Em 2003, a Volkswagen introduziu a primeira caixa de câmbio de dupla embreagem automática (DSG) em produção em larga escala no Golf R32. Até o momento, mais de 26 milhões de veículos do grupo foram fabricados com uma transmissão DSG de 6 e 7 velocidades em todo o mundo.

Volkswagen Golf 2003 R32 - DSG

Uma revolução no campo das transmissões automáticas celebra seu aniversário: Exatamente há 15 anos, a Volkswagen introduziu a primeira caixa de câmbio de dupla embreagem (DSG) para produção em larga escala - uma transmissão automática para a era moderna. Mais econômica e esportiva do que qualquer caixa de câmbio automática antes, a DSG mudou a forma como as marchas são deslocadas, particularmente nos modelos compactos. Antes do DSG, as transmissões era quase sempre manuais. O câmbio DSG chegou e revolucionou, promovendo trocas de marchas mais rápido do que qualquer piloto podia administrar manualmente.

Volkswagen Golf R32 DSG

Os EUA e a Europa - dois “mundos de caixas de câmbio” separados até alguns anos atrás: a transmissão automática sempre foi a preferida na América do Norte. Na virada do milênio, 88% de todos os motoristas optaram pela transmissão automática. A Europa Ocidental, que é dominada por veículos compactos, apresentava um quadro completamente diferente em 2000: no Velho Mundo, penas 14% dos carros - predominantemente modelos premium - tinham transmissão automática.

Volkswagen Golf R32 DSG

E isso não se deveu apenas ao preço mais alto da transmissão automática: uma caixa de câmbio manual geralmente era mais econômica e esportiva. E assim, mais de 90 por cento dos Golfs - o mais bem sucedido de todos os carros da Volkswagen - saíram da linha de produção com transmissão manual. O triunfo da transmissão automática foi introduzido em 2003 pelo Golf R32 com 177 kW / 241 cv. Este foi o primeiro Volkswagen vendido com uma transmissão DSG de 6 velocidades opcional. Este novo tipo de caixa de velocidades automática tornava os carros até 20% mais econômicos do que uma caixa de velocidades automática com conversor de torque. E isso mudou tudo.

Volkswagen Golf R32 DSG

Em 2018, mais de 40% dos Golf's produzidos têm uma transmissão DSG. No caso do Polo, cerca de 30% dos modelos saem da linha com um câmbio DSG. O Golf Sportsvan tem uma taxa de instalação de 50%. Os números do DSG para o T-Roc e Tiguan se estabeleceram em um nível similarmente alto. Para o grande Tiguan Allspace, 90% saem da fábrica com DSG. No Passat, a média é entre 60% (sedã) e 70% (estate). O Arteon constantemente quebra a marca de 80% de modelos com DSG.

VW Tiguan AllSpace - transmissão DSG

Dependendo do modelo, motor e tipo de acionamento, hoje a Volkswagen oferece vários DSGs de 6 e 7 velocidades. Estão atualmente projetados para torques de até 250 Nm (tipo “DQ200-7”), 400 Nm (”DQ260-6” e “DQ400-6”), 420 Nm (”DQ381-7”) e 550 Nm (”DQ500 -7 ”). Além disso, há um DSG híbrido de 6 velocidades (“DQ400E-6”, até 400 Nm) como um módulo com motor elétrico integrado para modelos híbridos plug-in, como o Golf GTE e o Passat GTE . As caixas de câmbio estão sendo constantemente desenvolvidas. Uma função de "coasting", onde o DSG separa o motor do trem de acionamento para usar a energia cinética do veículo e, assim, reduzir ainda mais o consumo de combustível, está se tornando cada vez mais padrão.

VW Golf GTI DSG-7

Todas as caixas de engrenagens de embreagem dupla são unidas por um extraordinário desempenho de troca sem interrupção do esforço de tração. O processo de mudança ocorre dentro de alguns centésimos de segundo. Durante o cruzeiro, o DSG desloca uma marcha muito cedo - isso economiza combustível. É também um facto que as caixas de velocidades de dupla embraiagem são uma combinação perfeita para os sistemas híbridos de amanhã. Esta é outra razão pela qual o futuro pertence ao DSG.

23 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Existe câmbio manual para veículos elétricos?
    Quando o assunto é transmissão e motor, a VW sempre foi referência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo não existe embreagem em carro elétrico e só acelerar e freiar

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. DSG é automatizada, assim como todas as transmissões de dupla embreagem, e não automática como afirma a matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toca caixa que faz o serviço sozinha é automática e isto é óbvio. Entre as automática e existem as epiciclicas, as cvt e as automatizadas, de mono e dupla embreagem.
      Automático quer dizer: não há presença humana na troca. Kisses

      Excluir
  4. Fico imaginando como eram os câmbios da Fiat e da GM no Brasil 15 anos atrás. kkkkkkk #paz.

    ResponderExcluir
  5. Golf duas portas: Raridade vendida em 2003.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. REGINALDO DE campinas é vc??

      Excluir
    2. Golf duas portas no Brasil foi apenas nos anos de 2001 e 2002, ambos com o motor 1.8 turbo de 150cv e cambio manual de 5 marchas. Uma pena que o R32 não chegou se quer ser cogitado no Brasil. Já era uma raridade na época e hoje então é algo surreal!

      Excluir
    3. 1.8 Turbo era da versão GTi

      Excluir
    4. Então bacana, o Gti tinha 2 portas sendo com motor 1.8 turbo de 150 cv e cambio manual de 5 marchas e tinha tbm a versão gti VR6 que tbm possui 2 portas. Dá uma procurada na net. São poucos que ainda estão rodando!

      Excluir
    5. Diego o Golf ao qual eu me referi á ima não era a versão GTI. De fato essa versão GTI foi vendida nesses anos que vc citou ;mas eu falo da versão "normal" essa sim vendida só em 2003.

      Excluir
  6. Desde 2003 a vw com esse suporte horrivel pra celular kakakakakakka

    ResponderExcluir
  7. Errado. Esse Golf a que vc se refere era V6
    Chamava-se Golf VR6

    ResponderExcluir
  8. Acho que chegaram a vir 99 Golfs R32 ao Brasil....

    ResponderExcluir
  9. É um carro muito bonito por dentro por fora eu não achei essas coca cola eu utilizo o meu celta para carro som é um carro muito econômico muito bom o artigo.

    ResponderExcluir
  10. E ai carlotinha???AISIN melhor q DSG? Soh na sua cabeca..rs

    ResponderExcluir
  11. O DSG é o sistema que mais se aproxima do clássico manual em prazer ao dirigir. As trocas de marcha são sensacionais.

    A VW deveria aplicar essa transmissão no Polo GTS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DSG7, o melhor cambio pra carro que já guiei, simplesmente sensacional. O Polo/ Virtus GTS sem DSG6, a VWB perde a chance de detonar com a concorrencia. Hoje no line up da VWB só Tiguan e GTI tem DSG6, lamentável.

      Excluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem