Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Toyota Corolla 2020 XEi terá motor 2.0 flex de 160 cv

Categorias: , , 58 Comentários

A Toyota do Brasil lançará no próximo mês de setembro a nova geração do Corolla no mercado nacional, que terá como uma das principais novidades o sistema de propulsão híbrido na versão topo de gama, Altis. As versões de acesso, GLi, e intermediária, XEi, adotam o mesmo motor 2.0 VVT-i Flex, do modelo atual, porém ajustado para mais potência.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

Segundo a revista Quatro Rodas, o motor 2.0 Flex das versões Gli e XEi terão 160 cv de potência (7 cv a mais que o atual, e 10 cv a menos que a expectativa de 170 cv). Essas versões terão ainda freio automático.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

O torque também será um pouco superior aos atuais 20,7 mkgf, na faixa de 21,5 Kgfm.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

A transmissão automática dos modelos 2.0 será o CVT com 7 marchas. Na Europa e nos EUA a Toyota estreou um novo CVT com 1ª marcha convencional, o qual se espera no modelo brasileiro.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

Esse nível de potência mais baixo que o esperado sugere que o motor do nacional não é o mesmo Dynamic Four com injeção direta usado no Corolla Sport na Europa, mas uma versão aperfeiçoada do motor atual do modelo brasileiro.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

Em relação às versões, segundo concessionários, serão 4: Gli 2.0 Flex (preço ~ R$ 100 mil), XEi 2.0 Flex (preço ~ R$ 109 mil), Altis 2.0 Flex e Altis Híbrida (preço ~ R$ 127 mil) com motor de 101 cv Flex + elétrico de 72 cv, perfazendo 125 cv.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

Além da estética e do motor híbrido, o Corolla 2020 contará, dependendo da versão, com itens de assistência ao motoristas como assistente de permanência em faixa ativo (mantém o carro na pista), controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência em cidade, com monitoramento frontal.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

No exterior, apenas o modelo Altis contará com faróis Full LED, sendo que as demais versões contarão com um conjunto ótico mais simples.

Novo Corolla 2020
Novo Corolla 2020

Em relação ao interior, a imagem revelada há poucos dias aponta um interior idêntico ao europeu, mas com revestimento interno em tonalidade única.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

Haverá diferenciação ainda em relação às rodas.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

No que se refere à segurança, todos os Corolla 2020 virão com 7 airbags, controle de estabilidade e tração, além do assistente de partida em rampa.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

O novo Corolla 2020 mede 4,63 metros de comprimento, 2,7 metros de entre-eixos, 1,435 metros de altura, e 1,78 metros de largura.

Novo Corolla 2020 XEi 2.0 Flex Automático

O porta-malas comporta 470 litros.

Novo Corolla 2020 Altis Híbrido Flex

Fonte: [Quatro Rodas]

58 comentários:

  1. Vai despencar as vendas do voyage, que é seu rival.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. genti...mim poupi!!!! concorrente do corolla e o virtus!!!! aff!!!!

      Excluir
    2. Voyage que segundo o VoudeBike "faz as vezes" do Jetta GLI.

      Excluir
    3. Mas vc está falando de qual Voyage Vinicius?

      O "P", "M", "G" ou "GG"?

      Pela qualidade do Corolla eu considero que ele concorre com o "GG" (Passat). A única vantagem do Voyage GG é o motor. Mas quem se importa com isso é gente abestada e imatura, por isso o Corolla é superior.

      Excluir
    4. Corolla com muito sacrificio concorre com Jetta. De novo um carro insosso pra vovô, sem itens simples como teto solar, ar dual zone e motor turbo.

      Excluir
    5. Novamente um carro equilibrado, com mecânica extremamente confiável, durável, com designe sóbrio, que continuará atendendo com primor o nicho a que se propõe, de pessoas racionais. Seguirá como líder do mercado, pouca desvalorização, manutenção fácil e "barata" (em relação aos concorrentes da mesma categoria, claro!), com ótima revenda.

      Excluir
    6. mais um face lift , mais do mesmo , e como sempre os fan-boys pira , kkkkkkk

      Excluir
  2. Mas ficou bonito viu.... Dessa vez a Toyota acertou em cheio no design.

    Os 160cv são mais que suficientes para se isolar na liderança.

    Falo da liderança entre os Suvs, pq não tem graça o Corolla ficar concorrendo com sedã, as vítimas dele agora serão os Suvs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra ter ideia de design...

      O Corolla antigo já foi apelidado de "Brad Pitt".

      Ou seja, a Toyota sempre acerta no design.

      Já os carros da Wolksvirgem são apelidados de "sapão"...

      Excluir
    2. "Brad Pitt" não pelo design, mas porque na geração 2003 aparecia o ator num comercial do carro.

      Excluir
    3. Que burro, dá zero pra ele! Brad Pitt porque ele foi o ator contratado pra fazer a propaganda do carro...

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Não sera eu q irá comprar, mas vai vender muito este hibrido por este preço!

      Excluir
  3. Como tem fanboy da Toyota nesse site. O concorrente do Virtus é o Toyota Camry, que a Toyota só traz importado pois sabe que no território dos sedans executivos de luxo, o Virtus é absoluto. A começar que o Virtus tem diferencial XRDS plus, acabamento incrível que imita reboco cinza, bebe menos e ainda é o Sedan que no Brasil faz as vezes de Bentley Mulsanne.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Virtus é uma obra prima de engenharia, muito superior a serie 3, classe C e outros carros com menos tecnologia e acabamento.

      Excluir
    2. Exato, é tão difícil fazer o povo entender... O Bentley Flying Spur é o primo britânico do Virtus, mas não é tão bom quanto por não ter o motor 1.0 TSI que anda mais, bebe menos e paga menos imposto

      Excluir
    3. Virtus vai desbancar o Corolla. Acabamento melhor, diferencial Xps, motor Fdp, tração WC e câmbio Pqp... custa mais e paga menos imposto. Enfim, destruidor de sedans.

      Excluir
    4. esse yuri tá tonto até agora essa que ele bebeu deixa o camarada no mundo da lua.

      Excluir
  4. Acertou a toyota em não usar injeção direta. Esse sistema é um problema com nosso combustível, o que iria minar a confiabilidade dos seus motores. Todos os modelos de todas as marcas têm problemas de injetores nesses motores equipados com injeção direta no Brasil, depois de uns 50mil km é contagem regressiva para a bomba explodir, junto com as turbininhas em motores pequenos.

    ResponderExcluir
  5. Se não vier com injeção direta, muito melhor, eficiente e econômica, é uma bola fora!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bola fora é esse negócio de injeção direta. Só dá pau em bicos.
      Corolla é carro robusto, não é pra ter fru fru tecnológico sem finalidade alguma.
      A decisão de extirpar esse câncer denominado injeção direta é mais do que acertada.
      A única injeção direta que presta, é aquela que vem direta e indireta, como no caso do Golf GTI e da linha híbrida da Toyota.

      Excluir
    2. O Mustang tbm tem injeção direta e indireta

      Excluir
    3. Com essa nossa gasolina vagabunda, concordo! Tive Jetta 2.0 TSi e Fusion Titanium AWD, ambos com injeção direta, e os dois me deixaram na mão com problemas nos bicos.

      Excluir
    4. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.....

      Excluir
    5. Ah tá espertão... No mundo todo a grande maioria é injeção direta, salvo alguns modelos que tem ambas por questões de curvas de torque e desempenho específicos e o "ixpertão" diz que é fru fru tecnológico sem finalidade alguma.
      Cara, pode ser fanboy, só não precisa ser aloprado desse jeito né...

      Excluir
  6. Primeiro e único híbrido Flex d mundo ! PARABÉNS a toyota Brasil!

    ResponderExcluir
  7. O pessoal da terceira idade não dorme mais ansiosa para usar mais uma fez o ciclo toyoteiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terceira idade pira!!! Kkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. A Toyota está tomando providências para o Corolla atrair um público mais jovem. A meta é atrair pessoas abaixo de 70 anos, vejam:


      https://www.car.blog.br/2018/06/corolla-sport-quer-atrair-consumidor.html

      Excluir
    3. Terceira idade também pira em Virtus, Voyage e Jetta...
      Tiguan e Passat então, nem se fala...

      Excluir
    4. Quanto mais vivência mais sabedoria, sou velho com 40?? Pq eu adoro esse carro

      Excluir
  8. Altis Híbrida (preço ~ R$ 127 mil) com motor de 101 cv Flex + elétrico de 72 cv, perfazendo 125 cv.

    Cálculo feito por quem previu golf vendendo 6000 unidades/mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A potência combinada entre os dois motores não corresponde a soma das mesmas, tem uma pequena perca de potência por isso a diferença

      Excluir
    2. Fato é que o Corolla, sim, vai vender 6.000+ unidades/mês

      Excluir
  9. Acerto da Toyota em não colocar injeção direta, que não traz benefícios e onera a manutenção.

    Porém, tenho fonte segura que dentro de 6 meses retorna o motor 1.8 VVTi Flex, restaurando a antiga versão XLi, que passa a ser o modelo de entrada, abaixo dos R$ 100 mil.

    A potência deve se manter na casa dos 144 cv, sempre atrelado ao câmbio automático CVT de 7 velocidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A injeção direta vai dominar todas as marcas em breve. A manutenção hoje é mais cara, mas com o passar do tempo vai diminuir com o ganho de escala. Era o mesmo problema quando surgiu a injeção eletrônica. Se desse problema era infinitamente mais cara que o sistema carburado. Adivinha o que aconteceu?

      Excluir
  10. Estou bem decepcionado.... Tá virando aquelas "ajambradas" que as "4 Grandes" sempre fizeram.

    ResponderExcluir
  11. Lembrando que terá Apple Carplay e Android Auto.

    A minha projeção de preço é a seguinte:

    Corolla GLI 2.0: R$ 99 mil
    Corolla XEI 2.0: R$ 109 mil
    Corolla XEI 1.8 híbrido: R$ 119 mil
    Corolla Altis 1.8 híbrido: R$ 128 mil
    Corolla Altis 1.8 híbrido + ACC: R$ 136 mil

    Q u e m v i v e r , v e r á

    ResponderExcluir
  12. genti....designer sem graça!!!!!!!! não amei.
    interior pobri!!!!! não tem muito botão!!!! não amei!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá faltando plástico duro brilhante! Um absurdo não ter...

      Excluir
    2. Não vai dar o botão para o designer então.

      Excluir
  13. Essa potência de só 160 CV eu acho que será para a versão pé-de-boi. As outras versões terão mais potência e primeira marcha curtinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente... Duvido o GLi ter o motor igual ao do XEI... No mínimo alguns Cavalos a mais terá..

      Excluir
  14. Imagina que delícia chipar essa lasanha e ficar com 173 CV tudo Duma vez

    ResponderExcluir
  15. Cadê o freio de mao elétrico??? Tem uma mega alavanca ali nas fotos...

    ResponderExcluir
  16. De brinde vem uma televisão de 40" apoiada no rack...!!!!kkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceita q dói menos... Vai continuar líder por muito tempo.
      Tudo como antes.
      Se é de vovô ou não, não importa... Vende bem, baixa desvalorização, baixa manutenção.
      Para q ser ousado e correr o risco de não atender ao público q se destina?
      Parabéns Toyota! O resto é choro!

      Excluir
    2. Mas que menina orgulhosa com o novo Corolla! Toda faceira, dando gritinhos e pulinhos de alegria! Parabeniza a TOyota, mas a Toyota nem sabe que ela existe....

      Excluir
    3. Isso me lembra alguém. Ah, é tu com a VW.
      A diferença é que ele fala verdades, você tem fantasias sexuais com lançamentos e números de vendas.

      Excluir
  17. Vou trocar meu passat 2019 por esse Corolla...sou o primeiro da fila na lista de espera na minha cidade..

    ResponderExcluir
  18. Aproveitando......além da tv de 40" , o rack tbm vem de brinde...!!!!kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. Toyota muito espero
    Soube conquistar o mercado com muita paciência, desde os antigos Bandeirante
    Quando lançou um carro no Brasil, lançou um modelo não popular, de preço elevado, mas com status de importado na época. Também com elevada qualidade de construção. Devido a isso, suas concessionárias não precisavam lidar com altos volumes de atendimento, e atendiam clientes de boa capacidade financeira, portanto já tinham lucro e relativamente pouco trabalho
    Por manter o modelo sempre atualizado com o exterior, também garante que seu público continue fiel e não procure nada na concorrência.
    Com essa estratégia inteligente, veio a fama de ótimo atendimento, produto robusto (que vem também do tipo de público do Corolla, pessoas de mais idade e conservadoras, que cuidam melhor dos carros) e também surfou na admiração do mercado pelo produto japonês

    Enfim, foram pacientes, inteligentes, e capazes, por isso entregam ao mercado o que ele quer, e o mercado compra quase sem comparar os demais
    Muito difícil atualmente alguém quebrar esse ciclo da Toyota nesse segmento
    A Honda era quem tinha as melhores chances, mas não conseguiu oferecer exatamente o que o mercado queria e se distanciou nos últimos anos

    Talvez alguma marca no futuro consiga lançar um sedã tão bom, tão bem precificado, tão a frente, tão confiável, que consiga encarar o Corolla nas vendas
    Mas além de ser muito difícil, é trabalho para no mínimo duas ou três gerações de sedans

    ResponderExcluir
  20. Corolla 2.0 ja anda pra baralho, imagina esse novo com esses aperfeiçoamentos!

    ResponderExcluir
  21. Corolla só quando tiver motor turbo.

    ResponderExcluir
  22. Se Corolla por R$ 100 mil é carro de velho, então um Audi A4 por 200 mil é carro de quem? Adolescente???

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.