Car.blog.br

Pesquisar este blog

Nissan Kicks 2020: preço, consumo, fotos e detalhes

Categorias: , , , , , 27 Comentários

A Nissan do Brasil apresenta a linha 2020 do crossover urbano Nissan Kicks, com preços começando em R$ 78.290 reais.

Nissan Kicks 2020

Nesta linha 2020, umas das principais novidades é a disponibilidade da assinatura em led nos faróis como equipamento de série desde a opção de entrada (a versão Direct não conta com este item), a S com câmbio manual – antes apenas a versão SL contava com esse recurso.

Nissan Kicks 2020

O Kicks S manual também ganhou itens de fábrica como o Sistema Inteligente de Partida em Rampa (HSA) e os Controles de tração e estabilidade (VDC), que até a linha 2019 eram vendidos como opcionais no “Pack Safety”. Outra novidade para essa opção da linha Kicks é a inclusão de Apple Car Play e Android Auto no multimídia, que permite conectar os aparelhos celulares com sistemas iOS e Android ao sistema da Nissan.

Nissan Kicks 2020

A versão S CVT, a primeira da linha a contar com câmbio Xtronic CVT, também recebeu mais equipamentos. Além do já citado farol com assinatura em led, a opção é também a primeira a contar com o controlador automático de velocidade, popularmente conhecido como “piloto automático”, item que era requisitado pelos clientes – derivada da S CVT, a versão Direct para o público PcD incorpora esse mesmo item no novo ano-modelo. Também ganha os aplicativos Apple Car Play e Android Auto, grade frontal e maçanetas internas na cor preta.

Nissan Kicks 2020

Para o Kicks SV, a Nissan incluiu a assinatura de led nos faróis e o controlador automático de velocidade, além de oferecer como item de série air bags de cortina, item que estava disponível como opcional no “Pack Plus” até a linha anterior. Acabamento dos bancos e detalhes das portas de couro sintético também são itens vendidos à parte para a versão.

Nissan Kicks 2020

A versão mais completa, a SL, incorpora de série a assinatura de led (antes era opcional) nos faróis também de led, o controlador automático de velocidade e o apoio central de braço, item muito solicitado e que agora a Nissan torna item de fábrica – antes era disponibilizado como acessório nas 180 concessionárias da marca de todo o país.

Nissan Kicks 2020

As cores disponíveis permanecem as mesmas: vermelho, branco, preto, cinza, prata, marrom, além das opções “2-Tone”, combinação que criou uma tendência no segmento de crossovers compactos no país: cinza com teto laranja, prata com teto preto, branco com teto preto, marrom com teto preto e preto com teto cinza.

Mecânica

O Nissan Kicks mantém o mtoro 1.6 16V, que desenvolve 114 cavalos, casado com uma transmissão manual de seis velocidades ou com o câmbio XTRONIC CVT.



Os consumos na cidade para o câmbio manual, de acordo com medições do Inmetro, são de 7,8 km/l (Etanol) e 11,1 km/l (Gasolina) na cidade. Na estrada, a versão com pedal de embreagem marca 9 km/l (Etanol) e 13 km/l (Gasolina), respectivamente. Com a transmissão XTRONIC CVT as médias são de 7,7 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada, com etanol, e 11,4 km/l e 13,7 km/l com gasolina, respectivamente nos dois tipos de ciclo.

Tabela de preços

ModeloPreço atualPreço anteriorAumento
Nissan Kicks S Direct (PcD)R$68.640R$68.640R$0
Nissan Kicks S M/TR$78.290R$75.790R$2.500
Nissan Kicks S CVTR$85.990R$84.390R$1.600
Nissan Kicks SV CVTR$92.790R$91.390R$1.400
Nissan Kicks SL CVTR$102.790R$100.990R$1.800




Pintura metálicaR$1.500

Teto bicolorR$500

Interior begeR$500

27 comentários:

  1. Se o TCross tivesse uma versao 1.6 automatica e quatro air bags comecando em 75 mil e um visual mais ou menos como o confortline venderia junto com os lideres. Mas e preciso uma analise muito criteriosa e tecnica pra entender que o tcross e bem superior aos conrrentes. Como Brasileiro n tem poder de analise nao da bola pras vantagens do Tcross. E a mesma coisa do up! Nao se consegue exergar que ele e muito melhor que um gol por exemplo. Mas a VW ja se pronunciou que nao quer a lideranca perdendo dinheiro com a faz

    ResponderExcluir
  2. Tcros é bom , mas cobra muito alto, alem do que oferece. Lembrando que ele está concorrendo no mundo dos USVs. Temos o Suzuki Viatara a partir de 75 mil e em termos de construção e confiabilidade nao perde em nada. Alem do mais, versao top com motor 1.4 turbo, 4×4 teto solar panorâmico está saindo por 116 mil... Entao, por mais que seja um bom produto, o Tcross precisa baixar pelo menos 10 mil Reais em.todas as versoes para poder concorrer com os demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzuki, fera? tu só pode tar de sacanagem... kkkk

      Excluir
  3. Se não tivessem poder de análise, comprariam todos os mesmos carros, teriam todos a mesma opinião, o que por si só já representaria uma falta de liberdade, ou uma real falta de poder de análise.

    ResponderExcluir
  4. Cada um analisa, e decide de acordo com suas experiências, expectativa, necessidades. E para o brasileiro, preço conta muito.

    ResponderExcluir
  5. Ainda reclamam dos preços do T-Cross. Esses haters acham "normal" um carro com plataforma de march, com calotas, 2 airbag, motor 1.6, sem rebatimento dos retrovisores, sem sensores custar 78 mil. kkkkkkkkk Esses críticos já estão ficando desmoralizados kkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Meu sogro teve um versa por 5 anos, me vendeu com 50mil km rodados, e depois foi de kicks, os 2 não dão manutenção, são econômicos, apesar do tão criticado 1.6, são leves e ágeis, boa arrancada, bom de ultrapassar, e chegam fácil nos 140km/h. Revisões baratas na Nissan, e seguro tbm, pois não são visados para roubo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk me desculpa, podem nao dar manutenção, mas com esse motor eles nao sao nem um pouco ágeis, motor é de geladeria... nao anda nada cara, carro carregado e ocupando 4 pessoas, nao sai do lugar, até um perigo

      Excluir
    2. Oh Poison aí tu pegou pesado, comparando o motor 1.6 do Kicks com um motor de geladeira. Kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  7. Como falei em outro comentário,o kicks pode não ser o melhor em nenhum indicador( sim, no preço ), mas ele é bom em tudo, se tornando um belo cxb.

    ResponderExcluir
  8. Pessoal, preciso de duas opiniões:
    1) minha mãe vai adquirir um veículo para PCD e dessa vez deseja a redução total de IPI e ICMS. Ela somente deseja carros altinhos ("SUVs") e dentre as opções de mercado somente sobraram CRETA, KICKS e RENEGADE, todos em suas versões básicas. Qual será que é melhor? Até agora estamos inclinados ao CRETA devido ao espaço interno e ela achou legal o sistema de "desligamento do motor ao parar no sinal". Cheguei a mostra o Peugeot 2008, CACTUS e CAPTUR, mas ela não deseja mais carro francês. Entre as três apresentadas, qual será melhor? Os três veículos também possuem valor semelhante, pois com a redução de tributos ficam entre 54.000 e 54.600 reais.

    2) Como esses veículos não possuem central multimídia e roda de liga leva, eu darei de presente para ela. A central já escolhi o modelo. Com relação a roda de liga leve, eu achei uma fabricante brasileira que faz "réplica" do modelo utilizado nesses veículos, no aro 16 (o que possibilitaria utilizar os pneus que vêm com o veículo). A empresa é a KR MAI. Alguém já usou rodas dessa fabricante ou tem referência quanto a mesma? Inclusive eles fazem a roda diamantada do CRETA e possuem o selo do INMETRO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mencionei a empresa KR MAI pois o jogo de roda de liga leve está saindo num preço muito bom: 1900,00 o jogo no aro 16.

      Excluir
    2. Nenhum desses. O T-Cross espanca todos sem dó, e a VW está dando desconto para PCD.
      https://quatrorodas.abril.com.br/te...ocamos-a-prova-estes-12-suvs-de-ate-r-95-000/

      Supercomparativo: colocamos à prova estes 12 SUVs de até R$ 95.000

      Fizemos o maior comparativo da história da QUATRO RODAS para revelar quem é quem no segmento de SUVs compactos do Brasil, até R$ 95.000

      Por Paulo Campo Grande e Péricles Malheiros
      15 maio 2019, 08h29


      Nos últimos tempos, não há edição de QUATRO RODAS sem pelo menos um SUV em destaque. Não é para menos. Esse é o segmento que mais cresce no Brasil.

      Os lançamentos não param e cada novo modelo chega em diferentes versões de motor, acabamento e conteúdo, o que nos convida a avaliar os carros em suas diferentes configurações, comparando-os com diferentes rivais.

      Em janeiro, selecionamos os competidores por faixa de preço (SUVs até R$ 85.000). Em abril, foi a vez do VW T-Cross na versão topo de linha encarar concorrentes em versões completas.

      As combinações se multiplicam e cada mudança na lista de modelos produz resultados diferentes.

      O Renegade costuma se dar bem entre as versões mais sofisticadas e ficar em desvantagem entre as mais simples, comportamento oposto ao do Kicks, que se destaca entre as opções mais baratas.

      Agora, convocamos todos os SUVs compactos do mercado, neste que se tornou o mais numeroso comparativo já realizado pela revista. Foram 12 modelos reunidos.

      O único que ficou de fora foi o Suzuki Vitara, porque a fábrica não dispunha do modelo. Nem todos SUVs mostrados nas fotos correspondem às versões consideradas no comparativo (o texto avisa quando isso ocorre). Veja a seguir.

      ...

      Veredicto QUATRO RODAS

      Na amostra considerada, encontramos opções com pontos fortes e fracos em diferentes aspectos. Mas, analisando esses 12 SUVs, fizemos uma radiografia que mostra quais deles têm maiores possibilidades de atender às expectativas dos consumidores.

      Do primeiro ao último colocado, a classificação foi a seguinte: T-Cross, Kicks, Tiggo 5X, Creta, T50, C4 Cactus, EcoSport, Captur, HR-V, Tracker, 2008 e Renegade.


      Melhor SUV até R$ 100 mil: T-Cross


      Sem dúvida alguma, até R$ 100 mil, o T-Cross é disparado o melhor. O que anda mais, bebe menos, o mais seguro e bem acabado. O mais espaçoso, e o mais completo. Melhor custo x benefício.

      https://www.car.blog.br/2019/05/volkswagen-t-cross-10-tsi-tsi.html

      Excluir
    3. Também prefiro o T-Cross. Mas o carro precisa custar até 70.000,00 para ter a isenção total de IPI, ICMS e IPVA. Fui na VW e não tinham previsão se fariam alguma versão com essa valor para atender a demanda para PCD. Por este motivo que falei entre Creta, Kicks e Renegade. Será um veículo para uso urbano, em locais sem grande movimento e pequenos trajetos em estradas duplicadas. Agora fica a dúvida entre esses três veículos.

      Excluir
    4. Mas o Kicks, Renegade e Creta saem na versão PCD por R$ 54.000 e o T-Cross por R$ 71 mil... é muita diferença, parece que a Volkswagen não quer esse mercado de SUV PCD.

      Excluir
    5. João, se a grana pra colocar combustível não é problema, o Creta é ótimo: confortável e espaçoso.

      A grande vantagem do Kicks é o menor consumo de combustível e baixo custo de manutenção.

      O Ranegade é o mais completo e bonito, mas o seguro e o consumo de combustível são péssimos. Sem falar do desempenho...
      Mas pra passeio, esse não é um critério muito relevante.

      Sucesso na compra.

      Excluir
    6. Renegade, claro!

      1) Único com nota máxima em segurança (10).
      Creta é 7 e Kicks é 8.

      2) Único com freio eletrônico.
      Sem a alavanca, será uma comodidade a mais pra sua sogra.

      3) Único suspensão multilink.
      É bem calibrada e deixa o Jeep mais confortável (faça o test drive)

      4) Único com freio a disco nas 4 rodas.
      Creta e Kicks incrivelmente ainda usam tambor.

      5) Maiores ângulos de ataque e saída (raspa menos que os 2)

      6) Maior altura e altura do solo entre os 3.

      7) Único com painel emborrachado (menor ruído futuro)

      8) Consumo e desempenho mais do que suficientes para uso real.

      9) Perde em porta-malas, mas se a sua sogra não leva clientes
      para aeroporto ou viaja com 4 malas grandes todo mês,
      a do Renegade tem boa largura e profundidade, atendendo
      as necessidades reais.

      10) Mercado. Jeep é a marca mais vendida no segmento há anos.

      Fatos. Apenas fatos.

      Excluir
    7. O kicks já está descartado. A galera reclama do painel de polo e T-cross, mas o kicks básico consegue ser pior. E o espaço interno dele não é dos melhores.
      Estamos entre o Creta e Renegade. Já fiz o teste no Creta (minha mãe tem medo hehe), é mais que suficiente para o nosso uso. Falta fazer teste no Renegade.
      Concordo com o que você falou Carlos JBS, o desempenho para uso em cidade menor eu acredito que ambos estarão de bom tamanho. Caso minha mãe vá viajar, não ligo dela ir com meu carro e deixar o dela comigo por uns dias.
      Quanto ao consumo de combustível não importa tanto, é carro que rodará pouco. Realmente será um "SUV" para ir ao supermercado e ao shopping hehe.
      Valeu pessoal

      Excluir
    8. É isso mesmo João, na real, quase todos se nivelam no atendimento essencial. Então tem que conferir pessoalmente e testar. Entre o Renegade e o Creta, os itens 2, 3, 4 e 7 acredito que serão significativos... O freio eletrônico, uma vez que você tem o recurso, não volta mais para a "arcaica" alavanca manual. Boa compra pra vocês!

      Excluir
  9. Nissan Kicks só vale a pena pelo acabamanento mas essa versão de 102 mil perde feio para o T-Cross Confortline em motor e equipamentos.

    ResponderExcluir
  10. Melhor custo-beneficio para PCD com isenção completa IPI e ICMS sai por cerca de R$ 54.000. Mesmo preço do Creta PCD e do Renegade. Infelizmente não há T-CROSS com isenção completa e a diferença fica muito grande.

    ResponderExcluir
  11. Essas fotos são do modelo 2019... o modelo 2020 tem o "piloto automático" no volante de série do lado direito além do apoio de braço na versão CVT.

    ResponderExcluir
  12. Nissan Kicks outro T Cross killer!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Eu aluguei um Kicks CVT, fiquei impressionado com a qualidade do carro, muito bom e agradável. Achei que o motor ia decepcionar (claro que não é nenhuma maravilha) mas é ótimo para cidade; estrada se não estiver muito pesado (não estava comigo) é suficiente para quem anda dentro dos limites de velocidade (fez 11km/l com etanol na Castelo Branco). Minha mulher gostou muito. Além do HR-V, o Kicks seria a opção, estamos considerando para o ano que vem essa troca. Esperei o T-Cross (apesar de não gostar do pós-venda da VW) mas veio com preço surreal. O que Polo e Virtus têm de bom de CxB, o T-cross (mesmo carro) matou. Enfim. Obs: Ontem um colega me pediu opinião de SUV, falei do HRV e Kicks, quando citei T-Cross ele nem cogitou pelo preço e por ser traumatizado com VW como eu. Por esse preço ele vai de HR-V sem medo de ser feliz me disse.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.