Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Categorias: , , , 20 Comentários

A Audi inicia a comercialização do novo Audi A1 Sportback na Argentina em duas versões: A1 30 TFSi S-Tronic, US $ 33.500 (R$ 137 mil); A1 35 TFSi S-Tronic, US $ 37.200 (R$ 152 mil)

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

A segunda geração do Audi A1 foi lançado na Europa em 2018, e agora chega ao mercado platino, com design mais dinâmico, caráter esportivo e tecnologia a bordo relacionada ao infoentretenimento.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Em relação à mecânica, o nível de entrada é o A1 Sportback 30 TFSI conta com o motor 1.0 TFSI (o mesmo do Polo 200 TSI), com 116 cv, e acelera o hatch de 0 a 100 km / h em 9,4 segundos. O consumo médio aprovado desta versão começa 20,4 km/l.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

A versão mais esportiva é representada pelo A1 Sportback 35 TFSI de 150 cv com o novo motor de 1,5-litro de 4 cilindros também turbocomprimido que oferece uma aceleração de 0 a 100 km / h em apenas 7,7 segundos.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Ambos os modelos têm uma caixa S-Tronic de dupla embreagem de 7 velocidades, injeção direta, turbocompressor e filtro de partículas.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Em relação à geração anterior, além de ter uma evolução significativa em seu design, o novo Audi A1 Sportback está preparado para o futuro digital - mesmo a partir da versão básica - com um alto equipamento tecnológico e de segurança.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Todos os A1 Sportback vendidos na Argentina trazem de série:o Digital Instrument Cluster localizado atrás do volante e onde o painel de instrumentos é totalmente digital, em uma tela anti-brilho de 10,25 polegadas e MMI Display de 8,8 polegadas com tecnologia touch.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

A interface do smartphone da Audi também é padrão, compatível com o Apple CarPlay e o Android Auto. Conexão via 1x USB-A e 1x USB-C.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

É importante notar que o Audi A1 Sportback 30 TFSI inclui: sensor de estacionamento frontal, interface Bluetooth, sistema de som Audi, material rodante dinâmico, controle de cruzeiro, Audi Digital InstrumentCluster, direção hidráulica eletromecânica, espelho retrovisor interior anti-reflexo Espaço pequeno, programa electrónico de estabilização ESP, controlo automático da climatização de 2 zonas, ancoragem infantil com barra superior, luzes dianteira e traseira LED 100%, piscas traseiras dinâmicas, interface para smartphone Audi compatível com Android Auto / Apple CarPlay e volante em pele em design de 3 raios, multifunções e câmaras de mudança.

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Por seu turno, o A1 Sportback 35 TFSI acrescenta a este equipamento padrão: Assentos dianteiros desportivos com apoio lombar, pneus de design estrela de 5 estrelas com pneus 215/45 R17, frente, sensores de estacionamento traseiros e câmera traseira

Novo Audi A1 2020: preço começa em R$ 137 mil - Argentina

Pode-se personalizar o Audi A1 Sportback com três pacotes de equipamentos diferentes são destacados: O Pacote de Assistência está disponível para o 30 TFSI e possui sensores de estacionamento dianteiros, câmera de ré e aviso de partida da faixa. Este pacote estende os níveis já elevados de segurança do modelo de série. O Pacote Tecnológico com Audi phonebox, ComfortKey e Audi cockpit virtual expande a digitalização do modelo e do Pacote Escuro que possui um Telhado de Cor Contraste, Spoiler de Teto de Linha S e Pacote de Contraste, que consegue dar um estilo mais acentuado ao modelo.



Estes dois últimos pacotes estão disponíveis para ambas as versões.

20 comentários:

  1. E brasileiro pensando que paga caro em carro, chupem ermanos! 152 mil em um polo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e alguém ainda querendo que i$to vem pro brasil!

      Excluir
    2. Caríssimo, não irão trazer para o Brasil com certeza...
      Eu gostei do design e o acabamento aparenta ser muito bom, mas o preço é proibitivo...

      Excluir
    3. Aqui custaria menos pois na Argentina se enquadra como carro de luxo e paga imposto alto. Mas é melhor pagar 130 mil nele do que 120 mil num T-Cross.

      Excluir
  2. É uma honraria para polo compartilhar estrutura e peças com um Audi. Por isso o hatch da VW simplesmente não tem concorrência no Brasil. Tá pra nascer um concorrente a altura no nível construtivo, tecnológico, de motores e segurança do polo.

    Solto um pergunta... O yaris, o argo (que dizem concorrer com o polo) compartilham projeto com quem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for assim o Argo compartilha com mais carros Premium: Giulietta, MiTo, 4C, Compass, Cherokee. Que argumento ridículo jkkkk

      Excluir
  3. O argulino partilha com o virgulinoKKKKK😈

    ResponderExcluir
  4. Vc não sabe? Argumino compartilha ccom o Virgulino kkkkkk😈

    ResponderExcluir
  5. No Brasil, Audi é só para quem tem muito dinheiro, tudo nele é muito caro, quem compra zero km com CNPJ e mantém a garantia ainda tem uns anos de tranquilidade pela frente, pois, oc sutos incomodam até quem tem condições - Já a qualidade da marca não se discute!

    ResponderExcluir
  6. Painel simplório feito a facão como no golzão. Depois reclamam quando falam que a audi é uma vw emperiquitada.

    ResponderExcluir
  7. Opa... onde está o Polo de 4 cilindros e 150 HP. Não vi ainda. O "Brasileiro" já viu...?

    ResponderExcluir
  8. Para um VW está muito bom. Para um Audi, decepcionante.
    Interior totalmente VW.
    É pior do que as interferências da Fiat na Jeep.
    Até a presença do logo Audi na frente está prejudicada, talvez até por vergonha...
    Enfim, é um Audi que consegue perder em design, desempenho e recursos para um Golf. Isso diz tudo.

    ResponderExcluir
  9. Só vejo gente criticando, mas não tem dinheiro nem para comprar um gol bola.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.