Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Tarek, concorrente do Compass, será vendido nos EUA

Categorias: , , , 31 Comentários

A Volkswagen confirmou que venderá uma versão modificada do Tharu chinês nos Estados Unidos, a partir de 2021. Esse modelo estava planejado para ser fabricado na Argentina, mas é provável, agora com o fim das cotas de importação do México, que seja vendido no Brasil importado do México.

Volkswagen Tarek

Em uma apresentação para homenagear o Fusca, Steffan Reiche, CEO da Volkswagen do México, confirmou que o veículo, conhecido internamente como Tarek, entrará em produção em 2020 e atingirá concessionárias no início do ano seguinte.

Volkswagen Tarek

Reiche acrescentou, porém, que Tarek não era necessariamente o nome pelo qual seria vendido.

Volkswagen Tarek

“Estamos procurando por nomes. Os nomes são realmente difíceis ”, disse Reiche. "Tem que ser bom no México e nos EUA."

Volkswagen Tarek

Conforme relatado em maio, o veículo será uma versão levemente modificada do Tharu , um pequeno SUV atualmente à venda na China. Com cerca de 70 centímetros de comprimento, o Tarek será 10 centímetros mais curto que o mercado norte-americano Tiguan e cerca de 2,5 centímetros mais curto que a versão européia.

Volkswagen Tarek

O Tarek não se parecerá exatamente com o Tharu.



"A forma será localizada", disse Reiche. “A versão chinesa versus a nossa, a nossa é mais musculosa, resistente e com aspecto mais SUV. É definitivamente diferente da versão do mercado chinês. ”

Volkswagen Tarek

Enquanto o Tarek é destinado ao mercado norte-americano, ele será compartilhado com outros mercados, como o Atlas. Apenas quais mercados Reiche não divulgaria. O slide de apresentação de maio, porém, sugeriu que está sendo considerado para a Rússia, Argentina e Brasil.

Volkswagen Tarek

O pequeno SUV será essencial para a Volkswagen do México, cuja linha Beetle acabou de fechar. Também será um benefício para os revendedores da VW. Com o aquecimento do mercado de SUV ea produção do final da Tiguan Limited, a Volkswagen está atualmente perdendo um pequeno SUV.

31 comentários:

  1. Mais um para passar vergonha junto com o T-Jurassic.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cai nocautear a Compass,ele não é Fiat pra ser jurássico

      Excluir
    2. Alguém falou em Fiat ???? Mas já que comentou é tão jurássico a Jeep que os números de vendas comparado ao VW chega ser humilhante.

      Excluir
    3. Jeep amigo , bote o logo da Fiat pra ver kk

      Excluir
    4. Passar vergonha? Só no seu planeta e na sua cabecinha acéfala. O dia que a sua amada Fiat chegar aos pés da VW vc já será inteligente o suficiente para não falar tamanha asneira em público

      Excluir
  2. Coitado dos Argentinos, com o Bolsonaro perderam a produção de um carro no seu País para os Mexicanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse Argentino só comprava a Amarok que é feita lá. Essa Volks são c@n@lh@s de fazer isso.

      Excluir
    2. O que Bolsonaro tem haver com Argentino,s, Bolsonaro não tem montadora de veículos.!

      Excluir
    3. Deve ser que o Bolsonaro liberou a entrada de carros Mexicano no Brasil sem limites de cota e fez como diz na matéria que a produção do vw Tarek na Argentina dançar.

      Excluir
    4. Ele fez certo tem que defender os interesses do brasil não da argentina

      Excluir
  3. Eu não entendo a possível chegada desse carro no mercado brasileiro, pois a VW já tem o t-cross e o Tiguan que preenchem os preços até a casa dos 180 mil reais.
    E é possível comprar a versão intermediária do tiguan por cerca de 125~135 mil reais, é só procurar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que cabe algo entre o t-cross e a tiguan espichada... exatamente no tamanho do compass, atual queridinho dos suv.

      Excluir
  4. O que falta esse pessoal entender é que o sucesso do Compass também está ligado ao fato de ser nacional. Isso dá uma certa sensação de segurança, sobre peças, manutenção e continuidade de linha, diferente de um importado que de uma hora pra outra sai de linha, para de trazer peças e o consumidor fica na mão. Enquanto não fabricarem no Brasil um SUV do mesmo porte para concorrer, continuará sendo de lavada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo ver a jeep a marca americana e não Fiat

      Excluir
    2. O sucesso de Compass e Renegade tem a ver também com a quantidade imensa de subsídios de impostos que a fábrica de Goiana tem, que lhes permite vender os carros abaixo da concorrência. Tem Renegade de 69 mil e Compass de 113 mil, enquanto os concorrentes começam em 130 mil, apesar de mais equipados.

      Excluir
  5. Com o Suv do Polo T-Sport e essa Tarek vai matar de vez o T-Cross que nada vende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estão decretando de vez o fim do T-Cross e mais para esses novos carros a VW vai ter que ter no mínimo um acabamento descendente com painel emborrachado e freio eletrônico como o líder Renegade.

      Excluir
  6. Na minha opinião a VW deveria ter os seguintes CUVs e SUVs:
    T- Sport custando $60 - $80 mil
    T- Cross custando $75 - $115 mil
    Tarek custando $110 - $140 mil
    Tiguan custando $130 - $170 mil
    Se tivesse esse portifólio venderia horrores e seria dona do mercado no continente Americano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não adianta, a Jeep com 2 modelos vai continuar sendo líder do mercado.

      Excluir
    2. Dá a ideia pra Volks,aí quem sabe eles te houve, você diz que é fanboy.!

      Excluir
    3. Como se a opinião do consumidor valesse alguma coisa não é ??? A Vw tem apoiadores fanáticos como C4C então a grande maioria de consumidores não vale de nada, por isso a VW nunca será líder no mercado Brasileiro, mais fácil o grupo Fiat ficar nos entulhado mobys e outras porcarias como Palio Wekend

      Excluir
  7. Para o sabichão que no gosta de carro chines , esta ai um legitimo xingling

    ResponderExcluir
  8. Não sei de onde tiram tanta abobrinha, pois a versão brasileira virá da Argentina cuja linha de montagem já está sendo preparada e deve começar a produzir no final de 2020.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabe ler o texto não, o quer que eu desenhe.

      " A Volkswagen confirmou que venderá uma versão modificada do Tharu chinês nos Estados Unidos, a partir de 2021. Esse modelo estava planejado para ser fabricado na Argentina, mas é provável, agora com o fim das cotas de importação do México, que seja vendido no Brasil importado do México."

      Excluir
  9. "Esse modelo estava planejado para ser fabricado na Argentina, mas é provável, agora com o fim das cotas de importação do México, que seja vendido no Brasil importado do México." Tá no texto.

    ResponderExcluir
  10. Que saudade das noticias dos hatches !!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.