design tipo turbina, com saídas de ventilação para os bancos traseiros.

Com novo desenho, revestimento de couro e regulagens de altura e profundidade, o volante multifuncional da nova geração do KIA CERATO 2.0 possui controles do sistema de som e de chamada, do piloto automático e do computador de bordo.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

Dentro da versão SX do novo KIA CERATO 2.0, chamam atenção os bancos de couro, com sistema de aquecimento de três níveis nos assentos dianteiros, e um novo desenho horizontal que cria a sensação de espaço e organização, com linhas claras e botões de design fino.

Na versão SX, a partida do motor é acionada pelo botão Start/Stop, por reconhecimento da chave Smart Key. A tecnologia ainda permite o travamento e a abertura das portas e do porta-malas à distância.

O novo KIA CERATO 2.0 permite conectividade com Bluetooth® com comandos de voz e conectividade de smartphones, por meio do Android Auto™ e do Apple CarPlay®, entrada auxiliar e USB. O sistema de som vem equipado com 4 alto-falantes e 2 tweeters.

O motor é o Nu2 de 2.0 litros, flex, de quatro cilindros, 16 válvulas, Dual CVVT. Desenvolve até 157 cv a 6.200 rpm e torque de 19,2 kgm a 4.700 rpm, quando abastecido com gasolina. Com etanol, a potência sobe para 167 cv a 6.200 rpm e torque de 20,6 kgm a 4.700 rpm.

Equipado com acelerador eletrônico tipo drive-by-wire, o sedã se adapta facilmente ao estilo de pilotagem do condutor, com transmissão automática de seis velocidades, com opção de trocas sequenciais, além de quatro modos de condução: Comfort, Economy, Smart e Sport. Na versão SX, o paddle shift reforça a esportividade do modelo.

O novo KIA CERATO 2.0 ainda possui sistema auxiliar de partida a frio que elimina a necessidade de tanque auxiliar de gasolina. A nova geração do sedã possui um sistema que aquece as linhas de combustível, mantendo o etanol em temperaturas que permitem a correta nebulização do combustível, evitando problemas de partida.

Na versão topo de linha, o veículo possui seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina); freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD; controles eletrônicos de tração (TSC) e estabilidade (ESC); direção elétrica progressiva; assistente de partida em rampa (HAC); câmera de ré com gráfico auxiliar de manobra; vidros elétricos com sistemas antiesmagamento e de subida / descida de um toque para o motorista; sensor de monitoramento de pressão nos pneus (TPMS); sistema imobilizador; destravamento automático das portas em caso de colisão; retrovisor interno eletrocrômico e retrovisores externos elétricos, com rebatimento automático, setas integradas de LED e aquecimento.

Novo Kia Cerato 2020: fotos, preços e detalhes - Brasil

Além disso, o sedã vem equipado com barras de proteção contra impactos laterais nas 4 portas e zona de deformação programada (chapa dupla), acendimento automático dos faróis, sistema ISOFIX para fixação de cadeiras infantis e cintos de segurança de três pontos para todos os passageiros, itens que o colocam como um dos modelos mais seguros da categoria no mercado brasileiro.

23 comentários:

  1. O problema é o preço similar ao da concorrência que acaba fazendo com que o consumidor opte por "negócios mais seguros".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo que um carro médio custa quase o valor de um pequeno apartamento, e prudente optar por negocios mais seguros.

      Excluir
    2. Yuri, esse é o problema. No meu ponto vista comprar um Kia hoje está no patamar de confiabilidade acima dos chineses e abaixo dos outros. Apesar de ter chegado ao Brasil até antes da Hyundai, parece q a Kia teima em não querer usar os macetes de sucesso no mercado brasileiro, tal como a parceira conterrânea usa.
      Ademais, é um belo carro. O preço está condizente com o que o carro tem e à concorrência.
      Mas ainda acho que a Kia devia trazer algo mais apelativo pra atrair o público, por exemplo, este carro com o motor 1.6 Gdi e itens de tecnologia e segurança, tais como sensor de ponto cego, frenagem automática e etc.

      Excluir
    3. Eu sempre me pergunto o que marcas como Peugeot e Kia precisam fazer para se tornar mais confiáveis!

      Excluir
    4. Yuri, na verdade, ainda faltam projetos inquestionáveis.
      Por exemplo, ao novo Cerato ainda faltam obviedades como
      7 airbags de série em todas as versões,
      sensores dianteiros de estacionamento,
      freio eletrônico,
      saídas de ar e USB para os passageiros de trás,
      motor turbo ou com melhor relação de consumo/desempenho,
      plataforma moderna e de alta qualidade
      e, óbvio, patrocinar um crash test para ter o selo de 10 estrelas.

      Resumindo:
      É preciso que o carro seja "perfeito" e ainda cobrar 5 mil a menos
      do que Civic e Corolla, para compensar um pouco a história que ambos
      construíram no Brasil.

      Com um carro "perfeito", os blogueiros, analistas, especialistas, a mídia em geral não terão elementos de crítica, diminuindo pretextos, muitas vezes irrisórios perante as qualidades, que gerem e multipliquem insatisfação no público. Isso vira uma bola de neve.

      Carros "perfeitos", que custam menos, com 5 anos de garantia, valorização do usado, parcelamento vantajoso e juros baixo, enfim, tem que trabalhar todo o contexto para se destacar no mercado.

      Não adianta a Dona Peugeot ficar só no marketing (e eu trabalho com marketing!) dizendo "Vem conhecer a Nova Peugeot"...

      É preciso realmente oferecer um ciclo completo do produto e da venda. Quem derrapa em um ponto precisa compensar com o outro (que é o caso da Toyota e da Jeep). Quem derrapa mais, vem perdendo espaço, como a Honda... E assim vai.

      Excluir
    5. A versão básica de R$ 95.000,00 tem 2 airbags, volante de plástico, bancos em tecido e ar condicionado analógico, perdendo também a partida por botão.
      Ou seja: ridícula.
      Já a versão de R$ 105.000,00 já encosta no preço do novíssimo Corolla 2.0 XEI, mais potente, mais moderno, mais completo, melhor construído, maior, etc.

      Ou seja. Não vai vender nada esse Cerato.

      Excluir
    6. Carlos JSB, realmente é complicado. Acho o caso da Peugeot mais grave ainda, pois a mesma monta os carros em território nacional e mesmo assim nção passa confiança ao consumidor.

      Excluir
  2. O design é incrível.

    Lembra um Audi A4 da lina S Line ou até mesmo RS.

    Tanto os para-choques dianteiros e traseiros, bem como as lanternas, apresentam visual de agressividade.

    Acho que a meta de 350 unidades mensais será batida com folga.

    ResponderExcluir
  3. O preço também está absolutamente agressivo.

    R$ 105 mil na versão top, enquanto os outros sedãs saem por mais de R$ 120 mil em versões completas.

    E esse Cerato tem acabamento interno primoroso, com materiais nobres, como alumínio e couro. É semelhante às Mercedes C180, sem exageros.

    Os botões internos são metálicos, e não em plástico duro. É um carro de outro patamar, por preço de sedã médio de entrada (Corolla GLI pelado, Jetta 250 pelado com volante em plasticão e assim por diante)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um Jetta 1.4 Top R250 na prática com teto custa 110 mil.. apenas 5 mil a mais é muito mais carro

      Motor mais moderno
      Multimídia e Painel no nível do que tem realmente de mordendo
      Frenagem ativa etc

      Excluir
    2. Isso aí vc está inventando.
      De acordo com o sítio oficial da VWBR o Jetta R-Line com teto solar opcional sai por R$ 124.890, isso na sem graça pintura branca sólida ou no espalhafatoso e cafona vermelho.

      Ou seja, custa R$ 20 mil a mais que o Cerato.

      Uma diferença nada desprezível.

      O único Jetta que está oficialmente em promoção é o Confortline sem teto, por R$ 100 mil, MY 2019/2019 (o Cerato já é 2020).

      Se na sua concessionária local tem Jetta R com desconto de R$ 20 mil, isso não significa nada. Pode ser uma unidade 0km com retoque, km avançada por test drives "informais" (40, 50km no painel), entre outros detalhes que comumente acontecem nas concessionárias Brasil afora.

      Excluir
    3. Direto da Webmotors:

      Jetta R c/teto na Delta Joinville/SC: R$ 126900
      Jetta R c/teto Abrão Reze/SP: R$ 124.900 - metálico
      Jetta R c/ teto Comeri VW/SP: R$ 119.999 - cor sólida

      Esse teu Jetta aí de 110k tá zuado, pode ter certeza

      Excluir
    4. VERSÃO R-LINE + TETO SOLAR ELÉTRICO R$ 111.900,00 Na ALTA VW. E com TAXA 0% com entrada de 60% e saldo em 18x.
      Você só pesquisa nas mais caras, claro que o preço estará maior.

      Excluir
    5. Jetta Comfortline, na prática, sai por 95 mil.

      Impraticável levar um Cerato,
      com Jetta oferecendo motor turbo, freio eletrônico,
      sensores completos, tilt-down,
      ótimo acabamento também, além de ser um VW,
      que mesmo a gente tirando sarro das fanzetes,
      é uma marca muito maior como um todo
      e infinitamente maior no Brasil.

      Em breve esse Cerato estará por 89 mil...
      É só aguardar...

      Excluir
    6. A versão básica de R$ 95.000,00 tem 2 airbags, volante de plástico, bancos em tecido e ar condicionado analógico, perdendo também a partida por botão.
      Ou seja: ridícula.
      Já a versão de R$ 105.000,00 já encosta no preço do novíssimo Corolla 2.0 XEI, mais potente, mais moderno, mais completo, melhor construído, maior, etc.

      Ou seja. Não vai vender nada esse Cerato.

      Excluir
  4. Daqui a pouco aparece um retardado dizendo que onix é melhor...

    ResponderExcluir
  5. Onix Sedan Plus Premier Muscle Car Popular Turbo é Melhor Custo x Beneficio.

    ResponderExcluir
  6. Já tive um Cerato (comprado no final de 2009) e a experiência foi excelente. Infelizmente a Kia se perdeu ao longo do tempo, não soube reagir ao mercado e virou uma coadjuvante. Esta nova versão é linda, mas o preço da versão de entrada (R$ 94.990) é muito alto para o pacote de equipamentos oferecido - basta ver, por exemplo, que o Civic LX custa apenas R$ 3.000 a mais, vem mais completo e conta com a imagem de pós-vendas da Honda. Fica muito, muito difícil.

    ResponderExcluir
  7. Está aí um carro irrelevante para o mercado.

    ResponderExcluir
  8. É maravilhoso, tenho cerato outras marca ficam parecendo carroça perto carros kia, com certeza vou comprar novo!

    ResponderExcluir
  9. "espalhafatoso e cafona vermelho"... ainda bem que gosto é gosto. Duvido que diga isso quando uma Ferrari passa rugindo do lado. Enfim...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.