Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV chega por R$ 54.990 reais

Categorias: , , 46 Comentários

A Fiat lança no mercado nacional o Grand Siena preparado de fábrica para operar com GNV, com foco no segmento de clientes que utilizam o carro como ferramenta de trabalho. O Grand Siena 1.4, dotado de motorização flex e preparado de fábrica para receber kit GNV, oferece manutenção da garantia original de um ano para kits de quinta geração instalados por convertedores certificados pelo INMETRO.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

O carro não vem com o kit de GNV instalado, sendo, portanto, necessário instalar em oficias especializadas, ao custo médio de R$ 3.000 reais.


Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

O Fiat Grand Siena conta com porta-malas de 520 litros - o que otimiza a instalação dos cilindros de gás). O modelo, na versão Attractive 1.4, é o único veículo disponível no mercado que já traz de fábrica motor preparado para o GNV. Entre as modificações, o cabeçote do motor tem válvulas e sedes de válvulas que são produzidos com material mais resistente e com nova geometria, garantindo durabilidade e confiabilidade.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

O coletor de aspiração foi projetado para receber na posição correta os bicos injetores de gás. Isso traz mais segurança e maior rendimento para a conversão, pois melhora o enchimento do motor e a formação da mistura ar combustível. Estas modificações garantem a vida útil do motor bem como evitam uma maior depreciação do veículo para quem optar pela utilização de GNV.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

Lançado a partir de R$ 54.990,00, o Novo Grand Siena permite a recuperação do valor investido no Kit GNV em até seis meses – considerando uma rodagem de três mil quilômetros por mês e dependendo do preço dos combustíveis.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

Entre os destaques, está a vantagem da manutenção da garantia original de fábrica. No Novo Grand Siena, ela é de um ano para o veículo total e de três anos para motor e câmbio quando a venda for pela Rede de Concessionários Fiat.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

O Novo Grand Siena Attractive 1.4 também oferece um pacote de equipamentos de série, que inclui ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros com one-touch e sensor antiesmagamento, lane change (função auxiliar para acionamento das setas indicando trocas de faixa), computador de bordo, predisposição para rádio, alertas de limite e manutenção programada de velocidade, faróis biparábola e follow me home.

Fiat Grand Siena 2020 preparado de fábrica para GNV

O Novo Grand Siena foi desenvolvido para atender às necessidades de um público crescente e exigente: motoristas que utilizam o veículo como ferramenta de trabalho e precisam rodar largas distâncias diariamente com todo o conforto e segurança. Vale lembrar ainda que o GNV também terá uma importante expansão em sua oferta no Brasil. As reservas de pré-sal colocaram o País como o sexto maior detentor de reservas de gás no mundo, com novas fontes de extração e ampliação da rede de distribuição em todo o território nacional.

46 comentários:

  1. Virtus MSI 1.6 está indo bem nas praças de táxi.
    Agora deve tomar um baque do seu concorrente Siena com GNV.

    Para o Siena ficar perfeito, só faltou o câmbio automático/automatizado GSR, que é equiparado ao DSG da Volkswagen, com embreagem.

    Garante trocas automáticas, sem perder a performance e economia de um manual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de comentar é preciso se informar ! Como pode o cara comparar o cambio GSR automatizado de embreagem simples com o DSG automatizado de dupla embreagem ? Não entende nada mesmo !

      Excluir
    2. Com a política DESASTROSA, iniciada na Petrobrás por Pedro Parente, os preços dispararam e estão muitas vezes mais altos que a inflação do período e alimentando o ciclo inflacionário (que está retornando com o DESGOVERNO do Bozo). Rodar de carro virou um calvário pelo custo por km. Quem não tiver como evitar sair de carro, tem que se virar com alternativas como essa da Fiat. A situação está terrível, o país é governado por malucos.

      Excluir
    3. Unknown, já ouviu falar em commodities????

      Excluir
    4. Não para de falar bobagem mesmo ! Deve ser um fanático pela FIAT !

      Excluir
    5. O gsr perto do dsg é lixo,é um câmbio monoembreagem com histórico de problemas que queimou outros carros da Fiat,o dsg é dupla embreagem e é tido como um dos melhores câmbios do mundo.
      O Siena concorre com o Voyage e não Virtus

      Excluir
    6. Esse Savigny não sabe nada de carro

      Excluir
    7. E qual a vantagem de entender tudo de carro, ganha dinheiro?

      Kkkkkkkk

      Excluir
    8. Diferença entre GSR e DSG:

      GSR - câmbio manual automatizado (robotizado) com 1 embreagem.

      DSG - câmbio manual automatizado (robotizado) com 2 embreagens.

      Ou seja: a diferença é 1 embreagem excedente, que encarece a manutenção.

      Ambos foram rejeitados pelo público por problemas crônicos.

      Mas o GSR leva vantagem pela facilidade de reparação.

      Excluir
    9. Só para se ter uma ideia verifique os carros que utilizam o cambio DSG ! Depois vc tira a conclusão do qur vc postou ! Agora comparar com GSR é muita falta de conhecimento mesmo !

      Abaixo temos uma lista de carros que utilizam câmbios com Dupla Embreagem:

      1) Audi A1 1.4 TSI
      2) VW Jetta 2.0 TSI
      3) Audi A3 Sport 2.0 TFSI
      4) Gol GTI Mk7
      5) Audi A3 Sportback 2.0 TFSI
      6) Volvo S60 T4 1.6T
      7) VW Passat 2.0 TFSI
      8) Volvo S60 T5 2.0T
      9) VW Passat Variant 2.0 TFSI
      10) Volvo XC60 T5 2.0 FWD

      Excluir
  2. Respostas
    1. Concordou com o _Savigny_ e também assinou o atestado !

      Excluir
  3. É um carro robusto e confiável o Gran Siena 1.4, tem um amigo meu que tem um 2013, que ele pegou zero km e está hoje com 600.000 km. Houve uma intervenção no motor aos 400.000 para retífica apenas do cabeçote.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro dia encontrei Papai Noel.

      Excluir
    2. Esse é um carro para trabalho, de manutenção simples e sem surpresas desagradáveis.

      Excluir
    3. AMLADJ, posso comprovar os fatos! Agora se não acredita, compra um Gol G5, que fundia aos 30mil km por especificação errada do óleo!

      Excluir
    4. É possível , meu irmão tem um Fox 1.6 da safra ruim da VW o vht e já tem 200 mil sem fdazevnada

      Excluir
    5. VW tem que acertar a safra então, Thieng?

      Excluir
    6. Theing, os motores mais problemáticos foram os 1.0 VHT, foram chamados mais de 400mil para recall. 1.6 tiveram casos,as bem raros!

      Excluir
    7. Até pq o Fox 1.6 usa o motor jurássico que equipou o Golf mk4 em 2001.
      o 1.6 Mi com cabos de velas, 1 bobina, de ferro, correia dentada, 8 válvulas... Totalmente obsoleto.
      Mais velho que o motor da GM no Onix.

      Excluir
    8. Júlio, isso é perfeitamente possível. Um colega meu tem uma Fiorino a GNV que está com 780.000 kms, tendo sido feito apenas o cabeçote com 330.000 kms. O segredo é o uso com GNV, que não deixa borra e a troca de óleo da Selênia e filtro Mann rigorosamente a cada 7 mil kms.

      Excluir
  4. Esse carro com GNV anda igual a um com motor 1.0 e como o GNV tem subido muito de preço nos últimos tempos, acho que não esta valendo a pena todo esse investimento.

    ResponderExcluir
  5. Melhor sedan médio de luxo do mercado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vc não conhece os carros de luxo, simplesmente um analfabeto automotivo

      Excluir
  6. ESSA BOMBA AINDA EXISTE ? Achei que já tivesse EXPLODIDO manda essa BOMBA para o AFEGANISTÃO porque lá vai ser muito útil !!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Um simples facelift bastaria para o Siena passar o Virtus em vendas.

    Carro excelente, acabamento muito superior ao do Virtus.

    Só perde para o Virtus no conjunto mecânico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, uma central multimídia com volante multifuncional e um facelift já ganharia pelo preço mais justo e acabamento bem melhor.

      Excluir
    2. Além do design do Siena, que mesmo sendo um projeto antigo, se mostra muito mais atual do que o do Virtus.

      Mas isso é natural, vez que nesse critério os Italianos estão muito a frente do resto do mundo.

      Excluir
    3. Menos cara. Só pra te lembrar Virtus plataforma mundial, 05 estrelas no teste crash, motor TSI e essa jabiraca fiat???

      Excluir
    4. Pqp,Siena concorre com o Voyage e não Virtus,acabamento do Voyage é melhor que essa bosta

      Excluir
    5. Voyage é um carro fazendo hora extra.
      Já era para ter saído de linha há milênios.
      Só vende pra frota a R$ 40 mil a unidade 1.6.

      O substituto do Voyage é o Virus, e o substituto do gol é o Polo

      Excluir
    6. Nossa, vc simplesmente é um gênio ! Só faz comentários esdrúxulos !

      Excluir
  8. Como sempre a Fiat sendo pioneira nessa prática para carros de entrada. Mas eu acho que a audi foi mais radical lançando o audi a5 movido a GNV, quem em sã consciência compraria um carro caro como este sendo que a versão a gasolina sendo mais barata e tendo um desempenho legal?

    ResponderExcluir
  9. Nem sabia que fabricavam esse carro ainda kkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Perderam uma boa oportunidade de colocar o GNV no Cronos.

    ResponderExcluir
  11. Achei caro pois ainda tem que pôr o kit por fora. Talvez valha a pena para taxistas com os descontos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, zuado mesmo pagar 54mil + 3mil do kit g5, já deveria vir com o g6 instalado

      Excluir
  12. Só de pensar que essa porcaria matou o Golf 7... Bom, pelo menos ainda temos o Jetta... ainda...

    ResponderExcluir
  13. Carros movidos a gas, originais de fábrica, existem na Europa ha muito tempo (VW Golf TGI, vw up). Muitos desde antes de 2014, ano em que rodavam na europa cerca de 1,2 milhões de carros a gás natural).
    Sinto muito amigo, nem o Brasil nem a Fiat são pioneiros nisso, pelo contrário, estamos sempre atrasados. Não só um oceano nos separa de velho continente como também um abismo cultural, econômico e tecnológico.
    No entanto, estudo, pesquisa e desenvolvimento são pontes sim para chegar aonde se quer chegar.
    Achar caro e pedir pra baixar o preço e os impostos é fácil para qualquer montadora, vamos em breve dirigir carros dos flinstones.
    Com maior frequência é a VW quem traz novidades pra cá, alem de desenvolver o país através da exportação pois melhor do que vender minério bruto a 50 dólares a tonelada é vender um carro completo de uma tonelada por dez mil dólares, trazendo empregos e divisas para o Brasil. Estimula a criação de fábricas de autopeças aqui além de toda a cadeia automotiva.

    ResponderExcluir
  14. Em 2012 a vw lancou o eco up "with its 1.0L engine consumes 2.9 kg (4.4 m3) of natural gas per 100 km—equivalent to CO2 emissions of 79 g/km. The 50 kW (67 hp, 68 PS) eco up! was rated in the best energy efficiency class: A+".

    ResponderExcluir
  15. Boa parte da frota movida a gas sao de táxis rodando mais de 50% do tempo vazios apesar dos diversos aplicativos e das centrais de táxi por telefone.

    O lado bom (!?) disso, esticar o braço na calçada pra um táxi parar, é que contribui para o sistema como um todo, movimentando a economia, apesar de aumentar congestionamentos, desgaste de veículos - de todo mundo -, oficinas, peças, etc.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia.É melhor o pais ser governado por loucos do que por ladrões

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.